ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSE DOMINGO

NACIONAIS

Haddad diz que PT não ficará ‘isolado’ de alianças

O ex-prefeito de São Paulo e coordenador do programa de governo do PT, Fernando Haddad, participou neste domingo, 29, do Fórum Conhecer, sobre ciência e tecnologia, na Casa de Portugal, em São Paulo. Antes do evento, ele falou sobre a falta de alianças do partido, até agora, para as eleições de outubro. “Não acredito que o isolamento vá acontecer, acredito que alguna aliança haverá”, disse. Segundo ele, a fragmentação da esquerda se deve à “prisão injusta de Lula”.

“Se Lula fosse candidato, realmente tenho dúvidas que Ciro, Boulos e Manuela tivessem colocado suas candidaturas – com todo respeito”, disse. “Estariam todos reunidos em torno do Lula”, completou. Perguntado sobre a possibilidade de alianças com Ciro no primeiro turno, Haddad admitiu ser complicado. “Ele deu declarações recentes de que seria muito difícil.”

O petista ironizou ainda a negativa de Josué Alencar – filho de José Alencar, que foi vice do ex-presidente Lula – em ser vice de Geraldo Alckmin. Segundo ele, a situação não pode ser entendida como uma Vitória do PT ou da esquerda. “Foi uma Vitória pessoal do próprio Josué”, disse. Josué Alencar é cortejado por diversos candidatos para compor chapar.

Haddad voltou a afirmar que não será candidato e que, a partir do dia 6, pretende retornar a dar aulas no Insper. Para o petista, o “apelo por Lula candidato vai crescer nos próximos dias”. “As pessoas querem votar no Lula.”

Haddad afirmou que o quadro eleitoral ainda é confuso, mas “eleição é encruzilhada” que vai decidir os rumos do país por décadas.

Ex-prefeito afirma que estopim da crise econômica se deu no governo Dilma

Durante o Fórum Conhecer, Haddad foi questionado sobre a origem da crise econômica e política que o País ainda está passando. O ex-prefeito identificou o início do segundo mandato da ex-presidente cassada, Dilma Rousseff, com a nomeação do ministro Joaquim Levy, como o estopim da crise. “Houve, na minha opinião, uma decisão de política econômica equivocada, com um ministro da fazenda que expressava a ruptura do que tinha sido feito em 13 anos.”

Haddad afirmou que naquele momento houve um cavalo de pau na política econômica. “Nada contra ajustes, mas a dose ali foi de veneno”. Segundo ele, a oposição se aproveitou daquele momento para promover um processo que iria desencadear no impeachment.

Fonte: Blog do BG

 

Toffoli ganha R$ 100 mil de mesada, diz site

A “pensão” da ex-mulher de Toffoli supera o teto constitucional

Uma obrigação maior que o próprio salário…

Crédito: Agência Brasil

Estadão Conteúdo

A edição desta semana da revista digital Crusoé afirma que o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), recebe uma mesada de R$ 100 mil de sua mulher, a advogada Roberta Maria Rangel. Os repasses, segundo a reportagem, saem de uma conta de Roberta no banco Itaú com destino a outra mantida em nome do casal no banco Mercantil do Brasil.

Os repasses, de acordo com a publicação, foram realizados ao menos desde 2015 e somam R$ 4,5 milhões. Dos R$ 100 mil mensais depositados pela mulher de Toffoli, diz a revista, metade (R$ 50 mil) é transferida para a ex-mulher do ministro, Mônica Ortega, e o restante é utilizado para custear suas despesas pessoais. Ainda segundo a reportagem, a conta é operada por um funcionário do gabinete de Toffoli.

