ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSA SEGUNDA-FEIRA

Por G1

 

Morre Ricardo Boechat. O jornalista de 66 anos estava em um helicóptero que caiu em SP. A aeronave tentou pousar em uma rodovia e bateu em um caminhão. O piloto da aeronave também morreu. A morte de Boechat repercute entre autoridades, personalidades, colegas de profissão e amigos. Jornalista premiado, passou pelos principais jornais e emissoras de TV do país. Leia também: a planta do CT do Flamengo não previa o dormitório que pegou fogo, e um novo incêndio deixa 3 feridos em alojamento usado pelo Bangu. Internado em SP, Bolsonaro deixa a unidade semi-intensiva e vai para o quarto.

NACIONAIS

Luto no jornalismo

O jornalista Ricardo Boechat em imagem de 2013 em Curitiba, no PR — Foto: Rodolfo Buhrer/Fotoarena/Estadão Conteúdo

O jornalista Ricardo Boechat em imagem de 2013 em Curitiba, no PR — Foto: Rodolfo Buhrer/Fotoarena/Estadão Conteúdo

A queda de um helicóptero matou o jornalista Ricardo Boechat e o piloto Ronaldo Quatrucci na Rodovia Anhanguera, em São Paulo. Boechat voltava de Campinas, onde havia dado uma palestra.

Ricardo Eugênio Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista “IstoÉ”. Trabalhou nos jornais O Globo, O Dia, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil. Na TV Globo, teve uma coluna diária no Bom Dia Brasil, na década de 1990, e também trabalhou no Jornal da Globo.

Ele ganhou 3 prêmios Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro, e 17 troféus do Prêmio Comunique-se. Relembre a trajetória do apresentador e radialista.

O acidente

Local em que caiu o helicóptero que levava o jornalista Ricardo Boechat, na Rodovia Anhanguera, em SP — Foto: Marcelo Gonçalves/Sigmapress/Estadão Conteúdo

Local em que caiu o helicóptero que levava o jornalista Ricardo Boechat, na Rodovia Anhanguera, em SP — Foto: Marcelo Gonçalves/Sigmapress/Estadão Conteúdo

Segundo a Polícia Militar de SP, testemunhas contaram que o helicóptero em que Boechat estava foi atingido por um caminhão quando tentava fazer um pouso forçado na Anhanguera. O motorista havia acabado de passar por um pedágio e não conseguiu frear a tempo. Uma testemunha que passava de moto pela rodovia no momento do acidente disse que viu o passageiro pular da aeronave. O motorista do caminhão sofreu escoriações e passou mal na delegacia, onde prestaria depoimento. Ele foi levado a um hospital.

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a empresa dona do helicóptero não estava autorizada a fazer táxi aéreo. A licença valia para serviços de reportagem aérea. A agência abriu uma investigação para entender o tipo de transporte que estava sendo feito. A Aeronáutica, por sua vez, recolheu as partes do helicóptero para apurar as circunstâncias do acidente. O piloto era dono do helicóptero e tinha quase 20 anos de experiência.

Tragédia no Flamengo

No detalhe, a área ocupada pelos contêineres — Foto: Reprodução/TV Globo

No detalhe, a área ocupada pelos contêineres — Foto: Reprodução/TV Globo

EXCLUSIVO: um projeto enviado pelo Flamengo à Prefeitura do Rio em 2010 para obter licença de construção no Ninho do Urubu não previa o módulo de contêineres que pegou fogo na sexta-feira (8), matando 10 jogadores. A TV Globo obteve a planta do centro de treinamento. De acordo com o documento, a área do alojamento receberia um depósito, uma lavanderia e um estacionamento.

Cauan Emanuel, um dos jogadores que sobreviveu ao incêndio, deixou o hospital. Antes, ele recebeu a visita dos jogadores profissionais do Flamengo. Outros 2 garotos continuam internados: Francisco Dyogo e Jonathan Ventura. Foram sepultados hoje os corpos de 5 atletas.

Novo incêndio

Um outro incêndio atingiu hoje o alojamento usado pelo time do Bangu. Três pessoas foram levadas ao hospital: 2 jogadores e um soldado da Aeronáutica. De acordo com a assessoria do clube, as causas estão sendo investigadas.

Bolsonaro vai para o quarto

Presidente Jair Bolsonaro postou foto em sua conta no Twitter em que aparece fazendo a barba — Foto: Reprodução/Redes sociais

Presidente Jair Bolsonaro postou foto em sua conta no Twitter em que aparece fazendo a barba — Foto: Reprodução/Redes sociais

Bolsonaro recebeu alta da unidade de terapia semi-intensiva e foi para o quarto. Segundo o boletim médico, ele teve “melhora progressiva” no quadro clínico. O presidente se recupera da cirurgia a que foi submetido no dia 28 para retirar a bolsa de colostomia e está tratando uma pneumonia.

Tragédia em MG

A Agência Nacional de Mineração determinou às mineradoras inspeções diárias em barragens do tipo a montante, o mesmo usado na mina Córrego do Feijão, em Brumadinho. A barragem a montante é considerada menos segura por especialistas. Entenda como elas funcionam. O número de mortos subiu para 160, e 155 pessoas continuam desaparecidas.

