ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSE DOMINGO

INTERNACIONAIS

Por Edgar Alencar, Fabricio Crepaldi e Victor Canedo* — Buenos Aires

 

Final da Libertadores entre River Plate e Boca Juniors é adiada

 

Foto: Reuters
Adiado outra vez! Após confusão de sábado, final da Libertadores é novamente adiada

Adiado outra vez! Após confusão de sábado, final da Libertadores é novamente adiada

O duelo entre River Plate e Boca Juniors, pela final da Libertadores, no Monumental, foi adiado. Inicialmente, a partida estava marcada para o último sábado, mas acabou sendo remarcada para este domingo. No entanto, os xeneizes enviaram um pedido formal à Conmebol para que o jogo tivesse uma nova data, que ainda será anunciada.

Haverá uma reunião na próxima terça-feira, às 10h (11h no horário de Brasília), na sede da Conmebol, no Paraguai, com a presença dos presidentes dos dois clubes, para decidir dia, horário e local da decisão. O campeão sul-americano tem que ser conhecido a tempo de participar do Mundial de Clubes da Fifa, nos Emirados Árabes Unidos. A estreia será no dia 18 de dezembro, na semifinal.

No entanto, uma situação fora do âmbito esportivo deixa o calendário para a escolha da nova data ainda mais apertado. O presidente da Conmebol, o paraguaio Alejandro Domínguez, afirmou que o governo argentino, por razões de segurança, pediu para que a final não seja jogada esta semana, por causa da Cúpula do G-20, reunião dos chefes de Estado e de Governo das 20 maiores economias mundiais, que será realizada em Buenos Aires nos dias 30 de novembro, sexta, e 1º de dezembro, sábado.

Em entrevista à “Fox Sports” argentina, Domínguez afirmou que a decisão foi tomada para que não houvesse “desigualdades esportivas”, e garantiu que a final será realizada.

“Não havia condições esportivas. Não queremos que haja desigualdades esportivas. (Queremos) Um bom espetáculo esportivo. Que não haja desculpa.”

CONMEBOL.com

@CONMEBOL

El Presidente y el Consejo de la CONMEBOL decidieron en la mañana de este domingo la postergación del partido de vuelta de la final de CONMEBOL Libertadores 2018 con el objetivo de la preservar la igualdad deportiva.

CONMEBOL.com

@CONMEBOL

La nueva fecha de la final será analizada y decidida en una reunión en Asunción el martes 27 a las 10 de la mañana con los presidentes de los clubes finalistas, Boca Juniors y River Plate.

Torcida do River Plate deixa Monumental após novo adiamento — Foto: Alberto Raggio/ReutersTorcida do River Plate deixa Monumental após novo adiamento — Foto: Alberto Raggio/Reuters

Torcida do River Plate deixa Monumental após novo adiamento — Foto: Alberto Raggio/Reuters

– Esta não é uma suspensão, é um adiamento. Em conjunto com os presidentes, vamos remarcar a partida. Vamos buscar a data adequada, a partida será disputada – completou o presidente da Conmebol.

Na imprensa argentina, especula-se que o jogo seja realizado nos Emirados Árabes, país que receberá o Mundial de Clubes. No entanto, segundo pessoas ligadas a cúpula da Conmebol, entre quem toma decisões, nunca se falou em final em Abu Dhabi, uma das sedes do Mundial. Essa possibilidade não está sobre a mesa. A tendência é que a segunda partida da final seja na Argentina e no estádio do River — ou num estádio escolhido pelo River.

Martín Fernandez

@mart_fern

A tendência é que a segunda partida da final seja na Argentina e no estádio do River — ou num estádio escolhido pelo River.

Martín Fernandez

@mart_fern

Na Conmebol, entende-se que a final não pode ter um jogo na casa de um dos times (a ida foi na Bombonera) e o outro jogo em campo neutro. Isso fere a “igualdade de condições”.

Em suas redes sociais, o River Plate pediu que seus torcedores guardem o canhoto do ingresso do jogo adiado deste domingo para ser utilizado no Monumental quando se definir uma nova data. Ou seja, pelo River Plate, o jogo será em seu estádio e não em outro país ou estádio.

River Plate

@CARPoficial

A la espera de la reprogramación del partido, solicitamos a todos los espectadores que conserven sus tickets. Los mismos serán válidos para ingresar al Estadio Monumental el día que la CONMEBOL designe para disputar la final.

