ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

Por G1

 

Câmara começa votação da reforma da Previdência em 2º turno. Supremo nega pedido do governo turco para extraditar Ali Sipahi. Presidente paraguaio sabia de acordo secreto sobre Itaipu, apontam mensagens. Site diz que Lava Jato planejou buscar na Suíça provas contra Gilmar Mendes. Governo rebate críticas e defende mais registros de agrotóxicos. Morre Toni Morrison, 1ª negra a ganhar o Prêmio Nobel de Literatura. Allana Brittes, suspeita no caso Daniel, deixará a cadeia. Traficante que tentou fugir da cadeia vestido de mulher é encontrado morto no Rio. Ladrões usaram ambulância para esconder 718 kg de ouro. E a Globo é finalista nas duas categorias do Emmy Internacional de Jornalismo.

INTERNACIONAIS

Crise política no Paraguai

O presidente paraguaio, Mario Abdo Benítez, aceitou as renúncias. — Foto: Jorge Adorno/ReutersO presidente paraguaio, Mario Abdo Benítez, aceitou as renúncias. — Foto: Jorge Adorno/Reuters

Mensagens vazadas na imprensa paraguaia mostram que Mario Abdo Benítez, presidente do país, sabia sobre a negociação com o Brasil sobre compra de energia da usina hidrelétrica de Itaipu. Nas mensagens, Abdo diz que governo ‘tem que se manter em silêncio e não polemizar’.

No mesmo dia em que as mensagens vieram à tona, a oposição do Paraguai apresentou pedido de julgamento político contra Abdo. Os opositores, entretanto, não têm maioria na Câmara e no Senado para que os processos, que poderiam resultar em impeachment, sejam aprovados.

Toni Morrison

Toni Morrison autografa seu livro "Home" durante evento e Nova York, em 2013 — Foto: AP Photo/Bebeto Matthews, arquivoToni Morrison autografa seu livro “Home” durante evento e Nova York, em 2013 — Foto: AP Photo/Bebeto Matthews, arquivo

escritora americana Toni Morrison, primeira negra a ganhar o Prêmio Nobel de Literatura, morreu aos 88 anos, em Nova York. Em comunicado, a família informou que Morrison “morreu após uma breve doença”.

Nascida em 18 de fevereiro de 1931, em Ohio, nos Estados Unidos, Morrison ganhou o Nobel em 1933. Sua obra – composta por 11 romances, textos infantis e ensaios – ficou marcada pelo retrato dos negros em seu país, com foco em personagens femininas.

NACIONAIS

Reforma da Previdência

Câmara dos Deputados retomou a discussão da proposta de reforma da Previdência na noite desta terça-feira. A previsão dos deputados é votar em 2º turno o texto-base e alguns destaques nesta terça, mas só concluir a votação nesta quarta-feira.

A votação da PEC em segundo turno deve acontecer da seguinte forma: discussão; votação do texto-base; votação dos destaques (propostas para modificar a redação).

Valdo Cruz informou em seu blog que o governo enviou ao Congresso projeto de lei que destina R$ 3,041 bilhões para vários ministérios. Desse total, R$ 2 bilhões serão utilizados para pagamento de emendas parlamentares, segundo assessores presidenciais. A publicação se deu horas antes do início da votação em 2º turno da reforma no plenário da Câmara.

Partidos aliados ao governo querem manter o texto aprovado em primeiro turno. Mais cedo, ao blog da Andréia Sadi, Maia disse que os deputados que voltaram aos seus estados durante o recesso parlamentar não relataram “problemas” com suas bases eleitorais e que a “Previdência está resolvida na Câmara”.

Turco Ali Sipahi

Turco Ali Sipahi é solto em SP — Foto: Reprodução/TV GloboTurco Ali Sipahi é solto em SP — Foto: Reprodução/TV Globo

A STF rejeitou por unanimidade o pedido do governo da Turquia de extradição de Ali Sipahi. Turco naturalizado brasileiro, Sipahi integra um movimento de oposição a Erdogan, e o governo o acusa de terrorismo.