O que mais foi notícia

Câmeras mostram menino de 3 anos saindo de vagão de Metrô de SP até ser atropelado e morto

Câmeras mostram menino de 3 anos saindo de vagão de Metrô de SP até ser atropelado e morto

Joy Villa mostra vestido com a mensagem "Build the wall" (construa o muro), em apoio ao projeto de Trump — Foto: Lucy Nicholson / Reuters

Joy Villa mostra vestido com a mensagem “Build the wall” (construa o muro), em apoio ao projeto de Trump — Foto: Lucy Nicholson / Reuters

Fonte: G1

Ibama impõe multa diária de R$ 100 mil à Vale por falha no salvamento de animais

O Ibama impôs uma multa diária de R$ 100 mil contra a mineradora Vale, até que a empresa execute “de forma integral e satisfatória” o plano de salvamento de animais atingidos pelo desastre de Brumadinho. As exigências do órgão ambiental incluem medidas como a instalação de hospital de campanha para reabilitação dos animais resgatados e centro para triagem e abrigo.

Este é o sexto auto de infração aplicado pelo Ibama à Vale, responsável pela catástrofe causada pelo rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em Minas Gerais. As outras cinco multas já aplicadas somam R$ 250 milhões.

“Em 26 de janeiro, o Ibama havia determinado por meio de notificação que a mineradora iniciasse em até 24 horas a execução do plano de salvamento de fauna e entregasse relatórios diários com informações sobre os animais resgatados”, declarou o Ibama. “Em vistorias, agentes ambientais constataram atraso na realização das obras. Os relatórios enviados pela empresa não atendem integralmente as exigências estabelecidas na notificação ”

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo flagrou, no dia 29 de janeiro, um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que fazia voos rasantes em uma área devastada do Córrego do Feijão e fuzilava animais que estavam atolados. Foram mais de 20 disparos, até o que o helicóptero partiu. A execução dos animais foi confirmada ao Estado pelo chefe da Defesa Civil de Minas, coronel Evandro Geraldo Borges. “O que vamos fazer? Deixar o animal sofrendo? Estamos sim, com equipe em campo executando esse trabalho, mas essa decisão só é tomada nos casos em que não há outra opção”, declarou, na ocasião.

O objetivo da multa diária, que tem sido aplicada desde sexta-feira, 8, é exigir o cumprimento imediato das determinações com o objetivo de cessar a degradação ambiental. O valor da multa, segundo o Ibama, é o máximo previsto para esse tipo de infração, conforme a Lei de Crimes Ambientais.

Estadão Conteúdo

Bolsa cai 0,98%, e dólar tem alta de 0,77%

Foto: Agência Brasil

O Ibovespa, principal indicador do desempenho das ações mais negociadas na B3, antiga BM&F Bovespa, encerrou o pregão desta segunda-feira (11) em queda de 0,98%, aos 94.412 pontos. O recorde do índice, de 98.588 pontos, foi registrado no último dia 4.

Dentre as ações que compõem o Ibovespa, os papéis que mais valorizaram foram Cielo ON (4,34%), Braskem (3,63%) e Gol (2,92%). As ações que mais caíram foram Sabesp ON (9,34%), Marfrig ON (3,71%) e Bradespar (3,39%).

Os papéis mais negociados foram os da Vale ON, com queda de 2,64%, Petrobras PN, com queda de 1,15%, e ItauUnibanco, que caíram 1,13%.

O dólar comercial fechou o dia de hoje em alta de 0,77%, cotado a R$ 3,76. O euro também se valorizou. Subiu 0,36% e encerrou o dia vendido a R$ 4,24.

Comments

Em ano com auxílio-moradia universal, mais de 70% dos juízes tinham casa própria

Enquanto o Poder Judiciário pagava auxílio-moradia de forma universal a seus membros, mais de 70% dos magistrados eram donos de uma casa própria.

A informação consta da pesquisa “Quem somos – a magistratura que queremos”, divulgada nesta segunda-feira (11) pela Associação dos Magistrados do Brasil (AMB).

De acordo com os dados, 70,1% dos juízes de primeira instância declararam ser proprietários de um imóvel, enquanto 93,2% magistrados da segunda informaram ter casa própria.

A pesquisa, conduzida pelos sociólogos Luiz Werneck Vianna, Maria Alice Carvalho e Marcelo Burgos, da PUC-Rio, contou com a resposta de cerca de 19% dos magistrados ativos e 13% dos inativos. O levantamento conta com um questionário de 198 perguntas e foi respondido em 2018.

O auxílio-moradia foi universalizado em 2014, após uma liminar do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, pedida pela AMB. O caso nunca foi levado a plenário.

No fim do ano passado, o STF entrou em acordo com o então presidente Michel Temer para que o auxílio fosse extinto em troca da sanção de um reajuste de 16,38% nos vencimentos da magistratura.

Com a concretização do acordo, o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) editou regras mais rígidas para a concessão do benefício.

A resolução estabeleceu cinco critérios para pagamento: 1) não pode existir imóvel funcional na cidade, 2) o cônjuge não pode ocupar imóvel funcional ou já ganhar o auxílio-moradia, 3) o juiz não pode ser ou ter sido, nos últimos 12 meses, dono de imóvel na comarca onde vai atuar, 4) a atuação deve ser fora da comarca original e 5) o juiz deve apresentar comprovante de despesa com aluguel ou hotel.

