PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

Por G1

 

STJ julga o pedido de liberdade de Temer, que passou a primeira noite no batalhão da PM em SP. O presidente Bolsonaro viaja hoje para o Texas, nos EUA. Moro e o presidente do Coaf defendem a permanência do órgão no Ministério da Justiça. SP tem 88 casos de lesão corporal por violência doméstica por dia. No RJ, menos de 4 em cada 100 investigações de mortes por policiais chegam à Justiça. E veja os confrontos da Libertadores e da Sul-Americana.

INTERNACIONAIS

Libertadores

Libertadores 2019 — Foto: ConmebolLibertadores 2019 — Foto: Conmebol

A Conmebol sorteou os oito confrontos de oitavas de final da Copa Libertadores, que terão início só depois da Copa América. Os jogos de ida serão entre 23 a 25 de julho, enquanto a volta acontece de 30 de julho a 1º de agosto.

  • Palmeiras x Godoy Cruz
  • Cruzeiro x River Plate
  • Internacional x Nacional-URU
  • Cerro Porteño-PAR x San Lorenzo
  • Libertad x Grêmio
  • Boca Juniors x Athletico-PR
  • Flamengo x Emelec
  • Olimpia x LDU Quito

Sul-Americana

Sul-Americana 2019 — Foto: ConmebolSul-Americana 2019 — Foto: Conmebol

A Conmebol também sorteou os confrontos da segunda fase da Copa Sul-Americana. Os jogos dos times brasileiros são:

  • Fluminense x Atlético Nacional
  • Unión La Calera x Atlético-MG
  • Sol de América-PAR x Botafogo
  • Corinthians x Deportivo Lara

Argentina

Maurício Macri, Cristina Kirchner e Roberto Lavagna — Foto: Marcos Brindicci e Agustin Marcarian / Reuters Maurício Macri, Cristina Kirchner e Roberto Lavagna — Foto: Marcos Brindicci e Agustin Marcarian / Reuters

Disputa entre Maurício Macri, Cristina Kirchner e ‘terceira via’ deve marcar eleição na Argentina em outubro. Presidente atual e antecessora lideram pesquisas e polarizam eleitorado. Roberto Lavagna surge em 3º como alternativa. Entenda.

Jimmy Carter

O ex-presidente dos EUA Jimmy Carter dá entrevista em Seul nesta quinta-feira (28) — Foto: AP O ex-presidente dos EUA Jimmy Carter dá entrevista em Seul nesta quinta-feira (28) — Foto: AP

O ex-presidente americano Jimmy Carter cai ao caçar perus e passa por cirurgia. Carter, de 94 anos, passa bem e descansa após a cirurgia, realizada no Phoebe Sumter Medical Center, na Geórgia.

Hackers no WhatsApp

Logotipo do aplicativo Whatsapp — Foto: Dado Ruvic / Arquivo / ReutersLogotipo do aplicativo Whatsapp — Foto: Dado Ruvic / Arquivo / Reuters

O aplicativo de mensagem instantânea WhatsApp, de propriedade do Facebook, informou que detectou uma vulnerabilidade em seu sistema que permitia que hackers instalassem spyware em alguns telefones e acessassem os dados contidos nos aparelhos. A empresa e pediu aos 1,5 bilhão de usuários em todo o mundo que “atualizem o aplicativo para sua versão mais recente” e mantenham durante o dia seu sistema operativo como medida de “proteção”.

Escalada de tensão

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump — Foto: Carlos Barria / ReutersO presidente dos Estados Unidos, Donald Trump — Foto: Carlos Barria / Reuters

O presidente dos EUA, Donald Trump, alertou que o Irã cometerá “um grande erro” se fizer “qualquer coisa” contra interesses americanos no Oriente Médio. A afirmação vem depois de Washington enviar navios e aviões para enfrentar supostas ameaças na região.

