ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSA QUINTA-FEIRA

Por G1

 

Eleições 2018: os números da mais recente pesquisa Datafolha com as intenções de voto para presidente, os índices de rejeição, e as simulações de 2º turno. A expectativa para o último debate entre os presidenciáveis no 1º turno. O agressor de Bolsonaro vira réu depois do atentado contra o candidato do PSL. Horário de Verão mais curto: o governo adiou o início da virada do relógio para 18 de novembro. Veja o que foi notícia nesta quinta-feira:

NACIONAIS

Eleições 2018

O Datafolha divulgou o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. Veja os números abaixo:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 35%
  • Fernando Haddad (PT): 22%
  • Ciro Gomes (PDT): 11%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
  • Marina Silva (Rede): 4%
  • João Amoêdo (Novo): 3%
  • Alvaro Dias (Podemos): 2%
  • Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Cabo Daciolo (Patriota): 1%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 0%
  • Vera Lúcia (PSTU): 0%
  • João Goulart Filho (PPL): 0%
  • Eymael (DC): 0%
  • Branco/nulos: 6%
  • Não sabe/não respondeu: 5%

Nos votos válidos, Bolsonaro tem 39%, Haddad, 25%, Ciro, 13%, Alckmin, 9%, e Marina, 4%.

Último debate

Candidatos à Presidência da República vão participar de debate na TV Globo

Candidatos à Presidência da República vão participar de debate na TV Globo

Sete candidatos à Presidência da República participam daqui a pouco debate na TV Globo, o último antes do 1º turno. São eles: Alvaro Dias, Ciro Gomes, Fernando Haddad, Geraldo Alckmin, Guilherme Boulos, Henrique Meirelles e Marina Silva. O candidato Jair Bolsonaro foi convidado, mas não irá participar por recomendação médica.

Todos os presidenciáveis que irão participar do evento não tiveram agenda pública e não fizeram atos de campanha na rua.

Tretas eleitorais no WhatsApp

Eleitores falam ao G1 como anda o grupo de mensagens da família

Eleitores falam ao G1 como anda o grupo de mensagens da família

Brigas em grupos de famílias e amigos no WhatsApp já são resultado certo da eleição de 2018 no Brasil. Quanto mais perto da votação, mais gente fala sobre os barracos nesses grupos. O G1 conversou com pessoas que buscaram soluções para os conflitos – ou desistiram de vez. Também conversou com um psiquiatra sobre causas e possíveis atitudes diante das “tretas”. Tentar controlar impulsividade é uma das soluções. Leia a reportagem para mais dicas.

Candidatos pelo país

Cidades visitadas pelos presidenciáveis da 1ª a 7ª semana de campanha eleitoral — Foto: Fernanda Garrafiel, Roberta Jaworski, Karina Almeida e Juliane Monteiro/G1

Os estados de SP e RJ foram os dois principais destinos da maioria dos candidatos à Presidência da República nas eleições de 2018 até aqui na campanha, que termina no sábado. Segundo levantamento feito pelo G1, os presidenciáveis percorreram juntos 289 mil quilômetros em 7 semanas.

Mais eleições

Denúncia aceita

Adélio Bispo — Foto: Reprodução/TV Globo

Adélio Bispo — Foto: Reprodução/TV Globo

Justiça de MG aceitou denúncia do Ministério Público e tornou réu Adélio Bispo, homem que desferiu facada no candidato à Presidência Jair Bolsonaro. Ele foi enquadrado na Lei de Segurança Nacional e responderá pelo crime de atentado pessoal por inconformismo político. Se for condenado, Adélio pode pegar pena de 3 a 10 anos de reclusão, aumentada até o dobro, em razão da lesão corporal grave.

30 anos de Constituição

Dias Toffoli — Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF

Dias Toffoli — Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF

Supremo Tribunal Federal (STF) realizou sessão especial comemorativa dos 30 anos da Constituição Federal. Em discurso, o presidente do Supremo, ministro Dias Toffoli, rechaçou a ditadura. Ele também lembrou que nenhum outro ator institucional é mais “efetivo” que o próprio cidadão. No evento, também discursou o presidente Michel Temer, em que afirmou que não há caminho fora da Constituição, o ministro Marco Aurélio Mello, a procuradora-geral Raquel Dodge e o presidente da OAB, Claudio Lamachia.