Schelotto: “Não estávamos nas mesmas condições do River”

Também neste domingo, à tarde, o técnico do Boca, Guillermo Barros Schelotto, confirmou em uma breve entrevista coletiva que sua equipe não tinha condições de entrar em campo neste domingo.

“Claramente estávamos em desvantagem esportiva ontem (sábado) e hoje (domingo). Não havia condições do Boca jogar, não estávamos nas mesmas condições do River”

– Lamentavelmente, isso aconteceu. Isso não tem nada a ver com uma final de Libertadores. Seja o River ou qualquer outro rival, devemos chegar os dois nas mesmas condições – disse Schelotto.

Na mesma entrevista, o presidente do Boca, Daniel Angelici, explicou que, apesar de ter assinado um termo na véspera, junto com o River, remarcando a final para este domingo, tinha consciência de que só haveria jogo se o Boca pudesse levar a campo um time em condições de igualdade para disputar o título.

– Assinamos um pacto de cavaleiros. Mas eu sei o que eu assinei, tínhamos que chegar à final em igualdade de condições, só assim se poderia jogar – declarou.

Rodolfo D’Onofrio, presidente de River, também falou sobre o adiamento e repetiu o discurso xeneize.

– Generosamente, River aceitou não jogar para estar em igualdade de condições com o Boca Juniors. Sobre as novas datas, não quero me adiantar. Vamos esperar a manhã de terça – disse o dirigente se referindo à reunião da Conmebol em Assunção.

Entenda a confusão passo a passo:

6 – Domingo, 25/11, à tarde: Boca pede suspensão da partida e punição ao River

Cerca de uma hora depois do pedido do Boca Juniors, o presidente da Conmebol confirmou o adiamento.

No vídeo abaixo, o repórter André Hernan, do SporTV, fala sobre os problemas causados pelo adiamento de River x Boca.

Repórter fala de problemas que adiamento da final da Libertadores pode causar

Repórter fala de problemas que adiamento da final da Libertadores pode causar

Torcedores no Monumental consternados com adiamento da final — Foto: Reuters

Torcedores no Monumental consternados com adiamento da final — Foto: Reuters

Torcida do River Plate decepcionada com mais uma adiamento — Foto: Santiago Viana/AFP

Torcida do River Plate decepcionada com mais uma adiamento — Foto: Santiago Viana/AFP

* Colaborou Martin Fernandez

Fonte: G1

Por G1

 


Policiais usam gás lacrimogêneo para conter migrantes — Foto: Reuters

Policiais usam gás lacrimogêneo para conter migrantes — Foto: Reuters

As forças de segurança da fronteira dos Estados Unidos voltaram a fechar o posto de San Ysidro, entre as cidades de San Diego e Tijuana, neste domingo (25) e entraram em confronto com imigrantes que tentaram entrar no ilegalmente nos EUA.

Os oficiais norte-americanos usaram gás lacrimogêneo para conter os imigrantes que estão em Tijuana, no México.

Oficiais dos EUA tentam conter manifestantes com gás lacrimogêneo — Foto: Reuters

Oficiais dos EUA tentam conter manifestantes com gás lacrimogêneo — Foto: Reuters

Na segunda-feira, as autoridades norte-americanas já haviam fechado a mesma passagem diante de informações que indicavam que alguns imigrantes tinham a intenção de entrar à força nos EUA.

CBP San Diego

@CBPSanDiego

Southbound lanes into Mexico at the San Ysidro port of entry are currently closed. Updates will be provided.

934 people are talking about this

Os confrontos deste domingo começaram por volta das 17h20 (horário de Brasília), de acordo com a agência EFE, quando centenas de imigrantes conseguiram chegar ao edifício onde fica a guarita que conecta México e EUA, com o propósito de solicitar asilo no território americano.

Ao mesmo tempo, outro grupo de pessoas rompeu uma das cercas de segurança para tentar chegar à fronteira americana por outro caminho.

Nos últimos dias, aumentou a tensão na divisa entre os dois países. Em caravana, milhares de imigrantes centro-americanos tentam chegar aos EUA pelo México para fugir da pobreza e violência.

Como resposta, o presidente dos EUA, Donald Trump, suspendeu por 90 dias a entrada de imigrantes pelo México e assinou uma ordem que impede a concessão de refúgio para quem entrar ilegalmente no país.

