ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSA SEXTA-FEIRA

Sexta-feira, 28 de dezembro

Por G1

 


MP denuncia João de Deus por estupro de vulnerável e violação sexual. Bolsonaro se encontra com o premiê de Israel. Desemprego cai, mas ainda atinge 12,2 milhões de brasileiros. Os investimentos mais rentáveis de 2018. Morre Amos Oz. E o adeus à Mãe Stella de Oxóssi e à cantora Miúcha.

NACIONAIS

Escândalo em Goiás

O Ministério Público de Goiás denunciou o médium João de Deus por estupro de vulnerável e violação sexual. A acusação, a 1ª da promotoria, contém o depoimento de 19 mulheres. O médium está preso há 12 dias, e nega as acusações. Ontem, a Justiça determinou o bloqueio de R$ 50 milhões das contas de João de Deus.

Governo Bolsonaro

Jair Bolsonaro e Benjamin Netanyahu se encontram no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro — Foto: Reprodução

Jair Bolsonaro e Benjamin Netanyahu se encontram no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro — Foto: Reprodução

O presidente eleito Jair Bolsonaro se encontrou no Rio com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. Bolsonaro prometeu uma ‘grande parceria’ com o país, e o premiê afirmou que “Israel é a Terra Prometida, e o Brasil, a terra da promessa de futuro”. Netanyahu foi o primeiro chefe de Estado a chegar para a posse de Bolsonaro, em Brasília, no dia 1º.

Os melhores investimentos

O ouro e o dólar tiveram quase 17% de valorização no ano e foram os melhores investimentos de 2018. A Bolsa foi a 3º melhor aplicação, seguida por euro e títulos atrelados à inflação. A poupança teve o pior retorno.

Literatura

O escritor israelense Amos Oz, em foto de 2010 — Foto: Ulf Andersen/Aurimages/AFP/Arquivo

O escritor israelense Amos Oz, em foto de 2010 — Foto: Ulf Andersen/Aurimages/AFP/Arquivo

Amos Oz, escritor israelense e defensor do diálogo entre árabes e judeus, morreu aos 79 anos. Autor de ‘Uma história de amor e trevas’ sofria de câncer, segundo sua filha. Um dos intelectuais mais reconhecidos de seu país, ele publicou 35 livros.

Luto no candomblé

Corpo de Mãe Stella em Salvador — Foto: Giana Mattiazzi/TV Bahia

Corpo de Mãe Stella em Salvador — Foto: Giana Mattiazzi/TV Bahia

Vai ser enterrado amanhã o corpo de mãe Stella de Oxóssi, uma das maiores ialorixás do país. O corpo saiu da cidade de Nazaré e chegou a Salvador no início da noite, após decisão judicial, motivada por um impasse entre a companheira de Mãe Stella, Graziela Dhomini, e filhos de santo do terreiro Ilê Axé Opô Afonjá.

Despedida na música

Antes de ser internada, Miúcha se reuniu com familiares e amigos, e viu o mar de Copacabana — Foto: Reprodução Instagram

Antes de ser internada, Miúcha se reuniu com familiares e amigos, e viu o mar de Copacabana — Foto: Reprodução Instagram

Amigos e familiares se despediram hoje no Rio da cantora Miúcha. O velório da irmã de Chico Buarque foi fechado. A filha, Bebel Gilberto, cantou uma música em homenagem à mãe durante a cerimônia. Miúcha lutava contra um câncer e pediu para ficar em um hotel de frente para o mar de Copacabana antes de ser internada.

Desemprego

selo feed desemprego em novembro — Foto: Rodrigo Cunha/Arte G1

selo feed desemprego em novembro — Foto: Rodrigo Cunha/Arte G1

O IBGE registrou 12,2 milhões desempregados no trimestre que terminou em novembro. Número ainda muito alto, mas diminuindo. A taxa de desemprego caiu para 11,6 %.

 Fonte: G1

Netanyahu: “Israel é a terra prometida e Brasil é a terra da promessa”

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Após encontro com o presidente eleito, Jair Bolsonaro, no Rio de Janeiro, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse hoje (28) que a cooperação mútua entre os dois países pode trazer benefícios para as duas nações. “Israel é a terra prometida e Brasil é a terra da promessa. E o senhor se encabeça a boa gestão desse país para concretizar essa promessa. Israel quer ser parceiro do Brasil nessa empreitada. Entendemos que a nossa cooperação mútua pode render enormes benefícios aos nossos povos, na economia, na segurança, na agricultura, em recursos hídricos, indústria, em todos as esferas da atividade humana”, afirmou.

