PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA SEGUNDA-FEIRA

Por G1

 

Após um fim de semana violento na Venezuela, em que a ajuda humanitária não conseguiu passar pelas fronteiras fechadas, o Grupo de Lima se reúne hoje na Colômbia para discutir a crise no país vizinho. O MEC divulga o resultado do Fies. E veja tudo sobre o Oscar, que teve recorde de prêmios para negros e mulheres e “Green Book” como vencedor de melhor filme. O que é notícia hoje:

INTERNACIONAIS

Crise na Venezuela

Após um fim de semana de violência na Venezuela, com a tentativa da entrega de ajuda humanitária pelas fronteiras com o Brasil e a Colômbia, representantes dos 13 países que integram o Grupo de Lima se reúnem em solo colombiano para discutir a crise venezuelana. O Brasil será representado pelo vice-presidente, Hamilton Mourão, e pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Eles vão defender mais pressão sobre o regime Maduro.

Caminhão que transportava ajuda humanitária para a Venezuela foi incendiado em Cúcuta — Foto: Marco Bello/Reuters

Caminhão que transportava ajuda humanitária para a Venezuela foi incendiado em Cúcuta — Foto: Marco Bello/Reuters

Não sabe o que aconteceu na Venezuela no fim de semana? O G1 faz um resumo rápido:

Sábado (23)

Domingo (24)

Oscar 2019

Elenco e equipe de 'Green Book' no palco para receber estatueta de Melhor Filme no Oscar 2019 — Foto: Chris Pizzello/Invision/AP

Elenco e equipe de ‘Green Book’ no palco para receber estatueta de Melhor Filme no Oscar 2019 — Foto: Chris Pizzello/Invision/AP

“Green Book” e “Bohemian Rhapsody” foram os principais vencedores do Oscar 2019. “Green Book: O Guia” levou a estatueta de melhor filme e “Bohemian Rhapsody” liderou a premiação ao ganhar em 4 categorias.

A cerimônia também foi marcada pelo recorde de prêmios para negros e mulheres. Foram 7 estatuetas para profissionais negros e 15 para as mulheres. Veja tudo sobre o Oscar.

Fonte: G1

‘Green Book’, ‘Roma’ e ‘Bohemian Rhapsody’ são os principais vencedores do Oscar 2019; confira lista completa dos ganhadores

A cerimônia do Oscar consagrou “Green Book: O Guia”, “Roma” e “Bohemian Rhapsody” neste domingo (24), em Los Angeles.

A noite também foi importante pelo recorde de maior número de prêmios para profissionais negros (7 estatuetas) e para mulheres (15) em toda história da premiação.

“Green Book: O Guia”, sobre a amizade entre um motorista racista e um músico negro, venceu como Melhor Filme, além de Roteiro Adaptado e Ator Coadjuvante (Mahershala Ali). A cinebiografia do Queen e de Freddie Mercury levou quatro estatuetas, incluindo melhor ator para Rami Malek.

“Roma” deu três prêmios a Alfonso Cuarón, incluindo sua segunda estatueta como diretor e o primeiro Oscar de Filme Estrangeiro para o México.

Outros destaques do Oscar 2019:

“A Favorita” bateu a favorita: Olivia Colman foi Melhor Atriz pelo filme “A Favorita”. No discurso, ela pediu desculpas a Glenn Close, que era apontada como favorita ao prêmio, na 7ª indicação sem vitória

Lady Gaga levou por Melhor Canção com “Shallow”, a única estatueta de “Nasce uma estrela”

Spike Lee ganhou seu primeiro Oscar “oficial”, após prêmio honorário em 2006. Foi pelo roteiro original de “Infiltrado na Klan”

“Pantera Negra” levou 3 prêmios técnicos: trilha sonora, figurino (o 1º para profissional negro) e direção de arte (1º para uma mulher negra)

A Netflix foi premiada quatro vezes: além de “Roma”, levou documentário em curta-metragem com “Absorvendo o tabu”

Rami Malek foi o melhor ator e celebrou a chance de contar a história de Freddie Mercury: ‘um homem gay, um imigrante, que viveu a vida sem pedir licença’

Show do Queen abriu a cerimônia, a primeira sem apresentador em 30 anos

“Essa é uma história de amor. Sobre sabermos amar uns aos outros apesar das diferenças”, disse o diretor Peter Farrelly ao agradecer no palco pelo Oscar de Melhor Filme de “Green book: O guia”.

