ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSA QUARTA-FEIRA

Por G1

 

reforma da Previdência avança, e a Câmara cria comissão especial para analisar a proposta. O governo reajusta a tabela de fretes para compensar alta de 10% no diesel. O Brasil perde 43 mil empregos com carteira assinada em março. A ministra Cármen Lúcia, do STF, derruba decisão que liberava a “cura gay”. E é enterrado no Rio o gari morto durante confronto entre policiais e traficantes no Morro do Vidigal.

INTERNACIONAIS

Nova atualização do WhatsApp para Android pode bloquear capturas de tela

WhatsApp: usuários de Android poderão desbloquear o aplicativo com impressão digital (NurPhoto/Getty Images)

Você se preocupa com capturas de telas das suas conversas no WhatsApp? Apesar de ter criptografia ponta a ponta na comunicação entre você e o seu destinatário, o que promete evitar a interceptação de conversas por terceiros, o aplicativo ainda está vulnerável a um simples registro de imagem da tela que qualquer smartphone, seja Android ou iPhone, pode fazer em apenas um segundo.

Segundo o site WABetaInfo, que analisa versões preliminares do WhatsApp antes do lançamento, uma futura atualização do aplicativo de mensagens para Android pode impossibilitar que os usuários registrem imagens das conversas, em razão da política de privacidade que o próprio WhatsApp prega.

A nova função, se lançada para todos, atuará em conjunto com a verificação por impressão digital: se o indivíduo permitir a autenticação por esse método, aparecerá uma mensagem na tela onde se lê: “Quando ativada, impressão digital é necessária para abrir o WhatsApp e capturas de tela de conversas são bloqueadas.” Porém, ainda será permitido realizar ligações e responder a mensagens mesmo quando o aplicativo estiver bloqueado.

A imagem a seguir, do WABetaInfo, mostra a tela de configuração onde é possível ativar o recurso de digital e bloqueio de capturas de tela.

Nas redes sociais, a reação dos usuários é mais negativa do que positiva: “Você autenticou a segurança por impressão digital, o que significa que a sua conversa está segura. […] é o seu próprio WhatsApp, você deveria ser capaz de fazer o que quiser.”, disse um usuário em seu Twitter.

A nova função ainda está no estágio alfa de desenvolvimento, etapa que antecede testes públicos, mas pode estar presente nos aplicativos de usuários de smartphones Android em uma atualização. Usuários de iPhone já são capazes de desbloquear o aplicativo por identificação facial ou impressão digital, mas ainda não podem bloquear capturar de tela.

Super Interessante

 

NACIONAIS

Caso do sítio

Defesa de Lula quer que ação envolvendo sítio de Atibaia seja redistribuída para São Paulo — Foto: Nelson Almeida/AFP e Reprodução/TV Globo

Defesa de Lula quer que ação envolvendo sítio de Atibaia seja redistribuída para São Paulo — Foto: Nelson Almeida/AFP e Reprodução/TV Globo

O novo juiz da Lava Jato, Luiz Antônio Bonat, deu 8 dias para a defesa do ex-presidente Lula se manifestar sobre a condenação no caso do sítio em Atibaia (SP). O petista foi sentenciado a 12 anos e 11 meses de prisão no processo. Depois disso, a ação irá para a 2ª instância.

Entenda: A decisão ocorre apenas um dia após o STJ reduzir a pena de Lula em outro caso, o do triplex em Guarujá. Com a redução, o ex-presidente pode reivindicar a transferência para o regime semiaberto em setembro. No entanto, o que pode mudar esse cenário é justamente o processo do sítio. Se a condenação for confirmada em 2ª instância, Lula pode ser mantido em regime fechado.

Reforma da Previdência

A Câmara criou a comissão especial que vai discutir o conteúdo da proposta de reforma da Previdência. Essa é a segunda etapa da tramitação do texto.

Poupando o ‘goleador’: Em entrevista ao blog da Andréia Sadi, o ministro Onyx Lorenzoni falou sobre a cobrança do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, de que o governo precisa entrar mais na articulação pela reforma. Onyx disse que Bolsonaro “vai entrar para jogar as finais”: “Não dá para a gente pegar nosso goleador e botá-lo para jogar os amistosos”.

Pronunciamento na TV: O presidente Bolsonaro agradeceu o “empenho” dos deputados da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara que aprovaram o relatório da reforma da Previdência e ao presidente da Câmara pelo “comprometimento” com a proposta.

Avaliação de Bolsonaro

A pesquisa Ibope divulgada hoje indicou os seguintes percentuais de avaliação sobre o governo Jair Bolsonaro (PSL):

  • Ótimo/bom: 35%
  • Regular: 31%
  • Ruim/péssimo: 27%
  • Não sabe/não respondeu: 7%

O índice de ‘ótimo/bom’ é o mais baixo já registrado por um presidente em início de governo, segundo as pesquisas do instituto.

 — Foto: Editoria de arte/G1

— Foto: Editoria de arte/G1

Carlos Bolsonaro x Mourão

 — Foto: Valter Campanato/Agência Brasil; Reuters

— Foto: Valter Campanato/Agência Brasil; Reuters

O vice-presidente, Hamilton Mourão, comentou as críticas que tem recebido do filho do presidente Jair Bolsonaro. O vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro vem publicando ataques contra Mourão nas redes sociais.