Segundo dados do Departamento de Segurança Nacional (DHS) dos EUA, cerca de sete mil migrantes aguardam do outro lado da fronteira, principalmente nas cidades de Tijuana e Mexicali, para apresentarem a solicitação de asilo.

Mapa mostra trajeto da caravana dos imigrantes para os EUA — Foto: Arte G1

Mapa mostra trajeto da caravana dos imigrantes para os EUA — Foto: Arte G1

No sábado, o jornal Washington Post informou que o governo do futuro presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, concordou em apoiar o plano de Trump para mudar a política de fronteira entre os dois países.

Pela nova proposta, quem quiser se refugiar nos Estados Unidos terá de esperar no México enquanto o processo segue pelos tribunais norte-americanos.

Oficiais dos EUA usam gás lacrimogêneo para conter manifestantes — Foto: Reuters

Oficiais dos EUA usam gás lacrimogêneo para conter manifestantes — Foto: Reuters

Fonte: G1

Prefeito de Buenos Aires culpa torcidas organizadas pela suspensão da Libertadores

O prefeito de Buenos Aires, Horácio Rodriguez Larreta, responsabilizou neste domingo (25) a “máfia das barras bravas (torcidas organizadas)” do futebol argentino pelos atos de violência no sábado (24), que levaram à suspensão da final da Taca Libertadores. Milhares de torcedores passaram dois dias indo ao Estádio Monumental de Nuñez, do River Plate, para vê-lo disputar o “jogo do século” contra o rival histórico, Boca Juniors. Mas em ambas as ocasiões tiveram que voltar para casa porque, segundo as autoridades que organizaram a partida, não estavam dadas as condições para o jogo.

A suspensão da “grande final”, anunciada hoje repercutiu fora do mundo do futebol, porque ocorreu menos de uma semana antes da cúpula do G-20, em Buenos Aires. No dia 30 de novembro, os lideres das 20 maiores economias do mundo – entre as quais Estados Unidos, Rússia e China – se reúnem na capital argentina.

O governo do presidente Mauricio Macri – que foi presidente do Boca antes de entrar para a politica – vem garantindo que está em condições para protegê-los de possíveis manifestações violentas, como as que ocorreram na última cúpula, na Alemanha.

“Tem algo que é muito difícil combater: a estupidez humana”, disse Rodriguez Larreta, em entrevista coletiva, para assegurar que mais medidas de segurança haviam sido tomadas para proteger os jogadores e torcedores. Ele acusou a torcida organizada do River Plate de ter apedrejado o ônibus, que levava o time do Boca Juniors ao estádio, no sábado (24). O capitão xeneize (denominação argentina para os torcedores da equipe Boca Junior), Pablo Perez, foi ferido no olho. A polícia tentou dispersar os atacantes com bombas de gás lacrimogênio e gás pimenta, afetando também os próprios jogadores.

Segundo Larreta, a agressão está diretamente relacionada à batida que a polícia deu na casa do chefe da torcida organizada do River – e que resultou na apreensão de 300 entradas e o equivalente a R$ 1milhão. “Vamos combater a fundo as barras bravas, custe o que custar”, disse, ao acrescentando que a máfia da torcida organizada esta “enquistada no futebol argentino há 50 anos”.

Nas ruas de Buenos Aires, torcedores decepcionados reclamavam da falta de respeito. Depois dos incidentes de sábado, a Conmebol insistiu que o jogo fosse realizado. Mas os dois times fizeram um acordo de cavalheiros, para supendê-lo. O Boca disse que não jogaria sem seu capitão e o River tampouco queria enfrentar um adversário nestas condições. A partida foi remarcada para este domingo (25) e, mais uma vez, as portas do Estádio Monumental se abriram para os torcedores, que voltaram a fazer fila. Desta vez, menos entusiasmados do que na véspera.

Ricardo Moneta e o amigo Arturo Rondelli viajaram de ônibus, da província de Missiones, só para ver o jogo. “Estávamos cansados, depois de ficar cinco horas ao sol no sábado, só para saber que foi a toa – porque a partida foi suspensa”, disse Moneta. “Mas voltamos ao estádio (neste domingo) porque já tínhamos gasto dinheiro em entradas, em passagem e em hospedagem. Não queríamos voltar para casa sem ver o jogo do século”, disse Moneta.

Mas depois que as portas do estádio já tinham sido abertas, veio a notícia que a Conmebol suspendeu o jogo porque os dois times não estavam em condições de igualdade para disputá-lo.

