ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSA SEGUNDA-FEIRA

Segunda-feira, 10 de setembro

Boa noite! Aqui estão as principais notícias para você terminar o dia bem-informado.


Por G1

 

Áudios comprometedores. Gravações entregues por um delator da Lava Jato à PF, reforçam as suspeitas de que um amigo do presidente Temer recebeu dinheiro ilegal da Odebrecht. Na Paraíba, mais de 90 presos fogem de um presídio de segurança máxima. Eleições 2018: o PT entra com novo recurso no STF, desta vez para adiar o prazo para mudança de chapa, que termina amanhã, e o G1 explica a ofensiva de Lula para tentar disputar a eleição. Bolsonaro continua internado, e novo boletim médico diz que candidato esfaqueado está estável e sem dor. O início da série de entrevistas com os candidatos a governador nos estados. As despedidas a Mr. Catra, e morre, no Rio, o jurista e imortal da ABL, Helio Jaguaribe. O que foi notícia nesta segunda:

Áudios comprometem Temer

Amigo de Temer combina entrega de propina em áudio, afirma PF

Amigo de Temer combina entrega de propina em áudio, afirma PF

Áudios entregues por Alvaro Novis, um dos delatores da Lava Jato, para a Polícia Federal reforçam a tese de que a Odebrecht deu dinheiro ao Coronel Lima (amigo do presidente Temer) em troca de benefícios para a empresa. Temer é investigado em inquérito que apura repasse de R$ 10 milhões da Odebrecht para seu partido, o MDB. Desse total, R$ 1,4 milhão teria ficado com Temer. Na semana passada, a Polícia Federal entregou um relatório ao STF dizendo que há indícios de que o presidente cometeu os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Kassab vira réu

Ministro Gilberto Kassab vira réu e tem bens bloqueados

Ministro Gilberto Kassab vira réu e tem bens bloqueados

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD), virou réu por ter recebido R$ 21 milhões via caixa 2 durante a disputa pela Prefeitura de São Paulo, em 2008. Parte do dinheiro teria sido usado na campanha daquele ano — que ele acabou vencendo. Kassab também teve os bens bloqueados até o valor de R$ 21.251.676,00. A defesa do ministro disse que vai recorrer.

PT pede novo prazo ao STF

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fala à imprensa sobre sua condenação por decisão do juiz Sérgio Moro, na sede do PT. (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil )

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fala à imprensa sobre sua condenação por decisão do juiz Sérgio Moro, na sede do PT. (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil )

defesa do ex-presidente Lula pediu ao STF para ampliar o prazo para o Partido dos Trabalhadores apresentar um novo candidato à Presidência da República nas eleições de 2018. O objetivo é adiar o prazo desta terça (11) para o dia 17 de setembro. O pedido será analisado pelo responsável pelo caso no STF, o ministro Celso de Mello. Os advogados do petista já haviam solicitado o adiamento ao TSE, mas a presidente da Corte, ministra Rosa Weber, negou o pedido.

Bolsonaro

Foto postada por filho de Jair Bolsonaro mostra candidato em poltrona do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, fazendo sinais de armas (Foto: Reprodução/Twitter/Flavio Bolsonaro)

Foto postada por filho de Jair Bolsonaro mostra candidato em poltrona do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, fazendo sinais de armas (Foto: Reprodução/Twitter/Flavio Bolsonaro)

O candidato à Presidência Jair Bolsonaro continua internado na UTI do Hospital Albert Einstein, em SP. O último boletim médico informa que ele está estável e sem dor. O presidenciável está internado para se recuperar de uma facada levada durante ato de campanha em MG na quinta (6).

Eleições em números

Selo mesários no Brasil (Foto: Editoria de Arte/G1)

Selo mesários no Brasil (Foto: Editoria de Arte/G1)

Pelo menos 1,9 milhão de mesários, 50% deles voluntários, devem trabalhar em todo o Brasil durante o 1º turno das eleições deste ano, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O número exato só deve ser oficializado após o 1º turno. Alguns dos benefícios para quem trabalha nas eleições são dois dias da folga para cada um trabalhado e preferência no desempate em concursos públicos, desde que previsto no edital.