A revista revela que, em 2015, a área técnica do Mercantil encontrou indícios de lavagem de dinheiro nas transações efetuadas na conta do ministro, mas a diretoria do banco ordenou que as informações não fossem encaminhadas para o Coaf, órgão de inteligência financeira do Brasil. Todos os bancos são obrigados a comunicar ao Coaf transações suspeitas de lavagem de dinheiro. O ministro Dias Toffoli não se manifestou sobre o caso. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Isto É

Defesa de Sergio Cabral recorre a Temer para pedir transferência de cela

Estadão Conteúdo

A defesa do ex-governador do Rio Sérgio Cabral (MDB), condenado e preso sob acusação de corrupção, entrou com um pedido ao presidente Michel Temer (MDB) para ser transferido do presídio de Bangu 8 para uma sala no Estado Maior da Polícia Militar. O recurso foi enviado ao presidente depois que o interventor da Segurança, general Braga Netto, negou o pedido.

O advogado de Cabral, Rodrigo Roca, argumentou que há “pleno perigo real e iminente à vida e integridade física do suplicante, uma vez que no pátio de visitas da unidade em que se encontra há cerca de 100 apenados, com suas famílias e, dentre os presos, estão milicianos, homicidas e ex-policiais expulsos da corporação justamente entre 2007 e 2014”.

“Quantos outros internos do sistema penitenciário estadual (ou mesmo do federal) respondem a mais de 25 processos, estão condenados a mais de 122 anos de reclusão e sujeitos a serem denunciados em tantos outros processos? Sérgio Cabral é o único com esse perfil”, escreveu Roca, no pedido ao presidente da República.

Cabral foi enviado, na terça-feira, dia 24, para a solitária depois que o promotor André Guilherme, que realizava vistoria do presídio, alegou que o ex-governador o desrespeitou. O promotor teria ordenado que todos ficassem “de cabeça baixa e de frente para a parede” e Cabral não teria recebido bem a ordem.

Fonte: Isto É

A Justiça Pode Autorizar Lula A Ir Aos Debates E PF Teme Caos Logístico

A expectativa na PF em Curitiba é que instâncias superiores da Justiça derrubem a decisão da juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, que proibiu Lula de dar entrevistas.

Com isso, a PF já se planeja para que a sala em que ocorrem as audiências por videoconferência seja usada para eventuais entrevistas. A incógnita, do ponto de vista logístico, é sobre a extensão de uma revisão da decisão de Carolina, mais especificamente sobre debates.

Se, até a Justiça declarar Lula inelegível, houver debates, Lula participará? A PF não tem ideia de como isso seria do ponto de vista logístico.

Fonte:  O Globo

Bruna Marquezine celebra aniversário e ganha declaração de amor de Neymar

Crédito: Reprodução Instagram

Da Redação

Bruna Marquezine ganhou uma declaração de amor do Neymarneste domingo (29). A atriz faz aniversário no próximo sábado (04), mas teve sua festa  antecipada pelo namorado, que terá que voltar para a França para jogar pelo Paris Saint-Germain. As informações são do UOL.

O atacante da seleção brasileira mandou prender uma enorme faixa na cauda de um avião com uma frase dedicada à namorada. “Feliz aniversário. Te amo, preta”, diz a faixa, com o apelido carinhoso pelo qual Neymar chama Bruna.

VEJA VÍDEO NO LINK ABAIXO:

javascript:;

LOCAIS

Ezequiel frisa união, determinação e trabalho em nome do compromisso com o povo do Rio Grande do Norte

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) lançou nomes ao Senado, deputado federal e grande nominata a deputado estadual neste domingo (29), no auditório do Hotel Holiday Inn, no bairro de Lagoa Nova, em Natal. “O nosso PSDB é o partido que mais cresceu no Rio Grande do Norte porque somos conscientes da nossa responsabilidade e do nosso desejo de fazer mais, muito mais, pelo Rio Grande do Norte”, salientou o deputa Ezequiel Ferreira de Souza, presidente estadual do PSDB, ao saudar os convencionais.