Horário de Verão

selo horário de verão 07 — Foto: Ramon Espinosa/AP

selo horário de verão 07 — Foto: Ramon Espinosa/AP

O início do horário de verão foi adiado para 18 de novembro. Alteração foi feita por conta do Enem. Ministério da Educação pediu mudança porque data anterior, em 4 de novembro, coincidia com o primeiro dia de provas. O presidente Michel Temer já havia reduzido o horário de verão por conta das eleições.

Curtas e rápidas

Poluição seria a causa da mudança da cor nas águas do Tietê em Arealva — Foto: Willian Silva / TV TEM

Poluição seria a causa da mudança da cor nas águas do Tietê em Arealva — Foto: Willian Silva / TV TEM

Votação da reforma da Previdência em 2018 depende de presidente eleito

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, disse hoje (4) que o governo vai esperar a eleição do novo presidente da República para definir se tentará aprovar a reforma da Previdência ainda neste ano, no “apagar das luzes” da gestão Michel Temer. Segundo Marun, a posição do próximo presidente sobre o tema será fundamental para determinar uma nova tentativa de aprovação da matéria no Congresso.

“A reforma da Previdência, que é um desejo do presidente, depende do resultado eleitoral. Depende do posicionamento de quem ganhar, das manifestações de quem vencer a eleição. Não vamos afrontar o pensamento do vencedor logo após as eleições. Até porque, se ele é o vencedor, representará o pensamento da maioria”, disse Marun em entrevista coletiva no Palácio do Planalto.

Segundo ele, o governo está disposto a levar adiante a aprovação da reforma ainda neste ano, caso o presidente eleito assim queira. Considera-se, inclusive, antecipar o fim da intervenção militar na segurança pública do Rio de Janeiro, para viabilizar a votação no Congresso. Conforme a lei, a intervenção impede a votação de emendas constitucionais, como é o caso da reforma da Previdência.

Transição de governo
O ministro procurou passar naturalidade ao ser questionado sobre o processo de transição de governo. Com Henrique Meirelles, candidato do partido do governo MDB, com desempenho fraco nas pesquisas, Marun fala em respeitar o presidente eleito, seja ele de um partido de oposição ao governo Temer ou da situação.

“Temos, nesse momento, que respeitar a decisão das urnas. Quem chegar no meu ministério a mando do presidente eleito o fará em função da decisão das urnas e será merecedor, seja quem for, do meu respeito”.

Um gabinete de transição foi montado no Centro Cultural Banco do Brasil, localizado a seis quilômetros do Palácio do Planalto. Segundo Marun, a equipe do novo governo terá condições de iniciar “imediatamente” o trabalho de transição. Esse processo será conduzido pela Casa Civil e pela Secretaria-Geral da Presidência da República.

Votações na próxima semana

Marun ainda abordou votações prioritárias para a próxima semana no Congresso. Dentre elas, o ministro destacou a medida provisória que cria a estrutura do Ministério da Segurança Pública. “Ela nos preocupa e é uma das razões que faz com que tenhamos a convicção de termos parlamentares suficientes para aprovar, pelo menos, em uma das casas na próxima semana”.

No Senado, o governo tentará ver aprovada na próxima semana as regras sobre a chamada duplicata eletrônica e proposta que permite à Petrobras transferir ou negociar até 70% dos campos da cessão onerosa do pré-sal na Bacia de Santos, dentre outros temas. “Temos um conjunto de medidas, algumas poderão ser aprovadas. Mas temos conhecimento de que não poderemos aprovar todas elas”

Agência Brasil

Comments

Em pronunciamento, Temer deverá ressaltar importância da Constituição

Foto: José Cruz/Agência Brasil/

O presidente Michel Temer fará um pronunciamento amanhã (5) em comemoração ao aniversário de 30 anos da Constituição Federal e também sobre a importância do voto e das eleições.

O publicitário Elsinho Mouco, diretor de conteúdo da comunicação digital do governo, confirmou o pronunciamento do presidente. A veiculação deverá ser em cadeia nacional.

Nesta quinta-feira (4), em entrevista exclusiva à NBR, Temer ressaltou que a Contituição garante a soberania do povo, daí a relevância do voto. “No dia 7 de outubro, nós vamos ter a manifestação daquele que é dono do poder [o povo]”, disse em entrevista.

“Não deixe de lutar. Ao dar seu voto, você está dando uma procurarção para cuidar da sua grande casa, que é seu país, isso a Constituição brasileira assegurou”, disse ele.