Entrevista G1 e CBN

Henrique Meirelles (MDB) é entrevistado pelo G1 e pela CBN

Henrique Meirelles (MDB) é entrevistado pelo G1 e pela CBN

O candidato Henrique Meirelles, do MDB, participou de sabatina feita pelo G1 e pela CBN nesta segunda-feira. Na entrevista, o presidenciável propôs corrigir a tabela do IR e disse que não defende grupos políticos.

Fato ou Fake

 (Foto: Alexandre Mauro/G1)

(Foto: Alexandre Mauro/G1)

Veja o que é #Fato ou #Fake na entrevista de Meirelles para o G1 e a CBN. Já foram sabatinados Geraldo Alckmin, do PSDB, Amoêdo, do Partido Novo, e Eymael, do DC. Cabo Daciolo não compareceu.Próxima entrevistada será Vera Lúcia (11/9), seguida por Bolsonaro (12/9), Marina (13/9), Goulart Filho (14/9), Boulos (17/9), Ciro (19/9) e Alvaro Dias (20/9). Até o momento, o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, não poderá participar, pois está preso e há decisões judiciais a respeito. Veja agenda.

Campanha na rua

Veja abaixo as atividades de campanha dos candidatos à Presidência nesta segunda-feira:

Entrevistas nos estados

O G1 também começou a série de entrevistas com os candidatos ao governo em SP, RJ, MG, DF e PE. Veja abaixo:

Fuga na Paraíba

105 presos fugiram de uma penitenciária de segurança máxima em João Pessoa (PB)

105 presos fugiram de uma penitenciária de segurança máxima em João Pessoa (PB)

92 presos fugiram de uma penitenciária de segurança máxima em João Pessoa, na Paraíba. 50 deles já foram recapturados. A quadrilha derrubou o portão principal do presídio e trocou tiros com policiais militares e agentes penitenciários. Um PM morreu na ação.

Hélio Jaguaribe

‘Tudo é Irrelevante, Hélio Jaguaribe’ é o segundo filme em cartaz no Cine Teatro Recreio (Foto: Divulgação)

‘Tudo é Irrelevante, Hélio Jaguaribe’ é o segundo filme em cartaz no Cine Teatro Recreio (Foto: Divulgação)

O acadêmico Hélio Jaguaribe morreu na noite do domingo (9) no Rio de Janeiro, vítima de falência múltipla de órgãos. O escritor, membro da Academia Brasileira de Letras e jurista deixa mulher e 5 filhos. Para a presidente da ABL, Jaguaribe era ‘um dos último grandes intérpretes do Brasil’. O presidente Michel Temer expressou condolências e o chamou de ‘extraordinário pensador’.

Mr. Catra

Filho de Mr Catra posta homenagem ao pai (Foto: Reprodução/Instagram/MC Alandim)

Filho de Mr Catra posta homenagem ao pai (Foto: Reprodução/Instagram/MC Alandim)

corpo de Mr. Catra, que morreu aos 49 anos em decorrência de um câncer no estômago, foi velado em SP e seguiu para o RJ, onde será enterrado. Filhos postaram homenagem ao pai nas redes sociais: ‘seu amor irá nos unir’. O músico deixou 3 esposas e 32 filhos.

Curtas e rápidas

Fonte: G1

Bolsonaro e Haddad crescem, revela pesquisa BTG Pactual

Após a facada, Jair Bolsonaro cresce e chega a 30%, revela pesquisa BGT Pactual divulgada nesta segunda-feira (10). Fernando Haddad, que também cresceu, deve ser confirmado como candidato a presidente nos próximos dias

Bolsonaro e Haddad pesquisa BGT Pactual eleições 2018

O candidato do PSL a presidente, Jair Bolsonaro, cresceu quatro pontos percentuais em uma semana e alcançou seu melhor desempenho na sondagem BTG Pactual/FSB, divulgada nesta segunda-feira (10).

Esse é o primeiro levantamento publicado após o atentado contra o presidenciável, no último dia 6, em Juiz de Fora (MG). Na pesquisa estimulada, na qual se apresenta ao entrevistado o nome dos candidatos, Bolsonaro lidera com 30% das intenções de voto.

Em segundo lugar aparece Ciro Gomes (PDT), que manteve os 12% registrados na rodada anterior, entre os dias 1º e 2. Ciro está no limite da margem de erro empatado com outros três candidatos: Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT), todos com 8%.

Vice do ex-presidente Lula, Haddad deve ser confirmado como candidato a presidente nesta semana. João Amoêdo (Novo), Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB) têm 3%.

