SAÚDE ESPORTIVA: ÁGUA COM GÁS FAZ BEM PRA SAÚDE?

Na sessão SAÚDE ESPORTIVA deste sábado uma dúvida que muita gente tem sobre a água com gás. Aproveite e fique sabendo tudo sobre ela aqui.

Água com gás faz bem? Mitos e verdades sobre a bebida

Por Danielle Zickl, da Runner’s World

água com gás
Foto: Shutterstock

água com gás está praticamente em todos os lugares nos dias de hoje. Mas será que ela faz tão bem quanto a água mineral natural? Recorremos a Rachel Stahl, nutricionista no NewYork-Presbyterian Hospital (EUA), para descobrir.

A grande dúvida:

água com gás não é tão saudável ​​quanto a água comum, porque a carbonatação pode danificar os dentes, desidratar e dificultar a absorção de cálcio nos ossos. Evidências preliminares também sugerem uma possível ligação ao ganho de peso.

A evidência:

A carbonatação é prejudicada porque suas bolhas são comumente associadas ao refrigerante. O refrigerante tem sido associado à menor densidade mineral óssea, mas isso não é devido à carbonatação – é por causa do ácido fosfórico, algo que não é encontrado em água com gás.

A carbonatação e a acidez encontradas em água com gás não estragam os dentes nem prejudicam o esmalte. Segundo a American Dental Association (ADA), essa bebida não é pior para os dentes do que a água comum.

E em comparação com bebidas esportivas e refrigerantes, a água com gás é considerada “minimamente erosiva”, segundo um estudo publicado no Journal of the American Dental Association.

Mas e a desidratação? Um estudo descobriu que aqueles que bebiam mais água carbonatada eram mais hidratados do que aqueles que não bebiam.

Evidências sobre um possível vínculo ao ganho de peso ainda são muito preliminares. Um estudo de 2017 descobriu que ratos que bebiam bebidas com dióxido de carbono ganhavam mais peso depois de um ano do que aqueles que bebiam água regularmente. Mas a pesquisa precisa ser replicada em humanos antes que qualquer implicação prática possa ser considerada.

água com gás e frutas
Foto: Shutterstock

Afinal, água com gás faz bem?

O consenso geral agora diz que a água com gás é tão hidratante e saudável para você quanto a água comum. Mas Stahl adverte que as variedades aromatizadas podem não ter o mesmo impacto. “Nem todas as águas com gás são as mesmas”, diz ela. “Alguns podem ter adicionado açúcar.”

E se a sua for adoçada, é preciso se preocupar com problemas nos dentes, como a erosão do esmalte ou a formação de cáries, segundo Stahl. Bem como o potencial de ganho de peso pela ingestão extra de calorias do açúcar.

Por causa disso, ela aconselha a compra de águas com gás que tenham apenas a carbonatação como ingrediente adicionado. Mas se você procura sabor, Stahl recomenda adicionar uma fruta, legume ou ervas. Sugestão? Pepino e hortelã. Mas outras opções saborosas incluem limões, laranjas ou mangas.

Se você precisa procurar algo que já tenha sabor, uma garrafa com aromatizantes “naturais” será uma aposta melhor do que aqueles que usam açúcar ou adoçantes artificiais.

Stahl também observa que, para alguns, a carbonatação pode causar desconforto gastrointestinal. A pessoa pode se sentir inchada ou com gases. Então, se você está indo para uma corrida ou fazendo outro tipo de treino, manter a água mineral natural para hidratação pode ser uma aposta mais segura.

Fonte: Runners World

Deixe uma resposta

Fechar Menu