ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESTA QUARTA-FEIRA

Quarta-feira, 4 de julho

Boa noite! Aqui estão as principais notícias para você terminar o dia bem-informado.

Por G1

 

A fatura da corrupção mais uma vez exposta. A PF prendeu 20 pessoas por desvios no sistema de saúde do RJ. Os envolvidos são acusados de cobrar propina e fraudar licitações de equipamentos médicos. Entre os presos está um ex-executivo da Philips, atual CEO da GE na América Latina. Os reflexos da greve dos caminhoneiros em números: a crise no abastecimento fez a produção industrial cair quase 11% em maio, o maior tombo desde 2008. A Fazenda prevê que a lei sobre transporte de cargas pode reduzir a arrecadção em R$ 8,6 bi. Na Copa do Mundo, o último treino do Brasil em Sochi, antes de viajar para o jogo contra a Bélgica. E o russo que virou ‘amuleto’ da torcida brasileira manda um recado depois da fama.

Operação Ressonância

A Operação Fatura Exposta, desdobramento da Lava Jato no Rio, teve mais um capítulo hoje. A Operação Ressonância prendeu 20 pessoas no RJ e em SP, suspeitas de fraude na compra de equipamentos médicos. Os prejuízos chegam a mais de R$ 600 milhões, mesmo depois da prisão do ex-governador Sérgio Cabral e parte da quadrilha. Entre os presos de hoje, estão executivos de multinacionais.

Preso na Operação Ressonância cobre o rosto ao chegar ao IML Central de São Paulo (Foto: Abraão Cruz/TV Globo)

Preso na Operação Ressonância cobre o rosto ao chegar ao IML Central de São Paulo (Foto: Abraão Cruz/TV Globo)

Ex-ministro de Temer

Por falta de provas, um juiz do DF absolveu o ex-ministro Geddel Vieira Lima da acusação de obstrução de Justiça. Ele foi acusado de atrapalhar investigações sobre desvios no fundo de investimentos do FGTS.

Ex-ministro chegou a ser preso em julho do ano passado (Foto: Dida Sampaio, Estadão Conteúdo)

Ex-ministro chegou a ser preso em julho do ano passado (Foto: Dida Sampaio, Estadão Conteúdo)

Tombo de 10%

A greve dos caminhoneiros fez produção industrial cair 10,9% em maio, segundo o IBGE. Foi o maior tombo da indústria desde dezembro de 2008. O desabastecimento de matérias-primas e bloqueio no escoamento afetaram o setor durante a paralisação que durou 11 dias.

Greve dos caminhoneiros derruba produção industrial em maio (Foto: Arte/G1)

Greve dos caminhoneiros derruba produção industrial em maio (Foto: Arte/G1)

Mais reflexos

A lei que regula o transporte de cargas pode reduzir a arrecadação em R$ 8,6 bilhões, segundo previsão do Ministério da Fazenda. O texto era uma reivindicação dos caminhoneiros em greve e estabelece normas sobre frete e pedágio. A proposta foi aprovada pela Câmara no mês passado, e ainda depende de votação no Senado.

Protesto de caminhoneiros contra o aumento do diesel na altura do km 158 da Via Dutra, na região de Jacareí, interior de São Paulo. (Foto: Nilton Cardin/Estadão Conteúdo)

Protesto de caminhoneiros contra o aumento do diesel na altura do km 158 da Via Dutra, na região de Jacareí, interior de São Paulo. (Foto: Nilton Cardin/Estadão Conteúdo)

Morto na ditadura

A Corte Interamericana de Direitos Humanos considera que o Brasil é responsável por não investigar a morte do jornalista Vladimir Herzogdurante a ditadura. O tribunal determinou que os fatos devem ser considerados como crime contra a humanidade.