Bolsonaro e Haddad pesquisa BGT Pactual eleições 2018

De acordo com a pesquisa, Marina é a candidata mais rejeitada: 64% disseram que não votam nela em hipótese alguma. Geraldo Alckmin tem 61% de rejeição. Meirelles e Haddad, com 52%, e Ciro e Bolsonaro, com 51%, aparecem na sequência.

Bolsonaro e Haddad pesquisa BGT Pactual eleições 2018

A candidata da Rede também foi a que registrou maior queda em comparação com a sondagem anterior. Ela perdeu 3 pontos percentuais das preferências em uma semana.

Bolsonaro e Haddad pesquisa BGT Pactual eleições 2018
Bolsonaro e Haddad pesquisa BGT Pactual eleições 2018

O Instituto FSB Pesquisa entrevistou, por telefone, 2 mil eleitores com idade a partir de 16 anos, nas 27 unidades da federação. As entrevistas foram telefônicas, realizadas por entrevistadores por meio de telefones fixos e móveis, nos dias 8 e 9 de setembro de 2018.

A margem de erro no total da amostra é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. A amostra é controlada a partir de quotas de: sexo, idade, região e tipo de telefonia (fixa e móvel). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (BR-01522/2018).

Veja a íntegra da Pesquisa de Intenção de Votos da BTG

Fonte: Pragmatismo Político

STF não vai julgar ações sobre impedimento de Gilmar em casos da Lava Jato

A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, considerou prejudicadas e, portanto, não serão mais julgadas ações que alegavam impedimento e suspeição do ministro Gilmar Mendes em casos ligados a desdobramentos da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro.

As ações foram propostas pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot. Cármen Lúcia seguiu parecer da atual chefe do Ministério Público Federal Raquel Dodge.

“Pelas mudanças processadas no quadro fático-jurídico após o ajuizamento e, nos termos apresentados pelo arguente, julgo prejudicada a presente Arguição, pela perda superveniente do objeto”, escreveu a ministra.

Um dos principais desafetos de Gilmar, Janot apresentou duas arguições de impedimento, suspeição e incompatibilidade da relatoria dos habeas corpus 146.666/RJ e 146.813/RJ, que tratam dos empresários Jacob Barata Filho e Lélis Marcos Teixeira.

Segundo Janot, são vários os vínculos pessoais que impedem Gilmar de exercer com a mínima isenção suas funções no processo. A PGR aponta que o ministro, em 2013, foi padrinho de casamento de Beatriz Barata, filha do paciente, com Francisco Feitosa Filho. Ele é filho de Francisco Feitosa de Albuquerque Lima, irmão de Guiomar Mendes, mulher do Gilmar.

Para os procuradores, a relação entre as famílias vai além. Conforme apuração do Ministério Público Federal, Jacob Barata Filho integra os quadros da sociedade Autoviação Metropolitana Ltda, ao lado, entre outros sócios, da FF Agropecuária e Empreendimentos S/A, administrada por Francisco Feitosa de Albuquerque Lima, cunhado do ministro Gilmar Mendes.

Outro ponto é que o escritório de Sérgio Bermudes, integrado por Guiomar Mendes, representa e tem assinado diversas petições postulando o desbloqueio de bens e valores nos processos cautelares de natureza penal da Operação Ponto Final.

Janot cita o Código de Processo Civil para sustentar a irregularidade na atuação do ministro. “Incide no caso a hipótese de impedimento prevista no art. 144, inciso VIII, do Código de Processo Civil, cumulado com o art. 3º, do Código de Processo Penal, a qual estabelece que o juiz não poderá exercer jurisdição no processo ’em que figure como parte cliente do escritório de advocacia de seu cônjuge, companheiro ou parente, consanguíneo ou afim, em linha reta ou colateral, até o terceiro grau, inclusive, mesmo que patrocinado por advogado de outro escritório’”.

Outro trecho ao qual ele faz referência é a suspeição prevista no art. 145, inciso III, do Código de Processo Civil, cumulada com o art. 3º, do Código de Processo Penal, a qual dispõe que há suspeição do juiz quando qualquer das partes for sua credora, de seu cônjuge ou companheiro ou de parentes destes, em linha reta até o terceiro grau, inclusive.