De acordo com a pesquisa, 22,5% dos magistrados de primeira instância viviam em imóvel alugado.
A estimativa é que o gasto com o auxílio moradia tenha sido de cerca de R$ 1 bilhão por ano.

 

Corpo de Boechat será velado no Museu da Imagem e do Som em São Paulo

Foto: Reprodução/Band

O corpo do jornalista Ricardo Boechat será velado a partir das 22h de hoje (11) no Museu da Imagem e do Som (MIS), no bairro Jardim Europa, na capital paulista. O local estará aberto ao público. O jornalista do Grupo Bandeirantes morreu na queda de um helicóptero na Rodovia Anhanguera, quando retornava de uma palestra em Campinas. O velório segue até as 14h desta terça-feira (12). A Band não divulgou o local do sepultamento, que será em cerimônia reservada para a família.

O acidente ocorreu no início da tarde de hoje (11). O piloto da aeronave, Ronaldo Quatrucci, também morreu.

A pedido do presidente Jair Bolsonaro, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, irá representá-lo no velório do jornalista. Bolsonaro disse que ele e Boechat eram amigos “há mais de 30 anos” e que ele apelidou o jornalista de “Jacaré”.

Boechat tinha 66 anos, era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e tinha uma coluna semanal na revista ISTOÉ. O jornalista nasceu em Buenos Aires, na Argentina, quando o pai Dalton Boechat, diplomata, estava a serviço do Ministério das Relações Exteriores. Dono de um humor ácido, usava essa característica para noticiar fatos e criticar situações. O tom era frequente nos comentários de rádio, televisão e também na imprensa escrita.

Políticos, magistrados e organizações vieram a público para lamentar a morte do jornalista. Boechat deixa mulher, cinco filhas e um filho.

Comments

Governo quer regulamentar lobby por meio da transparência de dados

O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, disse que está entre as prioridades da pasta a regulamentação do lobby por intermédio da transparência de dados. Lobby é o nome que se dá às ações organizadas por grupos específicos para influenciar propostas e medidas de interesse principalmente na esfera pública. A iniciativa foi revelada durante entrevista à EBC veiculada nesta segunda-feira (11).

“O lobby é um ambiente sombrio. O que a gente quer é ali jogar alguma luz e expor para toda a sociedade”, descreve o ministro, informando sobre o funcionamento de um sistema de agendas que dê publicidade a contatos entre agentes públicos e representantes de empresas privadas.

As agendas registrarão “quem está indo ali [ao órgão público], em nome de quem, com que objetivo”. Wagner Rosário disse que, “para serem legais e éticos”, os encontros no ambiente público com representantes de interesses privados têm que ser transparentes. “A gente espera conseguir atuar antes que o problema aconteça.”

Anticorrupção

A CGU prepara um pacote inédito de medidas de combate à corrupção, defesa do patrimônio púbico e transparência na gestão. As ações, previstas no plano dos 100 primeiros dias de governo, foram detalhadas pelo ministro Wagner Rosário.

A condução do pacote ficará sob responsabilidade de um comitê interministerial de combate à corrupção formado pelos titulares da CGU, dos ministérios da Justiça e Segurança Pública e da Economia e do Banco Central. Segundo Rosário, o grupo se reunirá periodicamente e terá como função “subsidiar o presidente da República e suas decisões e tentar apontar os problemas que nós temos no governo”.

De acordo com o ministro, o governo já prepara um decreto para estabelecer “regras mínimas” para nomeação em cargos de confiança na administração pública federal. Nas escolhas e indicações de nome, devem pesar desde a formação acadêmica até a conduta do servidor, para evitar a ocupação de cargos em conflito de interesse. “Nós temos ocupação de cargos com pessoas muito despreparadas. Indicações para cargos sem base em um critério claro.”

Público e privado

O cuidado com a nomeação dos servidores vai se estender ao cruzamento de informações para evitar nepotismo entre funcionários públicos e até empregados terceirizados. “Esses problemas são recorrentes na administração, e a gente está informatizando, tornando isso mais fácil”, afirma Wagner Rosário, que espera que o conjunto das ações “modifique as relações entre o público e o privado”.

A CGU estuda a criação de um mapa de riscos de fornecedores com uso de aplicativos que permitam a detecção de indícios de fraude. Fornecedores de produtos e prestadores de serviços ao governo “que oferecem risco” – por já terem sido sancionados, por terem aumentado muito a capacidade de fornecimento subitamente – serão monitorados.

O combate à corrupção, o controle e a transparência de gestão são diretrizes gerais do governo, mas cada órgão deverá ter plano para prevenção e punição de fraudes. “A gente pretende criar uma ‘unidade de integridade’ dentro dos órgãos. Essa unidade vai tentar detectar as fragilidades, vai propor controles e verificar se esses controles estão sendo implementados. Vai ter um mecanismo de Identificação de risco e fragilidades em repasses de recursos”, descreve.

Educação Cidadã

Rosário informou que a CGU implantará, em parceria com o Ministério da Educação, o Programa Federal para Educação Cidadã, sobre “aprendizado ético do que venha a ser o dinheiro público, o respeito ao próximo”, para escolas públicas e privadas de todo o país.

