ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSA TERÇA-FEIRA

Por G1

 

Julgamento adiado. Um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes suspendeu a análise do pedido de liberdade de Lula. A defesa do ex-presidente apresentou habeas corpus após Sérgio Moro ser anunciado ministro, e alega parcialidade do ex-juiz da Lava Jato. Futuro chefe da pasta da Justiça no governo Bolsonaro, Moro anunciou mais nomes de sua equipe e convidou um candidato do PSDB para a Segurança Pública. Reforma da Previdência: o presidente eleito diz que quer fatiar a nova proposta para aposentadorias e começar pela idade mínima. O Conselho Nacional de Educação estabelece conteúdo mínimo para o ensino médio. Na França, depois de três semanas de protestos, Macron suspende o aumento de impostos sobre combustíveis. E o youtuber de 7 anos que lucrou US$ 22 milhões em 2018. O que foi notícia nesta terça-feira:

INTERNACIONAIS

Revolta na França

Manifestantes fazem barricada na avenida Champs-Élysées, em Paris, neste sábado (1º) — Foto: Geoffroy Van Der Hasselt / AFP

Manifestantes fazem barricada na avenida Champs-Élysées, em Paris, neste sábado (1º) — Foto: Geoffroy Van Der Hasselt / AFP

O governo da França anunciou que irá suspender por seis meses a alta do diesel para conter os ânimos e diminuir os protestos no país, que já duram semanas. Essa era uma das reivindicações dos “coletes amarelos”, movimento que nasceu no interior da França e ganhou força nas redes sociais. Só no último fim de semana, 136 mil foram às ruas contra o governo de Macron.

Também teve isso…

Lucrar US$ 22 milhões com um canal de YouTube tá bom pra você? Foi que o youtuber Ryan, de apenas 7 anos, arrecadou em 2018. Com a cifra, ele se torna a estrela do site mais bem paga do ano. Em seu canal, ele mostra brincadeiras e avaliações de brinquedos, usando o famoso “unboxing”. Perguntado por que as crianças gostam de ver seus vídeos, ele respondeu:

“Porque eu sou divertido e engraçado”.

Os ganhos de Ryan dobraram desde o ano passado — Foto: Reprodução/Youtube

Os ganhos de Ryan dobraram desde o ano passado — Foto: Reprodução/Youtube

O novo presidente do México cumpriu promessa de campanha ao colocar à venda o avião oficial do governo. A ideia é que López Obrador continue a usar voos comerciais, como fazia em campanha. Adquirida em 2012 e usada desde 2016, o alto valor da aeronave sempre foi motivo de críticas. Medida faz parte de programa de corte de gastos do governo, com o fim de aumentar o salário-base de trabalhadores do setor público. Veja como é o avião por dentro.

O Boeing 787-8 foi comprado pelo governo mexicano em 2012 — Foto: Reprodução/ Twitter/ SHCP México

O Boeing 787-8 foi comprado pelo governo mexicano em 2012 — Foto: Reprodução/ Twitter/ SHCP México

Final feliz: um órfão de 8 anos, rejeitado anteriormente por duas famílias, foi adotado por um casal gay de Brasília. Os pais Kairon e Silvio contam que amor e cuidado foram essenciais para o garoto, que era arredio e tinha traumas por conta da rejeição.

“Imagine a insegurança de um menino que foi rejeitado três vezes?”

NACIONAIS

Lula preso

Lula quando foi preso em 7 de abril — Foto: Ricardo Moraes/Reuters

Lula quando foi preso em 7 de abril — Foto: Ricardo Moraes/Reuters

julgamento na 2ª Turma do STF foi adiado depois que o ministro Gilmar Mendes pediu mais tempo para analisar o caso. Antes do pedido de vista, o relator Edson Fachin e Cármen Lúcia tinham votado contra a soltura do ex-presidente e contra a anulação dos processos relacionados a Lula nos quais Sérgio Moro atuou como juiz federal. A defesa alega ‘parcialidade’ do ex-juiz da Lava Jato.