Em seu voto, Fachin argumentou que a lei brasileira de terrorismo não retroage e ainda não existia quando a conduta imputada ao turco teria ocorrido. Disse ainda que não há certeza de que Sipahi terá um julgamento imparcial na Turquia. Seu voto foi seguido pelos demais ministros.

Sipahi vive no Brasil há 12 anos, é casado com uma turca e tem um filho brasileiro, de 4 anos. Ele chegou a ser preso em São Paulo em 25 de abril, após pedido do governo da Turquia, mas foi solto duas semanas depois.

Lava Jato

O site El País, em parceria com The Intercept, publicou novas mensagens atribuídas a procuradores da Lava Jato e vazadas do aplicativo Telegram. Segundo o site, as mensagens mostrariam que os procuradores da força-tarefa fizeram um esforço de coleta de dados sobre o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), o que é proibido.

Direitos humanos

O Conselho Superior do Ministério Público Federal vetou a indicação do procurador indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para compor a Comissão Sobre Mortos e Desaparecidos Políticos. De perfil conservador, Ailton Benedito se mostrou, em posts nas redes sociais, um entusiasta do regime militar.

Os conselheiros rejeitaram a indicação e alegaram que não cabe ao Executivo escolher o membro do MPF que integrará a comissão.

Ainda nesta terça, a procuradora da República Eugênia Augusta Gonzaga, ex-presidente da comissão, disse que Bolsonaro ofendeu todas as famílias de mortos e desaparecidos políticos ao falar do pai do presidente da OAB.

Bolsonaro critica Anvisa

Bolsonaro criticou, em evento de um laboratório farmacêutico em Itapira (SP), a demora da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para fornecer os registros de responsabilidade do órgão. “Será que é excesso de zelo ou só está procurando criar dificuldade, para vender facilidade?”, perguntou em seu discurso.

Agrotóxicos

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, defendeu o registro de novos agrotóxicos. “Ninguém está pondo veneno no prato de ninguém. Consumidor nenhum brasileiro está sendo intoxicado”, declarou a ministra.

A ministra afirmou que registro de mais agrotóxicos pode ajudar a reduzir o grau de toxidade dos atuais produtos. Segundo ela, os produtos aprovados são mais modernos.

Dados do Ministério da Agricultura indicam que a quantidade de pesticidas registrados vem aumentando nos últimos quatro anos. Neste ano, até julho, 262 registros foram liberados.

Roubo cinematográfico

A polícia afirmou que os responsáveis pelo roubo de 718 kg de ouro no aeroporto de Guarulhos esconderam a carga em uma ambulância, que tomou rumo ainda desconhecido. O ouro seria repartido entre os participantes. Ainda segundo a investigação, os criminosos planejavam sair do país para fugir dos agentes.

A prisão preventiva de seis suspeitos foi decretada e quatro pessoas foram presas até agora. A polícia afirmou que “a ação foi planejada durante muito tempo e iniciada de maneira pensada, havendo divisão de tarefas entre os diversos indivíduos”.

Caso Daniel

A filha de Edison e Cristiana, Allana Brittes, é ré no processo sobre a morte do jogador Daniel; ela esteve no Fórum de São José dos Pinhais nesta segunda-feira (18) — Foto: Giuliano Gomes/PRPressA filha de Edison e Cristiana, Allana Brittes, é ré no processo sobre a morte do jogador Daniel; ela esteve no Fórum de São José dos Pinhais nesta segunda-feira (18) — Foto: Giuliano Gomes/PRPress

Justiça aceitou o pedido de liberdade de Allana Brittes, acusada de envolvimento na morte de assassino confesso do jogador Daniel Correia Freitas. A jovem, filha de Edison Brittes, está presa em regime fechado desde novembro do ano passado na mesma cela em que a mãe, Cristiana Brittes, na Penitenciária Feminina de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.

O crime ocorreu no dia 27 de outubro. O jogador foi encontrado morto na área rural de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, com sinais de tortura.

Preso morto

Clauvino da Silva, em destaque, tentou deixar o presídio de Bangu 3 com uma máscara de silicone — Foto: Montagem sobre foto de Divulgação/SeapClauvino da Silva, em destaque, tentou deixar o presídio de Bangu 3 com uma máscara de silicone — Foto: Montagem sobre foto de Divulgação/Seap

O preso que tentou fugir de prisão no Rio vestido de mulher foi encontrado morto em sua cela no presídio de segurança máxima Bangu 1. Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Clauvino da Silva, de 42 anos, conhecido como Baixinho, teria se enforcado com um lençol.