O material, elaborado pelo Instituto Maurício de Sousa para alunos do 1º ao 5º anos, está em digitalização e ficará disponível no início do próximo semestre em versões online e offline.

Comments

CT do Flamengo poderá ser interditado

O Centro de Treinamento (CT) do Flamengo, conhecido como Ninho do Urubu, onde 10 jogadores morreram em um incêndio na última sexta-feira (8), passará amanhã (12) por vistoria de diversos órgãos. Dependendo do que for constatado, não está descartada nem mesmo a interdição total ou parcial do local. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (11), após uma reunião entre representabtres do clube, do Ministério Público (MP), da Defensoria Pública, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Civil e da prefeitura do Rio.

O procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, ressaltou que a diretoria do Flamengo assumiu todas as suas responsabilidades na tragédia e se comprometeu a dar todo tipo de acolhimento às famílias dos jogadores. Gussem disse que a vistoria no Ninho do Urubu poderá gerar até mesmo sua interdição total ou parcial.

“Iremos realizar, a partir de amanhã, perícias amplas no centro de treinamento, com todas as estruturas governamentais, para que possamos analisar em que condições se encontra o CT e se há necessidade de uma interrupção plena ou parcial das atividades. Iremos junto com o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil, a prefeitura do Rio e o Ministério Público do Trabalho fazendo essas análises pormenorizadas”, disse Gussem, após a reunião.

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, fez um pronunciamento e saiu sem responder a perguntas de jornalistas. Ele reiterou que todos os esforços no momento são no sentido de amparar as famílias das vítimas.

“O foco principal é assistir às famílias. O clube, nesses dias, trouxe os familiares para o Rio. Colocamos psicólogos, não poupamos recursos para minimizar a dor e o sofrimento dessas pessoas. Falamos da nossa vontade de indenizar essas famílias o mais rapidamente possível, buscando com a Defensoria um processo de mediação, fazendo com que isso possa terminar o mais rápido possível. Pois, às vezes, os processos judiciais demoram muito tempo. Caso haja algum tipo de pendência para a manutenção do centro de treinamento, nós estaremos focados para corrigir isso no menor prazo possível”, disse Landim.

O procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro, Fábio Goulart Vilella, que também participou da reunião, disse que a entidade fará um esforço para fiscalizar todos os centros de treinamento no estado do Rio.

Uma nova reunião foi marcada para a próxima sexta-feira (15), para avaliar os resultados da perícia.

Agência Brasil

Comments

Boechat pulou do helicóptero e estendeu a mão, diz testemunha

Uma mulher que presenciou a queda do helicóptero em que o jornalista Ricardo Boechat estava, na tarde desta segunda-feira (11), diz que viu o momento quando o passageiro pulou da aeronave e tentou pedir ajuda. Além do jornalista, o piloto Ronaldo Quattrucci morreu.

A testemunha estava na garupa da motocicleta do marido quando a aeronave caiu. “O helicóptero vinha reto, todo bonitinho, parecia que ia pousar mesmo”, afirma a mulher à RecordTV.

“Eu vi uma pessoa do lado direito do helicóptero, quando já estava prestes a pousar, pulando. Foi na hora que a carreta veio, chocou com helicóptero, que rodou e despedaçou. Foi nessa hora que caiu em cima da pessoa que pulou”, diz a testemunha.

A mulher acredita que o jornalista teria sobrevivido, porque ainda teria erguido o braço quando estava no chão. No entanto, o pedaço do helicóptero em chamas caiu em cima dele, o que teria o matado.

Boechat e o Quattrucci viajavam de Campinas, a cerca de 100 km de São Paulo, onde o jornalista havia participado de uma palestra, e tinha como destino o heliponto da TV Bandeirantes, na região do Morumbi, zona sul da capital. No entanto, o piloto tentou pousar na rodovia Anhanguera, embaixo do Rodoanel, e acabou chocando com o caminhão. A Polícia Civil investiga o que teria acontecido com a aeronave para fazer o pouso na rodovia.

R7

 

Horário de verão vai terminar na virada deste sábado para domingo

Foto: Marcio Alves / Agência O Globo

O horário de verão vai acabar na virada do próximo sábado para domingo (dia 17), quando os relógios deverão ser atrasados em uma hora. Em vigor desde 4 de novembro de 2018, a mudança obrigou dez estados — além do Distrito Federal — a ajustarem os ponteiros: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Espírito Santo.

Desta vez, a duração do horário de verão será mais curta do que o normal. Historicamente, esse período começa no terceiro domingo de outubro, mas seu início em 2018 foi adiado por conta do segundo turno das eleições, a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Se não houvesse o adiamento, aumentaria a diferença de horário entre os estados do Sul e do Sudeste e os que já têm fuso diferente, atrapalhando a divulgação dos resultados das urnas.

Com o fim do horário de verão no próximo fim de semana, será preciso ficar atento aos aparelhos celulares. Antes que este fosse implantado, em novembro, muitas operadoras de telefonia promoveram ajustes em seus sistemas, para atualização automática dos telefones, o que causou problemas aos clientes. Com os relógios adiantados antes da hora, milhares de consumidores perderam uma hora de sono e acabaram chegando cedo demais a compromissos.