Três vezes Alfonso Cuarón

Alfonso Cuarón discursando com o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro por ‘Roma’ — Foto: Mike Blake/Reuters

Cuarón levou prêmios de Fotografia, Filme Estrangeiro e Diretor. “Eu cresci vendo filmes em língua estrangeira… Como ‘Cidadão Kane’, ‘Turabão’ e ‘O poderoso chefão’”, comentou o mexicano ao vencer com “Roma” o prêmio de Filme Estrangeiro.

No último discurso, ele disse: “Agradeço à Academia por reconhecer um filme que trata de uma mulher indígena, e uma das 70 milhões de empregadas domésticas sem direitos trabalhistas. Uma personagem historicamente sempre deixada para trás. ”

“O nosso trabalho é olhar para onde ninguém olha. Essa responsabilidade se torna muito maior numa época onde estamos sendo encorajados a não olhar. Muito obrigado Libo (sua babá na vida real, que inspirou o filme)”, disse Cuarón.

Spike Lee e seu primeiro Oscar ‘oficial’

Spike Lee pula em Samuel L. Jackson após o anúncio do Oscar de Melhor Roteiro Adaptado por ‘Infiltrado na Klan’ — Foto: Mike Blake/ Reuters

Spike Lee levou seu primeiro Oscar competindo com outros profissionais, pelo roteiro adaptado de “Infiltrado na Klan”. Em 2006, o americano ganhou um Oscar Honorário e na época criticou a quantidade de negros concorrendo ao prêmio.

“Diante do mundo, eu gostaria de reverenciar os ancestrais que construíram esse país, e também os que sofreram genocídios”, disse ele em seu discurso.

“Os ancestrais vão ajudar a voltarmos a ganhar nossa humanidade. As eleições de 2020 estão chegando, vamos pensar nisso. Precisamos nos mobilizar, estar do lado certo da história. É uma escolha moral. Do amor sobre ódio. Vamos fazer a coisa certa”, disse, citando seu próprio filme.

Pantera Negra e vitórias inéditas para negros

Ruth E. Carter ganhou o Oscar de Melhor Figurino e se tornou a primeira pessoa negra a levar nesta categoria. Outra vitória inédita veio com Hannah Beachler, a primeira mulher negra a ganhar em Direção de Arte.

“Isso levou tanto tempo… Spike Lee, obrigado por ser meu começo. Espero que isso te deixe orgulhoso. Marvel criou o primeiro super-herói negro, mas com o nosso figurino o transformamos em um rei africano”, disse Ruth. A figurinista já havia sido duas vezes indicada, por “Amistad (1997) e “Malcom X” (1992), dirigido por Lee.

Um Oscar para Gaga

Lady Gaga não foi a Melhor Atriz, mas levou Melhor Música por “Shallow”, junto com Mark Ronson, Anthony Rossomando e Andrew Wyatt, coautores da canção.

Ela se emocionou e agradeceu ao diretor do filme e colega de elenco em “Nasce uma estrela”, com quem tinha cantado a música antes de rosto coladinho:

“Bradley [Cooper], não tem nenhuma pessoa no planeta com quem eu poderia cantar essa música a não ser você. Obrigada.”

“Não é sobre ganhar, é não desistir. Se você tem um sonho, lute por ele. Existe uma disciplina. Não é sobre quantas vezes você foi rejeitado, caiu e teve que levantar. É quantas vezes você fica em pé, levanta a cabeça e vai adiante”, ela disse.

