ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSA SEXTA-FEIRA

NACIONAIS

PT vai conversar com PSB, PCdoB e PROS para fechar aliança

Após conversar com o PCdoB para uma aliança na campanha presidencial, o PT fará uma nova investida tentando um acordo com o PSB na disputa das eleições 2018. Durante reunião da Executiva nacional do partido, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), afirmou que vai procurar novamente o PSB para uma conversa na semana que vem.

Em mais uma tentativa de atrair os pessebistas, o PT adiou para 2 de agosto os encontros estaduais que definiriam candidaturas em Estados como Pernambuco, Amazonas, Amapá, Paraíba, Maranhão, Tocantins e Rondônia. A ideia é aguardar a posição do PSB para se posicionar nesses lugares. Além do PCdoB e do PSB, o PROS também foi citado pela dirigente petista no pretenso arco de alianças.

Em outro aceno em direção ao PSB, Gleisi afirmou que o partido não fará um embate direto com o governador Márcio França (PSB), pré-candidato à reeleição em São Paulo. Ela negou, no entanto, um acordo para abrir mão da candidatura de Luiz Marinho na corrida estadual. “Nosso embate aqui é com o Doria e com o Skaf, com essas figuras. Se tivéssemos uma aliança com o PSB agora, a possibilidade de estarmos juntos no segundo turno (em São Paulo) seria muito grande.”

O PT pretende registrar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso e condenado na Lava Jato, no dia 15 de agosto. A escolha do vice, disse Gleisi, pode ocorrer tanto na convenção do partido, marcada para dia 4, como no dia do registro. A possibilidade de outro partido, em caso de aliança, indicar o nome para a vice de Lula é “muito grande”, reforçou Gleisi.

Plano de governo do PT conversa com o povo, diz Gleisi

Ao falar sobre o programa de governo do PT para a campanha presidencial, a presidente nacional do partido, senadora Gleisi Hoffmann, afirmou nesta sexta-feira que os pontos do plano do ex-presidente Lula da Silva conversam “com o povo”, e não com o mercado financeiro.

“O nosso pressuposto é sempre ter responsabilidade fiscal com responsabilidade social. Nós já governamos o País. Todo mundo sabe como trabalhamos as contas públicas e nós temos que falar com o povo, e não com o mercado”, disse Gleisi.

Na área econômica, o plano propõe intensificar a oferta de “crédito barato” a famílias e empresas, fazer uma reforma tributária que promova justiça fiscal e revogar as medidas do governo Michel Temer, como as mudanças legislativas e as privatizações.

A líder petista afirmou que o programa “é um dos mais avançados” que o PT fez desde 1989. Pela primeira vez em um plano de governo, por exemplo, está a proposta de “redemocratização dos meios de comunicação de massa”, bandeira história de setores mais radicais do partido. Gleisi explicou que se trata de uma “regulação econômica” da mídia. “Na realidade, é uma proposta super liberal. Todos os países desenvolvidos regulam seus meios de comunicação, então não é novidade nenhuma, é regulação econômica.”

O programa ainda será detalhado até o próximo dia 26, quando a equipe coordenada pelo ex-prefeito Fernando Haddad deve finalizar a primeira versão do plano de governo com a coordenação de campanha.

PT não assina compromisso no TSE sobre fake news

Ao comentar o fato de o PT não ter assinado o compromisso do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a disseminação de notícias falsas, as chamadas fake news, Gleisi disse que há um temor de que a fiscalização do TSE recaia sobre sites de notícias de esquerda. A informação sobre a ausência do PT no compromisso foi relevada pelo jornal Valor Econômico. “Queremos saber quais são as regras”, pontuou Gleisi, reiterando que o partido e ela sempre se colocaram contra fake news e são vítimas da disseminação de informações falsas.

Estadão Conteúdo

INSS convoca 178 mil segurados para perícia

O Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) divulgou edital de convocação de beneficiários de auxílio-doença e aposentados por invalidez para realização de perícia médica para revisão do benefício.