Documentário fala do jornalista Vladimir Herzog que foi torturado e morto durante a ditadura (Foto: Divulgação)

Documentário fala do jornalista Vladimir Herzog que foi torturado e morto durante a ditadura (Foto: Divulgação)

Os 12 meninos e o técnico de futebol que estão presos em uma caverna alagada, na Tailândia, estão saudáveis e já começaram o treinamento de mergulho para ajudar no resgate, segundo a Marinha. Um novo vídeo com imagens dos garotos também foi divulgado.

Casal envenenado

No Reino Unido, um casal foi internado em estado crítico após ser encontrado inconsciente na cidade de Amesbury. As autoridades britânicas confirmaram que o casal tiveram contato com o mesmo agente nervoso usado no envenamento do ex-espião russo Sergei Skripal e sua filha Yulia, e que gerou uma crise institucional entre Inglaterra e Rússia.

Policiais monitoram entrada da igreja do Centro Batista de Amesbury, na Inglaterra, na quarta-feira (4) (Foto: AP Photo/Matt Dunham)

Policiais monitoram entrada da igreja do Centro Batista de Amesbury, na Inglaterra, na quarta-feira (4) (Foto: AP Photo/Matt Dunham)

Copa do Mundo

A Seleção Brasileira se despediu hoje de Sochi após 24 dias na casa do Brasil na Rússia. Dos 23 convocados, apenas o volante Paulinho não participou da atividade no gramado. A comissão técnica analisou que o jogador precisava de mais um dia de trabalho regenerativo. Amanhã, a Seleção viaja para Kazan, palco da partida decisiva contra a Bélgica, na sexta-feira. Em caso de classificação, o Brasil viaja logo em seguida para São Petersburgo.

Paulinho faz treino regenerativo à parte, e Seleção se despede de Sochi após 24 dias (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Paulinho faz treino regenerativo à parte, e Seleção se despede de Sochi após 24 dias (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

‘Amuleto’ do Brasil

Yury Torsky, o russo que virou ‘amuleto’ da torcida brasileira depois de virar meme durante a transmissão de Brasil X México, falou ao GloboEsporte.com. Ele comentou a fama e disse que recebeu convites para acompanhar a próxima partida da Seleção, por quem é apaixonado. VEJA VÍDEO DO TORCEDOR MISTERIOSO

Russo 'amuleto' da torcida brasileira manda recado após fama na web (Foto: Bruno Diniz/Globoesporte.com)

Russo ‘amuleto’ da torcida brasileira manda recado após fama na web (Foto: Bruno Diniz/Globoesporte.com)

Fonte: G1

LOCAIS

Flagrante

PM de São Paulo apreende armas que viriam para Natal com duas mulheres

Foram apreendidos um fuzil, quatro pistolas e munições que estavam com duas mulheres; armas seriam para o PCC

Armas seriam entregues para integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC)

A polícia militar de São Paulo efetuou a prisão de duas mulheres na última terça-feira, 3, em Mairiporã, região metropolitana da capital paulista, com um fuzil, quatro pistolas e munições. A dupla transportava o armamento para a cidade de Natal (RN).

O carro foi parado em uma blitz na BR-381, rodovia Fernão Dias. Durante a abordagem, as mulheres ficaram nervosas e acabaram confessando o crime. A identidade das duas não foi revelada. Dentro do carro, um modelo Citroen Xsara, os policiais descobriram um compartimento secreto abaixo do painel eletrônico. No espaço, os policias encontram os materiais ilícitos.

De acordo com a motorista do veículo, apenas ela sabia da existência das armas – um fuzil de uso restrito das Forças Armadas, quatro pistolas e pacotes de munição.

Ela disse aos policiais que pegou o carro no estacionamento da rodoviária do Tietê. Do estacionamento ela seguiu para São Caetano do Sul (SP) e depois para Tiradentes (MG). Foi na cidade mineira que o carro foi abastecido com as armas e ela recebeu dinheiro para seguir viagem.