“Quando um não quer, dois não brigam, tá bom. Então, esse assunto, vira a página”, disse o vice

Demissões

O Brasil fechou mais de 43 mil empregos com carteira assinada em março, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Esse foi o primeiro resultado negativo em três meses.

Dólar em alta

O dólar subiu 1,66% nesta quarta e fechou o dia vendido a R$ 3,98 – o maior valor desde 1º de outubro do ano passado. Na semana, a moeda acumula alta de 1,49%.

Troca no ICMBio

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, nomeou 4 PMs para o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) depois que diretores pediram demissão. Os funcionários entregaram os cargos após a saída do presidente do órgão.

Fim da ‘cura gay’

A ministra Cármen Lúcia, do STF, suspendeu a decisão de um juiz de Brasília que autorizava psicólogos a realizarem terapia de reversão sexual, a chamada “cura gay”. A ministra considerou que o juiz pode ter violado uma competência do Supremo.

Tabela de fretes

A Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT) reajustou os preços mínimos do frete para o transporte rodoviário em 4,13% após o óleo diesel registrar alta de 10,69%. Na segunda, o governo se comprometeu a repassar o custo do combustível para a tabela.

Gari enterrado

Foi enterrado hoje no Rio o corpo de Willian de Mendonça Santos. O gari foi baleado no Morro do Vidigal durante tiroteio entre a PM e traficantes. Moradores acusam os policiais de terem matado Willian e alterado a cena do crime. Os policiais negam.

“Ele não merecia essa covardia. Acertaram ele pelas costas”, afirmou a viúva.

Carla Esteves de Deus, esposa de Wiliam, gari morto na Rocinha — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Carla Esteves de Deus, esposa de Wiliam, gari morto na Rocinha — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Prisão de DJ

DJ Rennan da Penha, do Baile da Gaiola, se entregou no Rio. O artista foi condenado por associação com tráfico de drogas. Segundo investigadores, ele atuava como “olheiro” dos criminosos na Vila Cruzeiro, alertando traficantes sobre a presença de policiais.

O que diz a defesa: A condenação, no entanto, é criticada por movimentos sociais e pela OAB, que veem no caso uma tentativa de criminalizar o funk. Segundo a defesa do DJ, a prática de informar sobre a localização dos chamados “caveirões” é comum nas comunidades.

O DJ Rennan Santos da Silva se apresentou na tarde desta quarta-feira (24) à Seap — Foto: Divulgação

O DJ Rennan Santos da Silva se apresentou na tarde desta quarta-feira (24) à Seap — Foto: Divulgação

Também teve isso…

Chris Hemsworth, Chris Evans, Robert Downey Jr., Scarlett Johansson, Jeremy Renner e Mark Ruffalo durante cerimônia no TCL Chinese Theatre — Foto: Willy Sanjuan/Invision/AP

Chris Hemsworth, Chris Evans, Robert Downey Jr., Scarlett Johansson, Jeremy Renner e Mark Ruffalo durante cerimônia no TCL Chinese Theatre — Foto: Willy Sanjuan/Invision/AP

Fonte: G1

 

Bolsonaro agradece a deputados e diz que país tem pressa para reforma; confira pronunciamento na íntegra

Brasília(DF), 4/1/2018 – Presidente Jair Bolsonaro na passagem de comando da aeronáutica. Local: base aérea. Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles 

O presidente Jair Bolsonaro defendeu hoje (24), em pronunciamento veiculado em cadeia nacional de rádio e televisão, a aprovação da proposta de reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. O presidente iniciou o pronunciamento, fazendo referência à aprovação da admissbilidade da proposta ontem (23). Ele agradeceu o empenho da maioria dos integrantes da comissão e o comprometimento do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), citado nominalmente. O pronunciamento foi ao ar às 20h, pelo horário de Brasília.“O governo continua a contar com o espírito patriótico dos parlamentares, para aprovação da Nova Previdência nessa segunda etapa e, posteriormente, no plenário da Câmara dos Deputados”, acrescentou. A proposta segue agora para a comissão especial. Segundo Bolsonaro, se nada for feito, faltarão recursos para o pagamento das aposentadorias e outras ações de governo. “Sem mudanças, o governo não terá condições de investir nas áreas mais importantes para as famílias, como saúde, educação e segurança”, afirmou.

“Agradeço o empenho e o trabalho da maioria dos integrantes da comissão e também o comprometimento do deputado Rodrigo Maia”, disse.

Bolsonaro encerrou o pronunciamento enfatizando que a reforma da Previdência vai criar condições para o país crescer, gerar emprego e reduzir desigualdades.

“Temos certeza que a Nova Previdência vai fazer o Brasil retomar o crescimento, gerar empregos e, principalmente, reduzir a desigualdade social, porque, com a reforma, os mais pobres pagarão menos. O Brasil tem pressa”, disse.


Leia a íntegra do pronunciamento do presidente da República

Senhoras e senhores, boa noite.