Os presidentes do Boca Juniors e River Plate foram convocados para uma reunião na terça-feira (27), no Paraguai, sede da Conmebol, para acertar uma nova data. Mas só a partir do dia 1 de dezembro, quando termina a Cúpula do G-20.

Agência Brasil

Incêndio mais devastador da história da Califórnia é 100% controlado

Foto: Reprodução/TV Globo

O “Camp Fire”, incêndio mais devastador já registrado no estado americano da Califórnia e que deixou 87 mortos e 249 desaparecidos, foi totalmente controlado, depois de mais de duas semanas, anunciaram os bombeiros neste domingo, em boletim divulgado no Twitter.

Entre os mortos, 54 foram identificados até o momento, segundo o xerife do condado de Butte, norte do estado.

O Camp Fire arrasou quase 62 mil hectares, 14 mil residências e centenas de outras construções. Nos últimos dias, fortes chuvas caíram na área do incêndio, ajudando os bombeiros, embora tenham dificultado a busca por corpos.

Além do Camp Fire, outro incêndio, o “Woosley Fire”, foi declarado paralelamente no sul da Califórnia, em Malibu, lar de celebridades de Hollywood, e deixou três mortos.

IstoÉ

Fonte: Blog do BG

 

NACIONAIS

O escárnio do “Auxílio Mudança” em dobro para senadores que não vão se mudar

O Senado Federal concede um “benefício-extra” aos parlamentares que foram eleitos pela primeira vez e àqueles que perderam em definitivo a vaga: trata-se do “Auxílio Mudança”. Com recursos do Tesouro Nacional – ou seja, dinheiro dos cidadãos pagadores de impostos – a Casa concede um salário-extra de R$ 33.700,00 para custear as despesas de mudança de ou para Brasília de cada Senador(a).

É duro de ler/ouvir tal barbaridade num País onde a miséria impera. Mas, tudo que é ruim no Brasil pode piorar. Estão sentados? Se não, sentem-se… porque o que vem agora é o escárnio elevado à potência terrorista:

“Os oito senadores que se reelegeram para um novo mandato têm direito ao benefício duas vezes – uma pelo término do mandato e outra pelo início de um novo período no Senado.

Os reeleitos são Eduardo Braga (MDB-AM), Ciro Nogueira (PP-PI), Jader Barbalho (MDB-PA), Paulo Paim (PT-RS), Renan Calheiros (MDB-AL), Senador Sérgio Petecão (PSD-AC), Humberto Costa (PT-PE) e Randolfe Rodrigues (REDE-AP).”A informação é assinada pelo jornalista Gustavo Garcia, publicada no G1 – O Portal de Notícias da Globo.

#ÉaLama

Helder Caldeira

Escritor, Colunista Político, Palestrante e Conferencista
*Autor dos livros “Águas Turvas” e “A 1ª Presidenta”, entre outras obras.

CAMPEONATO BRASILEIRO

RODADA 37

VASCOVasco0  X   1  PALMEIRAS Palmeiras

É campeão! Palmeiras vence o Vasco em São Januário e conquista o décimo título brasileiro

Deyverson entra no segundo tempo e faz o gol que dá a taça ao Verdão. Cruz-Maltino continua ameaçado pelo rebaixamento

RESUMÃO

  • O JOGOHOJE, SIM!

    O Palmeiras é o campeão brasileiro de 2018. Líder desde a 27ª rodada e em uma histórica arrancada após a contratação do técnico Luiz Felipe Scolari, o Verdão confirmou o décimo título ao vencer o Vasco por 1 a 0, neste domingo, em São Januário. A vitória do Flamengo sobre o Cruzeiro de nada serviu. Enquanto os paulistas comemoram, o Cruz-Maltino lamenta o resultado em casa e ainda corre risco de cair para a Série B (veja abaixo os melhores momentos).

    Melhores momentos: Vasco 0 x 1 Palmeiras pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018

    Melhores momentos: Vasco 0 x 1 Palmeiras pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018

    Fonte: G1

Por Gessyca Rocha, G1 SP — São Paulo

 


Candidatos fazem prova da Fuvest na FEA-USP — Foto: Celso Tavares/G1

Candidatos fazem prova da Fuvest na FEA-USP — Foto: Celso Tavares/G1

Os candidatos da Fuvest puderam sair dos locais de prova a partir das 17h deste domingo (25) depois de responderem às 90 questões da primeira fase do vestibular da USP. O gabarito oficial será divulgado ainda esta noite.

