PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTE SÁBADO

 

O momento exato da tragédia. Câmeras da Vale mostram, de diferentes ângulos, o colapso da barragem na Mina Córrego do Feijão e o início do tsunami de lama que devastou Brumadinho e causou mais de 100 mortes há uma semana. Em Brasília, parlamentares estão reunidos para eleger os presidentes da Câmara e do Senado. O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, nega o pedido do senador Flávio Bolsonaro para suspender as investigações sobre movimentações financeiras consideradas “atípicas”.

INTERNACIONAIS

Abaixo de zero

Subiu para 21 o número de mortos nos Estados Unidos por causa da intensa onda de frio que atingiu o país nesta semana. O fenômeno trouxe temperaturas mais baixas até do que as registradas na Antártica. Em alguns locais, os termômetros marcaram -40°C.

NACIONAIS

Eleição no Congresso

O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi reeleito como presidente da Câmara. Ele obteve 334 votos e comandará a Casa até 2021. O presidente da Câmara é o 2º na linha sucessória da presidência e tem o poder de definir as pautas e o ritmo de votações na Casa. Cabe a ele também aceitar ou não pedidos de abertura de CPIs e de processos de impeachment. Nos próximos meses, Maia terá um papel decisivo para a aprovação de medidas de interesse do governo Bolsonaro, em especial a reforma da Previdência.

Candidato à presidência da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), discursa antes da votação — Foto: J.Batista/Câmara dos Deputados

Candidato à presidência da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), discursa antes da votação — Foto: J.Batista/Câmara dos Deputados

No Senado, por outro lado, o clima é quente. Após a maioria dos parlamentares presentes aprovar um pedido para que a votação seja aberta, houve tumulto no plenário (leia a reportagem). Parte dos senadores não aceita que a sessão seja presidida por Davi Alcolumbre (DEM-AP), que havia manifestado a intenção de ser candidato (até o momento, ele não se inscreveu). A senadora Kátia Abreu (PDT-GO) foi até a mesa e tomou a pasta de documentos de Alcolumbre. Veja no vídeo abaixo:

Kátia Abreu pega pasta do presidente da sessão no Senado

Kátia Abreu pega pasta do presidente da sessão no Senado

São 5 candidatos no momento: Álvaro Dias (Podemos-PR), Ângelo Coronel (PSD-BA), Fernando Collor (Pros-AL), Major Olímpio (PSL-SP) e Reguffe (sem partido-DF). Renan Calheiros (MDB-AL) não se inscreveu até agora e é um dos que bateram boca com Alcolumbre. ASSISTA AO VIVO à sessão no Senado.

Estouro da barragem

Uma câmera da Vale registrou o exato momento em que a barragem estoura em Brumadinho. As imagens mostram quando a parte inferior do reservatório cede e libera uma avalanche devastadora de rejeitos de mineração. Em 30 segundos, tudo que está abaixo é varrido. As imagens a que a TV Globo teve acesso foram cedidas pela mineradora a autoridades que investigam a tragédia. Assista abaixo:

Imagens mostram momento do rompimento de barragem em Brumadinho

Imagens mostram momento do rompimento de barragem em Brumadinho

Por outro ângulo, dá para ver o solo cedendo e uma nuvem de poeira.

Câmera mostra outro ângulo do momento em que barragem estoura em Brumadinho

Câmera mostra outro ângulo do momento em que barragem estoura em Brumadinho

Outra câmera filmou o tsunami de lama avançando rapidamente nas instalações da Vale. O mar de rejeitos engole veículos, máquinas, trem, prédios e encobre toda a mina. Homens que estavam em uma caminhonete e em uma retroescavadeira que foram engolidas pela onda conseguiram sobreviver.

Imagens mostram árvores e postes caindo com o estouro da barragem em Brumadinho

Imagens mostram árvores e postes caindo com o estouro da barragem em Brumadinho

8º dia de buscas

No dia em que a tragédia de Brumadinho completa uma semana, o número de mortes subiu para 115. Outras 248 pessoas estão desaparecidas.

Números da tragédia:

Mais sobre a tragédia:

Flávio Bolsonaro

O ministro do STF Marco Aurélio Mello negou pedido do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para suspender investigações do Ministério Público do RJ sobre movimentações financeiras consideradas “atípicas” pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Com a decisão, a apuração pode ser retomada. O parlamentar afirmou que respeita a decisão do STF: “Não vim pedir foro privilegiado”.

Mudanças nas aposentadorias

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que está “pacificado” nas Forças Armadas aumentar de 30 para 35 anos o tempo de contribuição dos militares para passarem à reserva. O governo negocia uma forma de incluir a categoria na reforma da Previdência.

Pódio em família

Os gêmeos Matheus e Thiago Cobucci, de 17 anos, fizeram da aprovação no vestibular o mais recente capítulo de uma história de parceria nos estudos e nos esportes. Os irmãos foram aprovados em 1º e 2º lugares na Fuvest para estudar direito na modalidade de concorrência que inclui os estudantes oriundos de escolas públicas.