Futuro governo

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, durante entrevista coletiva na sede do governo de transição — Foto: Guilherme Mazui/G1

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, durante entrevista coletiva na sede do governo de transição — Foto: Guilherme Mazui/G1

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que quer fatiar a reforma da Previdência e iniciar a discussão no Congresso pela idade mínima. “A minha proposta é aumentar dois anos para todo mundo”, disse.

Moro anuncia novos nomes da equipe do ministério da Justiça

Moro anuncia novos nomes da equipe do ministério da Justiça

Já o futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, anunciou um delegado da PF para posto de número 2 da pasta. Luiz Pontel vai ocupar o cargo de secretário-executivo. Moro também anunciou o general Guilherme Theophilo para Secretaria de Segurança Pública. Theophilo disputou o governo do Ceará pelo PSDB.

Impeachment de Pezão

O governador do RJ, Luiz Fernando Pezão, preso pela PF nesta quinta (29) — Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

O governador do RJ, Luiz Fernando Pezão, preso pela PF nesta quinta (29) — Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

A Mesa Diretora da Alerj aceitou o pedido de impeachment do governador preso do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão. O processo estava parado há 2 anos e foi votado depois de determinação judicial. O rito do processo será definido em plenário amanhã.

Ex-governador preso

O ex-governador do RJ Anthony Garotinho — Foto: José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo

O ex-governador do RJ Anthony Garotinho — Foto: José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) manteve a condenação do ex-governador do Rio Anthony Garotinho a 4 anos e meio de prisão por formação de quadrilha. Apesar de recursos terem sido esgotados na 2ª instância, decisão de Lewandowski impede que ex-governador do RJ seja preso, e a volta do ex-governador para a cadeia depende do STF.

Novidades no ensino médio

 — Foto: Celso Tavares/G1

— Foto: Celso Tavares/G1

O Conselho Nacional de Educação estabeleceu conteúdo mínimo para o ensino médio. Segundo a nova base curricular, só matemática e português terão carga obrigatória nos três anos. Veja o que muda.

Megaoperação contra facções

Operação combate facções que atuam dentro de presídios em 14 estados e no DF

Operação combate facções que atuam dentro de presídios em 14 estados e no DF

Uma operação coordenada Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNOC) cumpriu 266 mandados de prisão contra organizações criminosas que atuam dentro e fora dos presídios em 14 estados e no DF. Investigação visa combater a lavagem de dinheiro e a corrupção de agentes públicos. Não havia informação do número de presos.

Dinheiro recuperado

Parte do dinheiro recuperado pela Polícia e que estava nas mãos da população após assalto a banco em Bacabal — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Parte do dinheiro recuperado pela Polícia e que estava nas mãos da população após assalto a banco em Bacabal — Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Militar conseguiu recuperar mais de R$ 39 milhões roubados de uma agência do Banco do Brasil em Bacabal, no Maranhão, ao interceptar um caminhão. Houve confronto, deixando 3 mortos e 3 feridos. Segundo investigação, o grupo estaria no estado para dar suporte para membros de quadrilha fugirem com o dinheiro do assalto.

 — Foto: TJ-GO/Divulgação

— Foto: TJ-GO/Divulgação

Bolsonaro diz que “nada preocupa” em relação a Onyx

O presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou hoje (4) que “nada preocupa” em relação à abertura de um processo para apurar o suposto recebimento de doações de campanha não declaradas – caixa dois – envolvendo o ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, confirmado para Casa Civil, e a empresa J&F, proprietária do frigorífico JBS.

“Nada preocupa. Em havendo qualquer acusação robusta de irregularidade, estamos acertados com o ministro Moro [Sérgio Moro, que comandará o Ministério da Justiça e Segurança Pública], nós tomaremos uma providência”, disse o presidente eleito durante entrevista coletiva.