A prova da 1ª fase foi composta por 90 questões de biologia, física, geografia, história, inglês, matemática, português e química. Todas as questões eram do tipo teste de múltipla escolha, com cinco alternativas, das quais apenas uma é correta.

Bruno Figueiredo recebeu o carinho da família após a prova — Foto: Celso Tavares/G1

Bruno Figueiredo recebeu o carinho da família após a prova — Foto: Celso Tavares/G1

Bruno Figueiredo, que quer entrar no curso de economia na FEA-USP, recebeu o carinho da família na saída da prova. “Eu achei matemática mais difícil e português mais fácil. Fiz a prova na unidade que quero entrar, achei incrível”, disse Bruno.

Rogério abraça a sobrinha Cássia que fez a prova da Fuvest — Foto: Celso Tavares/G1

Rogério abraça a sobrinha Cássia que fez a prova da Fuvest — Foto: Celso Tavares/G1

Rogério Alves, tio da pequena Cássia Santos, chegou às 11h e ficou até às 17h30 esperando. Ela saiu tensa, nervosa, mas recebeu um abraço acolhedor. “Vale a pena. Tem que apoiar”, disse Rogério.

Júlia Borner, 18 anos, concorre a uma vaga em medicina e achou o nível da prova normal. “Os textos estavam mais longos, mas dava pra concluir ela toda sem problemas”, disse.

Júlia Borner, 18 anos, concorre a uma vaga em medicina e achou o nível da prova normal — Foto: Celso Tavares/G1

Júlia Borner, 18 anos, concorre a uma vaga em medicina e achou o nível da prova normal — Foto: Celso Tavares/G1

Gustavo Costa Manzano, vai prestar para design e sentiu mais dificuldades nas matérias de exatas. “O nível de exatas estava mais complicado, mas finalizei tudo. Foi de boa”, conta.

Gustavo Costa Manzano prestou a primeira fase da Fuvest — Foto: Celso Tavares/G1

Gustavo Costa Manzano prestou a primeira fase da Fuvest — Foto: Celso Tavares/G1

Embedded video

Fernando Bertolini@fbertolini7

Fernanda Cordoba, de Rincão, fez a prova da Fuvest em São Carlos e considerou a prova difícil. Veja o vídeo.

Ao todo, 127.786 pessoas estão inscritas na Fuvest 2019. Destes, 11.429 são treineiros. A USP disponibilizou 8.362 vagas distribuídas em 183 cursos de graduação. Outras 2.785 vagas são oferecidas via Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC), que utiliza as notas do Enem.

Candidatos fazem o primeiro dia de prova do vestibular da Fuvest, em São Paulo

Candidatos fazem o primeiro dia de prova do vestibular da Fuvest, em São Paulo

A lista dos classificados para a segunda fase será divulgada no dia 10 de dezembro no site da Fuvest.

As provas da segunda fase serão nos dias 6 e 7 de janeiro.

O resultado do vestibular da Fuvest com a lista dos aprovados será divulgado no dia 24 de janeiro. Os resultados dos “treineiros” sairá no dia 6 de fevereiro.

Fonte: G1

Bolsonaro descarta Revalida para médicos formados no Brasil

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, descartou hoje (25) a possibilidade de submeter os médicos brasileiros ao Revalida – prova de avaliação e qualificação exigida para os profissionais formados fora do Brasil. Segundo ele, a hipótese não é considerada. Também criticou a prova realizada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aos recém-formados para que tenham o número da entidade.

“Eu sou contra o Revalida para os médicos brasileiros, senão vai desaguar na mesma situação que acontece na OAB. Não podemos formar jovens e depois submetê-los a ser boys de luxo em escritórios de advocacia”, afirmou o presidente eleito.

A afirmação de Bolsonaro ocorreu depois de ele participar de almoço na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, no Rio de Janeiro, para participar do 10º Encontro do Calção Preto, que reúne antigos e atuais comandantes, professores e monitores da escola.

Histórico

Em entrevista ao jornal O Globo, o deputado federal Luiz Henrique Mandetta, confirmado para o Ministério da Saúde, defendeu a aplicação do exame Revalida para os médicos brasileiros, nos moldes do que ocorre com os profissionais da OAB. Segundo ele, seria um bom exemplo uma recertificação após cinco anos da formatura.

