ÚLTIMAS NOTÍCIAS DESSA QUARTA-FEIRA

Por G1

 

Bolsonaro em Brasília. O presidente eleito se encontra com o presidente do STF e diz a Dias Toffoli que irá consultar o ministro ‘muitas vezes’ antes de tomar decisões. O Ministério do Trabalho será extinto e incorporado a outras pastas. Após reunião no Planalto sobre a transição de governo, Temer convida Bolsonaro para ir à cúpula do G20, antes da posse. Nos EUA, Congresso dividido. Trump perdeu a maioria na Câmara, mas ampliou o controle no Senado e celebra atacando a imprensa: ‘desegradável e hostil’. As urnas também garantiram uma eleição histórica de minorias e uma ‘onda rosa’, com recorde de deputadas eleitas, e à chegada à Câmara norte-americana de indígenas, muçulmanas e da mulher mais jovem, uma latina de 29 anos. O que foi notícia nesta quarta-feira:

INTERNACIONAIS

Eleição nos EUA

 — Foto: Arte G1

— Foto: Arte G1

Partido Democrata conquistou a maioria da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos pela primeira vez em 8 anos. Com isso, o resultado das eleições legislativas significa uma derrota parcial para o presidente Donald Trump, já que o seu partido, o Republicano, vai ampliar sua vantagem no Senado.

Donald Trump discute com Jim Acosta em entrevista coletiva — Foto: Reuters/Jonathan Ernst

Donald Trump discute com Jim Acosta em entrevista coletiva — Foto: Reuters/Jonathan Ernst

Apesar do revés na Câmara, Trump afirmou que as eleições legislativas de meio de mandato foram “um tremendo sucesso”. A entrevista coletiva do presidente dos EUA após o resultado foi bastante agitada, e teve um ponto alto de tensão quando Trump respondeu de forma enérgica a um jornalista da rede CNN, Jim Acosta, a quem chamou de “inimigo do povo” por, segundo o presidente, reportar notícias falsas.

‘Onda rosa’

Candidata democrata ao Congresso, Alexandria Ocasio-Cortez, cumprimenta apoiadores na festa após sua eleição na cidade de Nova York (EUA), na noite de terça-feira (6) — Foto: Andrew Kelly/ Reuters

Candidata democrata ao Congresso, Alexandria Ocasio-Cortez, cumprimenta apoiadores na festa após sua eleição na cidade de Nova York (EUA), na noite de terça-feira (6) — Foto: Andrew Kelly/ Reuters

Um número recorde de candidatas foi eleito para o Congresso Nacional dos EUA quase dois anos depois que mulheres se espalharam pelas ruas de cidades em várias regiões do país para protestar contra a posse do presidente Donald Trump. Somados os resultados, Câmara e Senado terão mais de 100 mulheres congressistas. Algumas das mulheres eleitas representam marcos na eleição de meio de mandato. Uma delas, Alexandria Ocasio-Cortez (Nova York), de 29 anos, membro da ala esquerda do Partido Democrata, é a mais jovem deputada eleita na história dos Estados Unidos.

Baixa na Casa Branca

O procurador-geral dos EUA, Jeff Sessions, testemunha perante um Comitê Judiciário da Câmara no Capitólio, em Washington, na terça-feira (14) — Foto: Reuters/Aaron P. Bernstein

O procurador-geral dos EUA, Jeff Sessions, testemunha perante um Comitê Judiciário da Câmara no Capitólio, em Washington, na terça-feira (14) — Foto: Reuters/Aaron P. Bernstein

Mais uma baixa no governo Trump. O procurador-geral dos EUA, Jeff Sessions deixou o cargo após pedido do próprio presidente. A relação do presidente com Sessions, chefe do Departamento de Justiça, se deteriorou durante investigações do suposto conluio de Trump com os russos na aleição presidencial de 2016.

Fonte: G1

NACIONAIS

Futuro governo

Ministério do Trabalho vai ser incorporado a algum ministério, diz Bolsonaro

Ministério do Trabalho vai ser incorporado a algum ministério, diz Bolsonaro

Jair Bolsonaro afirmou que o Ministério do Trabalho será extinto e incorporado a outra pasta, ainda não definida. A declaração foi dada após almoço no Superior Tribunal de Justiça (STJ), no segundo dia da agenda do presidente eleito em Brasília. Criado há 88 anos, o ministério divulgou nota em que afirma que ‘o futuro do trabalho e suas complexas relações precisam de um ambiente institucional adequado’.

