SAÚDE ESPORTIVA: VEJA QUANDO, COMO E QUANTO USAR ESTEIRA OU ELÍPTICO

Na sessão de SAÚDE ESPORTIVA desta terça-feira uma boa orientação sobre qual equipamento utilizar: Esteira ou Elíptico, quando e como!

Esteira ou elíptico: qual deles devo escolher?

Por Ashley Mateo, da Runner’s World

Se você corre e vai à academia, já deve ter usado a esteira mais do que outros aparelhos. Mas o elíptico também é um grande amigo dos corredores. Ao invés de pensar em esteira ou elíptico, que tal aproveitar os dois?

Benefícios da esteira

O principal motivo para se procurar uma esteira é bastante óbvio: imita o movimento natural de corrida e caminhada.

Na esteira nosso corpo sente menos, mas ainda há impacto, o que é bom. “O impacto saudável de uma esteira é importante na manutenção da densidade óssea, conforme a idade”, explica David Siik, criador do programa de treinamento Precision Running (EUA). De acordo com uma pesquisa da University of Missouri, correr pode, na verdade, ter mais impacto na construção de ossos mais fortes do que o treinamento de resistência.

Perca peso correndo e sem sofrimento

Mesmo sem muita tensão na parte superior do corpo, sua infraestrutura é estimulada a permanecer forte. Sem contar que a cada quilômetro, você queima muita caloria. Assim, se quiser perder peso, a esteira é uma boa opção.

Benefícios do elíptico

Você pode achar que o elíptico é um treino mais fraco que a corrida. E é, mas isso pode realmente te ajudar. “O elíptico pode causar um impacto menor aos corredores, porque seus pés estão sempre nos pedais, causando menos tensões aos joelhos e articulações”, explica Lee Wratislaw, personal trainer.

E mais: você trabalha melhor todo o corpo. “Empurrar e puxar as alças pode representar um desafio para a parte superior do corpo, além de estar trabalhando o seu core para equilibrar os movimentos entre a parte superior e inferior do seu corpo”, explica Wratislaw.

Sem contar que você também pode fazer o movimento contrário, para trás. “Pedalar de maneira reversa é uma forma de trabalhar a musculatura posterior das coxas. Enquanto que a inclinação pode levar o foco do exercícios par aos glúteos.”

Quanto às calorias, o elíptico queima metade em comparação com o que você queimaria na esteira, no mesmo tempo. “Se você ajustar a intensidade, você pode aumentar a queima calórica”, sugere Wratislaw.

Esteira ou elíptico?

Quando usar esteira

Se está acostumado a correr para se exercitar, usar a esteira três ou quatro vezes por semana pode ser um fator de mudança em termos de força, resistência e perde de peso, diz Siik.

Se treina para uma corrida, dois ou três dias de esteira por semana é uma boa opção para corridas longas, com controle de ritmo e inclinação.

Quando usar elípico

“O elíptico oferece uma experiência de impacto menor, proporcionando uma pausa nas articulações quando você precisa”, diz Siik. “Além disso, a variedade é boa para você! Mover o corpo de forma um pouco diferente também ajuda a criar algum equilíbrio.”

Ele também pode ser usado na recuperação ativa e para um condicionamento de baixo impacto, no caso do quem precisa de um dia de descanso da rotina de corrida, diz Wratislaw. “Adicionar o elíptico nos treinos garantir os benefícios cardiovasculares de um treino pesado, mas com menos impacto”, explica o personal.

Fonte: Runners World

Deixe uma resposta

Fechar Menu