Netanyahu disse que o encontro de hoje é um momento histórico para os dois países. “É a primeira visita de um primeiro-ministro de Israel ao Brasil na história. É difícil crer que não havíamos tido um contato antes porque os laços de amizade podem nos levar a longas distâncias.”

O primeiro-ministro informou que convidou Bolsonaro para visitar Israel para “avançarmos na cooperação e parceria”. Bolsonaro aceitou o convite e disse que em março visitará o país junto com uma comitiva para tratar de tecnologia, agricultura, psicultura, segurança, Forças Armadas.

Visita

Netanyahu desembarcou no final da manhã de hoje na Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro, para uma visita de cinco dias ao Brasil. No final da tarde, Netanyahu irá à sinagoga Beit Yaakov para a cerimônia religiosa do shabat. Bolsonaro deverá acompanhar a visita.

No domingo (30), o primeiro-ministro se reúne com jornalistas, líderes da comunidade judaica e Amigos Cristãos de Israel. Na segunda-feira (31), segue para Brasília, onde acompanhará a posse de Bolsonaro no dia 1º de janeiro. Ele retorna para Israel de noite.

Agência Brasil

 

Segurança aérea de Brasília é reforçada para posse de Bolsonaro

Foto: Agência Brasil

A cerimônia de posse do presidente eleito Jair Bolsonaro, na próxima terça-feira (1º), terá um esquema especial para defesa aérea e o controle de tráfego aéreo na capital federal. Um decreto assinado pelo presidente Michel Temer e o ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna publicado hoje (28) autoriza a interceptação e o abate de aeronaves consideradas suspeitas ou hostis pela Força Aérea Brasileira (FAB), que possam apresentar ameaça à segurança.

A medida tem validade de 24 horas e estará em vigor de a partir da zero hora do dia 1º de janeiro ao mesmo horário do dia 2 de janeiro.

O decreto estabelece que as aeronaves classificadas como suspeitas estarão sujeitas “às medidas coercitivas de averiguação, intervenção e persuasão, de forma progressiva”. O texto estabelece situações nas quais uma aeronave pode ser considerada “hostil”, como o não cumprimento de determinações das autoridades de defesa aeroespacial, o lnaçmento de artefatos bélicos ou de paraquedistas e o desembarque de tropas ou materiais de uso militar no território nacional sem autorização.

A medida também vai considerar suspeita a aeronave que “adentrar sem autorização em espaço aéreo segregado, áreas restritas ou proibidas estabelecidos pelos órgãos de controle de tráfego aéreo”. Além de aviões, estão inseridas no decreto como aeronave, balões, dirigíveis, planadores, ultraleves, aeronaves experimentais, aeromodelos, aeronaves remotamente pilotadas e asas-deltas.

Restrição

Segundo a FAB, o planejamento de segurança aérea da posse de Jair Bolsonaro prevê a criação de áreas de exclusão, com três níveis de restrição, em que só aeronaves autorizadas poderão sobrevoar. As áreas vermelha, amarela e branca serão acionadas ao meio-dia do dia 1º.

De acordo com a FAB, a operação não terá impactos para a aviação comercial. A aviação geral, que inclui aeronaves de táxi aéreo, instrução, aviação agrícola, e outros, se submeterão às normas adotadas nas áreas vermelha, amarela e branca.

Agência Brasil

 

Dólar sobe 16,9% e bolsa aumenta 15% em 2018

Depois de um dia de poucos negócios no mercado financeiro, a bolsa e o dólar fecharam o ano com valorização. O dólar comercial encerrou 2018 vendido a R$ 3,876, com valorização acumulada de 16,9% em relação ao fim de 2017. O índice Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, fechou o último pregão do ano aos 87.887 pontos, com alta acumulada de 15%.

Na sessão desta sexta-feira (28), o dólar fechou em queda de 0,48%, na menor cotação desde 20 de dezembro. Em relação ao início do mês, a divisa fechou com pequena alta de 0,52%, com valorização pelo segundo mês seguido. No mercado de ações, o clima foi de euforia. Influenciado pela alta nas bolsas dos Estados Unidos, o Ibovespa encerrou o dia com alta de 2,84%.

Ao longo do primeiro semestre, o dólar operou relativamente estável em relação ao fim do ano passado. No entanto, a partir do agravamento das tensões comerciais entre Estados Unidos e China, a moeda norte-americana passou a subir na metade de maio. A alta intensificou-se durante a greve dos caminhoneiros, que provocou forte volatilidade no mercado financeiro.