“Vamos ver o que vai acontecer com o Irã. Se fizerem qualquer coisa, sofrerão muito”, afirmou Trump, durante um encontro com o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, na Casa Branca.

Os comentários de Trump foram feitos depois que os Emirados Árabes Unidos informaram que quatro embarcações comerciais foram sabotadas no domingo (12) perto do emirado de Fujairah, nos arredores do Estreito de Ormuz, que separa o país do Irã. A Arábia Saudita também denunciou sabotagem a dois navios petroleiros.

Por Blog do BG

Amazon lança máquinas que embalam pedidos e substituem funcionários

A Amazon pretende instalar duas máquinas em dezenas de armazéns

Amazon está implementando máquinas para automatizar um trabalho mantido por milhares de trabalhadores: encaixotar pedidos de clientes. Essas instalações normalmente empregam mais de duas mil pessoas – a automação do trabalho resultaria em um corte de mais de 1,3 mil funcionários da empresa. Com a mudança, a Amazon pretende gastar US$ 1 milhão por máquina, mais as despesas operacionais.

“Estamos testando essa nova tecnologia com o objetivo de aumentar a segurança, acelerar os prazos de entrega e adicionar eficiência em toda a nossa rede”, disse uma porta-voz da Amazon em comunicado. “Esperamos que a economia de eficiência seja reinvestida em novos serviços para os clientes, onde novos empregos continuarão a ser criados.”

A tecnologia escaneia mercadorias que chegam por uma esteira e as embala segundos depois em caixas personalizadas para cada item, disseram à agência de notícias Reuters duas pessoas envolvidas no projeto. A ideia da Amazon é instalar duas máquinas em dezenas de armazéns, removendo pelo menos 24 funções em cada local.

A empresa espera recuperar os custos da automação em menos de dois anos. As mudanças não foram concluídas ainda porque a verificação da tecnologia antes de uma implementação importante pode levar muito tempo.

O plano mostra como a Amazon está tentando reduzir mão-de-obra e aumentar lucros, já que a automação da tarefa mais comum do armazém – que é pegar um item – ainda está fora do seu alcance. A Amazon é famosa por sua iniciativa de automatizar o maior número possível do seu negócio, seja no preço de mercadorias ou no transporte de itens em seus depósitos. Mas a empresa está em uma posição precária ao considerar a substituição de empregos que lhe renderam subsídios e boa vontade pública.

LINK / ESTADÃO

 

Natura deverá anunciar nos próximos dias a compra da Avon

Avon

Natura Cosméticos está perto de fechar um acordo para comprar a Avon Products, disse uma fonte com conhecimento do assunto nesta segunda-feira.

Segundo a fonte, o acordo pode ser anunciado a partir de sexta-feira, ou na próxima semana. Não ficou claro se a Natura pagaria um prêmio sobre os preços atuais do mercado ou não.

A Natura e a Avon, que tem um valor de mercado de 1,4 bilhão de dólares, não comentaram imediatamente sobre o assunto.

As discussões sobre o financiamento da proposta atrasaram o anúncio, acrescentou a fonte. Inicialmente, o UBS, que está assessorando a Natura no negócio, e o Morgan Stanley ofereceram o financiamento.

Mas a Natura recebeu ofertas de bancos locais como Bradesco, Itaú Unibanco e Santander Brasil, acrescentou a fonte. O Citigroup também pode se juntar ao financiamento, disse a fonte, embora os bancos brasileiros agora possam fornecer a maior parte.

Representantes dos bancos não comentaram o assunto de imediato.

ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte: Blog do BG

NACIONAIS

Temer preso

O ex-presidente Michel Temer — Foto: Reprodução / JNO ex-presidente Michel Temer — Foto: Reprodução / JN

Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) analisará nesta terça-feira o pedido de liberdade de Michel Temer. Ele é réu pelos crimes de corrupção, lavagem e peculato. Defesa nega todas as acusações. O ex-presidente está preso desde a semana passada, em São Paulo.