Ezequiel Ferreira disse que o PSDB sabe o que significa o atual momento estadual e nacional e está decidido a redobrar o seu empenho por mais união, mais competência, mais determinação e mais trabalho. “E isso faz do PSDB o maior parceiro do povo potiguar. E esse é o nosso maior compromisso”, enfatizou durante a maior convenção partidária realizada até o momento.

O governador Robinson Faria (PSD), esteve na convenção e durante o discurso dele mostrou-se agradecido e fortalecido com oportunidade de ter o PSDB em uma coligação com o Partido Social Democrático (PSD). “Esta união reforça o desejo de seguir servindo ao povo do Rio Grande do Norte”, disse Robinson Faria, pré-candidato e reeleição ao governo do Rio Grande do Norte.

Prefeitos, vice-prefeitos, presidente de Câmaras Municipais, vereadores e ex-prefeitos de todas as regiões do Rio Grande do Norte participaram da festa democrática do PSDB que lançou o ex-senador Geraldo Melo para senador, Ezequiel Ferreira e Haroldo Azevedo, suplentes de senador.

Para deputado federal, Rogério Marinho é pré-candidato à reeleição, que além de sair muito forte da região Metropolitana, ampliou bases no Seridó, Oeste e Potengi. Ex-deputada federal, Sandra Rosado tentará mais um mandato na Câmara. Hoje, vereadora em Mossoró, Sandra já pegou a estrada no Alto, Médio e Oeste Potiguar em buscas de ampliar bases. Em 2014, Sandra conseguiu 52 mil votos e ficou na suplência.

A chapa proporcional do PSDB para a Assembleia Legislativa é a mais forte até agora apresentada por todos os partidos. São pre-candidatos à reeleição, Raimundo Fernandes e Gustavo Fernandes, com atuação na região do Alto Oeste. Já Tomba Farias saiu de Santa Cruz e do Trairi com grande votação. Duas mulheres vão integrar a nominata: as deputadas Márcia Maia e Larissa Rosado, que são atuantes na Assembleia Legislativa. O decano José Dias, aumentou suas bases no Estado. Gustavo Carvalho tem bases sólidas no Potengi, Alto Oeste e Médio. O médico Thiago Almeida, que tem bases no Seridó será candidato pela primeira vez. Já Ezequiel Ferreira, que preside a Assembleia Legislativa é votado na Grande Natal, Seridó, Agreste, Mato Grande, nas regiões Central e Salineira, Potengi e Trairi, além de apoios novos em Mossoró.

O PSDB conta hoje com forte representação no interior do Estado com 33 prefeitos e vice-prefeitos, 109 vereadores, inclusive com representação em Natal, Mossoró, Parnamirim, Ceará-Mirim, Maxaranguape, Nísia Floresta e colégios eleitorais importantes como Currais Novos, Nova Cruz, Touros, Apodi, São Miguel, Angicos, Lajes e São Tomé, no Potengi. Os Diretórios Municipais e as Comissões Provisórias do PSDB estão presentes em todas as regiões reforçadas recentemente no Agreste, Trairi, Alto, Médio e Oeste Potiguar, além das regiões Potengi, Seridó, Salineira e Mato Grande.

“Nosso partido é forte e cresceu por ouvir as bases e respeitar democraticamente suas lideranças. Ouvimos todos os nomes que vão concorrer às eleições estaduais deste ano, sentamos com os prefeitos que integram a legenda e realizamos uma Convenção Estadual democrática colocando os melhores quadros do nosso partido para concorrer ao Senado e suas suplências, deputado federal e uma representação de todas as regiões para deputado estadual”, reforçou o deputado Ezequiel Ferreira de Souza, que preside o partido no Estado.

Fábio Faria prestigia convenção do PSDB, ao lado do Governador Robinson

O deputado federal Fábio Faria (PSD) participou na manhã deste domingo (29) da convenção estadual do PSDB. Ao lado do governador Robinson Faria, ele atendeu ao convite do presidente da legenda, dep. estadual Ezequiel Ferreira e do ex-senador Geraldo Melo, para o evento que homologou as candidaturas da legenda que vai se coligar ao PSD.