Após o fim da paralisação, a divisa registrou uma pequena trégua, mas voltou a subir em meio às tensões da corrida eleitoral. Em 13 de setembro, o dólar comercial fechou vendido a R$ 4,196, a maior cotação desde o início do Plano Real Depois do resultado das eleições, a moeda aproximou-se de R$ 3,70, mas voltou a subir nos dois últimos meses do ano por causa de turbulências no mercado norte-americano.

A bolsa de valores seguiu trajetória parecida ao longo do ano. Nos cinco primeiros meses de 2018, o índice Ibovespa rondou os 85 mil pontos, mas chegou a despencar para os 70 mil pontos durante a greve dos caminhoneiros. Nos meses seguintes, o indicador recuperou-se, chegando a fechar no nível recorde de 89.820 pontos em 3 de dezembro.

Nas últimas semanas do ano, porém, o índice registrou quedas expressivas, em meio à desvalorização dos principais índices das bolsas norte-americanas. Em momentos de turbulências nas economias avançadas, os investidores retiram recursos de países emergentes, como o Brasil, para cobrir perdas no exterior.

Comments

Conta de luz permanece sem taxa extra em janeiro

Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

O ano de 2019 começa sem taxa extra nas contas de luz. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira que irá aplicar a bandeira tarifária verde no próximo mês, sem custo adicional para os consumidores. Em dezembro, essa bandeira também ficou em vigor.

A justificativa para a manutenção da cor verde nas bandeiras é o período de chuvas. “A estação chuvosa está propiciando elevação da produção de energia pelas usinas hidrelétricas e do nível dos reservatórios”, informou a Aneel, em nota.

Apesar da manutenção da bandeira verde, a Aneel alerta que é necessário manter as ações relacionadas ao uso consciente e ao combate ao desperdício de energia.

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. A adoção de cada bandeira, nas cores verde (sem cobrança extra), amarela e vermelha (patamar 1 e 2), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica.

Quando chove menos, é preciso acionar usinas térmicas, que são mais caras que as hidrelétricas. Todo o custo extra é repassado para os consumidores.

Antes de dezembro, a última vez que a bandeira verde havia sido utilizada era em abril. Com o forte período seco, o país passou cinco meses com a bandeira vermelha no segundo patamar. Essa é a mais cara de todo o sistema e significa uma cobrança de R$ 5 a cada 100 kWh consumidos.

Como voltou a chover na região das hidrelétricas, o governo conseguiu desligar usinas térmicas que pesavam no sistema e, com isso, deixar a bandeira verde.

O Globo

 

VÍDEO: Quase no fim de 2018, goleiro na Itália faz o gol contra mais bizarro do ano

Quase aos 45 minutos do segundo tempo de 2018 temos talvez o gol contra mais bizarro do ano. Na última quinta-feira, pela Série B do Campeonato Italiano, Filippo Perucchini, goleiro do Ascoli, recebeu uma bola recuada e, ao tentar driblar o atacante, se enrolou e acabou quase que entrando com bola e tudo dentro da própria meta. Vergonhoso. Vejam abaixo:

Melhor para o Palermo que venceu a partida por 3 a 0 e se isolou na liderança da segundona do Calcio com 34 pontos. O Ascoli de Perucchini está no meio da tabela, em 11º lugar, com 21 pontos.

Globo Esporte

 

MP denuncia João de Deus por violação sexual por fraude e estupro

Foto: Ernesto Rodrigues/Estadão Conteúdo – 16.12.2018

O MP-GO (Ministério Público de Goiás) formalizou, nesta sexta-feira (28), a denúncia contra o médium João de Deus pelos supostos abusos sexuais durante os atendimentos espirituais que fazia na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO). A informação foi confirmada pela assessoria do MP-GO ao R7.

O médium recebeu quatro denúncias: duas pelos crimes de violação sexual mediante fraude e outras duas por estupro de vulnerável.

Na última quinta-feira (27), o Tribunal de Justiça de Goiás determinou o bloqueio de R$ 50 milhões das contas do médium. Segundo o Ministério Público de Goiás, R$ 20 milhões serão destinados à reparação das vítimas e R$ 30 milhões à indenização por dano moral coletivo.

Ontem, a Justiça de Goiás concedeu um habeas corpus em favor de João de Deus, convertendo a prisão preventiva em prisão domiciliar no caso da posse ilegal de armas. No entanto, o juiz plantonista Wilson Saflate Faiad manteve o médium atrás das grades, porque a decisão prevê que a liberdade seria dada “se por outro motivo não estiver preso”.

Contra João de Deus há centenas de acusações de abuso sexual, o que o mantém atrás das grades. O habeas corpus se referia exclusivamente à questão das armas irregulares, apreendidas na casa dele durante uma busca policial no último dia 19.