Detalhes

Ontem (3) o presidente se reuniu com a equipe de comunicação para definir os detalhes do pronunciamento. Advogado e ex-deputado federal constituinte, em 1988, se especializou em direito constitucional – disciplina que lecionou durante anos.

Em seus discursos, Temer cita frequentemente a Constituição como balizadora do desenvolvimento do país. De acordo com especialistas, o presidente é referência nacional quando o assunto é a Constituição Federal.

Em 5 de outubro de 1988, o então presidente da Assembleia Constituinte, deputado Ulysses Guimarães, encerrou os trabalhos e apresentou o texto à sociedade brasileira.

“Declaro promulgada. O documento da liberdade, da dignidade, da democracia, da justiça social, do Brasil. Que Deus nos ajude que isso se cumpra”, disse à época Ulysses Guimarães referindo-se aos 250 artigos da Carta Magna.

Agência Brasil

Comments

Entrevista de Bolsonaro na Record sela aproximação do candidato com a Universal

A decisão de veicular uma entrevista com Jair Bolsonaro (PSL) no mesmo horário do debate dos outros presidenciáveis na TV Globo selou a aproximação do candidato com a Rede Record, controlada pela Igreja Universal do Reino de Deus.

O objetivo de Bolsonaro é ter na Record sua “Fox News”, como dizem seus aliados em referência à emissora noticiosa americana que publica pontos de vista majoritariamente favoráveis ao presidente Donald Trump -largamente espezinhado pela mídia tradicional dos EUA.

Entrevista

A Globo exibirá na noite desta quinta-feira (4) o último debate entre os candidatos que disputam as eleições presidenciais. Diante disso, a Record decidiu transmitir uma entrevista exclusiva com o líder das pesquisas de intenção de voto Jair Bolsonaro (PSL) no mesmo horário do debate, por volta das 22h00.

Seguindo orientações da sua equipe médica, o candidato do PSL já deixou claro que não estará presente nos estúdios da emissora carioca.

Comments

PESQUISA DATAFOLHA 2º TURNO: Bolsonaro empata tecnicamente com Haddad, que não ganha de ninguém; Alckmin vence todos

A pesquisa DataFolha também fez um levantamento para o segundo turno com os principais nomes envolvidos na corrida presidencial. O candidato Jair Bolsonaro perde para praticamente todos os adversários. Ele está empatado tecnicamente com Fernando Haddad, que não vence ninguém.

Resultados

Bolsonaro 44% x 43% Haddad (branco/nulo: 10%; não sabe: 2%)
Ciro 48% x 42% Bolsonaro (branco/nulo: 9%; não sabe: 2%)
Alckmin 43% x 42% Bolsonaro (branco/nulo: 13%; não sabe: 2%)
Alckmin 42% x 38% Haddad (branco/nulo: 17%; não sabe: 3%)

Sobre a pesquisa

A pesquisa DataFolha foi contratada pela TV Globo e pela Folha de S. Paulo e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-02581/2018. A coleta dos dados aconteceu entre os dias 3 e 4 de outubro com 10.930 eleitores de todas as regiões do país. Ela foi calculada com margem de erro de 2% para mais ou para menos e com 95% de confiança dela retratar o atual cenário.

Comments

PESQUISA DATAFOLHA REJEIÇÃO: Bolsonaro tem 45%; Haddad, 40%; Marina, 28%; Alckmin, 24%; Ciro, 21%

O DataFolha também quis saber a rejeição dos candidatos a presidente da República, ou seja, aquele em que a população não vota de maneira alguma no primeiro turno das eleições. Neste levantamento, os entrevistados podem citar mais de um candidato, por isso os resultados somam mais de 100%.

Os resultados foram

Bolsonaro: 45%
Haddad: 40%
Marina: 28%
Alckmin: 24%
Ciro: 21%
Meirelles: 15%
Boulos: 14%
Cabo Daciolo: 14%
Vera: 13%
Alvaro Dias: 13%
Eymael: 12%
Amoêdo: 11%
João Goulart Filho: 11%
Não votaria em nenhum: 2%
Poderia votar em todos: 2%
Não sabe/não respondeu: 4%

Sobre a pesquisa

A pesquisa DataFolha foi contratada pela TV Globo e pela Folha de S. Paulo e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-02581/2018. A coleta dos dados aconteceu entre os dias 3 e 4 de outubro com 10.930 eleitores de todas as regiões do país. Ela foi calculada com margem de erro de 2% para mais ou para menos e com 95% de confiança dela retratar o atual cenário.