Também será analisado o pedido de liberdade do coronel reformado da Polícia Militar João Baptista Lima Filho, o coronel Lima.

Ex-presidente citado em delação

O juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara Federal em Brasília, homologou a delação premiada do empresário Henrique Constantino, um dos donos da empresa aérea Gol, em um desdobramento da Operação Lava Jato. Ele admitiu participação em crimes em troca da liberação de recursos da Caixa Econômica Federal após virar réu na Operação Cui Bono, desencadeada a partir das delações do ex-dirigente da Caixa Fábio Cleto e do doleiro Lúcio Funaro. A colaboração premiada foi assinada em fevereiro e validada pelo juiz em abril.

Bolsonaro nos EUA

O presidente Jair Bolsonaro — Foto: Antonio Cruz / Agência BrasilO presidente Jair Bolsonaro — Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil

O Ministério das Relações Exteriores confirmou a viagem de Jair Bolsonaro, hoje, para o Texas, nos Estados Unidos. Amanhã, ele tem um encontro com o ex-presidente George W Bush. Na quinta, vai receber o prêmio personalidade do ano, da Câmara de Comércio Brasil-EUA. A entrega do prêmio seria em Nova York, mas Bolsonaro cancelou a viagem depois que locais escolhidos pela organização para a cerimônia se recusaram a receber o evento. Além disso, patrocinadores desistiram de homenagear o presidente e o prefeito da cidade, Bill de Blasio, fez críticas ao líder brasileiro.

Coaf com a Justiça

O presidente do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), Roberto Leonel, defendeu a permanência a permanência do órgão no Ministério da Justiça e Segurança Pública, cujo titular é Sérgio Moro.

“O mais importante é que o Coaf tem uma maior proximidade, uma maior interação ou uma maior aderência aos órgãos do Ministério da Justiça. Praticamente 80% dos nossos relatórios de inteligência financeira são direcionados a órgãos de persecução penal, Ministério Público, Polícia Civil, Polícia Federal”, afirmou Leonel.

A declaração foi feita em um congresso sobre combate à corrupção, em Curitiba. Moro, também participou do evento. Ele afirmou que a tendência é que o Coaf seja “negligenciado” se mudar de ministério

Combate ao crime

 — Foto: Igor Estrella / G1Foto: Igor Estrella / G1

Apesar de crise e queda de receita, gastos de estados com segurança pública cresceram 30% em 10 anos. Estudo do Fórum Brasileiro de Segurança Pública diz que aumento das despesas na área, porém, não foi suficiente para diminuir a criminalidade e a violência. Autores analisam mudanças recentes no financiamento para segurança, mas dizem que cenário para 2020 não é otimista.

Queda de avião em 2016

Peritos trabalham no local da queda do avião do ex-presidente da Vale, Roger Agnelli, em São Paulo — Foto: Mario Ângelo / Sigmapress / Estadão ConteúdoPeritos trabalham no local da queda do avião do ex-presidente da Vale, Roger Agnelli, em São Paulo — Foto: Mario Ângelo / Sigmapress / Estadão Conteúdo

O avião que caiu com o empresário Roger Agnelli em São Paulo em março de 2016 não poderia ter usado o Campo de Marte – de onde havia decolado antes de cair – nem fazer transporte privado de passageiros, aponta o relatório final da Aeronáutica sobre o acidente. Entenda.

Violência doméstica

Os crimes de lesão corporal por violência doméstica aumentaram 14% nos últimos 3 anos no estado, de acordo com levantamento exclusivo feito pela GloboNews e o G1, com bases em dados da Secretaria da Segurança Pública via Lei de Acesso à Informação. São Paulo tem 88 casos por dia. Aumento de agressões explica alta de feminicídios no estado, diz especialista.

Minério de ferro

O fechamento de minas e barragens de produção de minério de ferro em decorrência ao rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho (MG), traz impacto negativo para produção e as exportações de minério de ferro: a produção no país deve cair 6,5% em 2019. A tragédia completou cem dias no último dia 4.