‘Sextou’

G1 OUVIU: semana Anitta e Kevinho, Gabriel Diniz pós ‘Jenifer’ e dueto emo de Lil Peep e Fall Out Boy. Assista:

Anitta e Kevinho, Lil Peep e Fall Out Boy, Gabriel Diniz, Billie Eilish: G1 Ouviu

Anitta e Kevinho, Lil Peep e Fall Out Boy, Gabriel Diniz, Billie Eilish: G1 Ouviu

Carnaval

‘Fábio Assunção’, ‘Open Bar’… OUÇA as apostas para hit do carnaval na Bahia:

Artistas baianos apresentam as músicas que são apostas para o verão e carnaval de Salvador 2019; confira — Foto: Arte G1

Artistas baianos apresentam as músicas que são apostas para o verão e carnaval de Salvador 2019; confira — Foto: Arte G1

Também teve isso…

 Fonte: G1

Onyx diz que Previdência deve chegar ao Congresso na 2ª quinzena de fevereiro

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o texto da reforma da Previdência deve chegar ao Congresso na segunda quinzena de fevereiro. Ele se afastou temporariamente da função no Executivo nesta sexta-feira, 1, para tomar posse como deputado na Câmara.

“O presidente já tem uma formulação com ele sobre a reforma da Previdência. Quando ele (Bolsonaro) voltar quinta-feira que vem vamos voltar a discutir isso. Acredito que para o meio até o fim de fevereiro é bastante provável que a nova Previdência venha para o Congresso”, disse ele a jornalistas, enquanto caminhava para o gabinete da liderança de seu partido, o DEM, na Câmara.

Questionado sobre detalhes sobre como o texto deve vir do Executivo, ele disse que quem fala sobre isso é o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Estadão Conteúdo

Comments

Fábio Faria é eleito para Mesa Diretora da Câmara

O deputado federal potiguar Fabio Faria (PSD RN) conquistou nesta sexta-feira (01) uma das sete vagas da mesa Diretora da Câmara Federal.

Ele foi eleito para o cargo de terceiro secretário com 416 votos, o mais votado da eleição dentre todos os cargos em disputa.

O parlamentar à frente da 3ª secretaria é responsável por autorizar previamente o reembolso das despesas com passagens aéreas no caso de destinos fora do território nacional.

Também faz parte das atribuições do 3º secretário examinar requerimentos de licença e justificativa de faltas, encaminhando à decisão da Mesa aqueles que forem considerados omissos.

Comments

Lava Jato aponta ‘sérias dúvidas’ sobre parcialidade de ministro que soltou Richa

A força-tarefa da Operação Lava Jato pôs em xeque a parcialidade do presidente do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio de Noronha, que mandou soltar o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) nesta quinta-feira, 31. Por meio de nota, divulgada nesta sexta, 1, os procuradores da República afirmaram que declarações públicas do magistrado sobre a prisão do tucano “fora dos autos”. A força-tarefa ainda diz que “está avaliando as providências a serem tomadas em relação à precipitada e equivocada decisão”.

A Lava Jato diz que o “ministro João Noronha já havia criticado publicamente decisão de prisão emitida contra o governador, no dia 17 de setembro de 2018, fora dos autos, o que levanta sérias dúvidas sobre sua parcialidade para emitir a decisão no referido habeas corpus”.

“A ordem de soltura foi dada pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça (3ª instância de julgamento) sem que a decisão que decretou a prisão tenha sido avaliada pelo E. Tribunal Regional Federal da 4ª Região (2ª instância), em evidente supressão de instância”, sustentam os Procuradores.

Segundo a força-tarefa, o “objeto do habeas corpus não era a decisão de prisão que foi equivocadamente cassada”. “Por isso, as questões enfrentadas pelo ministro não estavam sequer na petição inicial do habeas corpus”.

“As circunstâncias não usuais em que o habeas corpus foi concedido se somaram à ausência de oportunidade para o Ministério Público se manifestar, apresentando informações e documentos relevantes, sobre a questão levada unilateralmente pela parte interessada”, argumentam.

Segundo a força-tarefa, “diferentemente do que alegou o eminente ministro, ao largo da questão relativa à participação de Beto Richa na obstrução da investigação apontada pelo Ministério Público, os fatos criminosos não se restringiram aos anos de 2011 e 2012, mas se estenderam até pelo menos janeiro de 2018, tratando-se de situação semelhante àquela que embasou diversas prisões na Lava Jato, mantidas nas quatro instâncias”.

“Por fim, a segunda soltura de Beto Richa, em circunstâncias que causam surpresa para o Ministério Público, seguiu-se à concessão de liberdade para o paciente, em oportunidade anterior, pelo Ministro Gilmar Mendes, sem livre distribuição. Isso, aliás, acabou por ser objeto de exame pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, que entendeu que outro ministro é o competente para o julgamento dos feitos relacionados à operação Integração no Supremo Tribunal Federal”, afirmam.

Por tudo isso, com o devido respeito pelo ministro Presidente do Superior Tribunal de Justiça, esta força-tarefa está avaliando as providências a serem tomadas em relação à precipitada e equivocada decisão.

Prisões

O tucano foi preso pela segunda vez na sexta-feira, 25, na 58ª fase da Operação Lava Jato, por suposta participação em esquema de fraude na gestão das concessões rodoviárias federais do estado.

