SAÚDE FEMININA: SAIBA TUDO SOBRE SEXO COM DIU

Na sessão de SAÚDE FEMININA deste sábado o assunto é DIU. Saiba tudo sobre sua utilização e tire suas dúvidas.

6 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE SEXO COM DIU

shutterstock

Por Krissy Brady

Como não amar o dispositivo intrauterino? Uma vez que aquele pequeno contraceptivo em formato de T é implantado em seu útero, você pode finalmente parar de se preocupar sobre se esquecer de tomar a pílula ou qualquer outro método contraceptivo. E já que ele está ficando mais popular, há uma questão a ser respondida: como é fazer sexo com DIU?

“Na verdade, a maioria das mulheres nem percebem que o DIU está lá”, diz Jaime Knopman, expert em fertilidade no Colorado Center for Reproductive Medicine, nos EUA. “Uma vez que o ele é implantado na cavidade uterina, você não o vê ou sente. Então isso não deve ter um impacto negativo em sua vida sexual.”

Claro, existem exceções em cada regra. Por isso, veja abaixo algumas informações importantes sobre o tema.

Ele provavelmente não afeta sua libido

“Existem dois tipos de DIU: não-hormonal e hormonal. Nenhum deles deve impactar em seu desejo sexual ou em como você se sente durante o sexo”, diz Knopman. Na verdade, um estudo de 2012 realizado com 400 mulheres descobriu que não existem diferenças significativas no funcionamento sexual entre as mulheres que usam o DIU hormonal e aquelas que usam o de cobre. O hormonal vai diminuir o sangramento e as cólicas durante a sua menstruação e pode até parar com os dois completamente – então, se você não é fã do sexo no período menstrual, isso significa mais transas em sua agenda, segundo Amir Marashi, ginecologista obstetra e cirurgião no New York Center for Aesthetic Rejuvenation, nos EUA.

Mas ele pode fazer sua vida sexual mais quente

Como as preocupações com a gravidez não planejada geralmente ficam para trás quando se usa o DIU, algumas mulheres experimentam um aumento no prazer sexual. “Quando você não precisa se lembrar de tomar uma pílula, o sexo pode ser mais espontâneo”, diz Jess O’Reilly, sexóloga residente na Astroglide.

Seu parceiro pode sentir as hastes

Se você está preocupada com as hastes do DIU cutucando seu parceiro, não está sozinha. Essa é uma das preocupações mais comuns entre as mulheres. “As hastes podem parecer afiadas para o pênis, dependendo de como foram cortadas”, diz Marashi. “Elas devem sempre ser cortadas em linha reta, mas se um médico mais inexperiente à inserção do DIU cortá-las em um ângulo errado, elas se parecerão com uma agulha (especialmente se o membro de seu parceiro for longo o suficiente ou o sexo muito profundo).” Mas não se preocupe: as chances de isso acontecer são escassas ou nulas. Hoje em dia, as hastes do DIU são superfinas, mal visíveis e suavizam ao longo do tempo. E se seu parceiro relatar senti-las, você poderá pedir para seu médico para encurtá-las, segundo Knopman.

O sangramento pós-sexo pode acontecer

Algumas mulheres sangram durante o sexo com o DIU — especialmente os hormonais — embora não seja comum. “Os hormônios diluem o revestimento endometrial. O interior do útero que se solta a cada mês com o período menstrual”, diz Sara Twogood, professora assistente de obstetrícia clínica e ginecologia na Keck School of Medicine, na Califórnia, nos EUA. “Se o revestimento é muito fino, pode descamar um pouco durante o sexo, o que causaria sangramento”, completa. No entanto, você deve sempre conversar com o seu médico. Só ele poderá ajudar a apontar a causa do seu sangramento, especialmente se sentir dor. Pode ser um sinal de que seu DIU está fora de lugar, o que a deixa desprotegida.

Nenhuma posição sexual é (necessariamente) fora dos limites

“Cada corpo é diferente, mas se o DIU está na posição correta no útero, você não deve senti-lo durante o sexo”, diz Twogood. O’Reilly concorda: “Eu ouvi algumas mulheres dizerem que estilo cachorrinho é um pouco desconfortável, mas a maioria diz que suas vidas sexuais (e posições favoritas) não são afetadas.

Sexo intenso não vai desalojá-lo

Seu DIU pode deslizar para fora (os médicos chamam isso de expulsão), mas é super incomum. “No primeiro ano após a obtenção de um DIU, a taxa de expulsão é de aproximadamente 5%”, diz Twogood. “Fazer sexo não aumentaria nem diminuiria esse risco”. Alguns úteros apenas expelirão o dispositivo. Geralmente, você pode colocar outro e isso não acontece novamente. Contudo, às vezes a cavidade uterina de uma mulher é muito pequena para usar confortavelmente um DIU, segundo Sarah Yamaguchi, obstetra no Good Samaritan Hospital, na Califórnia, nos EUA.

Deixe uma resposta

Fechar Menu