Segundo Bolsonaro, qualquer providência só será tomada se houver acusações “robustas” envolvendo Onyx ou outros auxiliares.

A decisão de abrir o processo foi tomada hoje pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). Para Bolsonaro, não há preocupação no momento. A abertura do procedimento para investigar a acusação foi uma iniciativa da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e trata-se de uma fase ainda preliminar de apuração.

Nota

À noite, Onyx divulgou nota em que afirma receber “com muita tranquilidade” a decisão de Fachin. De acordo com o ministro, será a oportunidade para esclarecer os fatos e a verdade de “forma definitiva”.

“Tal procedimento me dará oportunidade de esclarecer, com a verdade e de forma definitiva, perante o Poder Judiciário, as questões relativas ao fato, a exemplo do que já foi feito diante da opinião pública de meu estado e da sociedade brasileira.”

Agência Brasil

Comments

Brasil doa R$ 792 mil para restauração de basílica na Terra Santa

O governo brasileiro finalizou hoje (4) a doação de R$ 792 mil para restauração da Basílica da Natividade de Jesus em Belém, na Terra Santa. O local é um dos mais importantes monumentos de peregrinação cristã do mundo, com imenso significado histórico, cultural e turístico.

Além do Brasil, contribuíram até o momento para o projeto Chile, Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Grécia, Hungria, Itália, Marrocos, Noruega, Polônia, Rússia, Turquia e Santa Sé, entre outros.

O Brasil já contribuiu para a restauração de dois outros sítios cristãos na Terra Santa: a Igreja das Nações, em Jerusalém, e a Igreja da Anunciação, em Nazaré.

A informação foi confirmada em comunicado divulgado pelo Ministério das Relações Exteriores.

Amparada nas leis 13.669 e 13.735, a doação servirá exclusivamente para recuperação de mosaicos do período bizantino, na porção sul da nave original da basílica.

História

A Basílica da Natividade foi erguida durante o Império de Constantino e reerguida no de Justiniano, no século 6. Ela abriga a gruta que a tradição reconhece como o lugar do nascimento de Jesus. A basílica recebe aproximadamente 3 milhões de visitantes por ano, entre os quais muitos peregrinos brasileiros.

A construção é preservada e está na lista de patrimônios mundiais da humanidade. Todas as obras ali realizadas têm de ser supervisionadas pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e está sob auditoria da empresa Deloitte Touche Tohmatsu. As obras de restauração começaram em 2013 e deverão ser concluídas em 2019.

Agência Brasil

Comments

Após desistências, 200 vagas do Mais Médicos serão reabertas

Após cerca de 200 profissionais terem desistido de ingressar no programa Mais Médicos, o Ministério da Saúde informou hoje (4) que vai reabrir as vagas a partir de amanhã (5). Esses profissionais informaram aos municípios que não irão assumir o posto.

As informações sobre as vagas de desistência serão atualizadas diariamente.

As inscrições do edital de convocação para o programa vão até sexta-feira (7), prazo para os interessados aderirem e escolherem o município de atuação. Podem se inscrever somente médicos com registro no Brasil. Os profissionais têm até o dia 14 deste mês para apresentação nos municípios. Pelo cronograma, 18 de dezembro é a data para a publicação da lista dos médicos homologados, para iniciarem as atividades.

De acordo com o ministério, o principal motivo alegado pelos médicos para desistência é incompatibilidade de horário com outras atividades profissionais. Outra parcela informou que foi aprovada para residência médica, recebeu nova proposta de trabalho ou problemas pessoais.

“Os médicos que decidirem não comparecer às atividades devem informar ao município alocado, que comunicará a desistência ao Ministério da Saúde. A pasta tem feito contato com os profissionais alocados por meio do endereço eletrônico informado na inscrição, além de ligações telefônicas. Mais de 3.000 ligações foram feitas no início desta semana”, informou a assessoria do ministério.