Esta é a segunda vez que Richa é solto. Ele chegou a ser encarcerado em setembro de 2018, em meio à Operação Radiopatrulha, que mirava supostos desvios em programa para a recuperação de estradas rurais do estado. Poucos dias depois, no mesmo mês, foi solto por ordem do ministro Gilmar Mendes.

Para Noronha, a prisão de Beto Richa era precipitada e motivada por fatos praticados há mais de sete anos.”Além disso, a realidade é outra, houve renúncia ao cargo eletivo, submissão a novo pleito eleitoral e derrota nas eleições. Ou seja, o que poderia justificar a manutenção da ordem pública – fatos recentes e poder de dissuasão – não se faz, efetivamente, presente”, disse o presidente do STJ.

Agentes da Polícia Federal também chegaram a criticar a decisão. Segundo o Sindicato dos Policiais Federais do Estado do Paraná, a notícia do habeas corpus foi recebida com “indignação”.

Na avaliação dos policiais federais, além da clara possibilidade de o ex-governador exercer influência sobre as investigações, a medida revela o descompasso entre os profissionais de segurança pública e o Judiciário no combate à corrupção. O sentimento é de desmotivação”, afirma o Sindpef.

Estadão Conteúdo

Comments

INTERNET NÃO PERDOA: Internautas fazem memes com episódio do ‘roubo’ da pasta por Kátia Abreu

A sessão para escolher o novo presidente do Senado está sendo presidida pelo senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), que concorre com Renan Calheiros pelo comando da Casa.

Como presidente interino da Casa, por ser o único membro da Mesa Diretora que manteve o cargo, Alcolumbre se movimentou desde o início do dia para viabilizar sua candidatura.

Após a publicação de norma pelo então secretário-geral da Mesa, Luiz Fernando Bandeira de Melo, que impediria que candidatos presidissem a sessão de eleição, Alcolumbre revogou a norma. Depois, assinou a dispensa do secretário.

Durante a votação, a questão voltou à tona. A senadora Kátia Abreu (PDT-TO) tomou a pasta de Alcolumbre.

A reação de Kátia Abreu rapidamente virou meme nas redes sociais e foi comparada à apuração do Carnaval de SP de 2012.

Uma das apurações mais emocionantes da história.

Blog Hashtag/Folha de S.Paulo

Comments

Rodrigo Maia é reeleito presidente da Câmara pelos próximos dois anos

Foto: Agência Câmara

O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi reeleito na noite desta sexta-feira (01) para seu terceiro mandato como presidente da Câmara dos Deputados. Apoiado por uma aliança de 16 partidos, o deputado do DEM conseguiu os votos de 334 dos 513 deputados – e deve comandar a Câmara pelos próximos dois anos.

O presidente da Câmara é o terceiro na linha de sucessão da presidência da República – é ele que assume o comando do Executivo se o presidente e o vice estiverem ausentes do país ou indisponíveis. Mas seu principal poder é o de fazer a pauta da Câmara – é ele que decide quando e como os projetos serão votados.

Antes da votação, Maia fez um discurso voltado para temas corporativos da Câmara – prometendo tratar seus colegas de forma equânime, independente de partido.

“O presidente da Câmara não é como o chefe do Executivo; não nomeia, não exonera. Ele respeita a todos como iguais. Todos os deputados desta Casa são iguais, todos merecem e precisam o respeito do presidente da Câmara”, disse ele.

BBC Brasil

Comments

Google confirma encerramento da rede social Google+ para o dia 2 de abril

O Google anunciou nesta quinta-feira (1°) que irá encerrar a rede social no Google+ ocorrerá no dia 2 de abril de 2019. É o fim oficial de um projeto que nasceu com o objetivo de competir com o Facebook, mas que nunca chegou a se consolidar entre os internautas.

A empresa, que já anunciou sua intenção de fechar a plataforma no ano passado, tinha indicado que isso aconteceria em abril, mas ainda não havia definido uma data específica.

Em novembro do ano passado, os funcionários do Google detectaram uma falha de segurança que expôs informações privadas de 52,5 milhões de usuários da Internet, contribuindo para precipitar a decisão de encerrar a rede social. Outra falha já havia sido descoberta antes.

Os dados pessoais dos usuários que ficaram expostos foram nomes, endereços de e-mail, profissão e idade.

A plataforma esteve vulnerável entre o dia 7 de novembro — data em que o Google lançou uma atualização de software responsável pela falha — e o dia 13 do mesmo mês, seis dias depois, quando a empresa encontrou o erro e o corrigiu.

A companhia disse que não estava ciente de que roubos de informações por terceiros haviam ocorrido durante esse período.

EFE

Comments

Flávio Bolsonaro diz que não pediu foro privilegiado

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) negou sexta-feira, 1º, que tenha tentado usar do foro privilegiado para interromper as investigações que apuram movimentações financeiras atípicas de seu ex-assessor Fabrício Queiroz. Ao tomar posse de seu mandato em cerimônia no Senado, o parlamentar foi questionado sobre a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que confirmou a informação antecipada pelo Estado e rejeitou nesta sexta, a reclamação do filho de Bolsonaro, devolvendo para a primeira instância a apuração.