Em publicação no Diário Oficial, foram convocadas mais de 178 mil pessoas. O segurado tem até o dia 13 de agosto para fazer o agendamento pelo telefone 135.

No dia da perícia, o beneficiário deve apresentar documentação médica disponível, como atestados, laudos, receitas e exames. Quem não agendar a perícia até 13 de agosto terá o benefício cancelado. Do total de convocados, 168.523 são de aposentados por invalidez e 10.412 são beneficiários do auxílio-doença.

Segundo a publicação oficial, a convocação foi feita porque o INSS não conseguiu encontrar alguns dos beneficiários no endereço informado no cadastro do Sistema Único de Benefícios (SUB), ou porque, no próprio cadastro, não havia informações suficientes para o envio da correspondência.

Agência Brasil

Mais de 70% dos pequenos empresários usam redes sociais e aplicativos

Uma pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) constatou que, nos últimos três anos, os pequenos negócios no Brasil investiram na informatização e na utilização de novas ferramentas digitais, em especial nas redes sociais. Pelos dados, 72% utilizam o WhatsApp para se comunicar com clientes e 40% mantêm perfil no Facebook.

O estudo “Transformação Digital nas MPE” analisou a informatização das micro e pequenas empresas, no período de abril a junho deste ano, e fez 6.022 entrevistas em todo país, por porte e setor da empresa, sexo, faixa etária e escolaridade.

A pesquisa avaliou como o setor está envolvido no processo de mudança para a era digital, confirmando o crescimento do grau de informatização das empresas de micro e pequeno porte. Para 51% dos entrevistados, as vendas pela internet e redes sociais vão avançar mais do que as vendas tradicionais, nos próximos cinco anos.

A rede social Facebook e o aplicativo WhatsApp são as ferramentas mais usadas pelas micro e pequenas empresas na divulgação de produtos e serviços. Estes instrumentos também são utilizados para o relacionamento com os clientes.

Agência Brasil

Fonte: Blog do BG

Dr. Bumbum e mãe foram suspeitos por morte do namorado dela em 1997; caso prescreveu

G1 teve acesso com exclusividade a documento de 1999, em que detetive policial aponta contradição nos depoimentos de Denis e Maria de Fátima e pede o indiciamento. Investigação não avançou.

Por Lívia Torres, G1 Rio

 

Documento mostra perícia ligando Dr. Bumbum e mãe dele, Maria de Fátima, a um homicídio em 1997 (Foto: Reprodução)

Documento mostra perícia ligando Dr. Bumbum e mãe dele, Maria de Fátima, a um homicídio em 1997 (Foto: Reprodução)

indiciamento do médico Denis César Furtado, conhecido como Dr. Bumbum, e de sua mãe, Maria de Fátima Furtado, pela morte da bancária Lilian Calixto após uma intervenção estética, não é o primeiro homicídio pelo qual os dois são suspeitos. De acordo com inquérito ao qual o G1 teve acesso com exclusividade, um detetive pediu o indiciamento da dupla pela morte do então companheiro dela, José Roberto Camillo Monteiro, em 1997.

Segundo fontes ouvidas pela equipe de reportagem, apesar dos indícios, a investigação não foi à frente. No Tribunal de Justiça do Estado do Rio, o processo consta como arquivado, a pedido do Ministério Público, em 4 de agosto de 2017, mais de 20 anos após o assassinato – prazo em que o crime prescreve.

O assassinato foi em 12 de março daquele ano, em uma casa no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. José Roberto foi achado com um tiro na cabeça, deitado na cama do quarto que dividia com Maria de Fátima.

Denis, na época com 24 anos, e um filho de José Roberto com outra mulher também moravam na residência.

No documento, o detetive policial José Carlos Faria da Costa constata contradições nos depoimentos de Denis e Maria de Fátima, e pede o indiciamento dos dois pelo homicídio. O texto é assinado em 27 de outubro de 1999, mais de dois anos após o crime.

