ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSA SEGUNDA-FEIRA

INTERNACIONAIS

Cantora pop Ellen Loo é encontrada morta aos 32

Crédito: Reprodução/ Instagram

A cantora Ellen Loo, durante apresentação (Crédito: Reprodução/ Instagram)

Da Redação

Ellen Loo, uma cantora pop canadense, famosa em Hong Kong e Taiwan, foi encontrada morta no último domingo (05), após cair do prédio em que morava.

De acordo com a revista “Variety”, a polícia acredita se tratar de um suicídio e não busca por suspeitos, embora não tenham sido encontrados bilhetes ou cartas.

Na última semana, em suas redes sociais, a cantora de 32 anos falava em “fazer algo ótimo”.

Nascida no Canadá, Ellen trabalhava com música em Hong Kong e Taiwan desde que tinha 17 anos, cantando folk, pop e rock. Ela foi integrante da banda at17 por um tempo, mas foi em carreira solo que se destacou mais, ganhando prêmios em 2017.

Em 2013, ela foi diagnosticada com transtorno bipolar. Em entrevista, a cantora afirmou, certa vez, que lidar com a bipolaridade era mais complicado do que se assumir gay. Ela era casada desde 2016 com a cineasta Fisher Yu.

Em nota publicada em seu perfil no Facebook por sua produtora, sua constante luta para amenizar os efeitos do transtorno também foi lembrada: “Nos últimos anos, ela vinha lutando uma dura batalha causada pelo transtorno bipolar. Sempre estivemos ao seu lado, dando apoio e força.”

Fonte: Isto É Dinheiro

Trump se diz aberto a novo acordo com Irã mas confirma retomada de sanções

Trump se diz aberto a novo acordo com Irã mas confirma retomada de sanções

(Arquivo) O presidente americano, Donald Trump – AFP

AFP

O presidente de Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira estar aberto a um novo acordo nuclear com o Irã, mas, ao mesmo tempo, confirmou a retomada de sanções contra Teerã, a quem acusa de desestabilizar o Oriente Médio.

“Continuo abeto a alcançar um acordo mais amplo que aborde toda a gama de atividades malignas do regime, incluindo seu programa de mísseis balísticos e seu apoio ao terrorismo”, afirmou Trump em um comunicado, antes de que a primeira rodada de sanções econômicas de Washington comece a vigorar esta meia-noite.

Os Estados Unidos se retiraram em maio do acordo alcançado em 2015 para impedir que o Irã desenvolva uma bomba nuclear, e acertou novas sanções econômicas a fim de aplicar pressão sobre Teerã.

Fonte: Isto É Dinheiro

 

ECONOMIA

Inflação anual na Venezuela chega a 82.766%, segundo Parlamento

Inflação anual na Venezuela chega a 82.766%, segundo Parlamento

A inflação na Venezuela acumulada em 12 meses foi de 82.766%, segundo o informe do Parlamento, de maioria opositora – AFP/Arquivos

A inflação na Venezuela foi de 125% em julho passado, o que elevou o índice acumulado em 12 meses a 82.766%, segundo o informe do Parlamento, de maioria opositora, publicado nesta segunda-feira (6).

Durante o mês passado, o país petroleiro registrou taxa de inflação diária de 2,7%, avaliou a Assembleia Nacional.

O deputado José Guerra, integrante da Comissão de Finanças do Legislativo, afirmou que na Venezuela “os preços se duplicam a cada 26 dias”.

“A hiperinflação continua seu curso destrutivo (…). O socialismo arruinou a Venezuela”, escreveu Guerra em sua conta do Twitter.

Segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI), a hiperinflação na Venezuela poderia superar 1.000.000% neste ano.

O Banco Central deixou de publicar informações sobre a evolução dos indicadores econômicos em fevereiro de 2016.

Fonte: Isto É Dinheiro

 

NACIONAIS

 

EXCLUSIVO: SÓCIO DA ENGEVIX FECHA DELAÇÃO COM A PF CONTRA TEMER

Por Claudio Dantas

O Antagonista apurou que o empresário José Antunes Sobrinho, sócio da Engevix, fechou o acordo de colaboração premiada que estava negociando com a Polícia Federal.

A delação de Antunes vai ajudar a turbinar o inquérito dos portos, que investiga repasses de propina a Michel Temer.

O acordo com a PF, que ainda depende de homologação pelo STF, ocorre depois que as negociações com a PGR não avançaram.

Andreia Araújo, a mais nova vítima de feminicídio no Brasil

Andreia estava grávida de 3 meses e foi morta pelo marido após eles discutirem em uma festa. O homem ainda tentou fugir com o corpo da esposa

andreia araújo feminicídio jaraguá

Andreia Campos Araújo

Andreia Campos Araújo, de 28 anos, é a mais nova vítima de feminicídio no Brasil. Ela estava grávida de 3 meses e foi assassinada pelo marido, Marcelo Kroin, de 39 anos.

O crime aconteceu na madrugada deste domingo em Jaraguá do Sul (SC), por volta das 3 horas, mas o corpo da vítima só foi encontrado muitas horas depois.

