ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSA SEXTA-FEIRA

Por G1

 

Temer decide extraditar Cesare Battisti, que está foragido e é procurado pela Interpol. Justiça de Goiás manda prender João de Deus. Secretário diz que milícia matou Marielle por disputa de terra. A ex-assessora de Bolsonaro que era personal trainer de celebridades e atendia em horário de expediente. Distritos indígenas da Amazônia ficam esquecidos no Mais Médicos. Nova falha do Facebook expõe fotos de 6,8 milhões de usuários. E verão de rachar.

 INTERNACIONAIS

Morador de rua vira o maior ‘serial killer’ da história dos EUA

Foto não datada de Samuel Little, divulgada pela polícia em 28 de novembro — Foto: HO/Ector County Sheriff’s Office/AFP

Investigadores americanos concluíram que um morador de rua de 78 anos foi o maior assassino em série da história dos Estados Unidos, com mais de 40 homicídios, informaram as autoridades nesta quinta-feira.

Samuel Little já confessou mais de 90 assassinatos cometidos entre 1970 e 2005 e suas principais vítimas foram dependentes de drogas e prostitutas em todo o país, segundo a polícia federal americana (FBI).

O promotor Bobby Bland, do condado de Texas, onde Little está detido, revelou que o assassino confessou ao menos outras seis mortes, o que eleva a mais de 40 o número de assassinatos verificados.

“Está contando coisas, casos que ocorreram há 50 anos, e dando detalhes sobre todos estes assassinatos diferentes. Nenhuma das declarações que fez era falsa”, disse Bland à AFP.

Segundo Bland, o serial killer se declarou culpado do assassinato, em 1994, de Denise Christie Brothers, em Odessa (oeste do Texas), o caso que revelou a carreira de crimes do morador de rua.

O FBI tem trabalhado com agências federais, estaduais e locais para alinhar as confissões de Little a assassinatos não resolvidos em todo o país.

Little admitiu o assassinato de Brothers no Texas após Bland se comprometer a não aplicar a pena de morte neste caso, uma concessão feita “para ganhar sua confiança”, de acordo com o próprio promotor.

G1, via AFP

NACIONAIS

Extradição de Battisti

O presidente Temer assinou o decreto de extradição de Cesare Battisti, que é procurado pela PF e pela Interpol depois que o ministro Fux, do STF, determinou a prisão dele. Segundo a Polícia Federal, o italiano está em lugar ‘incerto’ e é considerado foragido. Mais cedo, advogados recorreram ao Supremo para tentar evitar a prisão e que ele seja mandado de volta para a Itália, onde foi condenado em 1970 por 4 mortes.

Escândalo em Goiás

A Justiça de Goiás mandou prender preventivamente o médium João de Deus, acusado por mais de 300 mulheres de abuso sexual. A Polícia Civil informou que “se empenha” para cumprir o mandado de prisão, mas o médium ainda não foi encontrado. Um dos advogados que defendem João de Deus declarou que não conseguiu falar com médium, e que espera que ele se apresente à polícia. Ele nega os crimes.

Lava Jato em SP

O ex-presidente Lula virou réu em ação da Lava em SP. A acusação é de lavagem de dinheiro em negócios no continente africano. O petista é suspeito de receber R$ 1 milhão para ajudar uma empresa junto à Guiné Equatorial.

Caso Marielle

A polícia do Rio fez buscas e apreensões em endereços ligados ao vereador Marcelo Siciliano (PHS), suspeito no caso Marielle. Em maio, uma testemunha afirmou que o político e um miliciano que está preso seriam os mandantes do assassinato da vereadora. Siciliano disse que a ação da polícia foi uma ‘covardia’ e que foi alvo de uma ‘acusação maligna’. Ele também se colocou à disposição da Justiça.

O crime completa 9 meses hoje e até agora a polícia não concluiu as investigações. Em entrevista ao ‘Estadão’, o secretário de Segurança, Richard Nunes, afirmou que a vereadora foi morta por milicianos que acreditaram que ela poderia atrapalhar negócios de grilagem de terras na zona oeste do Rio.

Presidente eleito

Uma ex-secretária parlamentar do presidente eleito Jair Bolsonaro atuava como personal trainer no Rio no mesmo período em que trabalhou no gabinete do então deputado, na Câmara, entre 2016 e 2018. Ela é filha de Fabrício José de Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, citado em relatório do Coaf sobre movimentações bancárias suspeitas.