Para quem tem voos marcados

Em caso de dúvidas sobre o horário dos voos programados para domingo, a Infraero recomenda aos passageiros que procurem informações junto às companhias aéreas, balcões de informações nos terminais oucom os empregados das empresas nos aeroportos vestidos com coletes amarelos “Posso Ajudar?”.

Em vigor desde 1931, a mudança de horário foi uma estratégia do governo para gerar economia de energia, já que, durante a estação, as pessoas chegavam em casa e ligavam os chuveiros, ocasionando pico de consumo e grande desperdício.

Com o passar dos anos, porém, os picos de consumo passaram a ser registrados nos momentos mais quentes ao longo do dia, com grande utilização de aparelhos de ar-condicionado, por exemplo, sobretudo no comércio.

Por isso, a Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia (Abesco), por exemplo, entende que a alteração nos relógios não se justifica mais.

Em setembro de 2017, o governo federal chegou a anunciar a intenção de abandonar o horário de verão a partir de 2018, mas voltou atrás.

O Globo

 

Incêndio atinge alojamento e três jogadores do Bangu são encaminhados para o hospital

Equipe profissional do Bangu vem treinando no CDA, em Campo dos Afonsos — Foto: Divulgação

Mais um incêndio atingiu o futebol carioca na tarde desta segunda-feira. Após o treino da manhã, três jogadores do Bangu descansavam no alojamento do CDA (Comissão de Desportos da Aeronáutica), localizado em Campo dos Afonsos, na Zona Oeste, quando o quarto começou a pegar fogo. Os atletas foram encaminhados para o Hospital da Aeronáutica.

A identidade dos jogadores não foi divulgada. Segundo a assessoria de imprensa do Bangu, os casos não são graves e dois deles devem ser liberados ainda nesta segunda. O terceiro foi encaminhado para o CTI por precaução por ter inalado mais fumaça. As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas pela Aeronáutica.

A equipe da Zona Oeste vem realizando suas atividades no CDA, que abriga estruturas como o Centro Olímpico de Treinamento da Aeronáutica (COTA) e recebe atletas de vários países.

O Bangu quase se classificou para a semifinal da Taça Guanabara. Com sete pontos ganhos, perdeu a vaga na última rodada na derrota por 3 a 0 para o Resende. Na classificação geral da competição, a equipe aparece na sexta posição.

Globo Esporte

 

Bolsonaro diz que deve ter alta nesta semana ‘se Deus quiser’

Foto: Reprodução/Instagram

O presidente da República, Jair Bolsonaro , afirmou que “se Deus quiser” deve ter alta nesta semana. Bolsonaro falou por telefone ao vivo na TV Bandeirantes. Ele entrou em contato com a emissora para se solidarizar pela morte do jornalista Ricardo Boechat . O presidente disse que deveria já ter recebido alta se não tivesse adquirido uma “pequena pneumonia” na semana passada.

— Estou recuperando, tive problema de ter adquirido uma pequena pneumonia uma semana atrás. Se não fosse isso podia estar de alta já, mas se Deus quiser essa semana terei alta — afirmou o presidente.

Ele destacou a dificuldade do procedimento cirúrgico a que foi submetido, afirmando que seu intestino estava “totalmente destruído”. Bolsonaro foi submetido a uma cirurgia no dia 28 de janeiro para a retirada da bolsa de colostomia. O presidente estava com a bolsa desde que sofreu um atentado em setembro, ainda durante a campanha eleitoral. Bolsonaro destacou que o atendimento recebido por ele no hospital Alberto Einstein “pouca gente podia ter” e disse que há como melhorar o Sistema Único de Saúde (SUS).

— Eu falei esses dias que estava aqui, que sabia que pouca gente podia ter o atendimento que estou tendo, mas por outro lado sabendo que nosso SUS não pode continuar tão mal como se encontra, temos como melhorar sim — disse Bolsonaro.

Ele fez elogios a Boechat e afirmou que mesmo quem era criticado pelo jornalista não ficava chateado.

O Globo

Fonte: Blog do BG

 

LOCAIS

Emparn confirma início do período chuvoso no semiárido potiguar

Foto: Márcia Elisa/Emparn

O monitoramento de chuvas, realizado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) mostra que no último fim de semana (08 a 11/02) choveu em todas as regiões do Rio Grande do Norte. Nos 10 primeiros dias de fevereiro, o acumulado de chuvas mostra que está chovendo bem no interior do estado, situação que já vem favorável desde o mês de janeiro. Neste mês de fevereiro, até hoje (11), há registro de 1 município na categoria muito chuvoso, 7 na de chuvoso e 29 com volume acumulado na média. O que segundo o meteorologista da Emparn, Gilmar Bristot, confirma o início do período chuvoso no semiárido potiguar. Esse período começa normalmente na segunda quinzena de fevereiro e segue até o mês de maio, mas este ano as chuvas vieram mais cedo, levando esperança de um bom inverno para o agricultor potiguar, depois de 6 anos de seca severa.

Essa situação confirma a previsão climática feita pela Emparn, no mês passado, quando a análise das condições oceânicas/atmosféricas se mostrava favorável à ocorrência de chuva no semiárido nordestino. Fatores como a presença do Fenômeno El Niño fraco a moderado no Oceano Pacífico, e com tendência de apresentar uma diminuição na sua intensidade nos meses de fevereiro a maio. De acordo com Gilmar Bristot, esse comportamento, El Niño fraco, é favorável a ocorrência de chuvas na região Nordeste neste período do ano, e quando associado às boas condições apresentadas pelo Oceano Atlântico, o cenário é ainda mais favorável a ocorrência de boas chuvas na região.