O cineasta brasileiro Nelson Pereira dos Santos foi um dos nomes lembrados na seção que homenageou os artistas que morreram no último ano.

Veja a lista de premiados do Oscar 2019:

Melhor Filme

“Green Book: O guia”
“Bohemian Rhapsody”
“Infiltrado na Klan”
“A favorita”
“Pantera Negra”
“Roma”
“Nasce uma estrela”
“Vice”

Ator

Rami Malek (“Bohemian Rhapsody”)
Christian Bale (“Vice”)
Bradley Cooper (“Nasce Uma Estrela”)
Willem Dafoe (“No Portal da Eternidade”)
Viggo Mortensen (“Green Book”)

Atriz

Olivia Colman (“A Favorita”)
Lady Gaga (“Nasce Uma Estrela”)
Glenn Close (“A Esposa”)
Yalitza Aparicio (“Roma”)
Melissa McCarthy (“Poderia Me Perdoar?”)

Diretor

Alfonso Cuarón (“Roma”)
Spike Lee (“Infiltrado na Klan”)
Yorgos Lanthimos (“A Favorita”)
Adam McKay (“Vice”)
Pawel Pawlikowski (“Guerra fria”)

Atriz coadjuvante

Regina King – “Se a rua Beale falasse”
Amy Adams – “Vice”
Emma Stone – “A favorita”
Rachel Weisz – “A favorita”
Marina de Tavira – “Roma”

Trilha sonora original

“Pantera Negra”
“Se a rua Beale falasse”
“O retorno de Mary Poppins”
“Infiltrado na Klan”
“Ilha dos cachorros”

Ator coadjuvante

Mahershala Ali – “Green Book – O guia”
Adam Driver – “Infiltrado na Klan”
Richard E. Grant – “Poderia me perdoar?”
Sam Elliott – “Nasce uma estrela”
Sam Rockwell – “Vice”

Roteiro adaptado

“Infiltrado na Klan”
“A balada de Buster Scruggs”
“Poderia me perdoar?”
“Se a rua Beale falasse”
“Nasce uma estrela”

Roteiro original

“Green Book – O guia”
“A favorita”
“No coração da escuridão”
“Roma”
“Vice”

Edição

“Bohemian Rhapsody”
“Infiltrado na Klan”
“A favorita”
“Green Book – o guia”
“Vice”

Fotografia

“Roma”
“Guerra fria”
“A favorita”
“Never Look Away”
“Nasce uma estrela”

Filme de língua estrangeira

“Roma”
“Cafarnaum”
“Guerra fria”
“Never Look Away”
“Assunto de família”

Melhor animação

“Homem-Aranha no Aranhaverso”
“Os Incríveis 2”
“Ilha dos Cachorros”
“Mirai”
“WiFi Ralph – Quebrando a Internet”

Canção original

“Shallow”, “Nasce uma estrela”
“All The Stars”, “Pantera Negra”
“I’ll Fight”, “RBG”
“The Place Where Lost Things Go”, “O retorno de Mary Poppins”
“When A Cowboy Trades His Spurs for Wings”, “A balada de Buster Scruggs”

Figurino

“Pantera Negra”
“A balada de Buster Scruggs”
“A favorita”
“O retorno de Mary Poppins”
“Duas rainhas”

Curta-metragem

“Skin”
“Detainment”
“Fauve”
“Marguerite”
“Mother”

Edição de som

“Bohemian Rhapsody”
“Pantera Negra”
“O primeiro homem”
“Um lugar silencioso”
“Roma”

Mixagem de som

“Bohemian Rhapsody”
“Pantera Negra”
“O primeiro homem”
“Roma”
“Nasce uma estrela”

Curta de animação

“Animal Behavior”
“Bao”
“Late Afternoon”
“One Small Step”
“Weekends”

Direção de arte

“Pantera Negra”
“A favorita”
“O primeiro homem”
“O retorno de Mary Poppins”
“Roma”