Ontem, a Comissão de Constituição e Justiça aprovou a constitucionalidade da proposta que cria a Nova Previdência.

Agradeço o empenho e o trabalho da maioria dos integrantes da comissão e também o comprometimento do deputado Rodrigo Maia. A proposta segue agora para a Comissão Especial, onde os deputados vão discutir os detalhes do projeto.

O governo continua a contar com o espírito patriótico dos parlamentares, para aprovação da Nova Previdência nessa segunda etapa e, posteriormente, no plenário da Câmara dos Deputados.

É muito importante lembrar que, se nada for feito, o país não terá recursos para garantir uma aposentadoria para todos os brasileiros. Sem mudanças, o governo não terá condições de investir nas áreas mais importantes para as famílias, como saúde, educação e segurança.

Temos certeza que a Nova Previdência vai fazer o Brasil retomar o crescimento, gerar empregos e, principalmente, reduzir a desigualdade social, porque, com a reforma, os mais pobres pagarão menos. O Brasil tem pressa.

Muito obrigado a todos e boa noite.

Comments

Ninguém acertou as 6 dezenas da Mega-Sena; prêmio vai a R$ 105

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do prêmio principal do Concurso 2.145 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite de hoje (24), em São Paulo (SP).

As dezenas sorteadas foram: 06 – 08 – 28 – 51 – 53 – 59.

O próximo concurso será sorteado no sábado (27) e tem prêmio estimado em R$ 105 milhões.

A quina teve 115 apostas ganhadoras, e cada uma vai receber prêmio de R$ 55.420,70. A quadra saiu para 10.504 apostas que receberão, cada uma, R$ 866,79.

Comments

Carlos veta acesso de Jair Bolsonaro ao Twitter

POR GUILHERME AMADO

Carlos Bolsonaro não está mais passando para o pai, Jair Bolsonaro, a senha de acesso do presidente ao Twitter dele, Bolsonaro.

É por isso que, há três dias, Bolsonaro não consegue postar nada.

O último tuíte que Jair Bolsonaro publicou foi no domingo, sobre a Páscoa.

Carlos está fazendo isso em retaliação ao pai por causa da discussão que os dois tiveram no domingo.

Foi Carlos que postou, no perfil do pai no Youtube, um vídeo de Olavo de Carvalho atacando o vice Hamilton Mourão.

Carlos está fechado em um clube de tiro que frequenta em Florianópolis.

O clima na família Bolsonaro neste momento é péssimo. Ninguém consegue contato com Carlos e o presidente já cancelou um café da manhã que teria amanhã com jornalistas.

“Não tem clima”, disse um interlocutor bem próximo a Jair Bolsonaro.

Comments

Fátima nega, mas diretor confirma possibilidade de abrir capital da Caern

Essa semana a governadora Fátima Bezerra disse que não iria vender a Companhia de Águas e Esgotos (Caern), mas hoje o diretor-geral Roberto Linhares confirmou que o Governo do Estado estuda abrir o capital da empresa.

Em entrevista à 95 FM de Mossoró, Roberto Linhares confirmou: “Eu pessoalmente sou a favor de abrir o capital da Caern. A governadora num primeiro momento resistiu, mas estamos avançando nesta conversa”.

Nessa semana mesmo, a governadora Fátima Bezerra negou que venderia a Companhia afirmando que do mesmo jeito que a iniciativa privada tem interesse, o Estado também tem e ainda projetou lucros.

Na prática, a governadora não faltou com a verdade. Pelo contrário. Falou a verdade. Só que omitiu a informação de que estuda vender uma boa parte da empresa. Isso porque a a Caern já é uma empresa de capital misto, em que o Estado possui 98% do capital. Pela proposta estudada por Linhares o Governo ficaria com até 50,01%, vendendo o resto para a iniciativa privada, como forma de deter o controle.

Comments

Rodrigo Maia arquiva pedido de impeachment contra Mourão

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), arquivou o pedido de impeachment do vice-presidente Hamilton Mourão, protocolado na semana passada pelo deputado Pastor Marco Feliciano (Podemos-SP).

Nos últimos dias, o presidente Jair Bolsonaro pediu ao governo unidade após militares terem demonstrado insatisfação ante as declarações do escritor Olavo de Carvalho contra Mourão e outros militares.

O pedido do vice-líder do governo no Congresso acusava o general da reserva de “conduta indecorosa, desonrosa e indigna” e de “conspirar” para conseguir o cargo de Jair Bolsonaro. À reportagem, ele afirmou que teve anuência do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Um dos argumentos sustentados no pedido é uma “curtida” (like) da conta de Mourão no Twitter em uma publicação da jornalista Rachel Sheherazade, do SBT.

Estadão Conteúdo

Comments

Carlos Bolsonaro volta a atacar vice-presidente e compartilha vídeo “General Mourão: o traidor?”

Carlos Bolsonaro

@CarlosBolsonaro

Vice contraria Ministros e agenda que elegeu Bolsonaro Presidente. Por @bernardopkuster : vamos acabar com essa controvérsia e entender qual é a do tal Mourão. http://youtu.be/UfcDLX6m7Sg 

Carlos Bolsonaro, um dos filhos de Jair Bolsonaro, elevou esta semana suas críticas ao vice-presidente, Hamilton Mourão, insinuando que o general busca debilitar o presidente.