O governo informou que todas as celas de Bangu 1 são individuais e que uma sindicância será instaurada para apurar os fatos.

Clauvino foi flagrado, na semana passada, tentando sair do Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, usando uma máscara e vestido como mulher. O preso deixaria sua filha dentro da cadeia para escapar.

Televisão

Jornalismo da Globo é indicado, pelo 5º ano consecutivo, em duas categorias do Emmy

Jornalismo da Globo é indicado, pelo 5º ano consecutivo, em duas categorias do Emmy

Globo foi indicada, pelo quinto ano consecutivo, às duas categorias do Emmy Internacional de Jornalismo 2019. Nos últimos 18 anos, o jornalismo da emissora já recebeu 22 indicações no prêmio, considerado o Oscar da TV.

A Globo está concorrendo nas duas categorias possíveis. Na categoria notícia, Globo e Globonews concorrem pela cobertura dos assassinatos da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes, ocorridos em março de 2018 no Rio de Janeiro. A reportagem “11 dias na Coreia do Norte”, do Fantástico, foi indicada na categoria atualidade.

Também teve isso…

Pessoas visitam ruínas de um templo budista que ressurgiu em uma represa seca devido à seca em Lopburi, na Tailândia — Foto: Soe Zeya Tun/ ReutersPessoas visitam ruínas de um templo budista que ressurgiu em uma represa seca devido à seca em Lopburi, na Tailândia — Foto: Soe Zeya Tun/ Reuters

Fonte: G1

 

Por Blog do BG

Ubaldo Fernandes assina ficha de filiação no PL neste sábado

Foto: João Gilberto/ALRN 

O deputado estadual Ubaldo Fernandes vai se filiar ao PL, em um projeto liderado pelo deputado federal João Maia, neste sábado (10), na Assembleia Legislativa. O evento que vai terminar com a nova filiação está prevista para começar às 9h.

Ubaldo já havia anunciado a filiação junto ao PL e vai integrar o projeto do partido de olho nas eleições do próximo ano. O deputado estadual era vereador de Natal e pretende lançar nomes de aliados políticos com condições de retomar a cadeira na Câmara Municipal.

João Maia está construindo um projeto político não apenas para as eleições do próximo ano. De acordo com pessoas próximas a ele, o projeto pretende fortalecer o partido diante das mudanças eleitorais e tornar a legenda ainda mais forte no Estado.

Comments

Posição da governadora Fátima Bezerra quanto à Reforma da Previdência não mudou; entenda os principais pontos

Hoje o Fórum Nacional dos Governadores emitiu um comunicado em que todos os 27 governadores do país decidiram apoiar a Reforam da Previdência com a inclusão de estados e municípios, mas, pelo que o Blog do BG apurou junto à Secretaria de Comunicação (Secom), a governadora Fátima Bezerra apoia alguns pontos da reforma e é contra outros.

Confira abaixo os principais pontos…

Reforma da Previdência  – A favor, com restrições

A governadora Fátima Bezerra se mostrou favorável a mudanças no sistema previdenciário, contudo, discordou da proposta apresentada pelo Governo Federal. Ela disse entender que a reforma é necessária, mas defendeu discussões mais amplas em torno dos pontos mais polêmicos da reforma apresentada pelo governo.

Inclusão de Estados e Municípios – A favor

Fátima explicou ser a favor da inclusão dos Estados e Municípios no projeto como uma alternativa de ajudar as contas públicas a se equilibrarem. Segundo dados do Instituto de Previdência do Rio Grande do Norte (Ipern), o Estado possui um déficit mensal na casa dos R$ 130 milhões e que já possui mais servidores aposentados do que na ativa. Esse, inclusive, foi o ponto chave do Fórum Nacional dos Governadores.