Para Mandetta, o sistema que observa a atuação médica dos profissionais que trabalham no Brasil é “um dos modelos de fiscalização do exercício profissional mais frágeis do mundo”.

Indicações

No Rio, Bolsonaro reafirmou a disposição de concluir a montagem de sua equipe ministerial até a próxima semana. Ele disse que negocia com as bancadas e não com os partidos. São aguardadas definições para os ministérios do Meio Ambiente, da Cultura, do Esporte, dos Direitos Humanos, Minorias e Mulheres.

“Estamos escolhendo o melhor, conversando com as bancadas e não com os partidos, de forma independente, e isenta. Que sejam [pessoas] honestas e pensem no Brasil e não na agremiação partidária.”

Votações

Bolsonaro reiterou a importância de o Congresso Nacional votar temas de relevância. Segundo ele, o empenho não é para o presidente da República ou o Parlamento, mas para o país.

“[As votações] são para o país e aí vai da consciência de cada um. Eu decidi, há quatro anos, quando iniciei a minha campanha, fazer uma política diferente. Se vai dar certo, espero que sim. A mesma é que daria errado.”

Jogo

Mesmo fã de futebol, o presidente eleito resolveu desistir de assistir ao jogo do Palmeira com o Vasco, hoje no São Januário. Ele disse ter sido desaconselhado a ir ao estádio. “Vou ver em casa mesmo e torcer pelo empate.”

Bolsonaro também afirmou que segue as orientações médicas à risca, embora tenha reconhecido que ficou aborrecido com o adiamento da cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia para 20 de janeiro de 2019.

O presidente eleito disse que pretende ir a Brasília na próxima terça-feira (27) e retornar no dia 28 para o Rio de Janeiro.

Agência Brasil

Comments

Enade começa no país; candidatos têm 4 horas para fazer a prova

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) começou às 13h30 (horário de Brasília) deste domingo (25). Os portões dos 1.585 locais de aplicação da prova foram fechados às 13h em todas as unidades da Federação.

No país, 550 mil estudantes de cursos de 27 áreas do conhecimento farão o Enade. A prova é voltada para alunos que estão concluindo cursos de graduação. O exame é obrigatório e a situação de regularidade do estudante no exame deve constar em seu histórico escolar.

O Enade é o principal componente para o cálculo dos indicadores de qualidade dos cursos e das instituições de ensino superior. A cada ano, o exame avalia um grupo diferente de cursos superiores. A avaliação se repete a cada três anos.

Os candidatos terão quatro horas para resolver 40 questões. A prova do Enade é composta por itens de Formação Geral, comum aos cursos de todas as áreas, e de Componente Específico. Em Formação Geral são 10 questões, sendo duas discursivas e oito de múltipla escolha, envolvendo situações-problema e estudos de casos. A de Componente Específico tem 30 questões, sendo três discursivas e 2 de múltipla escolha, com situações-problema e estudo de casos.

Brasília

Em Brasília, os 14.745 inscritos enfrentam um dia chuvoso para a realização da prova. Para o aluno de Bacharelado em Teologia Reginaldo Azevedo, de 65 anos, o Enade contribui para o aperfeiçoamento do ensino superior no país. Ele disse que o exame é a “coroação” final do seu esforço no curso que durou quatro anos. “Teologia foi um chamado na minha vida. Foi um presente que eu me dei e Deus me permitiu”, disse Azevedo, que tem formação em engenharia agrícola.

A estudante de Gestão de Políticas Públicas da Universidade de Brasília (UnB) Mayara Leporace Haddad, de 25 anos, disse estar tranquila para a prova. “Sempre tive um bom suporte da universidade. Acho importante ter uma avaliação porque é assim que a gente pode ter melhorias no ensino superior. Tem que avaliar os cursos para ver o que pode ser mudado, melhorado”.

Áreas avaliadas

Grau de Bacharel: Administração; Administração Pública; Ciências Contábeis; Ciências Econômicas; Comunicação Social – Jornalismo; Comunicação Social – Publicidade e Propaganda; Design; Direito; Psicologia; Relações Internacionais; Secretariado Executivo; Serviço Social; Teologia; Turismo.