Denis Furtado, o Dr. Bumbum, e a mãe, Maria de Fátima, foram presos pela PM nesta quinta-feira pela morte de Lilian Calixto em procedimento estético (Foto: Reprodução/PMERJ)

Denis Furtado, o Dr. Bumbum, e a mãe, Maria de Fátima, foram presos pela PM nesta quinta-feira pela morte de Lilian Calixto em procedimento estético (Foto: Reprodução/PMERJ)

Segundo o Tribunal de Justiça, o caso foi arquivado, a pedido do Ministério Público, porque a investigação policial não avançou para que fosse feita uma denúncia.

G1 perguntou à Polícia Civil se os dois foram indiciados, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

A defesa de Denis e Maria de Fátima não foi encontrada para comentar o caso.

Contradições

Após ouvir várias testemunhas, o investigador concluiu que os depoimentos de Maria de Fátima e Denis tinham muitas contradições.

“Diante das declarações colhidas, muitas são as contradições existentes, principalmente no que diz respeito as declarações de Maria de Fatima Barros Furtado e de seu filho, Denis Cesar Barros Furtado”, diz trecho do documento.

No dia do crime, Maria de Fátima contou em depoimento que estava deitada de bruços, quando ouviu um barulho forte que parecia ser tiro. Ao tentar se virar, foi impedida por uma pessoa que usou um travesseiro para sufocá-la. No entanto, a perícia informou que o travesseiro ao lado da vítima não aparentava ter sido utilizado, já que estava sem nenhum desalinho.

Perícia mostra fotos de vítima de homícidio ligado aos médicos Maria de Fátima e Dr. Bumbum (Foto: Reprodução)

Perícia mostra fotos de vítima de homícidio ligado aos médicos Maria de Fátima e Dr. Bumbum (Foto: Reprodução)

Maria de Fátima e Denis disseram que José Roberto foi buscá-la no consultório onde trabalhava, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Porém, o motorista da família informou em depoimento que ela havia passado o dia inteiro em casa.

Maria de Fatima também disse ter tentado levantar o companheiro da cama, mas não conseguiu por conta do peso. A perícia disse que o corpo não foi removido de sua posição de repouso em nenhum momento.

Denis disse que ao chegar em casa, o portão estava aberto e os cães não estavam na casa. O motorista desmentiu essa versão e disse que o portão estava fechado, sem cadeado, e os cachorros estavam soltos. Denis também disse que passara o dia anterior à morte com a mesma roupa, que ele tinha usado para trabalhar. O motorista contou que viu o médico vestir um pijama em casa.

No texto do laudo, o perito diz que: “Tendo em vista as contradições encontradas nos depoimentos entre Maria de Fatima, Denis e as outras testemunhas, tudo nos leva a crer que, Maria de Fatima, contando com a participação de seu filho, Denis, praticaram o homicídio de José Roberto Camilo Monteiro, aproveitando o fato de a vítima estar envolvida em práticas ilícitas do tipo penal estelionato, com finalidade de obter uma vantagem financeira em decorrência dos golpes praticados pela vítima.”

Documento mostra arquivamento de processo de Dr. Bumbum e da mãe dele, Maria de Fátima (Foto: Reprodução)

Documento mostra arquivamento de processo de Dr. Bumbum e da mãe dele, Maria de Fátima (Foto: Reprodução)

Fonte: G1

LOCAIS

OLHOS DE ÁGUIA: Agentes de trânsito usam binóculos durante fiscalização em Natal; conduta não tem previsão legal

Um registro inusitado no cruzamento das Avenidas Capitão Mor-Gouveia com Jaguarari, na zona Oeste de Natal, está dando o que falar.

Na foto, dois agentes de trânsito estão aparentemente fazendo seu trabalho de fiscalização. Não fosse por um detalhe: um deles está usando binóculos, o que não é previsto na legislação.

Procurada, a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal informou desconhecer o evento e reiterou que não usa binóculos na fiscalização como forma de ampliar o alcance de seus agentes de trânsito.

Como não é um procedimento autorizado por lei, qualquer um pode denunciar o ato à própria secretaria ou a órgão de fiscalização, como o Ministério Público.

Fonte: Blog do BG

Deixe uma resposta

Fechar Menu