ELEIÇÕES 2018: HORA DE DAR O TROCO E MOSTRAR QUEM MANDA!

PONTO DE VISTA

Esta reportagem é um grande alerta para que nós brasileiros fiquemos de olhos bem abertos para o que está acontecendo na movimentação dos parlamentares quanto as eleições de 2018. De acordo com levantamento feito pelo Estadão 91% dos 55 deputados alvo de inquéritos e ações penais vão concorrer a reeleição este ano. Esses parlamentares não podem, em hipótese alguma voltar ao Congresso Nacional. Esse é o momento de enquadrarmos essa patota na lei, já que sem mandato vão ficar a mercê do juiz Sérgio Moro ou da 1ª Instância. Portanto é preciso divulgarmos bastante esse assunto para que todos os brasileiros fiquem ciente disso. A resposta da sociedade deve ser RADICAL nessas eleições. A palavra de ordem é: LIMPEZA.

91% Dos Deputados Alvo Da Lava Jato Vão Disputar A Eleição Neste Ano

BRASÍLIA – Dos 55 deputados federais alvo de inquéritos e ações penais na Operação Lava Jato, 50 (o equivalente a 91% do total) vão disputar as eleições deste ano, de acordo com levantamento feito pelo Estado. A maior parte dos parlamentares (42) disse que disputará a reeleição; quatro pretendem concorrer a uma vaga no Senado; 2 a governos estaduais; um ao Legislativo estadual e um à Presidência da República. Três deputados não responderam ou estão indecisos, enquanto apenas dois disseram que não vão ser candidatos.

Se eleitos para o Congresso, eles mantêm foro privilegiado para ser investigados e julgados em casos que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF). Com o novo entendimento firmado pelo STF, no entanto, o foro para parlamentares federais só vale para crimes praticados no mandato e em função do exercício do cargo. Crimes comuns realizados antes de assumirem seus cargos ou sem nenhuma ligação com os mandatos podem ser julgados por tribunais de primeira instância.

Nesta terça-feira, o STF julgará o primeiro político com foro na Corte no âmbito da Lava Jato, quase dois anos após aceitar a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR). Será o caso do deputado Nelson Meurer (PP-PR), réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele é um dos que responderam que não pretendem concorrer neste ano.

Fonte: Notícias Brasil On Line

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Sign up
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.
We do not share your personal details with anyone.
0