Fonte: G1

Por Blog do BG

Paulo Guedes vai estudar correção da tabela do IR

O porta-voz da Presidência, general Otávio do Rêgo Barros, informou nesta segunda-feira, 13, que o ministro da Economia, Paulo Guedes, concordou em estudar uma atualização da tabela do Imposto de Renda pela inflação, como deseja o presidente Jair Bolsonaro, para ser implementada “no devido momento”.

Em entrevista à rádio Bandeirantes, no último domingo, o presidente afirmou que já havia pedido a mudança ao ministro e que seria implementada este ano. A tabela não é corrigida desde 2016.

“O presidente identifica acreditar que é possível que a inflação deste ano de 2019 possa ser considerada na elaboração da tabela do IR no ano que vem”, disse o porta-voz, complementando que o assunto foi tratado nesta segunda em audiência do presidente com o ministro da Fazenda.

Fontes da área econômica, no entanto, disseram à Reuters que não há espaço fiscal para atualização da tabela do IR.

Antes das declarações do porta voz, fontes da área econômica do governo disseram à Reuters que se “surpreenderam” com a notícia dada no fim de semana pelo presidente.

“Não estou envolvido diretamente, mas nunca ouvi isso”, afirmou uma fonte da equipe econômica, em condição de sigilo.

“Isso é uma novidade total, não ouvi isso nem formal nem informalmente. O ambiente fiscal não está propício”, adicionou uma segunda fonte que integra o time, também em condição de anonimato.

A correção da tabela do IR de 2020 seria baseada na inflação, segundo Bolsonaro disse na entrevista a rádio, sem esclarecer qual índice seria aplicado.

A tabela de IR não é corrigida desde o ano-calendário de 2015. Atualmente, são isentos de pagar Imposto de Renda os que ganham até R$ 1.903,98 por mês.

Uma correção da tabela faria com que mais pessoas fossem enquadradas como isentas ou em faixas salariais com alíquotas mais baixas, provocando uma perda de arrecadação para o governo num momento que a União vive forte restrição fiscal, caminhando para seu sexto ano consecutivo no vermelho. No fim deste mês, inclusive, deve ser anunciado novo contingenciamento orçamentário.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

Devassa nas contas de Flávio Bolsonaro tem potencial ‘avassalador’, avaliam políticos e magistrados

A abrangência da quebra dos sigilos fiscal e bancário do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) chamou a atenção de políticos e magistrados que observam, de longe, o desenrolar das investigações no Rio. Integrantes de órgãos de controle chamaram de “avassaladora” a devassa de mais de dez anos nas contas do filho do presidente, de sua mulher e de mais de 80 ex-funcionários, entre eles Fabrício Queiroz. A amplitude do material indica apuração de vida muito longa —e várias ramificações.

A quebra dos sigilos de Flávio, revelada pelo jornal O Globo, foi rapidamente associada por políticos ao “tsunami” anunciado por Jair Bolsonaro na semana passada. Integrantes de partidos de centro e centro-direita disseram que pai e filho, se antecipando à ofensiva, deram indícios de que houve vazamento.

Havia expectativa entre integrantes do Ministério Público do Rio que não atuam no caso de uma ação ainda mais incisiva sobre Fabrício Queiroz, como um pedido de prisão. Em local incerto desde o início do ano, Queiroz é apontado como a ponte entre o gabinete de Flávio e familiares de milicianos.

PAINEL / FOLHA

Comments

Bolsonaro está aberto a adaptar decreto das armas, diz porta-voz

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, disse na noite desta segunda-feira, 13, que o presidente Jair Bolsonaro está aberto a “eventualmente adaptar” o decreto assinado na semana passada para facilitar as regras de posse, porte e comercialização de armas de fogo.