João de Deus está preso desde 16 de dezembro no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia (GO). Ele se entregou em uma encruzilhada, em uma estrada vicinal de Goiás.

R7

 

Bolsa Família: Calendário 2019 com datas de saque é divulgado

Foto: José Cruz/Agência Brasil; Agencia Brasil

Beneficiários do Programa Bolsa Família podem consultar as datas de 2019 em que o pagamento estará disponível para saque. Para saber o dia em que o valor será creditado, a família cadastrada no programa deve consultar o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) impresso no cartão magnético vinculado à sua conta bancária do titular.

Depois de identificá-lo, deve consultar o calendário do programa, que indica, mês a mês, as datas em que a família poderá sacar o dinheiro. Os beneficiários que possuem o cartão com final 1, por exemplo, poderão efetuar a operação no primeiro dia de pagamento – 18 de janeiro -, enquanto aqueles com o final 2 poderão resgatar o recurso a partir do segundo dia do cronograma – 21 de janeiro – e assim por diante.

Segundo as regras do programa, os beneficiários têm até 90 dias para sacar a quantia a que têm direito. O benefício é pago de forma gradual nos dez últimos dias úteis de cada mês. Por isso, o primeiro período de lançamentos do programa será de 18 a 31 de janeiro. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, somente em dezembro R$ 2,6 bilhões foram repassados para mais de 14,1 milhões de famílias em todo o país.

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda para as famílias inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), contemplando famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. Para participar, é necessário que as famílias comprovem renda mensal por pessoa de até R$ 89. Famílias com renda familiar mensal de até R$ 178 por pessoa e que sejam compostas por gestantes, crianças ou adolescentes também podem se candidatar.

Quem atender aos critério de renda e tiver interesse em se inscrever no Bolsa Família deve procurar seu representante local, na prefeitura da cidade onde reside, para se registrar no CadÚnico. Caso tenha dúvidas ou queira mais informações sobre o programa, é possível buscar atendimento pelo telefone 0800 707 2003, serviço oferecido pelo ministério.

Agência Brasil

 

Cálculo da aposentadoria muda a partir de segunda-feira

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O cálculo das aposentadorias por tempo de contribuição vai mudar a partir de segunda-feira (31), quando será acionada uma regra implementada por lei em 2015. A regra exige um ano a mais para homens e mulheres se aposentarem. A atual fórmula, conhecida como 85/95, vai aumentar um ponto e se tornar 86/96.

Quem quiser se aposentar pela regra atual – e já cumpre os requisitos – têm até domingo (30) para fazer a solicitação.

Pela fórmula 85/95, a soma da idade e do tempo de contribuição deve ser de 85 anos para mulheres e 95 para homens. O tempo de trabalho das mulheres deve ser de 30 anos e o dos homens, de 35 anos. Isso significa, por exemplo, que uma mulher que tenha trabalhado por 30 anos, precisa ter pelo menos 55 anos para se aposentar.

A partir do dia 31, para se aposentar com o tempo mínimo de contribuição, ela deverá ter 56 anos. A mesma soma precisará alcançar 86 e 96. A fórmula será aumentada gradualmente até 2026.

Aqueles que já cumprem as regras podem solicitar a aposentadoria pelo telefone 135, que funciona das 7h às 22h, no horário de Brasília. Pelo telefone, o pedido pode ser feito somente até sábado. Pelo site do INSS.o pedido pode ser feito até domingo (30).

Fórmula

A atual regra é fixada pela Lei 13.183/2015. Nos próximos anos, a soma voltará a aumentar, sempre em um ano. A partir de 31 de dezembro de 2020, passará a ser 87/97; de 31 de dezembro de 2022, 88/98; de 31 de dezembro de 2024, 89/99; e, em 31 de dezembro de 2026 chegará à soma final de 90/100.

Defensor da fórmula, o professor da Universidade de Brasília e assessor do Conselho Federal de Economia, Roberto Piscitelli, diz que o cálculo ajuda a reduzir desigualdades. “Ele combina dois indicadores [tempo de contribuição e idade mínima] que, às vezes, quando considerados isoladamente dificultam a vida do trabalhador. A fórmula ajuda a compensar a situação daqueles que começaram a trabalhar muito cedo, o que sempre foi fator de injustiça do ponto de vista do tempo para aposentadoria”, explicou.

Além de se aposentar pela regra 85/95, os trabalhadores podem atualmente se aposentar apenas por tempo mínimo de contribuição: 35 anos para os homens e 30 anos para as mulheres, independente da idade. Nesses casos, no entanto, poderá ser aplicado o chamado fator previdenciário que, na prática, reduz o valor da aposentadoria de quem se aposenta cedo.