Benefício de Prestação Continuada (BPC) – Contra

Fátima é contra alterações no BPC. O Benefício de Prestação Continuada é um benefício de assistência social pago pela seguridade social no valor mensal de um salário-mínimo (R$ 998,00 atualmente), independentemente do pagamento de contribuições. O governo proõe conceder o benefício para os idosos de três formas: a partir de 60 anos, desde que comprovem ter patrimônio inferior a R$ 98 mil; no valor fixo mensal de R$ 400, para pessoas entre 60 e 69 anos; e de um salário mínimo apenas para os maiores de 70 anos.

Trabalhadores rurais – Contra

Fátima disse ser contra as mudanças nas idades de aposentadoria dos trabalhadores rurais. Pela regra atual a mulher se aposenta com 55 anos e homem com 60 anos o tempo mínimo de atividade rural é de 15 anos para mulheres e 20 anos para homens e a comprovação é feita via declaração do sindicato. Com o novo texto, a idade continuará sendo de 60 anos para os homens. E para as mulheres, aumentará seis meses a cada ano, até se igualar à idade exigida para os homens. O tempo de atividade rural não mais bastará para que os segurados especiais conquistem o direito à aposentadoria, será necessário contribuir por pelo menos 20 anos para alcançar o benefício.

Professores – Contra

Fátima também discorda das mudanças nos regimes de aposentadorias para professores. O Governo Federal defende uma idade mínima de 55 anos para professores que já estão na ativa e de 52 anos para professoras; e a idade mínima de 60 anos, se homem, e 57 anos, se mulher, para quem ainda vai entrar na carreira de professor. Atualmente, professores de escolas particulares não têm idade mínima para se aposentar, mas precisam contribuir por 25 anos (mulheres) ou 30 anos (homens). Os do setor público federal têm idade mínima de 50 anos (mulheres) e 55 anos (homens), sendo 10 de serviço público e cinco no cargo.

Comments

Por Previdência, governo envia projeto que libera R$ 3 bilhões para pagar emendas

Cumprindo promessa feita a deputados, o governo enviou nesta terça-feira (6) um projeto ao Congresso para garantir recursos para o pagamento de emendas negociadas na votação em primeiro turno da reforma da Previdência.

Esse é mais um capítulo da negociação política em busca de apoio para a Câmara aprovar a restruturação das regras de aposentadoria e pensão.

Apesar disso, a votação em segundo turno da proposta não foi iniciada até o começo da noite desta terça.

O objetivo do governo é abrir a sessão até as 20h, derrubar a articulação de oposicionistas para atrasar a votação e aprovar o texto-base até a madrugada desta quarta-feira (7).

Mas líderes partidários já admitem que essa votação —a principal— possa ser adiada para a tarde de quarta.

Na semana de análise da reforma em primeiro turno, o presidente Jair Bolsonaro liberou diversos lotes de emendas parlamentares, beneficiando bases eleitorais de deputados federais principalmente na área de saúde.

À época, ele negou que a liberação seja uma prática da “velha política”, criticada por bolsonaristas.

Agora, às vésperas da votação em segundo turno, o presidente enviou ao Congresso um projeto de lei que abre espaço no Orçamento para diversos ministérios no valor de R$ 3 bilhões.

Cabe ao Congresso autorizar a abertura desse crédito. Esses recursos são necessários para que o governo cumpra o acordo feito com deputados favoráveis à reforma da Previdência.

Apesar de ter sido eleito com o discurso de que acabaria com o fisiologismo no Congresso, o Planalto fez promessas de liberação que somam mais de R$ 5 bilhões para as emendas —que tratam de obras e investimentos nos redutos eleitorais dos congressistas.

Isso foi feito em troca de voto, um dos clássicos componentes do toma lá dá cá.

A exigência, durante o primeiro turno, era que o governo enviasse um projeto de lei para liberar mais dinheiro a ministérios, como Educação, Saúde e Desenvolvimento Regional.

Assim, haveria espaço no Orçamento para o pagamento das emendas prometidas a deputados que apoiarem a reforma da Previdência.

As negociações ocorreram nos bastidores, em julho, mas até mesmo a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), chegou a confirmar a perspectiva de envio do texto.

A reforma foi aprovada, em primeiro turno, com 379 votos a favor —eram necessários 308.