A jornada do programa prevê 40 horas semanais, em uma equipe de Saúde da Família. Segundo a pasta, até as 18h desta terça-feira, das 34.653 inscrições, 23.951 foram concluídas e 8.405 vagas estavam preenchidas, sendo que 3.276 médicos já se apresentaram ou começaram a trabalhar

“O edital do programa Mais Médicos é uma seleção para a ocupação de vagas de médicos nos municípios. Assim, como todo processo seletivo, os participantes possuem autonomia em assumir ou não a vaga selecionada, Em caso de necessidade, o Ministério da Saúde irá realizar novas chamadas até que complete o quadro de vagas do programa “, informou o Ministério da Saúde.

O edital foi lançado para substituir os mais de 8 mil médicos cubanos que deixaram o atendimento, após Cuba anunciar a saída do programa por discordar de mudanças anunciadas pelo governo eleito.

Agência Brasil

Comments

Polícia prende Israel Bloch acusado de integrar quadrilha de roubos de carros de luxo, de agredir a ex e de descumprir decisão judicial

O amazonense Israel Bloch, que ficou conhecido em Natal por supostamente ter cuspido e agredido a então namorada e por ser preso em flagrante acusado de integrar uma quadrilha de roubo de carros de luxo quando estudava Direito, foi novamente preso nesta terça-feira (4).

Dessa vez, ele foi preso por policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia (DP) de Parnamirim, em cumprimento a um mandato de prisão emitido após descumprimento de medida judicial.

Em 2014, ele foi preso em flagrante digirindo um carro de luxo com queixa de roubo com placas frias.

Comments

Reforma da Previdência poderá ser fatiada, diz Bolsonaro

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou hoje (4), em Brasília, que a reforma da Previdência em seu governo poderá ser aprovada em diferentes fases. Segundo ele, há uma “forte tendência” de começar a votação pela idade mínima. “É menos dificil de aprovar”, afirmou.

“Não adianta você ter uma proposta ideal que vai ficar na Câmara ou no Senado. Acho que o prejuízo será muito grande. Então, a ideia é por aí, começar pela idade, atacar os privilégios e tocar essa pauta pra frente. [O déficit da] previdência realmente é uma realidade. Cresce ano após ano, e não podemos deixar o Brasil chegar a uma situação como a da Grécia para tomar providência”, disse.

Ele falou que deverá manter a proposta do atual governo, que é a de uma idade mínima para a aposentadoria de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres.

Reforma trabalhista

Bolsonaro também falou da possibilidade de aprofundar a reforma trabalhista, aprovada em 2016, que flexibilizou direitos previstos na Consolidação da Leis do Trabalho (CLT). Ele disse que sua equipe ainda estuda o que mais poderia ser modificado.

“Não quero entrar em detalhes, estamos estudando. Agora, não basta você ter só direitos e não ter emprego, esse é o grande problema que existe. (…) Alguns falam até que poderíamos nos aproximar da legislação trabalhista que existe em outros países, como os Estados Unidos, acho que é aprofundar demais, mas a própria reforma trabalhista, a última que eu votei favorável, já tivemos algum reflexo positivo: o número de ações trabalhistas praticamente diminuiu à metade. E hoje em dia continua sendo muito dificil ser patrão no Brasil, não há dúvida”, afirmou.

Ministério do Trabalho

O presidente eleito disse ainda que a extinção do Ministério do Trabalho e redistribuição de suas atribuições entre outras três pastas, no seu governo, não vai prejudicar os trabalhadores.

“Essa pasta do Trabalho são de recordações que não fazem bem à sociedade, ali funcionava como um sindicato do trabalho e não como Ministério do Trabalho. Nenhum trabalhador vai perder seus direitos, até porque todos estão garantidos no Artigo 7 da Constituição”, afirmou.