Jair Bolsonaro diz que vai consultar ministro Dias Toffoli antes de tomar decisões

Jair Bolsonaro diz que vai consultar ministro Dias Toffoli antes de tomar decisões

Antes, Bolsonaro se encontrou com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e afirmou que vai consultar o ministro “muitas vezes” antes de tomar decisões em seu governo. “Pode ter certeza Vossa Excelência que muitas vezes antes de tomar iniciativa o procurarei para que a gente possa aperfeiçoar essa idea e ela, de forma mais harmônica, siga seu curso nacional dentro do parlamento”, disse o presidente eleito.

O presidente Michel Temer ao cumprimentar o presidente eleito Jair Bolsonaro, durante encontro no Palácio do Planalto — Foto: Alan Santos/PR

O presidente Michel Temer ao cumprimentar o presidente eleito Jair Bolsonaro, durante encontro no Palácio do Planalto — Foto: Alan Santos/PR

À tarde, Bolsonaro e Temer discutiram o governo de transição e fizeram pronunciamento conjunto após a reunião. Temer disse que convidou o presidente eleito para acompanhá-lo em viagens internacionais que fará até o final do ano. “Tenho viagens programadas, mencionei até o G20, será agora no fim do mês, não sei se o presidente poderá. Mas disse a ele que, quando ele queira, nós poderemos ir juntos para o exterior”, afirmou Temer.

Reajuste no STF

Senado aprovou uma aumento de 16% para ministros do STF e para a PGR. Os salários passarão a R$ 39,2 mil e a proposta causa um impacto de R$ 4 milhões. A proposta, apresentada pelo próprio Supremo, já tinha passado pela Câmara e estava parada desde 2016. Agora, depende da sanção de Temer para começar a valer. Mais cedo, o presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou que não era “o momento” para o reajuste.

Ex-presidente preso

O ex-presidente Lula em São Bernardo do Campo (SP), em 7 de abril, poucas horas antes de se entregar à Polícia Federal — Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O ex-presidente Lula em São Bernardo do Campo (SP), em 7 de abril, poucas horas antes de se entregar à Polícia Federal — Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), disse que o novo pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode ser julgado ainda neste ano pela Corte. Os advogados argumentam apresentou novo recurso depois que Moro aceitou integrar ministério no governo Bolsonaro, e alegam imparcialidade do juiz federal.

Alta de preços

Selo IPCA outubro — Foto: Infografia: Claudia Peixoto/Editoria de Arte G1

Selo IPCA outubro — Foto: Infografia: Claudia Peixoto/Editoria de Arte G1

inflação em outubro foi a maior para o mês em 3 anos, puxada por combustíveis e alimentos. Gastos com esses grupos representaram cerca de 70% do índice, segundo o IBGE.

Caso Daniel

Vídeos mostram jogador Daniel em festa de suspeitos antes do crime — Foto: Reprodução/RPC

Vídeos mostram jogador Daniel em festa de suspeitos antes do crime — Foto: Reprodução/RPC

Quatro testemunhas que estavam na casa da família Brittes quando o jogador Daniel foi espancado prestaram depoimento na Polícia Civil de São José dos Pinhais, na região de Curitiba. Uma das testemunhas afirmou que o suspeito disse que o jogador ‘mexeu com mulher de bandido’, e que o jogador pediu socorro e implorou para não morrer. O empresário Edison Brittes Júnior disse que espancou e matou Danielapós ter flagrado o jogador deitado na cama com Cristiana, esposa do empresário.

Salão do Automóvel de SP

Lamborghini Urus no Salão do Automóvel 2018 — Foto: Fábio Tito/G1

Lamborghini Urus no Salão do Automóvel 2018 — Foto: Fábio Tito/G1

Supercarros de luxo e marcas asiáticas foram destaques no 2º dia de programação Salão do Automóvel de São Paulo, que abre para o público a partir de amanhã. O lançamento mais caro do dia é o primeiro SUV da Rolls-Royce, o Cullinan. Ele chega por R$ 4,4 milhões. Da Ferrari, a novidade é a 488 Pista. Ela é a versão mais potente do modelo, e tem 720 cv em seu V8. O preço? “Apenas” R$ 3,7 milhões.

Ferrari 488 Pista no Salão do Automóvel 2018 — Foto: Fabio Tito/G1

Ferrari 488 Pista no Salão do Automóvel 2018 — Foto: Fabio Tito/G1

Chutar ou não?