Segundo a mulher que dirigia, o carro deveria ser entregue no sábado, 7, em Natal (RN), mas ela não sabia para quem. Ela receberia uma ligação para fazer a entrega. Há suspeita é de que as armas seriam entregues para integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) no Rio Grande do Norte. Ela disse que receberia R$ 2 mil para a fazer o transporte e a entrega das armas e munições.

O caso foi registrado na delegacia de polícia de Mairiporã. As mulheres serão autuadas por porte ilegal de armamento restrito, porte ilegal de arma e formação de quadrilha.

Fonte: AGORA RN

 

Operação Manus: Fred Queiroz confirma em juízo movimentação de R$ 2 milhões de caixa 2 em campanha de Henrique Alves

O delator da Operação Manus, Fred Queiroz, confirmou em depoimento à Justiça Federal nesta quarta-feira (4) que parte do dinheiro que movimentou a campanha de Henrique Eduardo Alves em 2014 para o Governo do Estado foi através de caixa dois.

Fred é dono da Prátika Locações, que foi contratada na campanha para atividade de mobilização de militância.

Ele confirmou que movimentou em dinheiro pessoalmente R$ 1 milhão, quantia que foi receber em viagem a São Paulo. Os recursos eram da Odebrecht.

O dinheiro foi repassado a ele por Norton Masera, assessor de Alves. Ao todo, Fred diz que houve R$ 2 milhões em caixa dois, mas o outro milhão de reais ele afirmou não saber que destinação teve.

Outros R$ 5 milhões são questionados pelo Ministério Público Federal como objeto de propina. Isso porque, apesar de terem sido declarados, o MP alega que foram recursos provenientes de desvios de recursos de empresas investigadas na Lava Jato.

Ao todo, a Prátika Locações movimentou R$ 9 milhões.

Nesta quarta-feira, quem também depôs foi Fernando Aires, da Odebrecht Ambiental, que confirmou os repasses informados por Fred.

Acesse a Postagem Original: http://www.blogdobg.com.br/#ixzz5KLJiCBbC

 

Governo tira verba de transporte escolar para colocar no Esporte

O governo do presidente Michel Temer tirou verbas adicionais que estavam previstas para o transporte escolar e as remanejou para programas do Ministério dos Esportes, inclusive para publicidade. O dinheiro faz parte de uma suplementação orçamentária pedida pelo governo e que deve ser votada nesta noite na Comissão Mista de Orçamento, no Congresso Nacional.

São R$ 991 milhões a mais para algumas pastas; só a saúde ficou com R$ 715 milhões. O pedido inicial, feito em junho, previa R$ 70 milhões para o Ministério da Educação, que seriam transferidos para os municípios comprarem ônibus escolares. Mas, em ofício de 2 de julho assinado pelo Ministro do Planejamento, Gleison Cardoso Rubin, e enviado à Comissão Mista de Orçamento, a Educação foi substituída pelos Esportes. O texto diz que “para viabilizar os ajustes solicitados pelo Ministério da Saúde faz-se necessário a exclusão de programações suplementadas do Ministério da Educação e do Desenvolvimento Social”. Esse último também deixou de receber verbas antes previstas.

Na nova configuração, os Esportes ficaram com R$ 53 milhões, sendo R$ 12 milhões para publicidade, R$ 13 milhões para desenvolvimento de atividades de apoio ao esporte e R$ 15 milhões implantação de infraestrutura esportiva de alto rendimento, entre outros programas. O dinheiro da saúde vai, em sua maioria, para “apoio em manutenção de unidades”. A Comissão Mista de Orçamento decidirá se acata ou não as mudanças.

Procurado, o Ministério do Planejamento não retornou o pedido da reportagem para explicar a retirada do MEC do projeto.

Estadão Conteúdo

Acesse a Postagem Original: http://www.blogdobg.com.br/#ixzz5KLKEPmu1

Deixe uma resposta

Fechar Menu