Grau de Tecnólogo: Tecnologia em Comércio Exterior; Tecnologia em Design de Interiores; Tecnologia em Design de Moda; Tecnologia em Design Gráfico; Tecnologia em Gastronomia; Tecnologia em Gestão Comercial; Tecnologia em Gestão da Qualidade; Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos; Tecnologia em Gestão Financeira; Tecnologia em Gestão Pública; Tecnologia em Logística; Tecnologia em Marketing; Tecnologia em Processos Gerenciais.

Agência Brasil

LOCAIS

Francisco Ronaldo é eleito prefeito de Água Nova; Flaudivan Martins eleito em Pendências

A Justiça Eleitoral realizou eleições suplementares em Água Nova e em Pendências para eleger os novos prefeitos e Francisco Ronaldo, do DEM, e Flaudivan Martins, do MDB, foram eleitos.

Francisco Ronaldo, o Ronaldo, foi eleito prefeito de Água Nova com 1.204 votos, o que equivaleu a 52,42% dos válidos. O candidato derrotado Francisco Fábio de Araújo teve 1.093 votos, ou 47,58% dos válidos.

Flaudivan Martins foi eleito prefeito de Pendências com 4.383 votos, o que equivaleu a 50,14% dos válidos. Os candidatos derrotados foram Gustavo Adolpho dos Santos Queiroz com 4.123 votos e Maria Zilda da Costa Silva com 236 votos, com 47,16% e 2,70% dos válidos, respectivamente.

Em Pendências, as eleições suplementares foram realizadas em virtude da cassação e perda de mandato de Fernando Antônio Bezerra de Medeiros e José Maria Alves Bezerra, respectivamente, prefeito e vice-prefeito da cidade. As cassações ocorreram por abuso de poder econômico e político, além da prática de captação ilícita de sufrágio (compra de votos), em julgamento realizado no dia 19 de julho deste ano, sob relatoria do juiz André Luís de Medeiros Pereira. Com a decisão, os parlamentares foram afastados dos cargos e o presidente da Câmara de Vereadores, Flaudivan Martins, assumiu interinamente a prefeitura de Pendências.

Em Água Nova, a eleição suplementar foi motivada pela cassação e perda de mandato da prefeita Iomária Carvalho, e seu vice, Elias Raimundo, por abuso de poder político e econômico, bem como por compra de votos nas Eleições de 2016. O município de Água Nova/RN pertence à 65ª zona eleitoral e possui 2.551 eleitores.

Comments

Natal se despede da maior edição dos Jogos Escolares da Juventude

A maior edição dos Jogos Escolares da Juventude se despede de Natal neste domingo. Pela primeira vez, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) reuniu as duas faixas etárias (12 a 14 e 15 a 17 anos) em uma etapa nacional. A capital potiguar recebeu cerca de 5 mil atletas de 2.157 escolas públicas e privadas todos os estados do Brasil. Foram 14 modalidades disputadas – as últimas finais do judô, luta olímpica, handebol e basquete aconteceram neste domingo.Momentos que se tornarão inesquecíveis na vida dos futuros astros do esporte brasileiro, após passarem pela maior de todas as edições já realizadas pelo COB.

Segundo o COB, os números dos Jogos são grandiosos e podem ser comparados a uma edição de Jogos Pan-Americanos. Além dos atletas e gestores das delegações, participaram ainda 464 árbitros, 220 voluntários, sendo 90 militares das três Forças Armadas – Exército, Marinha e Aeronáutica -, técnicos e observadores de oito confederações esportivas. Uma delegação convidada do Japão, com 25 integrantes, também participou da competição, em um intercâmbio com as cidades que receberão o Time Brasil nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

Mais números
No restaurante montado no Centro de Convenções de Natal, foram servidas mais de 83 mil refeições desde o início do evento, no dia 12 de novembro. Foram utilizados 16 hotéis e mais de 36 mil diárias contratadas.

– A cada ano que passa, os Jogos Escolares estão mais robustos e contribuindo de maneira crescente para a formação desses jovens. Cada vez mais os Jogos se consolidam como um dos principais objetivos no calendário de competições dessa faixa etária. Passaram por Natal muitos atletas que já integram as seleções nacionais da categoria e que competem nos principais circuitos internacionais em diferentes modalidades – disse Kenji Saito, gerente-executivo de desenvolvimento esportivo do COB.

Em Natal, o COB e as Confederações Brasileiras Olímpicas mais uma vez montaram uma base de monitoramento com a participação de treinadores ou coordenadores das categorias de base, e até mesmo das seleções adultas, para a detecção de talentos para o esporte brasileiro. O objetivo do COB é avançar ainda mais e estabelecer um modelo sustentável para a detecção de talentos e desenvolvimento da base do esporte brasileiro.