Vereador no Rio de Janeiro, Carlos fez duas críticas no Twitter ao general Mourão e republicou versões de que o vice-presidente estaria organizando uma base “paralela” no Congresso.

“General Mourão é traidor?” – pergunta o vídeo de um ‘youtuber’ de extrema direita compartilhado por Carlos Bolsonaro nesta quarta-feira no Twitter.

“Fontes do Palácio do Planalto disseram que poucas vezes detectaram tanta ambição presidencial em alguém como o vice-presidente Mourão”, afirma outro tuíte de um usuário identificado como “Doc Holliday”, também republicado por Carlos Bolsonaro.

O filho do presidente, cujo apelido é “pitbull” por sua atitude de proteção ao pai, se refere em outras publicações ao vice como “o tal Mourão” e “o queridinho da imprensa”, e o acusa Eter uma estranha ligação com “políticos que detestam o presidente”.

A tensão se acentuou após as críticas do filósofo Olavo de Carvalho, considerado o ‘guru’ ideológico de Bolsonaro, contra Mourão e os militares que integram o governo.

“Senhor Presidente: Só comecei a reclamar do Mourão porque ele ofendeu gravemente V. Ex.ª várias vezes. O país inteiro sabe disso”, escreveu Olavo de Carvalho.

Bolsonaro afirmou na terça-feira, por intermédio do porta-voz da presidência, que deseja colocar um “ponto final” na discussão entre Mourão e Carlos, mas não deixou de apoiar o filho.

“De uma vez por todas, o presidente gostaria de deixar claro o seguinte: quanto a seus filhos, em particular ao Carlos, o presidente enfatiza que ele sempre estará a seu lado. O filho foi um dos grandes responsáveis pela vitória nas urnas, contra tudo e contra todos”, declarou o porta-voz Otávio Rego Barros.

AFP

 

Aprovação da reforma foi passo importante, diz presidente do BNDES

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, disse hoje (24) que a aprovação do parecer sobre a proposta de reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados foi um “passo importante” para o país. No entanto, outras medidas além da reforma são necessárias para o crescimento da economia, como a abertura de capital de atividades hoje exercidas por bancos públicos, ressaltou Levy.

“Além da Reforma da Previdência, precisamos de outras coisas acontecendo, não só uma série de medidas de simplificação. Focar em algumas coisas-chave, abrir o capital eventualmente de algumas atividades [da Caixa Econômica Federal] como tem sido anunciado. O Banco do Brasil já fez isso no passado”, acrescentou.

“É toda uma série de ações que demonstram uma visão de uma economia mais livre, uma economia em que as pessoas possam ter mais iniciativa, e os negócios possam crescer mais”, disse Levy, que fez palestra nesta quarta-feira no 10º Congresso de Fundos de Investimentos da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

Aprovado na noite de ontem (23) na CCJ, o parecer do deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) pela admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/19, que trata da reforma da Previdência, segue agora para a comissão especial criada para analisar o mérito do texto. A criação da comissão especial foi determinada nesta quarta-feira pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).do Rodrigo Maia (DEM-RJ), determinou a criação da comissão especial que vai analisar a Proposta de Emenda à Constituição da reforma da Previdência (PEC 6/19).

Comments

STJ mantém decisão que autoriza aéreas a cobrar bagagem despachada

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu hoje (24) que a Justiça Federal no Ceará deve julgar a questão sobre a validade da resolução da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que permitiu a cobrança pelo despacho de bagagem pelas companhias aéreas no Brasil. Com isso, fica mantida a decisão daquela instância que permitiu a cobrança pelo despacho dos volumes. Por maioria de votos, a Primeira Seção do STJ também decidiu que a Justiça do Ceará é a responsável pelo julgamento do caso.

Desde a entrada em vigor da Resolução nº 400/2016 da Anac, houve várias decisões judiciais conflitantes sobre o tema. O caso foi decidido com base em um recurso da Anac e do Ministério Público Federal (MPF), que queria a suspensão das regras.

A autorização para que as empresas passem a cobrar pelos itens despachados foi aprovada pela Anac em dezembro de 2016 e entrou em vigor em junho de 2017.

Desde então, o passageiro tem direito a transportar como bagagem de mão um volume de até 10 quilos em viagens nacionais e internacionais, com limite de até 55 centímetros (cm) de altura por 40 cm de comprimento.

A mesma norma extinguiu a franquia de bagagem, pela qual o passageiro tinha o direito de despachar gratuitamente um volume de até 23 quilos.

Segundo a agência, a medida é uma prática comum em outros países, e uma das ideias era oferecer preços menores para passageiros que não precisam despachar bagagem.

Agência Brasil

Comments

CNI/Ibope: Segurança e educação são áreas do governo com melhor avaliação

Foto: Agência Brasil

Pesquisa do Ibope divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quarta-feira (24) mostra que as áreas de segurança pública e educação do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) são as que receberam melhor avaliação. O porcentual de pessoas que aprovam as ações do governo é de 57% na área da segurança e de 51% no setor de educação.