“A verdade é o seguinte: nunca fui pedir foro privilegiado no Supremo. A decisão do ministro Marco Aurélio hoje, na verdade, foi o que nós pedimos: uma reclamação. Eu cumpri a legislação, cumpri a decisão do Supremo, que é a autoridade responsável por analisar acaso a caso, qual é o foro competente. Isso foi a única coisa que fui pedir nessa reclamação. Não fui pedir foro privilegiado. [Marco Aurélio] Decidiu que é com a Justiça do RJ e a gente presta os esclarecimentos, sem problema nenhum. Falou que é com Rio de Janeiro, vamos para o Rio de Janeiro”, afirmou

Na decisão, o ministro não avançou na análise de um outro pedido da defesa de Flávio Bolsonaro, que queria a anulação das provas. Ao descartar a reclamação de Flávio Bolsonaro em decisão fundamentada na questão do foro privilegiado, o ministro não entrou no mérito da validade dos documentos coletados na investigação.

Marco Aurélio ressaltou que na época dos fatos apurados pelo Coaf, Flávio Bolsonaro desempenhava o cargo de deputado estadual, tendo sido diplomado como senador apenas em 18 de dezembro. No ano passado, o Supremo reduziu o alcance do foro privilegiado para os crimes cometidos no exercício do mandato e em função do cargo.

Flávio comentou também uma “indefinição” sobre o processo ir para a primeira ou segunda instância, mas reafirmou que onde tiver que ir prestar esclarecimentos, ele irá. “Tinha uma discussão de ia pra segunda instância ou não. Agora já estão falando que é primeira instância. Então não há uma definição sobre isso ainda. Onde tiver que ir eu irei. Respeito a decisão do ministro Marco Aurélio. Foi o que ele fez, dizer qual é o foro e esse foi meu questionamento”, afirmou.

Estadão Conteúdo

 

De última hora, maioria dos senadores decide por voto aberto em eleição na Casa

Em manobra de última hora, senadores decidiram que a eleição para o comando da Casa será feita em votação aberta. A escolha do novo presidente do Senado será feita ainda nesta sexta-feira (1º).

A decisão foi articulada por opositores do senador Renan Calheiros (MDB-CE), que é candidato. A estratégia é fazer com que o emedebista perca votos por causa da exposição pública que será dada aos senadores que votarem nele.

A sessão foi presidida pelo senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), que concorre com Renan Calheiros pelo comando da Casa. Em resposta a questões de ordem que pediam o voto aberto, ele opinou favoravelmente aos requerimentos, mas delegou a decisão ao plenário.

O resultado foi de 50 votos pelo registro aberto e 2 pelo secreto.

O voto aberto contraria o regimento interno do Senado. O regimento da Casa é claro ao definir, em seu artigo 60, que a eleição se dará em “escrutínio secreto”, como sempre ocorreu.

Como presidente interino da Casa, por ser o único membro da Mesa Diretora que manteve o cargo, Alcolumbre se movimentou desde o início do dia para viabilizar sua candidatura.

Após a publicação de norma pelo então secretário-geral da Mesa, Luiz Fernando Bandeira de Melo, que impediria que candidatos presidissem a sessão de eleição, Alcolumbre revogou a norma. Depois, assinou a dispensa do secretário.

Durante a sessão, Renan chegou a interromper o discurso do senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) —que é favorável ao voto aberto—, para lembrar episódio em que Tancredo Neves chamou de “canalha, canalha” o senador Auro de Moura Andrade, que no golpe militar de abril de 1964 havia declarado vaga a Presidência da República.

“Canalha! Canalha!”, repetiu Renan, em tom exaltado, em direção à Mesa do Senado, presidida por Alcolumbre.

Folhapress

Comments

Expectativa é alta do presidente semana que vem, diz porta-voz

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, manifestou hoje (1º) a expectativa de que o presidente Jair Bolsonaro volte a Brasília na próxima semana. “A alta dar-se-á quando ele estiver plenamente apto a fazer seu retorno a Brasília. Mas a evolução é muito boa. Nossa expectativa é que seja na semana que vem”, disse. Ele evitou, no entanto, especificar um dia para o retorno, já que dependerá da recuperação de Bolsonaro.

O porta-voz disse que o presidente está acompanhando o primeiro dia de atividades no Congresso Nacional, quando deputados e senadores tomaram posse e haverá a eleições das Mesas da Câmara e do Senado. Assim que os resultados forem confirmados, Bolsonaro parabenizará os eleitos, por meio de nota. Segundo o porta-voz, ele provavelmente usará também o Twitter para cumprimentar os presidentes das duas casas legislativas.

Rêgo Barros mostrou otimismo com a evolução na recuperação do presidente. Ele leu o boletim médico emitido pelo Hospital Albert Einstein, onde foi relatada a estabilidade do quadro clínico de Bolsonaro. Ele já está falando, ainda que por períodos curtos. Hoje (1º), reuniu-se, por videoconferência, com o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno.