Comments

PESQUISA DATAFOLHA EVOLUÇÃO: Bolsonaro cresce 3% e aumenta vantagem pra Haddad que cresceu 1%; Ciro de mantém; Alckmin cai 1%

O DataFolha também realizou uma comparação dos números de hoje em relação à pesquisa anterior do instituto, que foi divulgada na terça-feira (2). Nessa evolução o candidato Jair Bolsonaro mostrou um crescimento de 3%, saindo de 32% para 35%, um crescimento fora da margem de erro.

Confira os números

Bolsonaro passou de 32% para 35%;
Haddad foi de 21% para 22%;
Ciro se manteve com 11%;
Alckmin foi de 9% para 8%;
Marina se manteve com 4%;
Os indecisos se mantiveram em 5%
Os brancos ou nulos foram de 8% para 6%.

Sobre a pesquisa

A pesquisa DataFolha foi contratada pela TV Globo e pela Folha de S. Paulo e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-02581/2018. A coleta dos dados aconteceu entre os dias 3 e 4 de outubro com 10.930 eleitores de todas as regiões do país. Ela foi calculada com margem de erro de 2% para mais ou para menos e com 95% de confiança dela retratar o atual cenário.

Comments

Ministro Dias Toffoli ressalta cidadão como o ator mais importante na concretização do texto constitucional

 

Na sessão solene para celebrar os 30 anos da Constituição Federal de 1988, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, afirmou que o ator constitucional mais efetivo para a progressiva concretização do texto magno é o próprio cidadão, o povo, aquele à que se destina a Carta Magna. “É essa percepção que deve conduzir seu intérprete [o Poder Judiciário] na constante evolução de sua aplicação, de modo a assegurar que as conquistas até aqui obtidas vigorem, não admitindo as involuções, especialmente quanto à democracia estabelecida, a cidadania conquistada e a pluralidade até aqui construída”.

O presidente do STF destacou que a Constituição de 1988 dotou ao Poder Judiciário novas estruturas e encargos, garantindo sua independência e autonomia necessárias para o exercício de seu indeclinável ofício jurisdicional, que deve ser realizado com total independência. “Não fosse por isso, o Judiciário, e essa Corte Suprema em particular, não disporia dos instrumentos para promover e manter a paz na sociedade brasileira, quer entre as pessoas, quer entre as instituições”, afirmou.

O ministro Dias Toffoli salientou que os desafios sempre existirão e, citando o constitucionalista português Gomes Canotilho, uma das funções primárias de uma constituição cidadã é a de fazer ecoar “os gritos do nunca mais” contra a escravatura, a ditadura, o nazismo, o fascismo, o racismo e o comunismo. Segundo ele, o jogo democrático traz incertezas e a grandeza de uma nação é exatamente se inserir nesse jogo democrático e ter a coragem de viver a democracia. “Temos como guia, como farol, este pacto fundante, a aniversariante de 1988. E nós, o Supremo, somos e seremos os garantes desse pacto”, concluiu.

LOCAIS

Aeroporto de Natal terá posto de justificativa de voto nas eleições

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) anunciou, hoje (4), que, durante o período eleitoral, vai reforçar o monitoramento nos 55 aeroportos que administra em todo o país. Natal, mesmo com administração particular, também vai contar com postos de justificativa montados pelos Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para atender aos eleitores que precisarem justificar a ausência em seus locais de votação, das 8h às 17h.

Além disso, os eleitores que estiverem viajando no próximo domingo (7) poderão justificar a ausência nos postos de justificativa que serão montados pelos Tribunais Regionais Eleitorais em alguns dos aeroportos administrados pela Infraero.

Segundo a empresa estatal, o reforço do monitoramento pelos próximos dias tem o objetivo de garantir conforto e fluidez aos usuários do transporte aéreo e será feito durante os horários de maior fluxo de passageiros e de voos.

Funcionários identificados por um colete amarelo com a frase “Posso Ajudar/May I Help You?” ficarão de prontidão nos saguões e áreas públicas para tirar dúvidas sobre horários de voos, portões de embarque e fazer outros esclarecimentos. Nos balcões de informações da Infraero, as equipes também estão preparadas para orientar os viajantes.

