ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSE SÁBADO

Por Natan Lira, G1 Mogi das Cruzes e Suzano

 


Equipes do Corpo de Bombeiros encontraram destroços do helicóptero que caiu em área de mata de Mogi. — Foto: William Tanida/TV Diário

Equipes do Corpo de Bombeiros encontraram destroços do helicóptero que caiu em área de mata de Mogi. — Foto: William Tanida/TV Diário

Um helicóptero caiu em uma área de mata no distrito de Quatinga, em Mogi das Cruzes, no começo da noite deste sábado (3). Às 21h, os bombeiros confirmaram a morte de três pessoas, duas do sexo masculino. O sexo da terceira não foi divulgado.

Sete viaturas da corporação estão no local. As buscas continuam para saber se tinha mais alguém na aeronave. Ainda segundo os bombeiros, o local é de difícil acesso.

Helicóptero cai no distrito de Quatinga em Mogi das Cruzes. — Foto: Alexandre Mauro/G1

Helicóptero cai no distrito de Quatinga em Mogi das Cruzes. — Foto: Alexandre Mauro/G1

Fonte: G1

Por Laís Lis, G1 — Brasília

 


O ministro Gilberto Kassab fala durante evento no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, em fevereiro de 2018 — Foto: Marcelo Brandt/G1

O ministro Gilberto Kassab fala durante evento no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, em fevereiro de 2018 — Foto: Marcelo Brandt/G1

O ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, confirmou neste sábado (3) que o general Juarez Aparecido de Paula Cunha assumirá a presidência dos Correios. O atual presidente, Carlos Fortner, ocupará a vice-presidência de operações da estatal.

Segundo Kassab, a mudança é interna e não tem relação com o novo governo. “O general já está lá nos Correios há quase um ano, é o presidente do Conselho de Administração, é um quadro dos Correios”, disse o ministro por telefone ao G1. Kassab também afirmou que não tratou da mudança com ninguém da equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro. “A mudança não tem impacto na gestão. E a partir de janeiro o novo governo coloca quem eles quiserem na presidência”, disse.

A informação sobre a troca do comando dos Correios foi publicada pelo jornal “O Estado de S.Paulo” e confirmada pelo G1.

Fortner assumiu a presidência dos Correios em maio deste ano, quando o antigo presidente Guilherme Campos saiu para concorrer nas Eleições.

Durante a campanha eleitoral Bolsonaro chegou a dizer que os Correios estavam na lista de estatais que poderiam ser privatizadas. O atual presidente da empresa, Carlos Fortner, já se declarou contrário à privatização.

Em 2017, os Correios registraram lucro de R$ 667 milhões. O resultado positivo veio após 4 anos seguidos de prejuízo. Em 2015, o resultado negativo foi de R$ 2,12 bilhões e, em 2016, de R$ 1,48 bilhão.

Fonte: G1

Twitter apaga 10 mil perfis falsos na véspera das eleições nos EUA

A rede social Twitter apagou mais de 10 mil perfis automatizados que postavam mensagens desencorajando os eleitores a irem às urnas nas eleições legislativas dos Estados Unidos que serão realizadas na próxima terça-feira (6). As postagens eram falsamente atribuídas a membros do Partido Democrata. As informações são do site alemão Deutsche Welle.

O Twitter afirma ter removido uma série de perfis entre o final de setembro e o início de outubro por “se envolverem em tentativas de compartilhar desinformação de maneira automatizada”. “Para essas eleições, estabelecemos linhas abertas de comunicação e acessos diretos e simples para as autoridades eleitorais nos estados, o Departamento de Segurança Interna e organizações de campanha de ambos os partidos majoritários”, afirmou a empresa em comunicado divulgado nesta sexta (2).

Na próxima terça-feira (6), os americanos vão eleger parlamentares para todas as 435 cadeiras da Câmara dos Representantes, 35 novos senadores de um total de 100, 36 governadores e dezenas de legislaturas estaduais. O pleito poderá transformar o cenário político do país, com um possível avanço da oposição democrata no Congresso.

Agência Brasil

Comments

Alguns dos projetos defendidos por Bolsonaro devem ser votados esse ano

Propostas defendidas pelo futuro governo de Jair Bolsonaro estão em discussão no Congresso Nacional e podem ser levadas à votação antes mesmo da posse. Na lista, estão desde temas que serviram de bandeira de campanha do presidente eleito a medidas econômicas que podem servir como ponto de partida para tentar aliviar as contas no início do seu mandato.

Pelas contas de parlamentares, há ainda quatro semanas “livres” para votações de alguns destes temas antes que o Congresso comece a se debruçar sobre o Orçamento de 2019, o que deve dominar a maior parte das sessões no fim do ano.
Nesta semana, duas destas propostas até chegaram a ser pautadas, na esteira da euforia causada pela eleição de Bolsonaro, mas não foram votadas.