No começo da gestão, o governo apresentou um pacote para combater o crime organizado e a corrupção com alterações na legislação formulado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, o que pode ter impulsionado a avaliação, de acordo com a CNI. Por outro lado, o índice da educação surpreendeu a instituição – que lembrou as polêmicas envolvendo o ex-ministro da pasta Ricardo Vélez Rodríguez.

“Precisamos avaliar essa discussão. Bem ou mal, a questão do ensino médio andou, ou seja, a aplicação da legislação aprovada no governo Temer continua andando apesar de toda a confusão do ministério”, comentou o gerente executivo de pesquisas da CNI, Renato da Fonseca.

As áreas com maior desaprovação são taxa de juros (57%) e impostos (56%). Para Fonseca, esses são dois temas que constantemente desagradam a população em todos os governos.

O Ibope ouviu 2 mil pessoas entre os dias 12 e 15 de abril. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos com um índice de confiança de 95%.

Jovem Pan, com informações do Estadão Conteúdo

FOTOS: Brasileiro se muda para a Califórnia para plantar maconha, ganha dez copas de melhor haxixe e vira ídolo

HAROLD WINSTON, O BAMF, DEIXOU O BRASIL AOS 18 ANOS PARA VIAGEM DE UMA SEMANA EM AMSTERDÃ E NÃO VOLTOU MAIS (FOTO: MALACHI BANALES/ DIVULGAÇÃO)

Proibido no Brasil e seis vezes mais caro que o ouro. O cristal de poucos centímetros, levemente amarelado, quase transparente, é exposto em lojas especializadas em maconha da Califórnia, na costa oeste dos Estados Unidos, como uma joia.

Cada grama do extrato ultraconcentrado de maconha produzido pelo brasileiro Harold Winston, mais conhecido como Bamf, de 34 anos, pode custar até US$ 250 — o equivalente a cerca de R$ 1.000. A porção é suficiente para fazer dois cigarros — misturando com tabaco ou ervas – ou usar até cinco vezes num bong — purificador, geralmente feito de vidro, utilizado para fumar maconha.

Harold deixou o Brasil em 2003, há 16 anos, atraído pelo desejo de trabalhar com cannabis. Antes de deixar o país, ele tinha plantado 400 pés de maconha no quintal da casa onde vivia com a família em Belo Horizonte. A mãe dele descobriu, destruiu o plantio e pagou ao filho uma viagem para ele passar uma semana em Amsterdã, na Holanda. Ele nem chegou a pegar o voo de volta e, desde então, só visitou a terra natal em festas de fim de ano.

Nesse período, Harold viveu cinco anos na Holanda, ganhou 10 prêmios em competições de maconha nos Estados Unidos e se tornou uma das maiores referências do mundo canábico.

No Brasil, o plantio, a venda ou a doação de maconha são considerados tráfico de drogas, crime punido com penas de 5 a 15 anos de prisão, além de multas. Usar a erva é considerada apenas uma contravenção. Nesses casos, o usuário deve prestar serviços à comunidade e fazer um curso sobre os danos causados pelo uso de drogas.

O advogado Ricardo Nemer, da Rede Jurídica pela Reforma da Política de Drogas (Reforma) diz que muitas vezes a distinção entre usuário e traficante, feita principalmente pela Polícia Civil, é incerta e pode resultar em punições injustas.

“Depende do ‘achismo’ do delegado. Não há regra do que é pequena ou grande quantidade. Isso causa uma grande insegurança jurídica e enquadra diversos usuários como traficantes. Um exemplo são as pessoas que cultivam maconha para fazer extratos (como os produzidos por Bamf) e precisam de muitas plantas”, explica o advogado.

Mas o que há de tão especial na maconha concentrada?

“Você dá uma simples puxada e é como se você tivesse fumado uns dez baseados inteiros”, diz Fernando Badaui, de 43 anos, vocalista da banda CPM22. “Não tem nenhuma impureza. É como degustar um bom vinho. Quando você fuma uma maconha comum, tem o papel, folhas, galhos e tudo mais junto, fora a sujeira. Aquilo que o Bamf faz é o puro extrato de THC, o princípio ativo que causa a brisa. Eu já experimentei maconha em diversos países que visitei e digo que essa está entre as melhores do mundo.”

FERNANDO BADAUI (À ESQ.), VOCALISTA DA BANDA CPM22, VISITOU DIVERSAS VEZES O BRASILEIRO HAROLD WINSTON, NA CALIFÓRNIA (FOTO: FERNANDO BADAUI/ ARQUIVO PESSOAL)

Badaui é conhecido por ser um combativo ativista nas redes sociais pela liberação da maconha. No Instagram, por exemplo, ele faz constantes publicações para defender a descriminalização do uso e a regulamentação do plantio da erva no Brasil. Ele conta ter conversado com o skatista Bob Burnquist, outro assíduo defensor da cannabis.

“Falei pro Bob que a gente está junto nessa. A imagem dele é muito importante para mostrar que um atleta de elite pode usar maconha”, afirmou Badaui em entrevista à BBC News Brasil.