Efeitos visuais

“Vingadores: Guerra infinita”
“Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível ”
“O primeiro homem”
“Ready Player One”
“Solo: Uma história Star Wars”

Maquiagem e penteado

“Vice”
“Duas rainhas”
“Border”

Documentário

“Free Solo”
“Hale County”
“Minding the Gap”
“Of Fathers and Sons”
“RBG”

Documentário curta-metragem

“Absorvendo o tabu”
“Black Sheep”
“End Game”
“Lifeboat”
“A Night at the Garden”

G1

Fonte: Blog do BG

NACIONAIS

Tragédia da Vale

Veja como é a rotina de buscas dos bombeiros de MG em Brumadinho

Veja como é a rotina de buscas dos bombeiros de MG em Brumadinho

A tragédia da Vale em Brumadinho completa um mês hoje, com 177 mortos identificados e 133 desaparecidos até o momento, e o foco das buscas são as escavações. “Agora é um momento de paciência”, afirma o tenente-coronel Anderson Passos. “Tem que ter método, tem que ter tecnologia e tem que ter organização”.

Major Karla Lessa foi uma das primeiras militares a testemunhar, do alto, a dimensão da tragédia de Brumadinho — Foto: Raquel Freitas/G1

Major Karla Lessa foi uma das primeiras militares a testemunhar, do alto, a dimensão da tragédia de Brumadinho — Foto: Raquel Freitas/G1

Imposto de Renda 2019

A Receita libera às 8h desta segunda o download do programa gerador do Imposto de Renda 2019, referente ao ano-base 2018. A temporada de entrega das declarações começa depois do carnaval, em 7 de março, e vai até 30 de abril.

Financiamento estudantil

O MEC divulga hoje os resultados do Fies, e o G1 traz um super guia de financiamentos universitários para você: veja simulações, tire dúvidas e avalie riscos antes de contrair uma dívida para fazer uma faculdade.

Concursos

Ao menos 150 concursos públicos estão com inscrições abertas para 11 mil vagas. Os salários chegam a R$ 13,2 mil, na Prefeitura de Manaus (AM).

Carnaval 2019

Renata Spalicci é Musa da Bateria Acadêmicos Tatuapé  — Foto: Celso Tavares/G1Renata Spalicci é Musa da Bateria Acadêmicos Tatuapé  — Foto: Celso Tavares/G1

Renata Spalicci é Musa da Bateria Acadêmicos Tatuapé — Foto: Celso Tavares/G1

Desligou no fim de semana? Veja o que mais foi notícia:

Baleia Jubarte encontrada em mata do Marajó não poderá ser removida — Foto: Ascom/Semma

Baleia Jubarte encontrada em mata do Marajó não poderá ser removida — Foto: Ascom/Semma

Fonte: G1

Ministério da Defesa anuncia acordo para evitar confrontos na fronteira com a Venezuela

O Ministério da Defesa brasileiro anunciou neste domingo (24) ter chegado a um acordo para evitar novos confrontos na fronteira com a Venezuela, após negociação entre militares dos dois países.

Em nota, o ministério afirmou ter intercedido “para que novos incidentes, na linha de fronteira, envolvendo venezuelanos e a Guarda Nacional Bolivariana, não voltem a se repetir”.

Manifestantes e militares venezuelanos se enfrentaram nos últimos dois dias na fronteira. No sábado, venezuelanos que estavam no Brasil atacaram uma base do exército na Venezuela, após duas caminhonetes com comida não conseguirem entrar no país.

No domingo, manifestantes jogaram pedras contra a Guarda Nacional Bolivariana, que respondeu com bombas de gás lacrimogêneo. Pouco depois, a Força Nacional brasileira fez uma barreira de contenção para impedir o avanço dos manifestantes e interromper o confronto.

O Ministério da Defesa afirmou que, como parte do acordo, “os veículos antidistúrbios, que estavam na barreira montada no país vizinho, recuaram imediatamente”. “Foi entendida a inconveniência da presença desse tipo de aparato militar”, segundo a nota.