Marcelo Kroin tem passagens criminais por violência doméstica, ameaça contra a mulher e agressão. Em depoimento, ele confessou que matou Andreia.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 18h30 do domingo após denúncias de vizinhos. Ao chegar no local, os policiais encontraram o corpo de Andreia Araújo enrolado em um cobertor dentro do carro.

Marcelo Kroin foi preso em flagrante. Ele disse que a esposa morreu depois de uma briga do casal. O homem afirmou ter dado um soco em Andreia, que caiu no chão e bateu a cabeça.

O marido tentou justificar o crime alegando que na noite anterior teria ido a uma festa com a mulher, mas após uma discussão, ela permaneceu no evento e ele voltou para casa. Quando Andreia chegou em casa, eles teriam recomeçado a briga e, segundo ele, com uma faca, a vítima teria ameaçado matá-lo.

O homem diz ter dado um soco na esposa “que bateu a cabeça no chão e em seguida deu alguns suspiros e morreu”, conforme relato à PM.

Depois de matar Andreia, o marido tentou fugir com o corpo dela. Às 14h do domingo, ele dirigiu até a cidade vizinha com a esposa morta dentro do carro, mas “sem saber o que fazer, voltou para casa com o corpo no veículo”.

Marcelo Kroin deve responder pelo crime de feminicídio e pode pegar de 12 a 30 anos de prisão. Além de estar grávida, Andreia era mãe de uma menina de 10 anos.

Andreia Araújo e Marcelo Kroin

Fonte: Isto É

URGENTE: Lava Jato Prende Banqueiro No Rio De Janeiro

A Pоlíсіа Federal еѕtá еm аçãо nas ruas do Rio de Janeiro раrа сumрrіr umа nоvа еtара da Oреrаçãо Lаvа Jato. O аlvо dеѕtа operação é o bаnԛuеіrо Eduаrdо Plаѕѕ, dо TAG Bаnk e sócio da corretora Oрuѕ Pаrtісіраçõеѕ.
Elе é ѕuѕреіtо dе ѕеr o rеѕроnѕávеl pela lavagem de R$ 90 mіlhõеѕ dа jоаlhеrіа H. Stеrn. Plass mora em Lоndrеѕ, mаѕ еѕtаvа de раѕѕаgеm реlо Rio, o ԛuе аlеrtоu аѕ аutоrіdаdеѕ. Sеgundо рrосurаdоrеѕ, o banco fеz a роntе do еѕԛuеmа dе соrruрçãо que uniu o еx-gоvеrnаdоr do RJ Sérgіо Cabral e o empresário Eіkе Bаtіѕtа.
O juiz Mаrсеlо Bretas еxреdіu trêѕ mаndаdоѕ dе рrіѕãо temporária, ѕеndо оѕ outros dоіѕ contra аѕ ѕóсіаѕ minoritárias de Plаѕѕ: Maria Rірреr Kos e Prіѕсіlа Mоrеіrа Iglеѕіаѕ.

Depósitos em poupança superam saques em R$ 3,7 bilhões em julho

Estadão Conteúdo

Depósitos em poupança superam saques em R$ 3,7 bilhões em julho

Estadão Conteúdo

A caderneta de poupança fechou julho com captação líquida de R$ 3,748 bilhões, informou nesta segunda-feira, 6, o Banco Central. O valor reflete o montante de recursos que os brasileiros depositaram na caderneta, já descontados os saques no período. Foi o quinto mês consecutivo de captação líquida na poupança e o melhor resultado para julho deste 2014 (R$ 4,029 bilhões).

No mês passado, conforme o BC, os aportes na caderneta somaram R$ 189,800 bilhões, enquanto os saques atingiram R$ 186,052 bilhões. Considerando os rendimentos de R$ 2,846 bilhões em julho, o total de recursos depositados na poupança chega hoje a R$ 755,682 bilhões.

No acumulado do ano até julho, a captação da poupança está positiva em R$ 11,097 bilhões. Isso é resultado de aportes de R$ 1,260 trilhão e retiradas de R$ 1,249 trilhão.

O resultado positivo da poupança em 2018 contrasta com o cenário visto em anos anteriores. Em 2015 e 2016, a crise econômica havia acirrado os saques, com as famílias mais retirando do que colocando recursos na caderneta para fazer frente às despesas do dia a dia.

Em 2017, o cenário começou a mudar, em meio ao início da recuperação econômica. Ainda assim, os primeiros meses do ano foram marcados por mais saques que depósitos, sendo que a recuperação dos saldos ocorreu no segundo semestre.

Este ano, a recuperação gradual da atividade e da própria renda, em um ambiente de inflação baixa, favoreceu a captação líquida de recursos pela poupança. Em junho, também começou a liberação de parte dos recursos do PIS-Pasep para pessoas que trabalharam entre 1971 e 1988. A liberação de recursos, em um total de R$ 16 bilhões, vai se estender até 28 de setembro.

Atualmente, a remuneração da caderneta de poupança é formada pela taxa referencial (TR) mais 70% da Selic (a taxa básica de juros). A Selic, por sua vez, está hoje em 6,50% ao ano.

Esta regra de remuneração vale sempre que a taxa básica estiver abaixo dos 8,50% ao ano. Quando estiver acima disso, a poupança será atualizada pela TR mais uma taxa fixa de 0,5% ao mês (6,17% ao ano).

Deixe uma resposta

Fechar Menu