Gilmar sempre negou qualquer irregularidade para atuar nos casos. O ministro critica também o fato de o MPF tentar usar normas do Código de Processo Civil no caso, que é penal. “Em nenhum momento, o CPC dispõe-se a reger a matéria processual penal. Pelo contrário, as menções do Código de Processo Civil a procedimentos criminais voltam-se para excluir expressamente sua aplicação – art. 12″, § 2º, VIII – ou para reger a relação entre as duas jurisdições.

Jota Info

Comments

Governo de Trump teria contatado família de Bolsonaro, diz porta-voz

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, disse hoje (10) que um membro do governo do presidente Donald Trump teria entrado em contato com a família do candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, após ele ter sofrido atentado na quinta-feira (6) da semana passada em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Durante a coletiva de imprensa da Casa Branca, um jornalista afirmou que “o mundo todo” acompanhou as notícias sobre a agressão a faca e perguntou se o presidente ou algum funcionário do governo teria se comunicado com Bolsonaro ou sua família.

“Eu não tenho informações de que o presidente tenha [entrado em contato], mas eu acredito sim que membros do governo entraram em contato. E eu trabalharei para conseguir os detalhes sobre quem foi”, afirmou a porta-voz.

LOCAIS

MP investiga doações para campanha de Carlos Eduardo Alves em troca de favores pessoais

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) abriu um inquérito para investigar ato de improbidade administrativa praticado por Carlos Eduardo Alves e por Álvaro Dias em autorizar o aumento das tarifas de ônibus de Natal em troca de doações para a campanha de Carlos Eduardo Alves ao Governo do RN e ainda para a campanha de deputado estadual de Adjuto Dias, filho de Álvaro.

De acordo com o MPRN, existem indícios de que doações de campanha para ambos os candidatos foram feitas pessoalmente como moeda de troca pelo aumento das tarifas ocorridas esse ano.

O inquérito irá apurar o caso junto aos dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e deve transcorrer sob sigilo para evitar que as investigações sofram qualquer tipo de prejuízo.

Entrega dos kits para a Meia Maratona do Sol começa nesta quarta-feira

Foto: Tiago Lima

Por Breno Perruci

Instagram: @eaiboracorrer

A entrega do kit do atleta da Meia Maratona do Sol começará a partir desta quarta-feira (12) e seguirá até o dia da prova, sábado (15), no 3º piso do Shopping Midway Mall, Av. Bernardo Vieira, 3775 – Tirol, Natal – RN. Na quarta, quinta e sexta-feira a entrega será realizada das 10 às 22h, e no sábado, das 10 ao meio dia. Em sua 5ª edição, com largada e chegada na Arena das Dunas, a prova reunirá 8.000 atletas nas 3 modalidades, 5, 10 e 21 quilômetros.

A retirada do kit acontecerá mediante a apresentação de documento oficial com foto (RG, Carteira Nacional de Habilitação ou Passaporte), acompanhado do recibo de pagamento enviado pelo PagSeguro ou e-mail de confirmação da inscrição enviado pela Meia Maratona do Sol ao atleta. Os atletas inscritos devem ficar atentos às orientações repassadas no regulamento da prova para evitar transtornos.

Para terceiros, a entrega só poderá ser efetivada mediante a apresentação de uma procuração, comprovante de pagamento e cópia de documento de identificação do atleta inscrito. O atleta com mais de 60 anos de idade, inscrito com o benefício da meia entrada, deve comparecer para retirar o seu kit e comprovar o direito ao benefício solicitado.

O kit entregue aos atletas do evento é composto por número de peito, camiseta em tecido tecnológico, chip de cronometragem eletrônica e regulamento da prova. No momento da retirada do kit, o responsável deverá conferir os dados, número de peito e chip.

Prova

Consolidada como uma das mais importantes do país, a prova movimentará a capital potiguar. Com largada às 16h na Arena das Dunas, a prova conta uma estrutura de nível internacional com mais de 400 pessoas trabalhando durante o evento, em áreas como segurança e assistência aos participantes.

“Desde 2014, quando realizamos a primeira Meia do Sol, nos dedicamos para oferecer a melhor experiência ao atleta. O esforço vem sendo reconhecido e, toda a estrutura montada para o evento colocou Natal no roteiro das melhores provas de corrida do Brasil”, explica Gabriel Negreiros, um dos organizadores do evento.

Foto: Tiago Lima

Fonte: Blog do BG

Deixe uma resposta

Fechar Menu