Vai chutar na prova do Enem? Entenda a metodologia da Teoria da Resposta ao Item — Foto: Fernanda Garrafiel/G1

Vai chutar na prova do Enem? Entenda a metodologia da Teoria da Resposta ao Item — Foto: Fernanda Garrafiel/G1

G1 ouviu um matemático para explicar o sistema ‘anti-chute’ do Enem, para detectar se os candidatos têm ou não a proficiência exigida para acertas as questões mais difíceis. O especialista, no entanto, disse que alguns momentos em que chutar entre as cinco alternativas – ou entre duas ou três, após um primeiro filtro – é a melhor opção. Depois de um primeiro dia “100% humanas”, o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018) acontece neste domingo (11) com 45 questões de matemática e 45 de ciências da natureza (física, química e biologia).

Curtas e rápidas…

Hamilton chega a São Paulo — Foto: EFE/Sebastião Moreira

Hamilton chega a São Paulo — Foto: EFE/Sebastião Moreira

Fundador da Microsoft Bill Gates durante evento de tecnologia em Pequim, na China — Foto: Thomas Peter/Reuters

Fundador da Microsoft Bill Gates durante evento de tecnologia em Pequim, na China — Foto: Thomas Peter/Reuters

Fonte: G1

 

Por G1 RN

 


Foto 50 viaturas foram doadas pela Assembleia Legislativa do RN a municípios potiguares, em março deste ano — Foto: ALRN/Divulgação

Foto 50 viaturas foram doadas pela Assembleia Legislativa do RN a municípios potiguares, em março deste ano — Foto: ALRN/Divulgação

O Ministério Público recomendou à Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social do Estado do Rio Grande do Norte que iniba o uso inadequado dos carros das polícias. A utilização de viaturas de maneira inadequada se configura como transgressão disciplinar, segundo o Estatuto da Polícia Civil.

A Promotoria de Justiça de João Câmara, cidade do interior potiguar, abriu inquérito civil para averiguar irregularidades no uso de viaturas policiais pelo comando da Polícia Civil no município. Além disso, o MP obteve informações de que subcomandantes e ex-comandantes da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar utilizam as viaturas para deslocamento de sua residência para o Comando Policial.

Segundo informações do Ministério Público, o uso de veículos oficiais por agentes públicos para fins particulares configura “grave prejuízo” à população, visto que as viaturas estarão fora de serviço, deixando de atender chamados de ocorrência. “Adicionado a isso, o Estado do Rio Grande do Norte já não conta com viaturas suficientes para atender a demanda que existe”, alega o MP.

Uma portaria da Sesed que dispõe sobre as normas de regularização de viaturas inibe a utilização para fins além do serviço público. “Nesse sentido, afirma que as viaturas utilizadas, sejam da Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiros Militares e do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), devem ser utilizadas exclusivamente pautadas no interesse público”, explica a promotoria de João Câmara.

A Secretaria tem o prazo de 15 dias para informar as medidas tomadas a fim de acatar a recomendação.

Fonte: G1RN

Por G1 RN

 


IFRN Natal Central — Foto: Alberto Leandro/Arquivo Tribuna do Norte

IFRN Natal Central — Foto: Alberto Leandro/Arquivo Tribuna do Norte

A Pró-Reitoria de Ensino (Proen) do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) está com quatro editais abertos para vagas de especialização gratuitas. Os editais trazem 206 vagas em cursos de especialização, distribuídas entre as modalidades presencial – em diferentes campi do estado – e de educação a distância. As inscrições vão até a segunda-feira (12) para todos os cursos.

O primeiro edital (nº 35/2018) é destinado ao curso de especialização em Práticas Assertivas da Educação Profissional Integrada à Educação de Jovens e Adultos (pós-graduação lato sensu), na modalidade a distância, com ingresso no segundo semestre letivo de 2018. Estão sendo disponibilizadas 1.500 vagas para os interessados de todas as regiões do Brasil. As inscrições estão acontecendo desde 8 de outubro. No IFRN são 50 vagas.

Já o segundo edital (nº 37/2018) é para os cursos superiores de pós-graduação lato sensu em nível de especialização, na modalidade presencial, com ingresso no primeiro semestre letivo de 2019. São 116 vagas, divididas entre os cursos de Educação Ambiental e Geografia do Semiárido (Campus João Câmara, com 36 vagas disponíveis) e Ensino de Ciências Naturais e Matemática (Campi Parnamirim e Pau dos Ferros, com 40 vagas disponíveis, cada). Com inscrições abertas desde 30 de outubro.