“Ele ainda tem restrição, sob o ponto de vista médico, de falar. Mas naturalmente, à medida que ele vai melhorando e o corpo vai se adaptando a essas questões referentes à cavidade abdominal, ele vai iniciando um processo natural de conversação. Ele ligou para os senadores, conversou com o Heleno. Vem estabelecendo contatos com algumas pessoas, ainda que por períodos, mas vem, sim, falando”, disse Rêgo Barros.

Rêgo Barros também adiantou que existe uma previsão de que Bolsonaro visite os Estados Unidos em março. “[Visita para] Estados Unidos: previsão é para março e [visita a] outros países ainda em programação. Mesmo [em relação aos] Estados Unidos, ainda está sendo costurada essa visita”. O porta-voz confirmou que há um planejamento para Bolsonaro visitar Israel, mas o mês ainda não está definido.

O presidente Jair Bolsonaro recebeu hoje um grupo de musicoterapia e pediu para que tocassem uma música sertaneja da dupla Chitãozinho e Xororó. “O presidente pediu que tocassem a música Evidências, que ele gosta bastante. Se emocionou muito e agradeceu o grupo”, disse o porta-voz.

O próprio Bolsonaro divulgou no Twitter o momento em que recebeu os músicos em seu quarto.

Agência Brasil

Comments

Sobe para 115 número de mortos na tragédia de Brumadinho

A Defesa Civil de Minas Gerais informou hoje (1º) que aumentou o número de mortos e desaparecidos entre as vítimas do rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, nos arredores de Belo Horizonte. O balanço revelou 115 mortos, 248 desaparecidos e 395 localizados. Dos mortos, 71 foram identificados.

Segundo a Defesa Civil, aumentou o número de desaparecidos a partir de informações transmitidas ao serviço de ouvidoria da empresa Vale. Por isso, foram incluídos mais dez nomes na relação de desaparecidos.

A Polícia Militar informou que 950 homens fazem os trabalhos de segurança da região de Brumadinho. Pela manhã, foi encerrado o trabalho de varredura da área rural. De acorco com o porta-voz da corporação, Jamor Flávio Santiago, um homem foi preso em Belo Horizonte ao tentar dar um golpe nos comerciantes fazendo-se passar por agente federal atuando nos resgates.

O porta-voz da PM acrescentou que é analisada a hipótese de pedir reforço policial para equipes que atuam no interior de Minas Gerais. De acordo com ele, a integração das forças de segurança será mantido por tempo indeterminado.

O delegado da Polícia Civil, Arlen Bahia, afirmou que a delegacia de Brumadinho vai funcionar de 8h à meia-noite todos os dias, incluindo o fim de semana, para atender as pessoas que precisam fazer carteira de identidade. Segundo ele, uma equipe de agentes vai se deslocar para Parque da Cachoeira para atender os atingidos pela tragédia.

Segundo o delegado, foram coletadas amostras para buscar a identificação de 20 corpos. Até o momento, há 71 corpos identificados e restam 19 pré-identificados – quando ainda falta a última conferência feita pelo Instituto Médico Legal.

Agência Brasil

Comments

Refugiado escreve livro por WhatsApp e ganha maior prêmio literário da Austrália

(Foto: Reprodução)

Ao longo de cinco anos, o escritor curdo-iraniano Behrouz Boochani enviou textos em farsi pelo WhatsApp para seu tradutor, Omid Tofighian. Nesse material, ele conta sua experiência na prisão em que se encontra há mais de cinco anos, na Ilha Manus, na Papua Nova Guiné.

Os textos se tornaram um livro — chamado de “No Friend but the Mountains” (“Sem amigos, exceto as montanhas”, em tradução livre). O título, a propósito, vem de um provérbio do seu povo: “Os curdos não têm amigos, exceto nas montanhas”.

Com ele, Boochani venceu o Victorian Prize for Literature, o prêmio literário de maior gratificação da Austrália. Infelizmente, ele não pôde comparecer à solenidade de entrega, ontem à noite, em Melbourne, mas Tofighian foi em seu lugar.

Prêmio é de US$ 90 mil

Por ter sido o vencedor, Boochani recebeu AU$ 125 mil (algo como US$ 90 mil) e agora figura entre os escritores mais notáveis do país. Um belo desfecho para quem fugiu do Irã em 2013, depois de ver vários de seus colegas de trabalho serem presos pela polícia local, e foi capturado pela marinha australiana quando o barco em que estava tentava chegar ao país.

Embora os celulares ssejam proibidos para presos na ilha, muitos deles têm aparelhos obtidos ilegalmente. Boochani escreveu o livro pelo WhatsApp porque temia que, nas buscas feitas pelos guardas, seu aparelho fosse confiscado e, com ele, seu material fosse perdido.

Em geral, apenas cidadãos australianos ou residentes permanentes podem concorrer ao Victorian Prize for Literature, mas uma exceção foi feita à obra de Boochani porque os juízes a consideraram como uma história australiana.

Ciente de que não poderia participar da recepção de entrega do prêmio, o autor gravou uma mensagem para os presentes. “Acredito que a literatura tem o potencial de mudar e desafiar as estruturas de poder”, disse. “A literatura tem o poder de nos dar liberdade.”