Especial ‘Mais Médicos’

O médico brasileiro Lucas Albertoni em atendimento a aldeia indígena no Dsei Tapajós, no Norte do país — Foto: Lucas Albertoni/Arquivo pessoal

O médico brasileiro Lucas Albertoni em atendimento a aldeia indígena no Dsei Tapajós, no Norte do país — Foto: Lucas Albertoni/Arquivo pessoal

Com longas distâncias e difícil adaptação, distritos indígenas da Amazônia ficaram esquecidos e atraíram poucas inscrições na nova leva do programa ‘Mais Médicos’. As vagas continuam abertas.

Invasão de privacidade

O Facebook informou que um ‘bug’ expôs fotos de 6,8 milhões de usuários. A nova falha, que jpa foi corrigida, daria acesso também a fotos que foram postadas na rede social, mas que não haviam sido compartilhadas com amigos ou o público.

Calorão vem aí

O verão brasileiro começa daqui uma semana e terá calor acima da média. A explicação é o fenômeno El Niño, que, açém de elevar as temperaturas, também provocará mais chuvas até fevereiro.

Também teve isso…

Fonte: G1

Agente penitenciário é assassinado em Candelária

Um agente penitenciário ainda não identificado foi assassinado agora a noite na Rua Domingos Amado, próximo à Delegacia de Plantão Zona Sul, em Candelária.

O agente tinha se mudado há poucos dias para uma casa da rua. Hoje a noite dois homens se aprioximaram do agente. Pelas primeiras informações repassadas por testemunhas, dois homens em uma motocicleta se aproximaram do agente e anunciaram um assalto. Ele terminou reagindo e foi executado com três disparos.

Os dois criminosos fugiram em seguida. A Polícia foi acionada, mas até o momento ninguém foi preso. Ainda nãio há informações sobre o caso. Apenas as informações de moradores da região.

Comments

Dólar fecha em alta de 0,61%

Pela sétima semana consecutiva, a cotação do dólar fechou com acumulado em alta. O dólar comercial fechou a sexta-feira (14) valorizado em 0,61%, cotado a R$ 3,9035 para venda. A moeda norte-americana acumula alta de 17,09% no ano.

O Banco Central fez hoje operações de swaps cambiais tradicionais, sem ofertas extraordinárias de venda futura da moeda, como realizou no final de novembro quando a moeda ultrapassava o patamar de R$ 3,90.

O índice B3, da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), encerrou a semana em baixa de 0,44%, com 87.449 pontos. Os papéis da Petrobras fecharam em queda de 1,33% e os do Itaú com menos 0,25%, enquanto os da Vale terminaram com valorização de 0,55%.

Comments

Ex-chefe de gabinete de Bolsonaro doava valor superior ao próprio salário para campanhas eleitorais dos filhos do presidente eleito

O episódio do motorista Fabrício José Carlos de Queiroz não parece ser um caso isolado na vida política do clã Bolsonaro. Se ficar confirmada a suspeita do Ministério Público de que Queiroz administrava uma caixinha de colaborações dos demais servidores, uma prática semelhante, talvez com objetivos idênticos, é corroborada por outros casos descobertos por ISTOÉ nos gabinetes do presidente eleito Jair Bolsonaro e de seus filhos. Por mais de uma vez, funcionários fizeram doações eleitorais e trabalhos políticos para as campanhas da família, em valores que certas vezes chegavam a ultrapassar os próprios salários ganhos.

As informações apuradas por ISTOÉ constam das próprias contas eleitorais. Em vários casos, servidores de Jair Bolsonaro foram responsáveis por doações, por meio de serviços ou em dinheiro em espécie, aos filhos desde quando eles começaram a disputar eleições, a partir de 2002. Ou seja, parece comum que servidores contratados por eles empregassem – obrigados ou não – o dinheiro proveniente de seus ganhos mensais no apoio político-eleitoral aos Bolsonaro.

Em abril deste ano, o presidente eleito interrompeu a sua então intensa agenda de compromissos para participar do velório de um grande amigo: o capitão do Exército Jorge Francisco. Francisco trabalhava com ele havia 20 anos no seu gabinete em Brasília.

As prestações de contas mostram que, mais do que amigo, Francisco praticamente foi um dos responsáveis pela eleição de Flávio Bolsonaro como vereador, em 2002. Conforme a prestação de contas apresentada por Flávio naquele ano, o servidor da Câmara doou R$ 5,9 mil para a campanha do filho mais velho de Bolsonaro, no dia 1º de outubro. Foi tudo o que Flávio Bolsonaro declarou ter gasto. Em valores atualizados, seria equivalente a aproximadamente R$ 18 mil.