Para o curso de especialização em Gestão Ambiental, no Campus Natal-Central (editais nº 38/2018 e nº 39/2018), são ofertadas 40 vagas para, sendo 35 destinadas à ampla concorrência e cinco exclusivamente aos servidores do Instituto. Com ingresso no primeiro semestre letivo de 2019, o curso é presencial. As inscrições foram abertas em 30 de outubro e também terminam em 12 de novembro.

Inscrições

As inscrições dos candidatos e das candidatas devem ser feitas exclusivamente via internet, no Portal do Candidato, por meio do site do Sistema Gestor de Concursos (SGC) do IFRN.

Acesse as páginas da seleção:

Fonte: G1RN

Por GloboEsporte.com — Natal

 

Contagem regressiva para a segunda edição da Corrida PRF 191, que será realizada neste sábado, com largada às 16h, na Arena das Dunas. A prova vai reunir 2.500 atletas, em percursos exclusivos pela BR-101, de 3, 5 e 10 milhas – equivalentes a 5 km, 8 km e 16 km. A entrega dos kits será iniciada nesta quinta-feira, no Balcão de Negócios Sinduscon-RN, localizado no terceiro piso do Midway Mall.

Na quinta e na sexta-feira, a entrega é feita das 10h às 22h, e no sábado, das 10h às 14h. Na ocasião, os participantes deverão doar um quilo de alimento não perecível para a campanha “Policiais Contra o Câncer Infantil”.

Segunda edição da Corrida PRF 191 será realizada neste sábado — Foto: Divulgação

Segunda edição da Corrida PRF 191 será realizada neste sábado — Foto: Divulgação

Há vagas remanescentes para os três percursos. Os interessados podem garantir a participação na prova diretamente no local da entrega dos kits.

De acordo com Gabriel Negreiros, um dos organizadores da prova, a retirada do kit só poderá ser feita por terceiros mediante apresentação de procuração, comprovante de pagamento e cópia de identificação do atleta inscrito, conforme orienta o regulamento do evento.

O kit do atleta é composto por número de peito, chip de cronometragem eletrônica, camiseta em tecido tecnológico e sacola.

Fonte: G1

UFRN realiza consulta à comunidade universitária para eleição de reitor

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza nesta terça-feira, 13, a consulta à comunidade universitária para eleição de reitor e vice-reitor pelo Conselho Universitário (Consuni). É assegurado o direito de voto a todos os servidores efetivos ativos do quadro de pessoal da UFRN – professores e técnico-administrativos – e a todos os alunos regulares da instituição, matriculados ou em mobilidade. Assim, são eleitores os estudantes dos cursos presenciais ou a distância de graduação, pós-graduação e do ensino técnico integrado ou técnico subsequente, além dos residentes vinculados às residências médicas e multiprofissionais. É permitido votar apenas uma vez e por uma única categoria, mesmo que o servidor ou aluno pertença a mais de uma das categorias participantes.

A consulta será realizada das 7h às 22h30, pelo Sistema Integrado de Gestão de Eleições (SIGEleição), no endereço www.sigeleicao.ufrn.br. Os participantes podem votar de qualquer dispositivo eletrônico, como tablets, smartphones e computadores. Aos que precisarem de acesso à internet ou auxílio no processo, será disponibilizado um laboratório de informática em cada campus da UFRN, com recursos humanos e tecnológicos para facilitar a votação. O presidente da Comissão Eleitoral, professor Djalma Ribeiro da Silva, ressalta a importância de participação da comunidade universitária na consulta, pois assegura a representatividade entre os servidores e estudantes da chapa única inscrita para o mandato 2019-2023. São candidatos aos cargos de reitor e vice-reitor, respectivamente, os professores José Daniel Diniz Melo, atual vice-reitor, e Hênio Ferreira de Miranda, atual diretor do Centro de Ciências da Saúde (CCS).

“Mesmo na situação de chapa única, é essencial termos mais de 50% de participação de todas as categorias, pois os votos comprovam a aceitação da comunidade universitária aos candidatos”, explica Djalma Ribeiro. Os votos são paritários, isto é, cada categoria – professores, técnico-administrativos e alunos – representa 1/3 do argumento final da chapa. O resultado da consulta será conhecido no mesmo dia, após o encerramento do período de votação, e a divulgação ficará a critério da Comissão Eleitoral.

Fonte: Blog do BG

Deixe uma resposta

Fechar Menu