No Senado, manobra de partidos da oposição impediu que o senador Magno Malta (PR-ES) colocasse em votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) texto que altera a lei antiterrorismo para criminalizar atos de movimentos sociais, como o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). Malta é o relator da proposta.

Em outra frente, parlamentares do PT, PCdoB e PSOL na Câmara dos Deputados se organizaram para evitar a análise do projeto Escola sem Partido, que prevê uma série de medidas a serem adotadas em sala de aula contra o que defensores da ideia chamam de “doutrinação”. Uma nova sessão da comissão foi marcada para a semana que vem.

Também há a expectativa de que o Congresso Nacional se debruce ainda neste ano sobre outra bandeira do presidente eleito, a proposta que revoga o Estatuto do Desarmamento, flexibilizando regras como a compra e o porte de armas de fogo. Ainda na campanha, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encampou a ideia de votá-la o quanto antes. A decisão é vista como um gesto do deputado aos aliados de Bolsonaro para ganhar apoio tendo em vista sua reeleição à Presidência da Casa, no ano que vem.

Propostas em discussão

Estatuto do Desarmamento
Proposta revoga estatuto e flexibiliza regras para a compra e o porte de armas no Brasil.

Onde está: Plenário da Câmara. Se aprovado, vai ao Senado.

Maioridade Penal
PEC prevê redução da maioridade penal para permitir que adolescentes entre 16 e 18 anos sejam julgados como adultos quando cometerem crimes graves.

Onde está: Em discussão na CCJ do Senado. Se aprovada, ainda precisa passar pelo plenário da Casa.

Escola sem Partido
Estabelece que cada sala de aula deverá ter um cartaz especificando seis deveres do professor.

Onde está: Comissão especial da Câmara. Se aprovado, pode seguir direto para o Senado ou, em caso de requerimento de ao menos 52 deputados, passar por votação no plenário.

Lei antiterrorismo
Projeto endurece legislação de 2016 para passar a criminalizar ações de movimentos sociais, como o MST e o MTST, como atos terroristas.

Onde está: Comissão de Constituição e Justiça do Senado

Adiamento do reajuste
A medida provisória 849, de 2018, adia o reajuste dos servidores civis federais. De acordo com o governo, o adiamento dos aumentos deve gerar uma economia de R$ 4,7 bilhões.

Onde está: Aguarda instalação de comissão mista no Congresso.

Tribuna do Norte

Comments

Carteiras de identidade digitais não poderão ser usadas no Enem

Carteiras de identidade digitais não poderão ser usadas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Para fazer as provas, os participantes deverão levar um documento oficial de identificação original, com foto e caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. Os dois itens são os únicos obrigatórios para o exame.

A presidente do Inep, Maria Inês Fini, alerta os candidatos que farão o Enem de que não poderão usar identidades digitais. Isso porque haverá três checagens de identidade e uma delas ocorrerá durante a prova, quando o uso do celular é proibido. “Não leve essa única prova de identidade porque dentro da sala de aplicação de prova, ela não poderá ser utilizada”.

Os documentos válidos são as carteiras de Identidade expedidas por secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar e Polícia Federal; Carteira de Trabalho e Previdência Social; passaporte; Carteira Nacional de Habilitação, com fotografia e identidade funcional. Outros documentos específicos podem ser consultados na página do Enem.

Maria Inês é enfática em relação ao uso da caneta. “Estudantes perguntaram se não poderiam usar outras canetas, que são mais confortáveis para escrever. Não podem. Tem que ser caneta preta em material transparente”, diz.

Os estudantes poderão levar para o exame, que tem duração de 5 horas e 30 minutos neste domingo (4) e de 5 horas no próximo (11), um lanche. Caso esse lanche seja caseiro e não esteja embrulhado em material transparente como papel filme, ele será fiscalizado antes de ser liberado.

Agência Brasil

Comments

Kassab colocará general na presidência dos Correios

O ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, confirmou neste domingo (3) que o general Juarez Aparecido de Paula Cunha assumirá a presidência dos Correios. O atual presidente, Carlos Fortner, ocupará a vice-presidência de operações da estatal.

Segundo Kassab, a mudança é interna e não tem relação com o novo governo. “O general já está lá nos Correios há quase um ano, é o presidente do Conselho de Administração, é um quadro dos Correios”, disse o ministro por telefone ao G1. Kassab também afirmou que não tratou da mudança com ninguém da equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro. “A mudança não tem impacto na gestão. E a partir de janeiro o novo governo coloca quem eles quiserem na presidência”, disse.

A informação sobre a troca do comando dos Correios foi publicada pelo jornal “O Estado de S.Paulo” e confirmada pelo G1.

Fortner assumiu a presidência dos Correios em maio deste ano, quando o antigo presidente Guilherme Campos saiu para concorrer nas Eleições.