No ano seguinte ele passou a fazer parte do gabinete de Jair Bolsonaro. Exerceu cargo de comissão na categoria SP25, hoje um salário de aproximadamente R$ 15 mil. Durante o tempo como secretário parlamentar, Francisco foi responsável por outras doações, em espécie, a membros do clã Bolsonaro. Em 2004, doou R$ 10 mil para a primeira eleição de Carlos Bolsonaro (PSL-RJ) à Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Naquele ano, Carlos recebeu R$ 34,5 mil em doações para a sua campanha. Ou seja, apenas José Francisco foi responsável por aproximadamente 30% das doações recebidas por Carlos na sua primeira investida, vitoriosa, para a Câmara. Em valores atualizados, esses R$ 10 mil doados por Francisco seriam equivalentes a aproximadamente R$ 22 mil em 2018.

O dileto amigo de Bolsonaro aparece em outras doações superiores aos seus vencimentos mensais. Em 2012, no dia 30 de agosto, ele fez uma transferência eletrônica em favor de Carlos Bolsonaro, no favor de R$ 15 mil. Eduardo, deputado federal, também foi beneficiado pelo ex-capitão do Exército em 25 de agosto de 2014. Ele doou R$ 11 mil por meio de um depósito em espécie.

Além disso, durante o ano de 2016, está registrada nas contas eleitorais de Carlos, na sua terceira eleição para a Câmara Municipal fluminense, uma nova doação de Francisco, desta vez no valor de R$ 2,5 mil, por meio da cessão de serviços prestados para a campanha naquele ano.

Não foram apenas Jorge Francisco e agora o motorista Queiroz. Em 2016, o vereador Carlos Bolsonaro recebeu a doação de R$ 1,5 mil, em forma de serviços para a campanha de Alessandra Ramos Cunha. Dois anos antes, ela havia sido nomeada para integrar o gabinete do deputado Jair Bolsonaro.

Na Câmara, operações desse tipo são comuns e apelidadas de “Caixinha Eleitoral”. A prática de funcionários doarem para a campanha do patrão não é considerada ilegal, mas é no mínimo questionável. Qualquer pessoa pode doar dinheiro para a campanha de quem quiser. E pode-se mesmo acreditar que haja afinidade ideológica entre um deputado e seu funcionário de confiança. Por outro lado, é justo imaginar-se que possa ser uma espécie de pagamento em troca do emprego. E pagamento feito com dinheiro público. Há, no mínimo, um conflito ético.

IstoÉ

LOCAIS

Ceará Mirim e João Câmara ganham Centrais do Cidadão em sedes próprias

O Governo do Estado entregou, nesta sexta-feira, 14, as Centrais do Cidadão nos municípios de Ceará Mirim e João Câmara. As novas centrais passam a funcionar em sedes próprias construídas pela administração estadual com recursos próprios oriundos do empréstimo ao Banco Mundial, dentro do projeto Governo Cidadão.

A reestruturação das Centrais do Cidadão em todo o Estado contempla também programa de capacitação e atualização dos servidores para melhoria do atendimento à população.

As novas Centrais passam a funcionar com agendamento eletrônico prévio. Isso possibilitará ao usuário escolher a unidade, o serviço, dia e horário que melhor lhe convier, o que evitará contratempos e demora nos atendimentos. Além disso, as unidades contam com padronização física, visual e de serviços.

“Estamos entregando novas unidades das Centrais do Cidadão reformuladas, bem equipadas e com atendimento ágil para a população em todo o Rio Grande do Norte”, afirmou o governador Robinson Faria, acrescentando que “Este é uma ação de grande importância que vai atender as demandas da população e facilitar o acesso aos serviços oferecidos pelo Estado. Com as Centrais modernizadas e bem equipadas o Governo do Estado leva cidadania e dignidade para o nosso povo”.

Centrais de Cidadão

Em todo o Estado, 18 Centrais do Cidadão estão em construção em terrenos próprios (incluindo a Central de Parelhas, já em funcionamento, e São Miguel que está no início do processo), visando a economia com aluguéis de mais de R$ 1 milhão/ano e oferecer serviços mais eficientes.

Quatro unidades já existentes foram reformadas. No total são 22 centrais em 20 municípios, sendo três centrais em Natal. Elas realizam mais de cinco milhões de atendimentos por ano.