Agência Brasil

Ensino médio do país tem nova base curricular aprovada

Foto: Arquivo/Agência Brasil

O CNE (Conselho Nacional de Educação) aprovou nesta terça-feira (4) a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) do ensino médio. O documento define o conteúdo mínimo que será ensinado em todas as escolas do país, públicas e privadas, no ensino médio.

Na prática, a BNCC deverá ser implementada até 2020. “A grande diferença do ensino médio a partir de agora é uma mudança, um ensino médio que não é mais o mesmo ensino médio para todo mundo. Ele precisa trabalhar com diferenças que existem do ponto de vista regional e até individual do próprio estudante”, diz o presidente da comissão da BNCC no CNE, Eduardo Deschamps.

A partir da BNCC, os estados, as redes públicas de ensino e as escolas privadas deverão elaborar os currículos que serão de fato implementados nas salas de aula. Para isso, terão dois anos.

A BNCC tem como norte o novo ensino médio, aprovado em lei em 2017, que entre outras medidas, determina que os estudantes tenham, nessa etapa de ensino, uma parte do currículo comum e outra direcionada a um itinerário formativo, escolhida pelo próprio aluno, cuja ênfase poderá ser em linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas ou ensino técnico.

“Vemos esse processo como um ganho para a educação brasileira”, diz a secretária de Educação Básica do MEC (Ministério da Educação), Kátia Smole. Segundo ela, governo se preparou para apoiar os sistemas de ensino e as redes estaduais no processo de implementação da BNCC. “Vamos seguir acompanhando enquanto estivermos aqui”, enfatiza.

Discussão

O documento foi aprovado hoje por 18 votos favoráveis e duas abstenções: do ex-presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), professor Chico Soares e da conselheira Aurina Santana.

A BNCC começou a ser discutida no governo de Dilma Rousseff e, após o impeachment, o documento foi modificado pelo governo de Michel Temer, o que gerou uma série de protestos. As sessões de discussão do documento no CNE têm sido conturbadas. Duas das cinco audiências públicas, em São Paulo e em Belém, foram canceladas.

Na segunda-feira (3), Chico Soares, que era relator do documento, deixou a relatoria. O Conselheiro Joaquim Soares Neto assumiu no lugar dele. “Sou completamente favorável a que haja uma Base que especifique os direitos do país, no entanto, nesse momento, estamos deixando de fora uma estrutura, para mim essencial”, disse Soares, que foi um dos únicos que se absteve na votação hoje. O conselheiro explica que a BNCC traz uma nova proposta de educação que não é mais estruturada em disciplinas, como é hoje.

Isso, segundo ele, encontrará várias barreiras para ser implementado, incluindo a alocação de professores. A BNCC não contempla os itinerários formativos que poderão ser escolhidos pelos estudantes. Nessa etapa da formação, a questão das disciplinas terá dificuldade maior de implementação, na avaliação de Soares.

Presente na reunião de hoje, a secretária-executiva do Movimento pela Base Nacional Comum Curricular, Alice Ribeiro, disse que houve avanços importantes comparando o documento da BNCC apresentado em abril e o documento final. Segundo ela, as redes de ensino passarão a contar com “a faca e o queijo na mão”, para implementar o novo ensino médio.

Implementação

Após revisão, a BNCC será encaminhada ao MEC e já tem data prevista para ser homologada, no dia 14 de dezembro. Junto com a homologação, segundo Kátia, o MEC apresentará os referenciais para que servirão de norte para as redes de ensino implementarem os itinerários formativos.

Os estados, que detêm a maior parte das matrículas do ensino médio, terão um ano para fazer o cronograma da implementação da BNCC e um ano para implementá-la, ou seja, o documento deverá chegar na prática, nas escolas, até 2020. Após a implementação, o documento será revisto em três anos, em 2023.