Agência Brasil

 

Datafolha: 67% dos brasileiros defendem maior controle da entrada de imigrantes

A maioria dos brasileiros defende que o país endureça o controle da entrada de imigrantes, segundo o Datafolha.

Dois em cada três dos 2.077 entrevistados (67%) disseram concordar que o Brasil deve controlar mais a entrada de imigrantes.

Diz a Folha:

“Os resultados mostram que quanto maior a renda, maior a inclinação para querer o aumento da restrição à entrada de imigrantes: enquanto 74% dos entrevistados que ganham mais de dez salários mínimos responderam que concordam, no outro extremo (menos de dois salários mínimos) 62% disseram o mesmo.

Além disso, os homens são mais favoráveis ao tema (72%) do que as mulheres (62%).

A concordância é maior também entre pessoas que declararam ter votado em Jair Bolsonaro na eleição presidencial (73%) e menor —mas ainda majoritária— entre eleitores de Fernando Haddad (58%).”

Antagonista e Folha de SP

Fonte: Blog do BG

 

LOCAIS

Engenheiro Gustavo Rosado Coelho comandará a Secretaria de Infraestrutura

O engenheiro civil Gustavo Rosado Coelho foi o escolhido pela governadora Fátima Bezerra para chefiar a Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIN). Servidor do quadro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Coelho é um gestor experiente com atuação na área de construção e de obras.

“Ele vivenciou um dos períodos mais virtuosos da Universidade, época do Reuni, projeto que possibilitou importantes investimentos e ampliou o papel e a presença da UFRN no estado. Ele teve papel estratégico porque era o superintentende que cuidava da coordenação da infraestrutura da nossa Universidade”.

Gustavo Coelho agradeceu o convite da governadora eleita. “Uma alegria muito grande em receber o honroso convite da governadora para enfrentar esse desafio de chefiar a SIN. Estamos trazendo nossa experiência e empenho para que o RN cresça cada vez mais e melhor”.

Perfil

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1985) e em Direito – Faculdade Natalense para o Desenvolvimento do Rio Grande do Norte (2007). Concluiu o Curso de Especialização em Administração Universitária, do Programa de Pós-Graduação em Administração, e o Curso de Especialização em Gestão da Qualidade Total, do Programa de Pós-Graduação em Engenharia da Produção. Desempenha a função de engenheiro civil, integrando o quadro permanente da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com lotação na Superintendência de Infraestrutura. Exerceu diversas funções administrativas no período de 1995 a 2015, dentre estas Coordenador Geral do Escritório Técnico Administrativo (1995-1999), Prefeito da Cidade Universitária (1999) e Superintendente de Infraestrutura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1999-2015). Atualmente, desenvolve suas atividades como Assessor da Direção Geral do Instituto Metrópole Digital da UFRN, mais diretamente na elaboração do projeto para constituição do Parque Tecnológico Metrópole Digital. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Engenharia Civil e na área de administração de grandes complexos prediais, com ênfase na Gestão Ambiental.

 

Goerge Soares é confirmado como líder do governo Fátima Bezerra na Assembleia

Ver imagem no Twitter

Fátima Bezerra

@fatimabezerra

AL: liderança do Governo fica com George Soares https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1872191402878213&id=317759544988081 

Veja outros Tweets de Fátima Bezerra

O deputado estadual George Soares será o líder da bancada do governo na Assembleia Legislativa na gestão de Fátima Bezerra (PT). A confirmação foi feita no final da tarde de hoje (28) nas redes sociais.

“Conto com George, um jovem e atuante parlamentar, para ser o porta-voz do nosso Governo no legislativo e para defender as iniciativas que encaminharemos em prol da população do Rio Grande do Norte”, disse Fátima.

O deputado agradeceu a confiança da governadora. “Conte comigo para que a Assembleia contribua com esse novo momento e para fazermos juntos a reconstrução do nosso estado”, disse George.

 

Geólogo comandará o Idema

O geólogo e consultor ambiental Leonlene Aguiar será o novo diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN (Idema). O anúncio foi feito nesta sexta-feira (28) pela governadora eleita Fátima Bezerra.

Leonlene disse que aceitou o convite da eleita governadora Fátima Bezerra com “muita honra” e que a expectativa é realizar uma gestão transparente, responsável e profissional. “Com o conhecimento técnico necessário para promoção do desenvolvimento econômico do estado e compatibilizando com o paradigma da sustentabilidade, frente aos desafios que virão”.