O projeto foi concebido para dinamizar e garantir mais conforto aos cidadãos, obedecendo a um modelo de gestão que possa garantir a eficácia dos serviços prestados.

O programa Central do Cidadão oferece, de forma integrada, um conjunto de serviços públicos essenciais, centralizados geograficamente em um único espaço, em local de fácil acesso à população.

Prefeitura de Parnamirim antecipa 13º salário e divulga calendário de pagamento 2019

Em comemoração aos 60 anos de emancipação política de Parnamirim, a prefeitura antecipa para esta sexta-feira (14) o pagamento referente a segunda parcela do 13º salário e anuncia o calendário de pagamento de 2019.

Somada a primeira parcela depositada em junho, um total de 5.568 servidores receberá, aproximadamente, R$ 14,2 milhões, o que vai movimentar a economia local neste final de ano.

Além do pagamento da segunda parcela do 13º, o Poder Executivo divulgou ainda nesta sexta-feira, o calendário de pagamento referente ao ano de 2019.

Confira o calendário

Janeiro – 31

Fevereiro – 28

Março – 29

Abril – 30

Maio – 31

Junho – 21 (13º) e 28 (Salário)

Julho – 31

Agosto – 30

Setembro – 30

Outubro – 31

Novembro – 29

Dezembro – 20 (2ª parcela do 13º) e 30 (Salário)

Com a chegada do fim de ano, comércio funciona com horário diferenciado na capital potiguar; confira

(Foto: Gabriel Lordêllo/ Arquivo A Gazeta)

A chegada do fim de ano e a correria para as compras de última hora fez o comércio da capital potiguar se programar para melhor atender aos clientes. Confira abaixo mudanças no horário de funcionamento das lojas do comércio de rua e dos shoppings da cidade.

Centro da cidade

Segunda a sexta: das 8h às 20h
Sábados: das 8h às 18h
Domingos: das 9h às 15h

Alecrim

Segunda a sexta-feira: das 8h às 18h
Domingos: das 9h às 14h

Midway Mall

16/12: 10h às 22h

17 a 22/12: 10h às 23h

23/12: 10h às 22h

24/12: 10h às 19h

25/12 (feriado): aberto apenas a área de Alimentação e Lazer de 11h às 22h, em regime facultativo e o Cinemark conforme sua programação / todas as demais lojas fechadas.

31/12: 10h às 18h

Natal Shopping

16/12: 10h às 22h
17/12 a 23/12: 10h às 23h

17/12 a 22/12: 10 às 23 horas

23/12: 10 às 22 horas

24/12: 10h às 19h

25/12: 11h às 22h – Lojas e quiosques fechados, alimentação e lazer (facultativo

31/12: 10h às 19 horas.

Praia Shopping

20 a 23/12: lojas 9 às 22h

Quiosques e alimentação a partir das 11h

24/12: lojas – 9 às 18h – lojas /

Quiosques e Alimentação a partir das 11h

25/12: Lojas Fechadas

Alimentação (facultativo) a partir das 11hs

31/12: lojas 9h às 18h

Quiosques e Alimentação a partir das 11h

Partage Norte Shopping

16 /12: 10h às 22h

18 e 23/12: 10h às 23h

24/12: 10h às 19h

25/12: 11h às 22h, lojas e quiosques facultativo, lazer e alimentação – obrigatório.

26 a 30/12: 10h às 22h

31/12: 10h às 19h

Shopping Cidade Jardim

10/12 a 16/12: 9h às 22h;
17/12 a 23/12: 9h às 23h;
24/12: 9h às 19h;
25/12: fechado

Shopping 10

10 a 22/12: 8h às 19h
16 e 23: 9h às 15h (domingos)
24/12: 8h às 18h
31/12: 8h às 17h

Via Direta

14, 15 e de 17 à 22/12

Lojas, boxs e quiosques: 9h às 21h (facultativo até às 22h)

Alimentação: 9h às 22h

09, 16 e 23/12 – obrigatório

Lojas, boxs e quiosques: 12h às 20h

Alimentação: 12h às 22h

24 e 31/12 (segunda) – Véspera de Natal | Ano Novo

Lojas, boxs, quiosques e Alimentação: 9h às 18h (facultativo até às 19h)

25/12/ e 01/01/19 (terça-feira) – Natal | Ano Novo – totalmente fechado

Período de 26 à 29/12/18: normal

Lojas, boxs e quiosques: 9h às 21h

Alimentação: 9h às 22h

30/12/ (domingo) – normal

Lojas, boxs e quiosques: 14h às 20h (facultativo)

Alimentação: 12h às 22h

Comments

Fátima anuncia mossoroenses para FJA e Sedraf

A governadora eleita do RN, senadora Fátima Bezerra, anunciou nesta sexta-feira (14) os nomes de Crispiniano Neto e de Alexandre Lima, respectivamente para a Fundação José Augusto (FJA) e Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (SEDRAF), antiga Seara.