O brasileiro Harold diz que Badaui o visita duas vezes por ano na Califórnia e que já experimentou vários de seus produtos. “A gente virou amigo. Ele é um ativista que representa muito nossa luta e eu acho lindo todos esses caras de peso desmistificando o uso da maconha. Eles demonstram que podem fumar e serem grandes profissionais. A manifestação pública dessas pessoas é um dos caminhos para a legalização no Brasil”, afirmou.

‘Amor’ pela erva

Harold nasceu na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, mas seus pais avaliaram que não teriam condições de criá-lo. Aos três meses de idade, o bebê foi adotado por americanos que viviam em Belo Horizonte e o batizaram com o nome do avô americano.

“Eu sempre fui um moleque doido, talvez pelo fato de ser adotado. Fui expulso de todas as escolas por onde passei em Belo Horizonte”, conta o brasileiro. Ele diz que ter se tornado uma referência na produção de maconha na Califórnia é a realização de seu maior sonho.

Todo esse amor pela maconha, conta Bamf, começou assim que experimentou a erva pela primeira vez, aos 16 anos.

“O problema foi que eu gostei demais, irmão. Um dia depois de sentir aquela sensação, comprei 25 gramas (suficiente para produzir até cerca de 50 baseados). Foi doido. A partir daquele dia, eu queria ver coisas sobre maconha o dia todo, queria experimentar a melhor maconha do mundo e fiquei na caça daquilo. Naquele mesmo ano, descobri o haxixe e pirei de vez”, conta o brasileiro aos risos.

Na época, ele passou a ter acesso e consumir grandes quantidades de haxixe trazido do Paraguai. Mas ele conta que sentia desgosto por consumir algo sujo e de procedência desconhecida. Seu sonho passou a ser produzir seu próprio concentrado, de alta pureza.

400 plantas no quintal

(mais…)

Mourão minimiza Carlos Bolsonaro e Olavo Carvalho, fala em “página virada”, e foca “recomendação do presidente de unificar o discurso”

Foto: Sergio Lima / AFP/23/04/2019

Embora o vereador Carlos Bolsonaro continue publicando ataques contra ele em suas redes sociais , o vice-presidente Hamilton Mourão disse na tarde desta quarta-feira que o assunto é página virada, repetindo que, quando um não quer, dois não brigam.

– O que é que eu falei ontem? Quando um não quer, dois não brigam. Então esse assunto, vira a página. Qual é a próxima (pergunta)? – respondeu Mourão ao ser questionado sobre o comportamento de Carlos.

O vice-presidente foi lembrado que o presidente Jair Bolsonaro, pai do vereador, pediu na terça por meio do porta-voz Otávio do Rêgo Barros um “ponto final” naquilo que o Planalto classificou como uma “pretensa discussão” entre os dois.

Na mesma linha do que havia dito na noite anterior, Mourão evitou opinar sobre que medidas o presidente deveria tomar diante das declarações do filho contra ele, e pregou cautela.

– Eu acho que pai e filho é pai e filho, não tem essas desavenças, né? Vamos aguardar, gente. Falei ontem a frase da minha mãe. Dê tempo ao tempo – disse.

Ele foi indagado então se o que tem acontecido nas redes sociais não era motivo para uma conversa entre ele e o presidente sobre o assunto, o que até o momento não aconteceu, segundo Mourão.

– Sim, tudo é motivo, mas a gente procura levar sem aumentar as tensões. As tensões do dia-a-dia já são suficientes. A gente não precisa aumentar isso aí, tá bom – respondeu. – Converso a hora que for necessário, né? – complementou.

Mourão disse ainda não que não sabe se há uma orientação da equipe de comunicação para que o presidente diminuísse suas postagens nas redes sociais, porque “isso aí” não passa por ele. A última publicação de Bolsonaro ocorreu há três dias, no domingo de Páscoa. No mesmo dia, um vídeo com críticas do idéologo de direita Olavo de Carvalho a militares, que levou discórdia ao Planalto.

– Geral é a busca da gente unificar o discurso. Foi o que o presidente recomendou ontem na reunião (ministerial).

Em tom de brincadeira, o vice-presidente disse que pensou que os repórteres fossem questioná-lo como foi o almoço com os embaixadores na União Europeia, momentos antes. Relatou então que os diplomatas fizeram muitas perguntas sobre as metas do governo e que ele falou sobre a aprovação da reforma da Previdência.

O Globo

Bolsonaro sanciona lei que cria operadora de crédito para pequenos empreendedores

Foto: Marcos Correa / Planalto

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, nesta quarta-feira um projeto que cria a figura jurídica da Empresa Simples de Crédito (ESC). Esse tipo de companhia terá que oferecer financiamento mais barato para as micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais ( MEI ). O Ministério da Economia afirma que novo o tipo de empresa de crédito pode injetar R$ 20 bilhões, por ano, em novos recursos para pequenos negócios no país. Isso representa um crescimento de 10% no mercado de concessão de crédito para pequenas empresas.

A Empresa Simples de Crédito será voltada somente aos microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte para que eles possam realizar operações de empréstimo, financiamento e desconto de títulos de crédito, exclusivamente com recursos próprios.