Ainda terão que ser adequados ao novo ensino médio, os livros didáticos, a formação de professores e o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

R7

Fonte: Blog do BG

LOCAIS

Vagner Araujo antecipa saída do governo do estado e vai para Brasília

Enquanto alguns apostavam na permanência de Vagner Araújo à frente do projeto ‘Governo Cidadão’ no novo governo Fátima Bezerra, eis que o coordenador do projeto do Banco Mundial no estado, que também era titular da SETHAS, resolveu alçar outros vôos, no planalto central.

O diário oficial de amanhã deve trazer a exoneração de Vagner nos dois cargos que ocupa. Ele vai ser substituído por Jader Torres no ‘Projeto Governo Cidadão’, que vai acumular a Secretaria de Infraestrutura, que já ocupa desde 2014. Já na SETHAS Olga Ferreira deixa de ser subsecretária para assumir como titular da pasta de assistência social por 25 dias, até o fim do atual mandato em 31 de dezembro. Ambos são escolhas pessoais do governador Robinson Faria.

A informação que circula é que Vagner Araújo precisou antecipar sua saída para garantir posse em cargo técnico junto à direção dos Correios na capital federal.

Comments

TRE aprova contas Galeno e Gustavo Carvalho à unanimidade e de Isolda com placar de 3 a 2

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) se reuniu nesta terça-feira (4) e aprovou mais três contas de deputados estaduais eleitos e reeleitos no pleito desse ano. Foram aprovadas as contas dos reeleitos Galeno Torquato (PSD) e Gustavo Carvalho (PSDB) e da eleita Isolda Dantas (PT).

Os processos de Galeno e de Gustavo foram aprovados à unanimidade sem grandes discussões. Já o de Isolda foi aprovado pelo placar de 3 votos favoráveis e 2 contrários, porque houve uma discussão em torno dos pagamentos dos programas de TV, que foram efetuados pelo partido.

Além das contas dos três deputados da próxima legislatura, a Justiça Eleitoral já julgou as contas de Cristiane Dantas (PPL), Ubaldo Fernandes (PTC), Tomba Farias (PSDB) e Albert Dickson (PROS).

Fonte: Blog do BG

 

Por G1 RN


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou seguimento a um mandado de segurança, confirmando a a decisão tomada pelo TRE do Rio Grande do Norte no dia 27 de novembro, que resultou na cassação da prefeita e do vice de Santa Cruz, bem como de seis vereadores do município. Fernanda da Costa Bezerra (Dra Fernanda) e Ivanildo Ferreira Lima Filho (Ivanildinho) e os parlamentares foram cassados por prática de abuso político com repercussão econômica. Todos devem ser imediatamente afastados dos cargos.

Segundo o Ministério Público Eleitoral, as irregularidades cometidas foram distribuições de “cotas” mensais aos aliados da prefeita para aquisição de medicamentos com recursos públicos. As ações foram alvo de uma ação de investigação judicial do MP Eleitoral e ocorreram durante o primeiro mandato da prefeita, intensificando-se, segundo os procuradores, nas vésperas das eleições de 2016.

O MP alega que ela fazia uso do contrato firmado pelo Município com uma farmácia para conceder vantagens a vereadores da base governista, aos quais se juntaram outros aliados políticos com a proximidade das eleições.

Dentre os beneficiários do esquema, ainda de acordo com o MP, também condenados estão os vereadores Ana Fabrícia de Araújo Silva Rodrigues de Souza, a Aninha de Cleide; Jefferson Monik Gonçalo Lima de Melo; Mário Augusto Ferreira de Farias Guedes; Raimundo Fernandes Soares; Tarcísio Reinaldo da Silva; e Thiago Augusto Fonseca Gomes, o Dr Thiago.

O esquema

De acordo com as investigações, cada um dos beneficiados tinha um limite mensal fixo de compras de medicamentos denominado “cotas”. A dos vereadores era de R$ 900, enquanto para os demais aliados foram fixados diferentes tetos de compra. O controle era feito pela drogaria em cadernos específicos para cada “cliente”, nos quais eram anotados à mão os respectivos consumos, com descrição de data/medicamente/valor.