Os postos de justificativa eleitoral já confirmados pela Justiça Eleitoral serão montados nos aeroportos Santa Genoveva, em Goiânia; Eurico de Aguiar Salles, em Vitória; Val-de-Cans, em Belém; Marechal Rondon, em Cuiabá; Senador Petrônio Portella, em Teresina; Zumbi dos Palmares, em Maceió; César Bombonato, em Uberlândia e Santa Maria, em Aracaju. A relação pode sofrer alterações conforme decisão dos tribunais regionais eleitorais.

Dois aeroportos administrados pela concessionária Inframérica, o Presidente Juscelino Kubitscheck, em Brasília, e o de Natal também vão contar com postos de justificativa montados pelos tribunais regionais eleitorais para atender aos eleitores que precisarem justificar a ausência em seus locais de votação, das 8h às 17h.

A Inframérica prevê um fim de semana de operação e fluxo de passageiros normais. Mesma expectativa da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que não montou nenhum esquema especial para as vésperas do primeiro turno, embora garanta que os terminais estarão sendo monitorados e, se necessário, equipes serão rapidamente deslocadas para cobrir eventuais problemas.

Agência Brasil

Advogado suspeito de agredir mulher e filho tem prisão preventiva decretada

O advogado Bruno Henrique Saldanha Farias teve sua prisão preventiva decretada após audiência de custódia realizada na tarde desta quinta-feira (4). O suspeito foi julgado preventivamente por agredir a esposa e, em seguida, ter jogado o filho de dez meses no chão após uma briga do casal.

De acordo com a assessoria do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), após a definição da prisão preventiva, o suspeito está a disposição da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc) para a definição da unidade prisional onde ficará custodiado enquanto aguarda o seu julgamento.

Na decisão, o juiz Michel Mascarenhas Silva também decretou medidas protetivas em favor da esposa e a criança. Nos termos da decisão do magistrado, o acusado Bruno Saldanha Farias terá a suspensão da posse ou restrição do porte de armas. Foi decretado o afastamento do lar, domicílio ou local de convivência com a ofendida, bem como a proibição de aproximação da vítima, de seus familiares e testemunhas, fixando o limite mínimo de um quilômetro.

Segundo a defesa do advogado, o próximo passo é aguardar o resultado de “ações policiais” para que a agressão seja, de fato, provada. “Será iniciada uma acareação com a empregada que falou neste caso, bem como a depuração das câmeras de segurança da casa. As ações irão trazer uma conclusão se houve ou não agressão à criança, mérito pelo qual a prisão preventiva foi decretada. Acredito que nas próximas horas, teremos uma definição”, comentou Vitor Deus, advogado de defesa.

O caso

Nesta quarta-feira (3), o advogado Bruno Henrique Saldanha Freitas foi preso após agredir a esposa e jogar o filho de dez meses no chão. A informação foi confirmada pela Polícia Militar, que acrescentou que as agressões teriam sido ocorrido após briga entre o casal. Ainda de acordo com a PM, as agressões ocorreram no bairro de Neópolis, zona Sul da capital potiguar. O suspeito chegou a fugir levando o bebê para uma outra residência, em Candelária, onde foi preso em flagrante pela PM. Antes de ter sua prisão consolidada, chegou a desacatar os oficiais de segurança e foi levado à Central de Flagrantes da Polícia Civil para prestar depoimento.

A criança foi levada ao hospital com um sangramento no nariz e foi submetida a exames, mas passa bem. A mãe também ficou ferida, mas não precisou ser hospitalizada. A delegada Ana Paula Pinheiro, da Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM), disse à InterTV Cabugi que está aguardando que os procedimentos realizados pela Delegacia de Plantão da Zona Sul sejam finalizados e encaminhados para ela. Após isso, vai decidir se serão necessárias novas diligências antes do inquérito ser produzido e encaminhado à Justiça.

Tribuna do Norte

Fonte: Blog do BG

Por G1 RN

 


Cesta básica teve redução de 1,58% no valor médio, em setembro — Foto: Reprodução EPTV

Cesta básica teve redução de 1,58% no valor médio, em setembro — Foto: Reprodução EPTV

A cesta básica de Natal teve uma queda de 1,58% no valor médio de setembro, em relação ao mês de agosto, segundo informou o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconomicos (Dieese) nesta quinta-feira (4). O conjunto de produtos considerados essenciais custou em média R$ 330,30, ou cerca de 37,63% do salário mínimo líquido.