No lado brasileiro, o ministério diz que “controle dos acolhidos foi reforçado para evitar novos confrontos” e destacou que “reitera a confiança numa solução urgente para a situação na Venezuela”. “A fronteira do Brasil continua aberta para acolher os refugiados”, conclui.

Resumo dos confrontos no fim de semana
Sábado (23)

As fronteiras da Venezuela com o Brasil e a Colômbia ficaram fechadas durante todo o fim de semana e frustraram as tentativas de entrega de ajuda humanitária

Venezuelanos protestaram e atacaram uma base do exército venezuelano na fronteira com o Brasil após 2 caminhonetes com comida não conseguirem entrar no país

3 pessoas morreram em protestos em Santa Elena, cidade venezuelana a 15 km da fronteira com o Brasil

Na fronteira com a Colômbia, 2 caminhões com ajuda humanitária foram incendiados, segundo o governo colombiano

Maduro afirmou em discurso que não era mendigo, rompeu relações diplomáticas com Colômbia e disse que estava disposto a comprar toda comida que o Brasil quiser vender

Guaidó voltou a apelar a militares para que eles retirem o apoio ao presidente da Venezuela: “Vocês não devem lealdade a quem queima comida”

Domingo (24)

O Brasil condenou os confrontos na fronteira da Venezuela e o “caráter criminoso do regime Maduro”

A Colômbia fechou por 2 dias parte da sua fronteira com a Venezuela, onde ocorreram os confrontos de sábado, para “avaliar danos”

Manifestantes voltaram a entrar em confronto com militares venezuelanos na fronteira do Brasil com a Venezuela

3 militares venezuelanos desertaram pela fronteira em Pacaraima

Um prefeito venezuelano fugiu pela mata, disse ser perseguido pelo governo Maduro e denunciou 25 mortes em áreas da Venezuela perto do Brasil

A alta comissária da ONU para os Direitos Humanos condenou a violência nas fronteiras da Venezuela e pediu que o regime Maduro repudie as ações

Veja a íntegra da nota do Ministério da Defesa:

Fronteira do Brasil continua aberta para acolher os refugiados

Brasília, 24/02/2019 – O Ministério da Defesa intercedeu para que novos incidentes, na linha de fronteira, envolvendo venezuelanos e a Guarda Nacional Bolivariana, não voltem a se repetir.

Os veículos antidistúrbios, que estavam na barreira montada no país vizinho, recuaram imediatamente. Militares brasileiros e venezuelanos negociaram, no local, e foi entendida a inconveniência da presença desse tipo de aparato militar. No lado brasileiro, o controle dos acolhidos foi reforçado para evitar novos confrontos.

Há um ano, o Brasil está engajado na Operação Acolhida – ação humanitária para atender aos irmãos venezuelanos que chegam no País. Por isso, o Ministério da Defesa reitera a confiança numa solução urgente para a situação na Venezuela.

A fronteira do Brasil continua aberta para acolher os refugiados.

G1

 

Flamengo diz que ofereceu indenizações que seriam o dobro de casos parecidos

Dezessete dias após a tragédia que vitimou 10 jogadores da base do Flamengo e deixou outros três feridos em um incêndio no Ninho do Urubu, centro de treinamento em Vargem Grande, zona oeste o Rio, o presidente do clube, Rodolfo Landim, concedeu sua primeira entrevista coletiva sobre o assunto. Até então ele não tinha se colocado a disposição para questionamentos públicos sobre o caso.

O dirigente disse que o clube está negociando individualmente com as famílias o valor das indenizações. Na semana passada, rejeitou proposta de acordo coletivo sugerida pela Defensoria Pública, Ministério Público e Ministério Público do Trabalho.

O Flamengo diz calcular o valor com base em “jurisprudência do STJ (Superior Tribunal de Justiça)”, apesar de reconhecer que a tragédia seria sem precedentes na história. O clube não explicou que jurisprudência seria essa.