Crispiniano Neto afirmou que a ideia é reatar e ampliar parcerias e gerenciar recursos disponíveis com criatividade e zelo. “O RN tem agora uma governadora com uma vida inteira dedicada à cultura. Nossos artistas e arte agora serão uma prioridade”, destacou o cordelista.

No âmbito da Sedraf, Alexandre Lima assinalou que a ideia é contribuir com o governo na construção de políticas públicas voltadas ao fortalecimento da Agricultura Familiar, sempre levando em consideração as propostas do programa de governo. “Também reafirmo o respeito e diálogo com os movimentos sociais que serão parceiros estratégicos da SEDRAF. A minha indicação também reafirma o papel estratégico que a Uern terá no novo Governo”, disse ele, que é professor da Universidade do Estado do RN.

Perfis

Crispiniano Neto

Formado em Engenharia Agrônoma e em Direito, Crispiniano Neto assumirá pela quarta vez a diretoria-geral da Fundação José Augusto. Ele é membro da Academia Brasileira de Literatura e Cordel – cadeira de Câmara Cascudo – e do Instituto Histórico do RN. É autor de 22 livros, dos quais 200 mil exemplares foram vendidos e adotados em mais de 500 escolas.

Alexandre Lima

Alexandre de Oliveira Lima é Engenheiro agrônomo e Prof. Adjunto do Curso de Gestão Ambiental da UERN. Possui mais de 20 anos de experiência com em planejamento e execução de projetos de Desenvolvimento Rural, ligados à agricultura familiar.

Fonte: Blog do BG

 

Por G1 RN


Guamaré fica na região Costa Branca do Rio Grande do Norte — Foto: Canindé Soares

Guamaré fica na região Costa Branca do Rio Grande do Norte — Foto: Canindé Soares

O município de Guamaré, na região da Costa Branca potiguar, está sem nenhum gestor porque o vereador eleito presidente da Câmara Municipal na última segunda-feira (10) se recusou a assumir o cargo interinamente.

Uma eleição suplementar foi realizada no último domingo (9), mas o prefeito eleito só pode ser empossado após diplomação da Justiça Eleitoral. Até lá, o Executivo deveria ser comandado pelo chefe do Poder Legislativo.

O Ministério Público recomendou que o presidente Carlos Alberto da Silva Câmara assuma o cargo interinamente ou renuncie à presidência do Legislativo. Conforme o documento assinado pela promotora Tiffany Mourão Cavalari de Lima, em caso de descumprimento, ele poderá responder a um processo.

G1 entrou em contato por telefone com o vereador no início da noite desta sexta-feira (14). Após várias tentativas, o parlamentar atendeu a uma ligação, mas disse que a chamada estava ruim e desligou.

Tudo começou com a cassação e perda de mandato do prefeito Hélio Willamy, e sua vice, Professora Iracema Maria. O então presidente da Câmara, Emilson Borba Cunha, conhecido como Lula, assumiu o cargo, mas também foi cassado pela Justiça Eleitoral. Com isso, a prefeitura acabou caindo nas mãos da então vice-presidente do Legislativo, Diva Maria.

Entretanto, a Justiça determinou que a Câmara realizasse uma nova eleição para presidente, como manda o seu regimento interno, para que o vereador eleito assumisse o cargo interinamente até a posse do novo prefeito eleito.

Após o processo na Câmara, Diva Maria deixou a prefeitura e voltou ao cargo no Legislativo. Desde então, apesar de ter sido informado pela Procuradoria do Município, o presidente eleito, Carlos Alberto da Silva Câmara, não assumiu o cargo e continuou como presidente do Legislativo.

Caos administrativo

A falta de gestor está causando graves problemas na cidade, de acordo com o MP. Em relatório enviado pela Secretaria de Saúde do município à promotoria, o Hospital Manoel Lucas de Miranda e a Unidade de Pronto Atendimento de Guamaré enfrentam falta de abastecimento de alimentação e insumos.

A procuradoria do município também informou à promotora que os pagamentos das contas públicas e compromissos com fornecedores estão atrasados, por falta de um gestor no Poder Executivo.