A prisão da Ilha Manus foi fechada pelo governo australiano em 2017 e muitos detidos foram enviados para outras localidades, mas ainda há centenas no limbo — Boochani é um deles.

Olhar Digital

Fonte: Blog do BG

 

LOCAL

Quatro novos vereadores tomam posse na Câmara Municipal de Natal

Foto: Elpídio Júnior/CMN

Em cerimônia realizada nesta sexta-feira (01), a vereadora Divaneide Basílio (PT) e os vereadores Maurício Gurgel (PSOL), Dagô (DEM) e Fúlvio Mafaldo (SD) tomaram posse na Câmara Municipal de Natal. Eles assumem as vagas antes ocupadas, respectivamente, pela ex-vereadora Natália Bonavides (PT), eleita deputada federal, e pelos ex-vereadores Sandro Pimentel (PSOL), Ubaldo Fernandes (PTC) e pela ex-vereadora Eudiane Macedo (PTC), que conquistaram assentos na Assembleia Legislativa do RN. A sessão especial foi realizada no plenário do Legislativo natalense e conduzida por seu presidente, vereador Paulinho Freire (PSDB).

“Trata-se de um ato solene de integração à Casa dos novos vereadores em função da renúncia de colegas. Nos últimos anos, tivemos eleições gerais que geraram alterações significativas neste parlamento, que atestam o bom serviço prestado pela Câmara”, ressaltou Paulinho Freire ao dar início à solenidade que contou com a presença de autoridades civis e militares, além de familiares e amigos dos parlamentares empossados. “Recebemos os quatro com satisfação, tenho certeza que chegam com muita disposição para trabalhar em prol da nossa cidade e que possamos desenvolver juntos grandes projetos”, acrescentou.

A união entre os agentes políticos foi um dos temas abordados no discurso do prefeito Álvaro Dias (MDB). “Os poderes são independentes, mas devemos atuar de forma harmônica, pois a cidade precisa de união. Afinal, o objetivo de todos aqui é a qualidade de vida dos nossos munícipes. É necessário administrar sempre com muito respeito aos cidadãos e às coisas públicas para conseguirmos vencer os imensos desafios que temos pela frente”, frisou o prefeito.

Essa nova configuração da 18ª Legislatura será responsável por analisar, discutir e votar a revisão do Plano Diretor da capital potiguar, considerado um dos projetos de lei mais importantes em tramitação neste biênio.

Ao fazer uso da palavra, a vereadora Divaneide Basílio declarou que pretende construir um mandato oposicionista participativo, com caráter fiscalizador e propositivo. “Como primeira mulher negra a ocupar uma cadeira na Câmara de Natal, chego com força e motivação para ajudar a promover a inclusão social de modo geral. Este parlamento é um local de afirmação de que Natal é de todas e de todos. Por este motivo, vamos ocupar a Câmara e a partir dela reocupar a cidade”.

Maurício Gurgel, que já fez parte do Legislativo de 2009 a 2016, destacou que “o recomeço é uma continuidade”. O parlamentar disse que dará seguimento ao trabalho por ele desenvolvido anteriormente, com ênfase nos “projetos sociais, nas comunidades e pessoas menos assistidas”. “A Câmara tem que ir ao encontro do cidadão”, disse ele, que completou: “Faremos uma oposição vigilante, crítica e responsável ao governo municipal”.

Dagô, outro que retorna ao parlamento, agradeceu o apoio recebido e enfatizou que se empenhará em servir ao povo de Natal. “Volto mais experiente e com as energias renovadas para o trabalho. No meu primeiro mandato, exerci a função com dignidade e tive a oportunidade de apresentar matérias importantes. Isso posto, afirmo que a expectativa para os próximos dois anos é a melhor possível”, comemorou Dagô, que integrou a 17ª Legislatura.

Após tomar posse, o vereador Fúlvio Mafaldo falou que trabalhará pelas demandas priorizadas pela população, como educação, saúde e infraestrutura da cidade. “Essa tribuna serve para lutarmos a favor de melhorias no dia a dia das pessoas e buscarmos soluções, neste espaço de debates, através de políticas justas e coerentes”.

Governo do RN decreta redução de diárias para chefes do Executivo

A governadora Fátima Bezerra decretou mais uma medida que visa à redução dos gastos da máquina administrativa. A partir do decreto de número 28.705, publicado nesta sexta-feira (01) no Diário Oficial do RN, as diárias que deverão ser pagas à chefe do Executivo e ao vice-governador Antenor Roberto, em deslocamentos nacionais, corresponderão à metade do valor que era atribuído anteriormente.

De acordo com as novas normas estabelecidas, os percentuais atuais das diárias para viagens no RN e outras localidades em território nacional serão calculados por índices que variam entre 2,5% a 3% sobre o valor dos subsídios (proventos) dos gestores. As diárias para viagens internacionais, fixadas em moeda americana (dólar), variavam – de acordo com o destino – entre US$ 400 e 550 e agora passarão a custar para os cofres públicos valores entre US$ 300 e 400.