Além das condições já citadas, outro importante fator para ter um bom inverno no interior do Estado, é a presença da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema meteorológico que provoca chuva no sertão nordestino. Sistema que este ano começou a atuar mais cedo, desde janeiro e se intensificou nesses primeiros dias de fevereiro. As previsões indicam que as chuvas deverão continuar, mas com uma melhor distribuição espacial, quando comparado a janeiro de 2019, mês que registrou chuvas intensas, mas bem localizadas em alguns municípios. Essa melhor distribuição de chuva é porque a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) está atuando com mais frequência, associada à presença de Frentes Frias e Vórtices Ciclônicos de Ar Superior (VCANS). No boletim de chuvas do fim de semana divulgado hoje (11) pela Emparn, podemos notar essa situação, choveu em todas as regiões do RN.

 

Walter Alves confirma que obras na Armando Ribeiro estão 90% concluídas

O deputado federal Walter Alves (MDB-RN) confirmou, hoje (11), junto ao Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) que as obras de recuperação e modernização da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves estão 90% concluídas. Atualmente, os operários trabalham na conclusão do enrocamento da barragem. A previsão é a de que os trabalhos sejam concluídos até o fim de março deste ano.

As obras na maior e mais importante barragem do Rio Grande do Norte foram asseguradas através da articulação do deputado Walter Alves, em Brasília, em novembro do ano passado. “Nosso mandato tem uma atenção especial com relação à segurança hídrica em nosso estado. Conseguimos recursos para obras em várias barragens e a Armando Ribeiro em breve estará pronta”, comenta o parlamentar.

De acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA) e DNOCS, as obras na Armando Ribeiro Gonçalves fazem parte do Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional (PISF). O investimento total é de R$ 16,9 milhões. A barragem tem capacidade de armazenar até 2,4 bilhões de m³ de água. A área da bacia hidráulica chega a 19.500 ha.

Serviços

De acordo com o Termo de Referência das obras, as atividades na Armando Ribeiro compreendem o desenvolvimento dos seguintes serviços:

• Recuperação dos maciços da barragem principal e diques, compreendendo: limpeza e recuperação dos taludes de montante e jusante, drenagem superficial do coroamento e área de jusante;

• Recuperação do vertedouro;

• Recuperação dos canais de aproximação e restituição do vertedouro e da estrutura de fixação da soleira do vertedouro;

• Recuperação do sistema hidromecânico e estruturas de entrada e saída da tomada d’água;

• Recuperação do sistema de instrumentação;

• Implantação do sistema de automação;

• Instalação de equipamentos de monitoramento hidrométrico e estações hidrometeorológicas automáticas.

 

Criança de 1 ano e 10 meses doa coração e salva vida de outra criança em Mossoró

Nesse domingo (10), a Central de Transplantes do estado, junto à Organização de Procura de Órgãos, intermediou duas captações que ocorreram em Mossoró, uma no hospital Tarcísio Maia e outra no hospital Wilson Rosado, esta última muito especial e de emocionar a equipe com a demonstração de amor ao próximo dado pela família.

A doadora foi uma criança de 1 ano e 10 meses, depois de uma entrevista com uma família arrasada pela morte de da criança vítima de afogamento, resgatada pelo pai que tentou manobras de ressuscitação até a chegada no hospital Wilson Rosado, e no próprio hospital por mais 25 minutos com reversão da parada cárdiorrespiratória, já retornando em estado comatoso. Cerca de 2 dias depois foi aberto o protocolo de Morte Encefálica tendo o diagnóstico definitivo no último sábado (9). Os pais são doadores declarados em vida e foi o pai da criancinha que abordou a equipe sobre a possibilidade de doar os órgãos.

No dia 10, a equipe de captação de órgãos realizou a cirurgia de captação na tarde desse domingo chuvoso. Seu ato salvou a vida de 3 crianças – o coração foi transplantado em uma criança com meses de vida em Brasília que estava muito instável com sua vida por um fio, o fígado e os rins foram transplantados em crianças em Pernambuco.
A equipe inteira se emocionou com o desenrolar de todo o processo e foram até o limite de horario permitido para pouso e decolagem no aeroporto de Mossoró. O dia foi completo com a certeza que a vida não se estingue e sim se transmite sob forma de amor ao próximo!

Comments

Justiça determina pagamento dos servidores em ordem cronológica e proíbe pagamento de atuais comissionados

O juiz Marcos Vinicius Pereira Junior, atendendo a pedido do Vereador do Solidariedade, Sargento Ezequiel Pereira da Silva Neto, vereador do Solidariedade em Currais Novos, concedeu liminar proibindo a governadora Fátima Bezerra, de pagar o salário dela e seus cargos comissionados antecipados, enquanto os salários dos servidores concursados do Estado continuam atrasados em 13º de 2017, novembro de 2018, dezembro de 2018 e 13º de 2018.