Durante a campanha eleitoral Bolsonaro chegou a dizer que os Correios estavam na lista de estatais que poderiam ser privatizadas. O atual presidente da empresa, Carlos Fortner, já se declarou contrário à privatização.

G1

Comments

Fifa diz que acusações contra Infantino são ‘rumores e insinuações’

Foto: Divulgação/Fifa 

Em comunicado divulgado em seu site oficial na noite desta sexta-feira (2), a Fifa atribuiu a “falsos rumores e insinuações” de ex-dirigentes da entidade as acusações divulgadas pelo site Football Leaks de que o presidente da Fifa, Gianni Infantino, teria ajudado o Paris Saint-Germain e o Manchester City a driblar as regras de fair play financeiro da Uefa quando era dirigente do órgão que comanda o futebol europeu.

“Como é amplamente sabido, a Fifa estava em uma situação desesperadora em 2015, quando buscava se recuperar de décadas de negligência e má administração. É fato que muitos ex-dirigentes da Fifa estão atualmente enfrentando processos criminais na Suíça e no exterior, Não é de surpreender que alguns dos que foram removidos ou substituídos continuem espalhando falsos rumores e insinuações sobre a nova liderança. Estamos conscientes de que há pessoas que, por frustração, gostariam de minar a Fifa”, diz o comunicado.

Logo nas primeiras linhas da nota, a federação ainda afirma que os documentos que baseiam as acusações contra a entidade foram obtidos de forma ilegal.

Entre esses documentos está um email enviado por Infantino a Khaldoon Al Mubarak, presidente do City. Nele, o hoje máximo mandatário do futebol dá sugestões de como o clube poderia escapar das punições e o tranquilizou. Ele também teve reuniões com dirigentes do time inglês e do PSG e repassou a eles material da Uefa considerado confidencial.

De acordo com o Football Leaks, Infantino fez o possível para esvaziar o trabalho do CFCB (Departamento de Controle Financeiro dos Clubes), responsável por analisar os dados financeiros das equipes e apurar se o fair play financeiro havia sido desrespeitado.

“Como estamos implementando as reformas na Fifa, foi sempre claro para mim que enfrentaria forte oposição, especialmente daqueles que não podem mais lucrar descaradamente com o sistema do qual faziam parte”, disse o presidente da Fifa na nota.

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, participa de Congresso da Conmebol em Buenos Aires
O presidente da Fifa, Gianni Infantino, participa de Congresso da Conmebol em Buenos Aires – Martin Ruggiero-12.abr.18/Associated Press
A entidade também acusa o grupo de jornalistas responsáveis por checar e divulgar as informações obtidas pelo Football Leaks –o EIC (European Investigative Collaborations)– de tentar “minar a nova liderança da Fifa e, em particular, o presidente Gianni Infantino e a secretária geral, Fatma Samoura”.

O EIC é composto por jornalistas de grupos de mídia de 15 países europeus. Entre eles, estão as revistas Der Spiegel, da Alemanha, e L’Espresso, da Itália, e os jornais El Mundo, da Espanha, e Expresso, de Portugal.​

Após as acusações, o PSG divulgou nota em que diz sempre ter obedecido as leis e regulamentos impostos pela Uefa. O Manchester City afirmou que não comentaria as informações obtidas em documentos “supostamente hackeados e roubados do City Football Group” e que a “tentativa de manchar a reputação do clube é organizada e clara”.

Comments

Doleiro que integrava esquema de Sérgio Cabral vai poder trabalhar

O doleiro Vinícius Claret, o Juca Bala, integrante do esquema do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, mudou, neste sábado (3), para o regime semiaberto. Juca já usa tornozeleira eletrônica e cumpria prisão domiciliar desde maio. O advogado do doleiro informou que o regime só passa a ser cumprido a partir de segunda-feira (5), quando Juca Bala vai sair de casa para trabalhar.

De acordo com Márcio Lambert, o horário permitido para o trabalho é das 6h às 20h. Vinícius Claret foi condenado em julho junto com o outro doleiro, Cláudio Souza, pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal criminal do Rio a 41 anos e 7 meses de reclusão.

Os dois são acusados de associação criminosa, evasão de divisas e lavagem de dinheiro, mas a pena será de 18 anos por causa do acordo feito na delação premiada. Uma parte, um ano e três meses, foi cumprida em regime fechado, outros seis meses em regime domiciliar.

Dentro ainda do benefício de delação premiada, o doleiro Juca Bala também se comprometeu a dar aulas para integrantes do Ministério Público Federal sobre técnicas de lavagem de dinheiro. Vinícius Claret e Cláudio Souza foram presos em março do ano passado no Uruguai, local onde operavam.