Se a cota não fosse usada dentro do mês, era repassada para o mês seguinte e o limite foi extrapolado nas proximidades das eleições. “Vê-se, à toda evidência, que o aumento significativo dos valores pagos à farmácia, tanto em nível global quanto individual (vereadores), justamente nos meses que antecedem a eleição revela que as condutas em apuração ostentam nítido desiderato de influenciar no pleito eleitoral que, à época, se avizinhava”, concluiu o juiz Wlademir Capistrano, relator do processo no TRE/RN.

A decisão do Tribunal Regional – que seguiu parecer do MP Eleitoral – decretou, além da cassação dos diplomas e do afastamento dos cargos, a inelegibilidade dos condenados por um período de oito anos. Outros seis envolvidos foram condenados à inelegibilidade por igual período, Francisca Frassinete Dantas Gomes e Marcos Antônio Gomes dos Santos (proprietários da farmácia); Myllena Sanneza de Lima Bulhões Ferreira (secretária de saúde); Sueli Gomes Crisanto Reinaldo (secretária de Finanças); Acrísio Gomes Júnior (ex-vereador e pai do atual vereador Thiago Fonseca); e Genaro Fernandes da Silva Filho.

Fonte: G1RN

Por G1 RN


Prefeitura de Natal divulga calendário de convocação dos aprovados no concurso da Saúde — Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde de Natal

Prefeitura de Natal divulga calendário de convocação dos aprovados no concurso da Saúde — Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde de Natal

Em audiência realizada na tarde desta segunda-feira (3), na sede das Promotorias do Ministério Público, foi definido o cronograma de convocação dos aprovados no concurso da Secretaria Municipal de Saúde de Natal.

Ficou acordado que os 1.647 candidatos aprovados serão convocados em três etapas. A primeira convocação deve acontecer até o dia 10 de dezembro para 647 candidatos aprovados em diferentes categorias.

As demais convocações devem acontecer em 11 de fevereiro de 2019, com 500 candidatos; e a última em 25 de Março de 2019, para os 500 candidatos aprovados restantes, totalizando os 1.647 candidatos aprovados no concurso da Secretaria Municipal de Saúde de Natal.

Ao todo, foram ofertadas 1.647 vagas para os cargos de níveis médio e superior, com vencimentos básicos que variam entre R$ 998,68 e R$ 4.601,17. O prazo de validade do concurso é de dois anos, prorrogável por igual período.

Quando da convocação, os candidatos deverão apresentar os seguintes exames: hemograma – tipo sanguíneo; glicemia – VDRL – EAS – EPF – TSH – colesterol – triglicerídeos; eletrocardiograma (laudo e parecer do cardiologista); eletroencefalograma (laudo/parecer do neurologista); laudo de sanidade mental com parecer do psiquiatra; audiometria com parecer do otorrinolaringologista; e Raio X do tórax com parecer do radiologista.

Os aprovados devem também apresentar os documentos solicitados: laudo médico (emitido pela comissão competente/CPMSHT/SEMAD); 01 foto ¾ recente; carteira de identidade e CPF; título de eleitor; certidão eleitoral de antecedentes criminais; certificado de reservista (sexo masculino); diploma de habilitação para o cargo; registro no conselho (quando exigido); certidão de antecedentes criminais (estadual e federal); certidão de nascimento ou de casamento; cartão do PIS ou do PASEP (caso seja inscrito); comprovante de residência; carteira de trabalho (incluindo folha do contrato assinado ou não); cartão de conta corrente do Banco do Brasil (caso tenha); e ato de exoneração ou cópia do requerimento no ato da posse (se servidor público).

O concurso

O concurso ofertou as vagas de auxiliar de farmácia; Auxiliar em Saúde Bucal (ASB); técnico de nutrição; técnico em enfermagem; técnico em enfermagem do trabalho; técnico em radiologia; técnico em segurança do trabalho; técnico em saneamento; técnico em patologia clínica para o nível médio.