Segundo o governo, a chamada ESC não se confunde com a operação de um banco comercial, pois ela não poderá conter a expressão banco ou outra expressão identificadora de instituição financeira autorizada pelo Banco Central. Ela também estará proibida de captar recursos em nome próprio ou de terceiros. Além disso, a empresa deverá ficar restrita ao município sede.

— O cidadão que tem uma poupança simplesmente subscreve esse capital na empresa para poder emprestar na praça onde ele mora. Tem que ser uma única agência no municípios onde ele está. Ele é proibido de captar recursos. O risco é totalmente dele — disse o assessor especial do Ministério da Economia Guilherme Afif Domingos, ex-presidente do Sebrae.

Afif foi um dos principais articuladores para a aprovação da proposta no Congresso. Ele defende que a medida será importante para facilitar a tomada de crédito por pequenas empresas. É quem empresta que irá definir a taxa de juros, as garantias e a documentação necessária, por exemplo.
A nova empresa de crédito estará proibida de cobrar qualquer tarifa e o ganho máximo, com juros, não poderá exceder o limite de receita bruta para Empresa de Pequeno Porte, atualmente em R$ 4,8 milhões por ano.

— Ela não é empresa do simples, é de lucro real ou presumido. A única regulação é se ele não está aplicando acima do capital subscrito e realizado e através da Receita.
Para o governo a criação desse tipo de empresa não representa risco à estabilidade do Sistema Financeiro Nacional, uma vez que se trata de companhia limitada em termos de porte, de atuação e somente pode operar com capital próprio.

O projeto também cria o Inova Simples, regime especial simplificado que concede às startups tratamento diferenciado. Elas terão um rito simplificado e automático para abertura e fechamento.

O Globo

 

LOCAISComments

Comissão especial da Previdência tem apenas 13 titulares indicados; por enquanto, nenhum do RN

Até o início da noite desta quarta-feira, 24, a comissão especial criada para analisar a reforma da Previdência tinha apenas 13 membros titulares indicados pelos partidos no sistema da Câmara. Para que o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), possa instalar o colegiado e dar início aos trabalhos de análise da proposta é necessária a indicação de ao menos 26 titulares e também do presidente da comissão. Nos bastidores, Maia trabalhou nesta quarta-feira para acelerar esse trabalho, mas alguns partidos ainda não bateram o martelo.

Até o momento, PSD indicou seus três titulares – Darci de Matos (PSD-SC), Delegado Éder Mauro (PSD-PA) e Reinhold Stephanes Junior (PSD-PR) – e três suplentes: Marco Bertaiolli (PSD-SP), Marx Beltrão (PSD-AL) e Cezinha de Madureira (PSD-SP). PSDB também indicou três titulares: Beto Pereira (PSDB-MS), Daniel Trzeciak (PSDB-RS) e Samuel Moreira (PSDB-SP). Os tucanos colocaram Eduardo Cury (PSDB-SP), um dos nomes indicados para a relatoria da proposta, na suplência ao lado de Rodrigo de Castro (PSDB-MG). PTB colocou Marcelo Moraes (PTB-RS) na titularidade e Eduardo Costa (PTB-PA), na suplência.

O deputado Mauro Benevides (PDT-CE) e André Figueiredo (PDT-CE) ficaram com as duas titularidades do partido. No Pros, Capitão Wagner (CE) e Acácio Favacho (AP) ficaram como titular e suplente, respectivamente. Alex Manente (Cidadania-SP), Doutor Frederico (Patri-MG) e Vinicius Poit (Novo-SP) ocupam cada um a titularidade destinada aos seus respectivos partidos. PRB deve indicar seus nomes ainda nesta quarta. Os três titulares serão Silvio Costa Filho (PE), Capitão Alberto Neto (CE) e Cleber Verde (MA).

Estadão Conteúdo

Comments

Secretaria de Saúde confirma três mortes por Influenza no RN em 2019

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesap), confirmou a morte de três pessoas no Rio Grande do Norte vítimas da Influenza em 2019, e o registro de 24 casos de quatro diferentes tipos do vírus neste ano no estado potiguar.

Segundo a Sesap, duas das mortes foram provocadas pelo vírus da Influenza H1N1 e a outra pela Influenza A. As vítimas foram uma criança de 9 anos, em Santa Cruz, um idoso de 74 anos, em Jardim do Seridó e um homem de 45, em Santana do Matos.

A Sesap reforçou que, para redução do risco de adquirir ou transmitir doenças respiratórias, especialmente as de grande infectividade, como vírus Influenza, é importante que, além da vacinação, sejam adotadas medidas gerais de prevenção:

Frequente higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento

Utilizar lenço descartável para higiene nasal

Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir

Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca

Higienizar as mãos após tossir ou espirrar

Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

Manter os ambientes bem ventilados

Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza.

Evitar sair de casa em período de transmissão da doença

Orientar o afastamento temporário (trabalho, escola etc.) até 24 horas após cessar a febre

Indivíduos que apresentem sintomas de gripe devem:

Evitar sair de casa em período de transmissão da doença (até 7 dias após o início dos sintomas).