Com isso, a capital potiguar ocupou a quarta colocação entre as cidades com menor valor para a cesta. A pesquisa foi feita em 18 capitais. Considerando desde setembro do ano passado, a variação anual foi de 1,98%, porém, nos nove meses de 2018, ela foi negativa (-0,27%).

Entre agosto e setembro, oito produtos tiveram redução nos preços: banana (-9,52%), farinha de mandioca (-4,65%), feijão carioquinha (-4,31%), açúcar refinado (-3,91%), tomate (-2,87%), carne bovina de primeira (-0,46%), arroz agulhinha (-0,38%) e leite integral (-0,23%). O óleo de soja e a manteiga não apresentaram alteração, segundo o Dieese.

Já as altas foram registradas em itens como o pão francês (0,57%) e o café em pó (0,86%).

Em 12 meses, seis produtos apresentaram elevação acumulada de preços: tomate (21,54%), leite integral (19,35%), pão francês (10,31%), carne bovina de primeira (3,95%), arroz agulhinha (0,67%) e manteiga (0,46%).

Os valores de outros cinco itens tiveram registro de queda: feijão carioquinha (-18,45%), banana (-16,53%), açúcar refinado (-15,00%), farinha de mandioca (-14,29%) e café em pó (-1,51%).

O Dieese ainda apontou que o potiguar que tem remuneração equivalente ao salário mínimo precisou cumprir 76 horas e 10 minutos em setembro, apenas para ter acesso ao valor da certa básica. O tempo é menor que o de agosto, que era de 77 horas e 23 minutos. Em setembro de 2017, a jornada era de 76 horas e 03 minutos.

Seguindo a mesma lógica, em setembro de 2018, o custo da cesta em Natal comprometeu 37,63% do salário mínimo líquido (após os descontos previdenciários). Em agosto, o percentual exigido foi superior (38,24%) e em setembro de 2017 era de 37,57%.

Por G1 RN

 


Mutirão de mamografias gratuitas começa na segunda-feira (8) na Zona Norte de Natal — Foto: Reprodução/ TV TEM

Mutirão de mamografias gratuitas começa na segunda-feira (8) na Zona Norte de Natal — Foto: Reprodução/ TV TEM

Começa nesta segunda-feira (8), a partir das 8h, o mutirão de mamografias gratuitas promovido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), na UBS de Santarém, Zona Norte de Natal. O evento acontecerá dentro da programação do Outubro Rosa, mês de conscientização e combate ao câncer de mama.

O atendimento será feito na Unidade Móvel Savana Galvão, do Grupo Reviver, e é voltado para mulheres com idade entre 50 e 69 anos. As pacientes poderão fazer os exames pelo Sistema Único de Saúde (SUS), sem a necessidade de pedido médico

As ações acontecerão em quatro bairros da Zona Norte da capital e seguem até o dia 2 de novembro.

Confira as datas e locais:

  • 08/10 a 12/10 – UBS Santarém (Avenida Rio Doce, 12 – Santarém)
  • 15/10 a 19 /10 – Policlínica Oeste (Avenida Pernambuco, 166 – Cidade da Esperança)
  • 22/10 a 26/10 – Unidade Rosângela Lima (Rua Santa Beatriz, 11 – Planalto)
  • 28/10 a 02/11 – Policlínica Zeca Passos (Praça Augusto Severo, 281- Ribeira)

Fonte: G1 RN

Por Acson Freitas e Bruno Vital, Inter TV Cabugi e G1 RN

 


Força Nacional fecha casas de azar em Natal — Foto: Redes Sociais/Divulgação

Força Nacional fecha casas de azar em Natal — Foto: Redes Sociais/Divulgação

A Força Nacional fechou duas casas de jogos de azar e apreendeu vinte e cinco máquinas caça-níquel na tarde desta quinta-feira (4), em um bar no bairro do Alecrim, Zona Leste de Natal.

Os policiais da FN chegaram ao local por meio de uma denúncia de tráfico de drogas e encontraram as máquinas em dois estabelecimentos da região. Os jogadores deixaram objetos pessoais no local ao fugir da ação dos policiais, e até o momento ninguém foi preso.

Fonte: G1RN

Deixe uma resposta

Fechar Menu