Entre os 12 observadores que passaram pela capital do Rio Grande do Norte, alguns dos principais treinadores do esporte olímpico do Brasil, como Washington Nunes (treinador da seleção masculina adulta de handebol), Camila Ferezin (coordenadora de seleções da Confederação Brasileira de Ginástica), Ricardo Prado (medalhista olímpico de natação e coordenador geral da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) e Ángel Torres (treinador chefe da Confederação Brasileira de Wrestling).

Outro elenco de nomes do esporte brasileiro marcou presença e dividiu as atenções dos participantes dos Jogos. Natal recebeu como embaixadores dos Jogos Daniele Hypolito (ginástica artística), Joanna Maranhão (natação), Ana Marcela Cunha (maratona aquática), Tiago Camilo e Duda Vaz (judô), Magnólia Figueiredo (atletismo) e Fabi Alvim (vôlei).

Globoesporte.com

Comments

Palmeiras vence o Vasco em São Januário e conquista o 10º título brasileiro

Foto: André Durão/Globoesprote.com

O Palmeiras é o campeão brasileiro de 2018. Líder desde a 27ª rodada e em uma histórica arrancada após a contratação do técnico Luiz Felipe Scolari, o Verdão confirmou o décimo título ao vencer o Vasco por 1 a 0, neste domingo, em São Januário. A vitória do Flamengo sobre o Cruzeiro de nada serviu. Enquanto os paulistas comemoram, o Cruz-Maltino lamenta o resultado em casa e ainda corre risco de cair para a Série B.

O gol que valeu o título saiu dos pés de Deyverson. Com uma temporada recheada de polêmicas, o centroavante entrou aos 14 minutos do segundo tempo e marcou aos 26, com oportunismo, só escorando um desvio primoroso de Willian. Foi o nono gol dele no Brasileirão.

O Palmeiras chegou aos 77 pontos e manteve os cinco de vantagem para o Flamengo e aumentou para 22 o número de jogos de invencibilidade, recorde na história do Brasileirão. O Verdão fará a festa do campeão na última rodada, contra o Vitória, domingo que vem, às 17h, na arena.

Comments

Barco atacado por chineses chega ao Porto de Natal; veja as fotos

Foto: Everton Padilha

Everton Padilha

 

Foto: Everton Padilha

Após angústia e pânico, já se encontra atracado no Porto de Natal o barco Oceano Pesca I que sofreu ataque da embarcação chinesa Chang Rong 4 em alto-mar na última quinta-feira (22). A embarcação de uma empresa de pesca de atum que atua no Rio Grande do Norte chegou por volta das 3h deste domingo (25). Os 10 integrantes da tripulação conseguiram sobreviver e não afundaram pelo fato do barco ser feito de aço. O empresário e proprietário do Oceano Pesca I, Everton Padilha, foi esperar a tripulação chegar e já afirmou desde sexta-feira que a assessoria jurídica da empresa está tomando as providências para fazer boletim de ocorrência na Polícia Federal na segunda-feira. O barco foi atacado a 600 quilômetros da costa potiguar. O local fica a cerca de 100 milhas ao sul de Fernando de Noronha, já em águas internacionais.

O barco potiguar deve passar por uma perícia da Marinha do Brasil, através da Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte, que já se pronunciou afirmando que tomou conhecimento do incidente de navegação. A Marinha também informou que foi instaurado um inquérito pela Capitania dos Portos para apurar causas, circunstâncias e responsabilidades do incidente, bem como instruir ações nas instâncias adequadas.

A disputa pela área de pesca de atum é o que tem gerado esses ataques. Segundo o empresário da Oceano Pesca I, Everton Padilha, é uma verdadeira guerra pelo controle da área. “São barcos de muitos países disputando o território. São chineses, japoneses, tailandeses e em barcos enormes e por isso acham que chegando nessas grandes embarcações têm o controle”, ressaltou. O barco brasileiro atacado possui 22 metros de comprimento e o prejuízo que o proprietário teve foi de cerca de R$ 500 mil. “A nossa assessoria jurídica vai fazer boletim de ocorrência na Polícia Federal, vamos acionar o Ministério de Relações Exteriores”, destacou o empresário.

OP9

Fonte: Blog do BG

Deixe uma resposta

Fechar Menu