Com acréscimo de informações do G1

Comments

Por G1 RN


Trecho da barragem de Oiticica tem 5 milhões de metros cúbicos de água — Foto: Reprodução

Trecho da barragem de Oiticica tem 5 milhões de metros cúbicos de água — Foto: Reprodução

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou nesta quarta-feira (24), através do perfil oficial do Poder Executivo no Twitter, que o Governo Federal liberou R$ 12,4 milhões para a conclusão da construção da Barragem de Oiticica, no Seridó. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), a obra está 74% concluída.

O recurso está dentro dos R$ 239 milhões disponibilizados pela União no final do ano passado. O dinheiro está sendo liberado de acordo com o avanço das obras, totalizando R$ 550 milhões investidos.

De acordo com a postagem do Governo do RN, os R$ 12,4 milhões foram assegurados pelo ministro da Secretaria de Governo, general Santos Cruz, que garantiu o pagamento até sexta-feira (26).

Oiticica

Oiticica fica no município de Jucurutu, distante 260 quilômetros de Natal. Quando pronta, beneficiará aproximadamente 330 mil pessoas com oferta de água nas regiões do Seridó, Vale do Açu e região Central. Com capacidade total para 560 milhões de metros cúbicos de água, ela será o terceiro maior reservatório do estado. A barragem vai receber águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

A barragem foi idealizada há quase 70 anos, mas só começou a ser construída em 2013. Inicialmente, tinha previsão de conclusão para 2015. Quando pronta, Oiticica terá uma extensão de 7 quilômetros. O paredão principal, de concreto compactado a rolo, tem cerca de 4,5 km de extensão.

Barragem de Oiticica, em Jucurutu — Foto: Canindé Soares

Barragem de Oiticica, em Jucurutu — Foto: Canindé Soares

Campeonato Potiguar

Final

AMÉRICA-RN

Alison, Jean Patric
x
Pós Jogo

ABC

Maurício
1

Com gol no último minuto, América-RN vence ABC e é campeão potiguar de 2019

Alison, zagueiro de 35 anos que foi formado no clube, faz de cabeça aos 49 do segundo tempo para dar a vitória e o título ao Alvirrubro

  • No último minuto!

    O América-RN é campeão potiguar de 2019! Com um gol no último minuto, o Alvirrubro venceu o ABC por 2 a 1 em um jogo bastante disputado nos dois tempos. Jean Patric abriu o placar para o América-RN e Maurício empatou no segundo tempo. Aos 49, o zagueiro Alison, formado nas bases do Alvirrubro, subiu de cabeça para marcar o gol do título, que o clube não conquistava desde 2015.

    América-RN foi campeão 2019

    América-RN foi campeão 2019 (Foto: Iuri Seabra/FNF)

  • Primeiro tempo

    O primeiro tempo se mostrou muito disputado. O ABC conseguiu assustar mais em bolas aéreas no início da partida, mas Adenilson respondeu em chute de fora de área. O América-RN conseguiu dominar mais as ações da partida e chegou ao gol no final da primeira etapa com Jean Patric após bonito lance de Pardal e passe de Hiltinho.

  • Segundo tempo

    Precisando do empate para levar o jogo para os pênaltis, o ABC voltou pressionando mais. E conseguiu ganhar terreno no campo. Assim, foi empurrando o América-RN, que se defendia bem, mas não conseguia sair de trás. Ranielle efetou as três mudanças no time antes dos 30 minutos e surtiu efeito, quando Boris Sagredo cobrou falta e Wanderson desviou para Maurício empurrar para as redes. O gol fez com que o América-RN precisasse volta ao ataque. E o jogo voltou a ser lá e cá. O ABC seguiu com mais posse e reclamou muito de um lance, já nos acréscimos, em que Wanderson pediu pênalti de Alison. No lance seguinte, o próprio Alison, subiu, aos 49, para fazer o gol do título.

  • De volta pra casa e pro título

    Formado no América-RN, o zagueiro Alison nunca havia atuado profissionalmente pelo clube. De volta ao clube após mais de 15 anos, ele virou uma espécie de líder do elenco pela experiência e passagens por clubes como Vitória, Bahia e América-MG. E o destino reservou na história que fosse do defensor, que entrou no segundo tempo de jogo, o gol do títuloa americano, no último minuto de partida. Ele desviou cobrança de escanteio de Adenilson na primeira trave para balançar as redes aos 49 do segundo tempo.

  • Confusão e invasão

    Após o apito final, a torcida do América-RN invadiu o gramado da Arena das Dunas e houve confusão e confronto com a polícia (CLIQUE AQUIpara ver o que aconteceu). Na parte da torcida do ABC, também houve confusão nas arquibancadas. A PM foi acionada para conseguir conter o avanço da torcida americana no gramado e usou de bala de borracha para conseguir tirar as pessoas do local.

    Vídeo incorporado

    GloboEsporte.com/RN@GloboEsporteRN

    Torcida do América-RN invade o campo da Arena das Dunas para comemorar título.

    Veja outros Tweets de GloboEsporte.com/RN
  • Público e renda

    Público: 21.491 presentes

    Renda: R$ 343.705

Deixe uma resposta

Fechar Menu