Na ação que encaminhou à justiça, o sargento explica que o Governo de Fátima fere a ordem cronológica de pagamento de milhares de outros servidores quando antecipa o seu salário e os dos seus comissionados sem atentar para os atrasados.

“Estas escolhas atentam contra os princípios norteadores da administração pública, inseridos no caput do art. 37 da Constituição Federal, violando requisitos básicos da administração pública.”, diz um trecho da ação do sargento.

A ação ainda diz que: “Só para exemplificar a gravidade dos fatos, vale dizer que servidores nomeados em 2019 estão tendo seus salários adiantados em detrimento dos demais que permanecem percebendo em atraso, por decisão da atual Governadora, sendo que esta antecipação além de injustificável a esses servidores e a própria Governadora causa prejuízo ao erário público, atentando contra todos nos cidadãos livres e conscientes dos nossos direitos e deveres para com a nossa população.”

“Outrossim o pagamento antecipado de salários promove dois prejuízos ao erário público:

a) O primeiro porque promove o endividamento do Estado pelo atraso injustificável, permitindo que os servidores possam buscar multa, juros e correção monetária pelo atraso;
b) O segundo porque o Estado perde receitas pela antecipação, tais como, as percebidas pela aplicação diária dos recursos.”.

 

UFRN inicia período letivo e novos estudantes devem confirmar vínculo

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) inicia o período letivo 2019.1 nesta segunda-feira, 11, quando também começa o prazo para os novos estudantes realizarem a confirmação de vínculo. O procedimento deve ser feito até sexta-feira, 15, pelos ingressantes no primeiro período letivo que tenham sido cadastrados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), além dos estudantes que façam parte da primeira lista de remanejamento divulgada na última quinta-feira, 7.

A partir do procedimento, o aluno confirma o interesse e a disponibilidade de frequentar as aulas e demais atividades acadêmicas, mediante assinatura de uma lista na coordenação do curso. Não é permitida a confirmação de vínculo a distância ou por procuração, sendo obrigatório o comparecimento do estudante. Outras informações estão disponíveis no edital do Sisu, que pode ser acessado no endereço www.sisu.ufrn.br.

Com informações da UFRN

 

Inflação em Natal teve alta de 0,41% em janeiro

O conjunto de produtos que formam o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,41% na cidade do Natal no mês de janeiro, segundo dados coletados pela Coordenadoria de Estudos Socioeconômicos do Idema/RN – Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte.

O índice, que está na faixa média dos meses de janeiro, foi puxado pelo grupo Alimentação e Bebidas, o de maior peso no orçamento doméstico. Neste item, os preços tiveram alta de 0,91%, puxados pelos cereais, leguminosas e oleaginosas, que subiram, em média, 10,46% no mês; pelos legumes, raízes e tubérculos (3,40%); açúcar (1,68%); frutas (1,37%) e carnes (0,82%).

O grupo Educação apresentou variação positiva de 3,29%, em função, principalmente, da elevação de preços de cursos (4,52%) e papelaria (3,24%).

No dos transportes, que tem o segundo maior peso na formação do índice (12,75%), houve deflação no período. Os preços caíram (-1,04%), acompanhando a cotação do petróleo e a redução de preços da gasolina nos postos de combustíveis.

De acordo com pesquisa da ANP, o preço médio da gasolina vendida ao consumidor no final de janeiro, em Natal, era de R$ 4,08, com viés de baixa.

“O grupo Alimentação teve variação expressiva no item Cereais, Leguminosas e Oleaginosas em razão do período de escassez de chuvas em nosso estado. Já os itens do grupo Educação, que mantêm certa estabilidade durante o ano, sofreram significativo aumento, em virtude da volta às aulas”, disse o subcoordenador de Estudos Socioeconômicos do Idema, Azaías Bezerra.

CESTA BÁSICA

O Idema registrou variação positiva de 1,9% nos preços dos alimentos que compõem a cesta básica. Dos treze produtos pesquisados, oito tiveram aumento. Destaque para o feijão, que subiu 12,7%. Com isso, o custo da cesta para alimentação de um adulto foi de R$ 337,95.

Para uma família de quatro pessoas, esse valor alcançou R$ 1.351,80. Se fossem adicionados os gastos com vestuário, despesas pessoais, transportes etc., o dispêndio total seria de R$ 4.168,44.

Fonte: Blog do BG

 

Por G1 RN

 


TCE RN — Foto: Kléber Teixeira/ Inter TV Cabugi

TCE RN — Foto: Kléber Teixeira/ Inter TV Cabugi

O Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte (TCE/RN) respondeu consulta formulada pela Controladoria Geral do Estado e considerou que o pagamento fracionado antecipado dos salários dos servidores públicos é legal, desde que os valores sejam pagos durante o mês trabalhado e o pagamento seja feito de forma indistinta para todos, sem priorizar um grupo ou categoria em detrimento de outro.

Segundo o voto do conselheiro Carlos Thompson Costa Fernandes, que foi aprovado por maioria na sessão do Pleno realizada na quinta-feira (07), “há permissivo jurídico para que as remunerações devidas aos servidores públicos estaduais sejam quitadas fracionadamente, por meio da prévia fixação de uma ou várias datas de pagamento distribuídas dentro do mesmo mês laborado”.