 

Linha 26 passa a retornar de Mirassol aos domingos

Foto: Josenilson Rodrigues/Busão de Natal

A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), informa que a partir do próximo domingo (03) a linha 26 (Soledade I/Ponta Negra) retornará do conjunto Mirassol, operação que será realiza apenas aos domingos.

A mudança ocorre devido a sobreposição da linha 26 com as linhas 46 (Ponta Negra/Ribeira), 54 (Rocas/Ponta Negra) e 73 (Santarém/Ponta Negra) em vários trechos do percurso, causando uma baixa demanda de passageiros na linha 26. Os usuários que costumam utilizar a linha 26 podem utilizar a integração temporal realizada por meio dos cartões NatalCard ou as estações de transferência para completar a viagem.

A STTU reforça que a mudança na linha 26 só ocorrerá aos domingos, ou seja, de segunda a sábado a linha continuará indo até Ponta Negra. Em caso de dúvidas os usuários podem ligar para o Alô STTU – no telefone 156 – ou perguntar pelo Twitter oficial, o @156Natal.

 

Por G1 RN

 


Governadora Fátima Bezerra (PT) e o presidente da AL, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB) — Foto: Elisa Elsie/Governo do RN/Divulgação

Governadora Fátima Bezerra (PT) e o presidente da AL, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB) — Foto: Elisa Elsie/Governo do RN/Divulgação

A governadora Fátima Bezerra (PT) entregou nesta sexta-feira (1º) aos deputados estaduais o primeiro projeto de Lei de seu Plano de Recuperação Fiscal. O projeto solicita aprovação da Assembleia Legislativa para o Governo negociar a antecipação dos royalties do petróleo no período 2019 a 2022.

“Estamos solicitando a antecipação dentro do período da nossa gestão. Também pleiteamos que os deputados autorizem o Governo a negociar com os bancos públicos e com os bancos privados, isto para que possamos obter as melhores condições”, explicou a chefe do Poder Executivo potiguar.

Segundo o Governo, os recursos da antecipação dos royalties serão utilizados pagar pensionistas e aposentados. A expectativa é de que a medida contribua para atualização dos salários de todos os servidores. Há três folhas salariais em aberto, que custam juntas quase R$ 1 bilhão.

Fátima reforçou aos deputados que sua gestão “é do diálogo”. “Desde o primeiro dia estamos tratando com os poderes Legislativo e Judiciário, as classes empresariais e com os servidores, sobre as medidas necessárias para o equilíbrio financeiro. O desafio é muito grande, mas a disposição que temos de enfrentá-lo é ainda maior”, declarou.

Na próxima semana, o Governo do Estado enviará à Assembleia Legislativa os demais projetos de Lei com medidas do Plano de Recuperação Fiscal, que representam ações para fazer com que as despesas do Executivo se enquadrem dentro das receitas.

“O nosso foco principal é equilibrar as contas do estado e assegurar o crescimento sustentável, respeitando direitos e promovendo a cidadania”, afirmou a governadora.

Entrada da Unidade de Operações da Petrobras em Guamaré — Foto: Igor Jácome/G1

Entrada da Unidade de Operações da Petrobras em Guamaré — Foto: Igor Jácome/G1

Aumento de repasses

O Estado do Rio Grande do Norte recebeu um total de R$ 186,2 milhões em royalties de petróleo e gás no ano passado, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O crescimento é de 33% em relação a 2017, quando o governo recebeu R$ 139,1 milhões.

Apesar do crescimento nos valores repassados pelo governo federal, o estado ainda recebeu recursos de royalties abaixo do valor de 2014, quando alcançou o auge de uma crescente que vinha experimentando. Naquele ano, a administração pública embolsou R$ 275 milhões.

Salários

Após assumir o governo, no início do mês de janeiro, Fátima Bezerra se comprometeu a pagar os salários dentro do mês. Os O pagamento dos salários de janeiro foi concluído nesta quinta-feira (31), mas a dívida que o Estado já tinha com os servidores foi congelada. Os salários atrasados, da gestão anterior, só deverão ser quitados com a entrada de recursos extras.

O Estado deve quase R$ 1 bilhão em folhas – estão em aberto parte do 13º de 2017, o 13º salário de 2018, parte dos salários de novembro e o salário de dezembro do ano passado.

Calamidade

A governadora Fátima Bezerra anunciou no dia 2 de janeiro deste ano decretaria situação de calamidade financeira do Estado, em sua primeira ação à frente da administração estadual. A informação foi divulgada durante uma reunião realizada pela manhã, com membros do novo governo, chefes do Poderes Estaduais, além de sindicatos que representam os servidores. A medida ainda depende de aprovação da Assembleia Legislativa.

Além da calamidade financeira, a governadora publicou decretos para estabelecer revisão das despesas de custeio no âmbito do Poder Executivo; instituir o Comitê de Gestão e Eficiência; determinar o retorno dos servidores públicos civis e militares aos seus órgãos de origem; e o que institui horário excepcional no expediente do serviço público.

TJ liberou royalties de 2019

O desembargador Expedito Ferreira, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), atendeu a um pedido de reconsideração, feito pelo Estado, e suspendeu uma decisão que impedia o governo de fazer uma operação financeira de antecipação dos royalties previstos para 2019.