Perfil

Leonlene Aguiar é geógrafo formado pela UFRN e tem atuado como consultor ambiental em discussões na área de meio ambiente há mais de uma década. Com atuação na área de estudos, licenciamentos e planejamento de empreendimentos sustentáveis no âmbito do Rio Grande do Norte, trabalhou com diversos zoneamentos e verificação de áreas protegidas com aplicação da legislação ambiental. Tem experiência em análise de impactos para adaptação de projetos de complexidade nas diversas atividades econômicas potiguares.

 

Sindsaúde-RN convoca assembleia geral para o dia 4 de janeiro; na pauta, situação de atraso de salários e do 13º dos servidores

O Sindicato dos trabalhadores (as) em Saúde do Rio Grande do Norte está convocando uma assembleia geral da categoria para a próxima sexta-feira (04), às 9h, no auditório do Sindsaúde-RN. Segundo o Coordenador-geral do Sindicato, Manoel Egídio, a assembleia discutirá estratégias de luta e de enfrentamento para a situação de atraso dos salários e do 13º de 2018. “É importante a presença dos servidores para que possam colaborar com propostas para encaminharmos em conjunto o melhor para a categoria”.

A Assembleia está sendo convocada após declaração do governador à imprensa, de que vai pagar apenas o restante do 13º salário de 2017 aos servidores ativos independente da faixa salarial e um valor de R$ 5 mil reais do 13º de 2017 aos aposentados que recebem acima de 5 mil. O Governo do RN ainda não pagou o restante do salário de novembro para quem recebe acima de R$ 5 mil, o salário integral de dezembro e o 13º de 2018.

Fonte: Blog do BG

 

Por G1 RN

 


Agentes e escrivães estavam parados desde a quarta-feira (26) — Foto: Sinpol-RN

Agentes e escrivães estavam parados desde a quarta-feira (26) — Foto: Sinpol-RN

Os policiais civis e servidores da segurança do Rio Grande do Norte decidiram acatar a ordem judicial e suspender a paralisação, denominada Operação Zero e iniciada na quarta-feira (26). Após assembleia geral, no final da tarde desta sexta-feira (28), ficou definido que as delegacias de plantão serão reabertas para funcionamento normal.

O sindicato se reuniu nesta sexta-feira (28) com representantes do governo e conseguiu uma proposta que agradou a categoria. No entanto, os servidores já marcaram uma nova assembleia geral para a próxima quarta-feira, dia 2 de janeiro, quando vão decidir sobre os rumos de uma nova mobilização.

Eles dizem que esperam que todos os aposentados e pensionistas recebam a integralidade do 13° de 2017, bem como cobram a definição sobre o 13° de 2018 e o salário de dezembro. Foi o que ficou combinado com o Executivo.

“O governo efetuou o depósito do 13° de 2017 de todos os servidores ativos e uma parcela de R$ 5 mil para os aposentados e pensionistas. Alguns aposentados, inclusive, já estão recebendo o valor integral. O justo é que os inativos e pensionistas tenham o mesmo tratamento. Porém, a categoria deliberou por retomar as atividades nas plantões por entender que parte do pleito foi atendida e, na quarta-feira, a partir das 9h, definiremos os próximos passos”, explica Nilton Arruda, presidente do SINPOL-RN.

O atendimento nas plantões acontecerá até o dia 1° de janeiro, como já seria na escala normal por se tratar de final de semana, seguido de feriado. Na quarta (2), a partir das 9h, os policiais civis e servidores da segurança terão assembleia na sede do sindicato que representa a categoria.

“A luta será pelo 13° de 2018 e pelo salário de dezembro. Suspendemos a Operação Zero, mas vamos continuar mobilizados”, afirma Nilton Arruda, presidente do Sinpol.

A greve

A greve da Polícia Civil começou na manhã da quarta-feira (26), com a chamada ‘Operação Zero’. Em protesto contra o atraso no pagamento do 13º salário de 2017, e sem perspectiva de receber o salário de dezembro e o 13º deste ano, agentes e escrivães cruzaram os braços. Mais de 95% das 160 delegacias do estado fecharam, segundo o Sindicato dos Policiais Civis do RN (Sinpol-RN). Com isso, os policiais passaram a atender apenas os casos de flagrante. Na tarde da quinta (27), os delegados também aderiram ao movimento.

Reivindicação

Delegados, agentes e escrivães cobram o 13º salário de 2017 de quem ganha acima de R$ 5 mil e uma definição sobre o salário de dezembro e o 13º deste ano, que ainda estão sem previsão de pagamento. Quem ganha acima de R$ 5 mil também não recebeu o salário de novembro.

Saúde

Ainda nesta quinta, os médicos que atuam na rede estadual de saúde também entraram em greve. Segundo o Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed-RN), a pauta é a mesma: salários atrasados.