Fonte: Blog do BG

Por G1 RN

 


Cartinhas enviadas ao bom velhinho participam de campanha Papai Noel dos Correios — Foto: Correios/Divulgação

Cartinhas enviadas ao bom velhinho participam de campanha Papai Noel dos Correios — Foto: Correios/Divulgação

Os Correios vão lançar na próxima terça-feira (6) a Campanha Papai Noel dos Correios 2018, que completa 29 anos. O evento será realizado, às 9h, no auditório da Fiern, em Natal, com apresentações culturais das crianças, leitura e entrega das cartinhas ao bom velhinho.

A ação voluntária consiste em responder às cartas de crianças que escrevem ao bom velhinho e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Somente nos últimos três anos, foram entregues mais de 30 mil presentes às crianças potiguares.

A campanha contempla estudantes das escolas da rede pública (da Educação Infantil até o 5º ano do Ensino Fundamental) e de instituições parceiras, como entidades de assistência a crianças e adolescentes com deficiência, casas de apoio e núcleos socioeducativos.

Desde 2010, os Correios estabeleceram essas parcerias a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP.

Como funciona

A adoção é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartas enviadas pelas crianças são lidas e cadastradas pela equipe de “ajudantes do Papai Noel”. Em seguida, são disponibilizadas nas agências dos Correios.

Os padrinhos e madrinhas podem ler e adotar quantas cartinhas desejarem com o compromisso de retornar com os presentes até a data limite de 5 de dezembro, para que haja tempo hábil para entrega dos presentes às crianças antes do Natal.

Cartinhas da campanha Papai Noel dos Correios 2018 — Foto: Correios/Divulgação

Cartinhas da campanha Papai Noel dos Correios 2018 — Foto: Correios/Divulgação

Fonte: G1RN

Atleta potiguar é campeã sul-americana e brasileira de GR

Uma semana inesquecível para a GR potiguar. Após ser campeã sul-americana individual geral de 13-14 anos e por equipe em Melgar/Colômbia trazendo 5 medalhas para o país, a atleta Dudinha Morae e sua treinadora Gilmara Lira Associação de Ginástica de Natal, participaram do Campeonato Brasileiro juvenil na Bahia e conquistaram dessa vez para o RN, mais um ouro no individual geral.

Além da medalha de ouro, ela ainda conquistou a medalha de prata no aparelho bola competindo com meninas de até 15 anos, tendo apenas 13 anos. Ainda com pouco apoio/patrocínio, a dupla campeã espera que esses resultados sejam motivadores de mais investimentos públicos e privados para que elas consigam chegar ainda mais longe.

Geap leva saúde e bem-estar na UFRN nesta segunda (5)

Nesta segunda-feira (5), às 10h, a Geap vai levar mais saúde e bem-estar ao Centro de Convivência da UFRN.

Serão realizados atendimentos com vários especialistas de saúde para aferição de pressão arterial, teste de glicemia (HGT), audiometria, bioimpedância, teste de Índice de Massa Corporal.

Além dos atendimentos, também serão ofertadas orientações de fisioterapia e aulão de dança.

O evento também terá s apresentação do Coral Vozes do Potengi, da Associação Nacional dos Servidores Públicos, da Previdência e da Seguridade Social (Anasps-RN).

Comments

PM morre em acidente com três motos na Zona Norte de Natal

Um cabo da Polícia Militar morreu em um acidente envolvendo três motocicletas, na avenida João Medeiros Filho, Zona Norte da capital potiguar. O caso aconteceu na tarde desta sexta-feira (2), por volta de 13h50. Segundo testemunhas, a vítima pilotava uma moto e bateu em outra que tentava atravessar a via. Uma terceira moto bateu no veículo do policial, que já estava no chão.

A vítima foi identificada como o cabo Fernando dos Santos Silva, que era lotado no Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Polícia Militar (CFAPM).

Segundo o sargento Gerailton Paiva, do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), as testemunhas relataram que uma motocicleta que seguia pela avenida no sentido da Redinha para Igapó, na faixa da direita, fez uma manobra para atravessar a pista pelo canteiro.

O policial, que vinha atrás, tentou parar ou desviar do veículo, mas não conseguiu. Ele acabou colidindo, sendo arrastado e arremessado contra um poste. Fernando não resistiu e morreu na hora.

O outro piloto, um homem de 55 anos, teve fratura exposta na mão esquerda e uma lesão na perna. Ele foi socorrido ao Pronto Socorro Clóvis Sarinho, onde aguardava exames e, possivelmente, uma cirurgia, na tarde desta sexta-feira (2).

Uma terceira moto também não conseguiu desviar e bateu na moto do policial. Apesar da queda, o piloto teve apenas ferimentos leves e não precisou ser levado ao hospital.

O Itep foi ao local do acidente para recolher o corpo do cabo Fernando e fazer a perícia.

G1

Fonte: Blog do BG

Deixe uma resposta

Fechar Menu