Também na semana passada, as famílias divulgaram que o clube ofereceu uma indenização entre R$ 300 e R$ 400 mil por vítima, mais um salário mínimo mensal pelo período de 10 anos.

Já a Defensoria Pública e o Ministério Público sugeriram indenização de R$ 2 milhões por vítima, além de um salário de R$ 10 mil por mês por 30 anos.

O clube alegou ter negado a proposta da Justiça porque tem o desejo de negociar as indenizações individualmente com as famílias das vítimas, embora as próprias famílias tenham manifestado o interesse de que os pagamentos fossem negociados coletivamente.

Existe o temor de que uma negociação individualizada possa levar a valores muito discrepantes para cada vítima. O resultado que as famílias tentam evitar é que parentes de jogadores que tinham possibilidades maiores na carreira recebam mais do que outros de potencial inferior.

“Tudo está sendo feito com enorme respeito e consideração com as famílias. Somos uma instituição de 123 anos que precisa ser respeitada. O Flamengo entende que deve conversar com cada família individualmente e não abrimos mão disso”, disse Landim.

Landim insistiu nas negociações individualizadas e chegou a criticar que ao menos duas famílias estejam neste momento sendo orientadas por advogados privados e não pela Defensoria Pública.

Landim precisou ser lembrado por jornalistas que esse é um direito das famílias que perderam seus filhos no incêndio para reconhecer a legitimidade da opção.

Na última sexta-feira, uma tentativa de mediação judicial entre famílias e Flamengo terminou sem acordo no Tribunal de Justiça do Rio. Segundo parentes das vítimas, o Flamengo se negou a pagar o pedido e seus representantes com poder de decisão deixaram a reunião no meio.

“Durante essa reunião, houve a participação muito forte de duas advogadas, que conseguiram criar um clima dentro desse grupo”, justificou Landim.

Folhapress

LOCAIS

PSL/RN trata sobre situação do Porto de Natal com Governo Federal

Cumprindo agenda institucional em Brasília/DF, os representantes do Partido Social Liberal do Rio Grande do Norte (PSL/RN) estiveram reunidos com o Ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, General Santos Cruz, para tratar de assuntos relacionados à gestão estratégica no Estado. Na pauta, a crise gerada após a apreensão de toneladas de cocaína no Porto de Natal.

A situação é, segundo eles, resultado de uma ação efetiva da Polícia Federal que visa eliminar o tráfico de drogas na região portuária. “Este não é um problema que surgiu a partir da assunção do Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas. É justamente o contrário, agora inicia-se a solução. Quando ele [Ministro Tarcísio] assumiu o cargo, ele foi alertado sobre a sistemática de ações em nossos portos e desencadeou investigações, com o apoio e parceria da Polícia Federal, nas quais foram identificados vários focos de contrabando e tráfico de drogas. Em seguida, ele iniciou a substituição de cargos de direção destes locais. Há uma necessidade evidente de uma parada momentânea e rápida para que se tomem todas as medidas para uma interrupção dessa vazão ou desse liberalismo que há nos nossos portos, adotando sistemáticas mais modernas e eficazes”, pontuou o General Araújo Lima, secretário-geral do PSL/RN.

Para ele, as medidas que estão sendo tomadas desde a primeira apreensão de drogas no Porto de Natal resultarão positivamente. “Não podemos aceitar que os nossos portos continuem sendo vias de acesso de ações criminais. Nós precisamos e vamos evitar que os nossos portos sejam utilizados como porta de entrada e/ou saída de drogas e contrabando, por exemplo. O problema das drogas está acabando com a nossa juventude e várias mudanças vão ocorrer justamente para que tenhamos uma gestão mais rígida e de maior combate ao crime”, concluiu Araújo Lima.

Na última sexta-feira (22), o novo Diretor-Presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), Almirante de Esquadra Elis Treidler Öberg, foi empossado. A Codern é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Infraestrutura, que gerencia o Porto de Natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Sign up
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.
We do not share your personal details with anyone.
0