O que diz o governo

Nesta sexta (28), o governo confirmou que vai pagar o 13º de 2017 de ativos, inativos e pensionistas da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Para as demais categorias, ainda de acordo com o governo, devem receber o benefício atrasado apenas os ativos.

“Eu não tenho como multiplicar o dinheiro. Nenhum governador não paga porque não quer. Não paga, porque não pode”, disse o governador Robinson Faria. Contudo, em reunião nesta sexta (29), o Executivo assinalou que pagaria o 13º salário de 2017 para todos os piliciais civis, aposentados e ativos.

A Justiça

Segundo o desembargador Saraiva Sobrinho, a manutenção da greve coloca em risco a sociedade em razão da “ofensa à ordem pública”, causada pela carência de prestação de um serviço de “relevância ímpar à manutenção e tutela da paz social”. Em caso de não retorno imediato aos trabalhos, Saraiva inda estipulou multa diária no valor de R$ 15 mil.

“Defiro a liminar para determinar a imediata suspensão do movimento paredista, de forma a se restabelecer a regular, plena e efetiva continuidade dos serviços relacionados à segurança pública, em todas as unidades do Estado”, decidiu o desembargador plantonista.

Investigações paradas e BOs suspensos

Com a adesão dos delegados à paralisação iniciada pelos agentes e escrivães, a Polícia Civil do Rio Grande do Norte só está atendendo casos de flagrante. Significa, segundo a presidente da Associação dos Delegados da Polícia Civil do RN, que todos os trabalhos de investigações estão parados e os registros de boletins de ocorrência suspensos até que o governo pague o que deve à categoria.

Até mesmo o registro de boletins de ocorrência pela internet, para casos de perda ou furto de documentos, também foi suspenso temporariamente, pois precisa de um policial para fazer a homologação do registro.

Nos casos de flagrante, a Polícia Civil está fazendo o registro das ocorrências no Comando da Polícia Militar, no bairro Tirol, na Zona Leste de Natal, e nas delegacias regionais de Caicó, na região Seridó, e Mossoró, no Oeste do estado.

Agentes penitenciários

Na manhã desta sexta-feira (28), os agentes penitenciários decidiram que não vão mais receber presos em flagrante que não tenham passado pela audiência de custódia. De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindasp-RN), normalmente o detido vai à presença do juiz depois que tem prisão homologada pela autoridade policial, no caso o delegado. Porém, presos estariam sedo levados pela PM direto para as unidades prisionais depois que a Polícia Civil começou a paralisação.

Ainda de acordo com o Sidasp, os agentes penitenciários decidiram que neste sábado (29) irão para a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), no Centro Administrativo, para aguardar que o governo providencie algum transporte para que eles possam ir trabalhar. Os agentes alegam que não têm mais dinheiro para pagar passagem até as unidades prisionais.

Fonte: G1RN

Por G1 RN

 


Passarelas apresentam ferrugens e estruturas causam risco, segundo fiscais — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Passarelas apresentam ferrugens e estruturas causam risco, segundo fiscais — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Fiscais do Conselho de Engenharia e Agronomia (Crea) recomendaram a interdição de duas passarelas e de parte do estádio Frasqueirão, em Natal, após vistorias realizadas nesta quinta-feira (27). Os técnicos apontaram o comprometimento de estruturas metálicas que causam risco aos usuários.

A ação dos membros da Câmara Especializada de Engenharia Mecânica e Metalúrgica aconteceu nas passarelas das avenidas Senador Salgado Filho e Bernardo Vieira. A recomendação dos representantes do conselho é que os dois equipamentos sejam interditados de forma parcial e total, respectivamente.

De acordo com eles, as estruturas metálicas apresentam corrosão e falta de guarda-corpo em vários trechos. O coordenador da câmara, Márcio Sá, afirma que a situação da passarela das Quintas, localizada na avenida Bernardo Vieira, é mais crítica devido ao tráfego diário, já que a avenida é o principal elo entre a Zona Norte e as outras áreas da cidade.

“A ausência de guarda-corpo é um perigo para as pessoas que utilizam esse equipamento. Sem falar nos diversos pontos detectados com corrosão, que podem causar sérios danos. Por isso vamos recomendar a interdição dessa passarela”, argumentou.

Foi constatada deterioração de colunas e travessas nas conexões que sustentam a passarela. “É um equipamento antigo que não tem recebido a manutenção adequada. Na verdade, da forma em que se encontra, não sei se já recebeu algum tipo de restauração desde sua inauguração”, disse o coordenador.