Consultores da Câmara dos Deputados e do Senado apontaram, em análises técnicas, inconstitucionalidades no decreto presidencial. Parlamentares ameaçam sustar os efeitos do decreto de Bolsonaro. “O presidente coloca-se aberto a esse diálogo com o Congresso, para, a partir das proposições do parlamento, eventualmente adaptar aquele decreto que ele firmou na semana passada”, disse o porta-voz.

Rêgo Barros antecipou que Bolsonaro está propenso a gravar e divulgar nesta terça um vídeo sobre o decreto dos CACs, caçadores, atiradores e colecionadores, que abrangeu outras categorias. Na gravação, Bolsonaro deve reforçar seu posicionamento.
“O presidente imagina fazer-se necessário ele apresentar algum posicionamento em reforço àquilo que foi exarado pela Presidência, por meio da Casa Civil”, disse Rêgo Barros. O porta-voz afirmou que, no entender do Palácio do Planalto, o decreto é constitucional.
ESTADÃO CONTEÚDO

 

LOCAISComments

MPRN deflagra operação para investigar fraudes na coleta de lixo em Caicó; ex-secretário e empresários são presos

Além do RN, operação Máfia Capital cumpre mandados em São Paulo e Pernambuco. São investigados os crimes de organização criminosa, fraude a licitações, lavagem de dinheiro e corrupção

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta terça-feira (14) a operação Máfia Capital. A ação apura fraudes na contratação de veículos, maquinário e pessoal para coleta de lixo na cidade de Caicó com o cometimento dos crimes de organização criminosa, fraude a licitações, peculato e corrupção ativa e passiva. Além do RN, a operação cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão nos Estados de São Paulo e Pernambuco. Um ex-secretário municipal de Caicó e dois empresários foram presos.

A operação Máfia Capital é desdobramento de três outras operações do MPRN: a Cidade Luz, deflagrada pelo MPRN em 2017 para investigar irregularidades no contrato de iluminação pública da Prefeitura de Natal, e as operações Blackout e Tubérculo, realizadas com os objetivos de apurar fraudes no contrato de iluminação pública da Prefeitura de Caicó.

A operação Máfia Capital foi deflagrada com o apoio da Polícia Militar potiguar e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) dos Ministérios Públicos do Rio Grande do Norte, de São Paulo e de Pernambuco. Promotores de Justiça e policiais militares cumprem os mandados de prisão e de busca e apreensão nas cidades de Caicó, Mossoró, Recife, Jaboatão dos Guararapes e São Paulo.

Comments

[VÍDEO] Clientes se revoltam com mudança em cobrança no estacionamento para idosos no Natal Shopping

Idosos e pessoas com mobilidade reduzida tinham direito a um desconto no estacionamento do Natal Shopping se revoltaram com o centro comercial que conseguiu na Justiça derrubar o benefício. O Caso foi filmado por por frequentadores do shopping e várias pessoas enviaram para o blog.

Em contato com o Blog, uma pessoa escreveu: “O Natal Shopping conseguiu uma liminar na Justiça e acabou com a isenção e com o desconto aos idosos e deficientes no estacionamento, e ainda aumentou o preço. Agora é preço R$ 14 reais. Um preço absurdo. Quase o valor de um almoço.

Eu, particularmente e sei que será uma gota d’água, deixarei de frequentar até que seja revista a medida absurda. É preciso que mais pessoas se revoltem também”.

Procurado pelo BG, O Natal Shopping se posicionou:

*Nota de esclarecimento*

O Natal Shopping informa não houve reajuste em sua tarifa de estacionamento e que a concessão de gratuidade para clientes maiores de 60 anos segue como critério a apresentação do cartão emitido pelo Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/RN) e não mais o cartão da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU). A determinação obedece aos termos da Lei Estadual nº 9.320/2010. O Cartão Especial de Estacionamento deve incluir o número da placa do veículo e o símbolo internacional de acesso.

Assessoria de comunicação do Natal Shopping

Fonte: Blog do BG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Sign up
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.
We do not share your personal details with anyone.
0