Uma decisão da 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal impedia o contrato com o Banco do Brasil.

O Estado argumentou que existia um fato novo na ação: o encerramento do último ano do mandato do ex-governador Robinson Faria (PSD), ocorrido no dia 31 de dezembro. Assim, segundo o argumento estatal, a operação autorizada pela Lei Estadual nº 10.371/2018 não vai mais ocorrer no último ano de mandato, mas sim no primeiro ano de administração da atual governadora Fátima Bezerra e vai se destinar a ceder créditos referentes ao próprio exercício.

Fátima Bezerra (PT) anunciou primeiras ações à frente do governo do estado, após reunião no dia 2 de janeiro — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Fátima Bezerra (PT) anunciou primeiras ações à frente do governo do estado, após reunião no dia 2 de janeiro — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Fonte: G1RN

 

Por G1 RN

 

Turbinas eólicas são vistas na Serra do Mel (RN). Desenvolvido por três empresas de energia, incluindo o grupo francês Voltalia, o Parque Eólico foi inaugurado com 31 turbinas que têm o potencial para fornecer energia para 200 mil famílias — Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP

Turbinas eólicas são vistas na Serra do Mel (RN). Desenvolvido por três empresas de energia, incluindo o grupo francês Voltalia, o Parque Eólico foi inaugurado com 31 turbinas que têm o potencial para fornecer energia para 200 mil famílias — Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP

O Brasil terminou 2018 com a marca de 14,71 GW de capacidade instalada de energia eólica, em 583 parques eólicos e mais de 7.000 aerogeradores em 12 estados. Os números são referentes ao mês de dezembro passado. O Rio Grande do Norte segue sendo o maior produtor do país e ampliou a capacidade instalada para 4.043,1 GW, em seus 150 parques. Os dados são da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica).

Em dezembro de 2017, a capacidade instalada do estado potiguar era de 3.679,9, em um total de 135 parques, de acordo com informações da ABEEólica.

Se for considerada a geração eólica produzida de janeiro a novembro de 2018 (dados disponíveis até o momento) no Brasil, que é de 44,62 TWh, o parque gerador instalado disponibilizou ao sistema o equivalente ao consumo residencial médio mensal de mais de 23 milhões de casas, ou 70 milhões de pessoas.

Além dos 14,71 GW de capacidade instalada, a ABEEólica afirma que há outros 4,33 GW já contratados em construção ou projeto, o que significa que, ao final de 2024, serão pelo menos 19,04 GW. Isso considerando apenas contratos já viabilizados em leilões e com outorgas do mercado livre publicadas e contratos assinados até agora.

Levando em consideração a matriz elétrica brasileira em dezembro de 2018, a participação da energia eólica era de 9%, sendo a terceira fonte mais representativa. A biomassa, representava 9,1% da matriz no final de 2018.

“Dentro de pouco tempo, a eólica passará a ser segunda fonte da matriz elétrica brasileira, um feito realmente histórico para uma fonte que se desenvolveu de maneira mais intensa há pouco menos de dez anos. Quando começamos o ano de 2011, tínhamos menos de 1 GW. Em 2012, estávamos no 15º lugar no Ranking de Capacidade Instalada do Global Wind Energy Council. Agora já estamos a caminho de completar 15 GW e ocupamos a 8ª posição no ranking. Estes são alguns dos dados que mostram a importância da indústria eólica, nossa capacidade de crescer, fazer investimentos e trazer benefícios para o Brasil”, explica Elbia Gannoum, Presidente Executiva da ABEEólica.

Desempenho

Considerando o desempenho, a ABEEólica diz que a fonte eólica já chega a atender, com sua produção, quase 14% do Sistema Interligado Nacional (SIN), durante momentos registrados na “safra dos ventos”, que é o período que vai de junho a novembro. O Boletim Mensal de Dados do Operador Nacional do Sistema (ONS), referente ao mês de setembro, por exemplo, mostra que, no dia 19 de setembro, uma quarta-feira, a energia eólica chegou ao percentual de 13,98% de atendimento recorde nacional.

No caso específico do Nordeste, os recordes de atendimentos a carga ultrapassam 70% em uma base diária. Mas o dado mais recente de recorde da região é do dia 13 de novembro, um domingo às 9h11, quando todo o subsistema foi atendido por energia eólica e ainda houve exportação dessa fonte, já que o volume de 8.920 MW atendou 104% daquela demanda com 86% de fator de capacidade.

Nesta mesma data, além do recorde instantâneo, por um período de duas horas o Nordeste foi abastecido em 100% por energia eólica. “Vale mencionar também que, por diversos períodos, o Nordeste assume a figura de exportador de energia, uma realidade totalmente oposta ao histórico do submercado que é por natureza importador de energia”, afirma a Associação em nota.

Sobre a ABEEólica

A ABEEólica congrega mais de 100 empresas de toda a cadeia produtiva do setor eólico e tem como principal objetivo trabalhar pelo crescimento, consolidação e sustentabilidade dessa indústria no Brasil.

Fonte: G1RN

Deixe uma resposta

Fechar Menu