Prefeito eleito

Francisco Adriano Holanda Diógenes (MDB) foi eleito prefeito de Guamaré nas eleições suplementares do último domingo (9). Ele conquistou 6.176 votos e deve governar o município até 31 de dezembro de 2020.

Entretanto, Adriano só pode tomar posse do cargo após a sua diplomação, que vai acontecer na tarde da próxima segunda-feira (17).

Fonte: G1RN

Por G1 RN

 


Fátima Bezerra (PT) anuncia nomes para Fundação José Augusto e Secretaria de Desenvolvimento Rural do RN — Foto: Divulgação

Fátima Bezerra (PT) anuncia nomes para Fundação José Augusto e Secretaria de Desenvolvimento Rural do RN — Foto: Divulgação

A governadora eleita do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT) anunciou nesta sexta-feira (14) o nome de Crispiniano Neto para a Fundação José Augusto (FJA) – responsável pela gestão da cultura – e o futuro secretário de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), Alexandre Lima. Ambos são de Mossoró, na região Oeste potiguar.

Crispiniano Neto afirmou que a ideia é, à frente da fundação, reatar e ampliar parcerias e gerenciar recursos disponíveis com criatividade e zelo. “Nossos artistas e arte agora serão uma prioridade”, destacou o cordelista.

No âmbito da Sedraf, Alexandre Lima considerou que quer contribuir com o governo na construção de políticas públicas voltadas ao fortalecimento da Agricultura Familiar, sempre levando em consideração as propostas do programa de governo.

“Também reafirmo o respeito e diálogo com os movimentos sociais que serão parceiros estratégicos. A minha indicação também reafirma o papel estratégico que a UERN terá no novo governo”, disse ele, que é professor da universidade estadual.

Perfis

Crispiniano Neto

Formado em Engenharia Agrônoma e em Direito, Crispiniano Neto assumirá pela terceira vez a diretoria-geral da Fundação José Augusto. Ele é membro da Academia Brasileira de Literatura e Cordel – cadeira de Câmara Cascudo – e do Instituto Histórico do RN. É autor de 22 livros, dos quais 200 mil exemplares foram vendidos e adotados em mais de 500 escolas.

Alexandre Lima

Alexandre de Oliveira Lima é engenheiro agrônomo e professor adjunto do Curso de Gestão Ambiental da UERN. Possui mais de 20 anos de experiência em planejamento e execução de projetos de desenvolvimento rural, ligados à agricultura familiar.

Fonte: G1RN

Por G1 RN

 

Clínica médica na Rua Professor Clementino Câmara, no Barro Vermelho — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Clínica médica na Rua Professor Clementino Câmara, no Barro Vermelho — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Agentes da 4ª Delegacia de Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (14) um homem de 27 anos suspeito de participação no arrastão que deixou um soldado da Polícia Militar baleado, na manhã da quinta (13), na Zona Leste de Natal. A vítima segue internada com quadro clínico estável.

Contra o suspeito, também foi cumprido um mandato de prisão preventiva da 8ª Vara Criminal, após investigação da mesma delegacia, por roubo praticado a uma gráfica no bairro Petrópolis. Ele foi preso no bairro Mãe Luiza, depois que os policiais o identificaram nas imagens de circuito de segurança da clínica.

Segundo a polícia, o homem confessou participação no assalto à clínica de fisioterapia onde o policial foi baleado, bem como à gráfica, além de outros estabelecimentos.

Outro suspeito, um taxista, já havia se apresentado à policial ainda na terça-feira e também confessou que deu fuga aos criminosos após a tentativa de latrocínio contra o policial. Ao todo, quatro pessoas teriam participado do arrastão. Duas ainda não foram detidas.

O crime

O soldado da PM foi baleado ao chegar para tratamento em uma clínica particular de fisioterapia localizada no Barro Vermelho, bairro na Zona Leste de Natal. Baleado em uma das pernas, no quadril e no abdômen, ele foi socorrido ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho. Na manhã desta sexta, a vítima seguia internada na unidade com quadro de saúde estável.

A assessoria de comunicação da PM informou que os bandidos estavam fazendo um arrastão na clínica quando o soldado chegou e, logo que cruzou a porta, levou o primeiro tiro. Mesmo ferido, o PM ainda reagiu e houve confronto. Foi quando ele acabou atingido por mais dois disparos.

Fonte: G1RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Sign up
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.
We do not share your personal details with anyone.
0