O governo espera repetir esse placar no segundo turno ou ligeiramente abaixo da marca.

Folhapress

Comments

Câmara inicia discussão em segundo turno da reforma da Previdência

Foto: Pedro França/Agência Senado 

O plenário da Câmara dos Deputados começou há pouco a discussão em segundo turno da proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19). Assim como na votação em primeiro turno, serão necessários 308 votos para que a matéria seja aprovada e enviada ao Senado, onde também será analisada em dois turnos de votação.

A oposição ainda tenta modificar trechos da proposta e já anunciou que apresentará os nove destaques a que tem direito para tentar retirar pelo menos quatro itens do texto da reforma. Estão no foco de partidos da oposição a retirada de trechos como a pensão para mulheres, aposentadorias especiais, pensão por morte e as regras de transição.

Parlamentares da oposição também anunciaram que usarão do chamado “kit obstrução”, conjunto de instrumentos regimentais que podem atrasar ou mesmo adiar a votação.

Após a fase de discussão, os deputados passarão à votação do texto-base e, em seguida, analisarão os destaques – propostas para modificar a redação da PEC. A expectativa do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), é encerrar a votação matéria na Casa até quarta-feira (7).

Agência Brasil

Comments

Governo elabora proposta para reforma tributária, diz porta-voz

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil 

“A equipe econômica está ultimando uma proposta integrada com as existentes na Câmara [dos Deputados] e no Senado [Federal]”. A informação é do porta-voz da Presidência da República, general Otávio Rêgo Barros, durante briefing para a imprensa no fim da tarde de hoje, no Palácio do Planalto.

De acordo com Rêgo Barros, a reforma tributária, junto com a desburocratização da liberdade econômica, é o “próximo passo da aceleração econômica”, após a aprovação da reforma da Previdência Social, que poderá ser votada ainda nesta semana em segundo turno no plenário da Câmara.

“O presidente [Jair] Bolsonaro e o ministro [da Economia] Paulo Guedes aguardam a votação na Câmara com grande expectativa e esperam que a proposta seja enviada o quanto antes para o Senado”, disse o porta-voz.

A percepção do Ministério da Economia é que, “em função da votação expressiva no primeiro turno (…), o país entendeu a necessidade de fazer uma reforma expressiva, mudanças necessárias para que a economia entre de vez em um ciclo de investimento econômico sustentável para as futuras gerações de brasileiros”, acrescentou Rêgo Barros.

Agência Brasil

 

LOCAIS

Unimed Natal e Liga Contra o Câncer se unem para inovar

A Unimed Natal e a Liga Norte Riograndense Contra o Câncer lançaram, nesta terça-feira (6), o projeto Conexão StartUp Saúde. A iniciativa tem o objetivo de  oferecer às startups a oportunidade de aplicar suas ideias no mercado, com apoio de uma mentoria e, se houver viabilidade nas soluções, fechar parceria com as instituições

Para isso, um edital está  aberto para a apresentação de soluções em saúde. São 7 eixos básicos sobre os quais as startups podem se debruçar fazendo o cruzamento de dados, utilizando Inteligência artificial e processos.

As inscrições, gratuitas, podem ser feitas até o dia 23 de agosto pela página www.conexaostartup.com. A divulgação das startups selecionadas na primeira etapa vai acontecer no dia 16  de setembro.

O lançamento  do Conexão StartUp Saúde, na Escola de Oncologia da Liga Norte Riograndense Contra o Câncer, contou com a presença da diretoria da LIGA e da UNIMED Natal.

O coordenador de ensino e pesquisa da Liga, dr. Edilmar Santos, destacou a importância de uma parceria que tenha a o respaldo da experiência e a ousadia da inovação.

O diretor técnico da Unimed Natal, dr. Fábio Macedo, disse que esse é um marco para as instituições que beneficia toda a sociedade. O dr. Fernando Pinto, presidente da Unimed Natal, concluiu lembrando que em tempos de “Big Data”, Saúde 4.0 e processos disruptivos, Unimed e Liga se acompanham os avanços tecnológicos em busca da melhoria do serviço para os beneficiários e de novas possibilidades de atuação médica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Sign up
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.
We do not share your personal details with anyone.
0