“Um dia muito especial, pois foi o dia da convenção do PSDB, presidido pelo meu amigo, deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza. Partido no qual eu tenho vários amigos, entre deputados estaduais, federais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, meu colega Rogério Marinho e que terá o senador Geraldo Melo, que irá compor a chapa com o governador Robinson Faria. Estou muito feliz de estar aqui hoje e dizer que sou muito grato de ter essa parceria, essa dobradinha do PSD com o PSDB”.

A convenção tucana ocorreu no Hotel Holiday inn, em Natal, e reuniu centenas de filiados. No próximo domingo, dia 05 de agosto, será a vez do PSD realizar sua convenção, na UERN Zona Norte, para homologar as candidaturas da legenda e coligações.

Fonte: Blog do BG

 

Governo do Estado

Nova pesquisa mostra Fátima com 29%; Carlos, com 15%; e Robinson, com 6%

Mais recente pesquisa do Instituto Certus, encomendada pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern), mostra que petista venceria em qualquer cenário

Fátima - Carlos Eduardo - Robinson

José Aldenir / Agora RN

Fátima Bezerra, Carlos Eduardo e Robinson lideram preferência do eleitor

A senadora Fátima Bezerra (PT) lidera a preferência do eleitorado potiguar para o Governo do Estado e, se a eleição fosse hoje, ela seria escolhida a próxima governadora. Isso é o que mostra a mais recente pesquisa do Instituto Certus, encomendada pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern) e divulgada neste domingo, 29. (Confira aqui os números para o Senado).

Na sondagem espontânea, quando os entrevistados podem citar qualquer nome, Fátima lidera com 8,72% das citações. Na sequência, aparecem o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT), com 6,1%, e o governador Robinson Faria (PSD), com 2,91%. Além deles, foram citados o candidato do Solidariedade, Brenno Queiroga (0,35%); o do PSOL, professor Carlos Alberto (0,14%); o pré-candidato da Rede Sustentabilidade, Freitas Júnior (0,14%); e o do PSTU, Dário Barbosa (0,07%).

Ainda na espontânea, quase metade dos entrevistados (49,15%) declarou não saber responder. Outros 31,35% afirmaram rejeitar todos os candidatos e 0,21% não responderam ao questionário.

Na estimulada, quando uma lista de possíveis candidatos é apresentada ao entrevistado, Fátima lidera com uma margem maior. A petista aparece com 29,15% das citações, à frente de Carlos Eduardo (15,39%), Robinson (6,31%), Fábio Dantas (PSB, 1,7%), Carlos Alberto (1,13%), Freitas Júnior (0,71%), Brenno Queiroga (0,78%) e Dário Barbosa (0,21%).

Neste quadro, 34,1% dos ouvidos afirmaram não votar em nenhum desses candidatos, 10,43% não souberam responder e 0,07% não responderam ao questionário.

A pesquisa Certus/Fiern avaliou também três cenários para o segundo turno, se houver.

No primeiro cenário, o mais provável segundo a pesquisa, Fátima Bezerra derrotaria Carlos Eduardo por 42,84% a 23,33%. Os dois são rejeitados por 27,38%. No segundo cenário, Carlos Eduardo (40,07%) venceria Robinson (40,64%), com os dois sendo rejeitados por 40,64%. E, no terceiro cenário, Fátima derrotaria Robinson por 50,71% a 11,99%, com 31,63% rejeitando os dois.

O levantamento ouviu 1.410 pessoas de 40 municípios em 7 regiões do Rio Grande do Norte entre os dias 21 e 25 de julho. A margem de erro é de 3%, para mais ou menos, com grau de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob os números RN-08199/2018 e BR-04763/2018.

Fonte: AGORA RN

Deixe uma resposta

Fechar Menu