A ferrugem também está presente em diversos pontos da passarela metálica localizada na avenida Senador Salgado Filho, no bairro de Lagoa Nova. Nesse caso, o Crea vai recomendar a interdição parcial da estrutura, próxima às escadas.

Frasqueirão

Estádio Frasqueirão — Foto: Fabiano de Oliveira/GloboEsporte.com

Estádio Frasqueirão — Foto: Fabiano de Oliveira/GloboEsporte.com

No final da manhã, três membros da Câmara de Engenharia Mecânica e a equipe de fiscalização do Crea-RN também estiveram no Estádio Maria Lamas Farache (Frasqueirão) para apurar uma denúncia em relação à cobertura do segundo módulo de cadeiras.

“Devido à proximidade com o mar, o local recebe forte interferência do meio ambiente o que ocasiona os pontos de corrosão encontrados. Neste caso também vamos sugerir que seja interditada uma parte desse módulo de cadeiras para evitar algum dano por parte da cobertura”, explicou José Nunes Filho, engenheiro mecânico.

No caso do Frasqueirão, os engenheiros sugeriram que todos os tirantes (barras metálicas) e parte dos perfis da estrutura que sustentam a cobertura sejam substituídos. A equipe do Crea-RN esteve também nos estádios do América Futebol Clube, em Parnamirim, e no Nazarenão, no município de Goianinha, mas não detectaram necessidade de interdição.

O grupo vai elaborar um parecer sobre a atual situação dos equipamentos e entregar à presidência do Crea, para que seja encaminhado aos órgãos competentes como Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU).

Reparos

Em nota, o ABC Futebol Clube, que é proprietário do Frasqueirão, informou que vai começar imediatamente o trabalho de reparo e manutenção na cobertura metálica do estádio. O clube ainda considerou que a estrutura, em geral, do estádio, foi elogiada pelos fiscais.

Sobre as passarelas, a Secretaria de Mobilidade Urbana, responsável pela manutenção das passarelas, disse que está elaborando estudos técnicos para remoção das passarelas, que serão substituídas por passagens de nível. A secretaria não deu prazo para resolução do problema.

Fonte: G1RN

Por G1 RN

 


Queima de fogos na ponte Newton Navarro: espetáculo garantido para a virada deste ano, assim como na praia de Ponta Negra — Foto: Alex Regis/Assecom/PMN/Divulgação

Queima de fogos na ponte Newton Navarro: espetáculo garantido para a virada deste ano, assim como na praia de Ponta Negra — Foto: Alex Regis/Assecom/PMN/Divulgação

A Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) definiu na manhã desta sexta-feira (28) a operação de trânsito que será montada para o réveillon na orla de Natal. Agentes e batedores da STTU estarão nos locais orientando as intervenções e as opções de desvios.

As alterações no trânsito começam pela Ponte Newton Navarro às 10h da segunda-feira (31), quando o sentido Redinha/Forte da via estará fechado ao tráfego de veículos, ficando o sentido Forte/Redinha com mão dupla. A intervenção total da Ponte Newton Navarro acontece das 23h do dia 31 de dezembro até 1h do dia 1º de janeiro, momento em que o trânsito será liberado novamente.

Na Redinha, a interdição ocorrerá no Largo João Alfredo, a partir das 12h do dia 31 dezembro e segue até o término do show da virada. Já em Ponta Negra, a Avenida Erivam França, orla da praia, será fechada a partir das 18h e segue até o término da queima de fogos.

Transporte Público

Os usuários poderão contar, durante a virada, com as linhas corujões de ônibus. São elas: a linha A (Ribeira/Alecrim/Redinha/Brasil Novo/Parque das Dunas/Pajuçara), que sai do terminal na Ribeira à 00h15, 01h45 e 03h25; linha B (Ribeira/Midway Mall/Amarante/Parque dos Coqueiros/Nova Natal/Gramoré), que sai do terminal na Ribeira à 00h25, 01h55 e 03h25; linha C (Ribeira/Via Costeira/Ponta Negra), que sai do terminal na Ribeira às 23h40, 00h50, 02h30 e 03h45; linha E (Felipe Camarão/Cidade Nova/Ponta Negra, via Av. Bernardo Vieira) que sai do terminal em Felipe Camarão à 00h20, 01h20, 02h10, 03h10 e 04h10; e a linha 33 (Planalto/Ribeira/Praia do Meio/Mãe Luíza), que opera 24h.

Na terça (1º) o sistema de transporte operará com horários e itinerários de domingo, e terá tarifa social para os pagamentos em dinheiro. Com a medida, a passagem cai de R$ 3,65 para R$ 1,85.

Fonte: G1RN

Deixe uma resposta

Fechar Menu