Já no nível superior, os candidatos disputaram vagas para assistente social; biomédico; educador social; enfermeiro; enfermeiro do trabalho; enfermeiro obstetra; farmacêutico; farmacêutico bioquímico; fisioterapeuta; fonoaudiólogo; médicos em diversas especialidades; nutricionista; odontólogos em diversas especialidades; radiologia odontológica; educador físico; psicólogo; sanitarista e terapeuta ocupacional.

Fonte: G1RN

Por G1 RN

 

Conselheiro Poti Júnior foi eleito presidente do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte — Foto: Jorge Filho/TCE

Conselheiro Poti Júnior foi eleito presidente do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte — Foto: Jorge Filho/TCE

O conselheiro Poti Júnior foi eleito nesta terça-feira (4), em votação realizada durante a sessão do Pleno, para presidir o Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) no biênio 2019/2020. A escolha se deu à unanimidade de votos pelos sete conselheiros presentes. A conselheira Adélia Sales foi eleita vice-presidente, também por votação unânime.

Após a votação, Poti Júnior agradeceu a votação e afirmou que vai atuar na defesa das prerrogativas do Tribunal de Contas. “Iremos lutar cada vez mais pelo engrandecimento da instituição”, disse. O presidente Gilberto Jales parabenizou os eleitos e elogiou a condução do processo eleitoral. “Agradeço a todos os envolvidos pela forma harmoniosa em que ocorreu a eleição”.

Durante o processo eleitoral, cujos votos foram depositados em urna e escrutinados pelo procurador de Contas, Ricart César Coelho, também foram escolhidos os membros das duas Câmaras de Contas, e seus respectivos presidentes, além do diretor da Escola de Contas, o Corregedor e o Ouvidor de contas.

A 1ª Câmara de Contas será composta pelos conselheiros Paulo Roberto Chaves Alves (presidente), Adélia Sales e Carlos Thompson Costa Fernandes. Já a 2ª Câmara será composta pelos conselheiros Renato Dias (presidente), Tarcísio Costa e Gilberto Jales.

Para a Corregedoria, foi eleito Gilberto Jales. O diretor da Escola de Contas será Tarcísio Costa. E a Ouvidoria de Contas será dirigida pelo conselheiro Carlos Thompson Costa Fernandes. Houve também o sorteio para composição dos conselheiros substitutos nas Câmaras: Marco Montenegro e Ana Paula Gomes na 1ª Câmara; Antônio Ed Souza Santana na 2ª.

Perfil

Francisco Potiguar Cavalcanti Júnior tomou posse como Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado no dia 13 de dezembro de 2012, após ser indicado pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, assumindo a vaga deixada pelo Conselheiro aposentado Valério Alfredo Mesquita.

São-gonçalense, nascido em Natal, Poti Júnior é bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, foi Assessor Jurídico do Município de Natal e da Câmara de Vereadores de São Gonçalo do Amarante, além de Procurador do TJD da FNF. Foi vice-presidente do ABC Futebol Clube, sendo Jurídico (1995/96) e Executivo (2010/11/12), e presidente de honra do São Gonçalo FC entre os anos de 1999 e 2005.

Ingressou na vida pública em 1988 quando foi eleito vereador do Município de São Gonçalo do Amarante. Em 1996, foi eleito prefeito do mesmo município. No ano de 2000, foi apontado através da pesquisa realizada pela Revista Isto É/Instituto Brasmarketing, como “O Melhor Prefeito do Brasil” e, no mesmo ano, foi reeleito prefeito por 78% do eleitorado.

Em 2006, foi eleito deputado estadual e reeleito em 2010, adotando como bandeira de lutas a defesa pela construção do aeroporto da Grande Natal e a melhor qualidade de vida para os portadores de necessidades especiais. Atualmente preside a 2ª Câmara de Contas do TCE/RN.

Fonte: G1RN

Deixe uma resposta

Fechar Menu