O conselheiro entendeu, no entanto, que a antecipação só pode ser feita caso seja formalizado e divulgado previamente um cronograma de pagamentos e “sobretudo, que cada ato de pagamento salarial beneficie todos os servidores públicos da Administração Pública Direta e Indireta indistintamente, de maneira uniforme e isonômica, vedando-se a priorização casuística do pagamento em prol de um grupo ou categoria de servidores públicos de forma antecipada aos demais”.

“Não consigo visualizar parâmetros objetivos balizados no princípio da isonomia, que também é garantia constitucional, para legitimar esse tratamento diferenciado entre categorias de servidores públicos. Todos os servidores públicos possuem igual importância, tanto que há a praxe de se efetuar o pagamento dos salários de todos os servidores do Poder ou Órgão autônomo no mesmo dia”, aponta o voto.

Fonte: G1RN

Por G1 RN

 


Intérprete de Libras fez parte da audiência em Natal — Foto: Divulgação

Intérprete de Libras fez parte da audiência em Natal — Foto: Divulgação

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) contou com o auxílio de uma intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras) em uma audiência realizada na 5ª Vara da Família da comarca de Natal. Isso porque o casal envolvido na audiência é surdo e solicitou a presença da profissional para compreender o julgamento, que tratava do processo de divórcio entre os dois. O fato aconteceu na quarta-feira passada (6).

A intérprete foi chamada a pedido das advogadas das duas partes envolvidas. Assim, a juíza Emanuella Fernandes requisitou um perito do Núcleo de Perícias do Poder Judiciário (Nupej) para auxiliar na situação e a única intérprete da unidade foi convocada.

“Sinto-me orgulhosa em poder participar desse momento tão importante para a comunidade surda, pois assim eles podem entender as discussões da audiência, o que as advogadas falaram, as considerações da magistrada e até mesmo detalhes como comentários de quem estava ao lado”, comentou Henne Caroline Souza, a intérprete do julgamento.

“As pessoas surdas têm uma vida permeada pela dificuldade de comunicação. Como eu sou a única intérprete cadastrada fui solicitada para fazer parte da audiência e auxiliar na efetivação dos direitos da pessoa surda como o acesso à informação e à comunicação”, completou ela.

A inclusão de pessoas surdas, segundo a Lei nº 10.436/2002 (Lei de Libras), deve ser garantida “por parte do poder público em geral e empresas concessionárias de serviços públicos, formas institucionalizadas de apoiar o uso e difusão da Língua Brasileira de Sinais como meio de comunicação objetiva e de utilização corrente das comunidades surdas do Brasil”. O Núcleo de Perícias garante em edital que intérpretes de Libras possam se inscrever para serem peritos, assim como intérpretes de outras línguas.

Fonte: G1RN

Por G1 RN

 


Lixo é retirado de rede de esgoto pela Caern — Foto: Caern

Lixo é retirado de rede de esgoto pela Caern — Foto: Caern

Cerca de 23 toneladas de lixo sólido indevido são despejados em média por mês no sistema de esgotos de Natal. Os dados são da Companhia de Água e Esgoto do Rio Grande do Norte (Caern).

Segundo a Companhia, os materiais mais encontrados são óleo de cozinha, copos descartáveis, sacos plásticos, garrafas pet, absorventes e preservativos. E a maioria é proveniente de redes domésticas.

A companhia frisou ainda que essa quantidade de lixo sólido pode chegar até a 50 toneladas em alguns meses em função de ligações indevidas de água de chuva na rede de esgotos. “Em período de inverno, o número de lixo encontrado pode chegar a triplicar, em função dessas ligações clandestinas de água de chuva na rede de esgotos. Isto porque a chuva naturalmente arrasta entulhos e lixo em geral da via, além de areia e outros materiais. Tudo isso acaba indo para a rede de esgotos, que tem uma dimensão menor”, explica Maiara Pereira, técnica em controle ambiental da Caern.

A Caern alerta que esses descartes indevidos de material na rede de esgoto ocasionam obstruções e podem acarretar transbordamentos para a via ou até para dentro dos imóveis, trazendo riscos à saúde da população, além de prejuízos materiais. Isso porque elas são planejadas para receber somente água e dejetos humanos.

Óleo de cozinha é principal vilão

O óleo de cozinha é apontado com o principal vilão, já que, além de ser um dos maiores inimigos da rede de esgoto, também tem capacidade para poluir um milhão de litros de água com apenas um litro do produto despejado na pia da cozinha. Quando o óleo entra em contato com a rede de esgotos, ele se concentra ao redor da tubulação, petrifica e entope o canal de passagem dos efluentes.

A recomendação é de que o óleo usado seja devidamente armazenado e descartado em pontos de coleta específicos, para que possam ser reciclados e transformados em sabão biodegradável.

Dicas para evitar o despejo indevido

A Caern explica que para o melhor funcionamento da rede, basta não jogar lixo sólido no esgoto. É recomendado que todo material sólido seja deixado nos pontos de coleta dos municípios.

Além disso, a Caern sugere o uso de produtos de limpeza do tipo “biodegradáveis”, como por exemplo, o sabão, para evitar que formem muita espuma no esgoto, o que dificulta o processo de tratamento. A utilização da caixa de gordura também é vista como necessária para reter óleos, gorduras e restos de comida.

Fonte: G1RN

Deixe uma resposta

Fechar Menu