REFLEXÃO: NA TAILÂNDIA OS SINAIS DE JESUS OU DA FÉ?

Recebi este texto de terceiros e achei muito interessante publicá-lo devido a sua coerência e pertinência. Conforme escrevi no livro Eu Cósmico, a essência, a Lei Universal : “O positivo atrai o positivo e o negativo atrai o negativo”, no caso dos meninos presos na caverna a imensa corrente positiva em oração por suas vidas gerou mais positividade fazendo com que o universo conspirasse em seu favor conforme está escrito nesse texto de muita fé. 

Louvável também foi o comportamento das autoridades ao manter em sigilo os nomes dos meninos que a cada momento eram salvos, pois evitou que os pais dos que estavam salvos abandonassem a correte de oração e ao mesmo tempo que gerasse desânimo nas famílias dos que ainda estavam presos na caverna.

Portanto, do ponto de vista emocional e espiritual tudo foi muito bem conduzido, com maturidade e sabedoria por parte dos envolvidos na operação de resgate que mantiveram sob controle, despertaram o respeito e induziram todos a permanecerem animados e com o foco na corrente de orações. Como Jesus costumava dizer quando alguém era curado: “Vá em paz, tua fé te salvou”. Então o milagre não foi Jesus que executou, mas sim a união e a fé de todos que estavam focados na operação de resgate.

Os detalhes desconhecidos e extraordinários do milagre que Jesus fez na Tailândia nos últimos dias:

1º – Eles foram encontrados e resgatados através de situações impossíveis.

2º – A corda do mergulhador britânico estava usando para guiá-los na caverna acabou, então ele subiu para pegar ar e nesse momento ele encontrou os meninos sentados na frente dele! Ele disse que se a corda fosse mais longa, teria passado direto debaixo d’água e não os encontrado!

3º – Apenas um dos meninos sabia inglês e pode comunicar com o mergulhador britânico. Ele é o único cristão do grupo, e aprendeu o idioma no projeto missionário que acontece em sua pequena igreja.

4º – A chuva se manteve discreta durante a missão de resgate por 3 dias e não afetou a operação … choveu em áreas ao redor.

5º – Assim que o último mergulhador saiu da caverna ontem (depois de todos os garotos estarem seguros) a bomba que retirava água da caverna quebra (Teria sido um desastre!!!)

6º – Choveu a manhã toda e hoje (11/07) ao meio-dia a caverna está completamente inundada!

7º – Todos os meninos foram resgatados e em condições surpreendentes de saúde, que nem os médicos budistas “sabem como” explicar

8º – A unidade envolvida na ação de resgate: pessoas trabalhando juntas através de barreiras linguísticas e culturais. Decisões e escolhas importantes foram tomadas em consenso até a execução dos planos. O trabalho excelente e determinação de uma equipe com tantas pessoas e nacionalidades diferentes.

A única brasileira voluntária na operação foi a missionária Tati Araújo, que traduziu para os mergulhadores, autoridades e militares estrangeiros inglês-tailandês!

9º – A igreja de Cristo em todo o mundo, se uniu para clamar a Deus por Sua intervenção. Discípulos de todos os cantos da terra oravam, na esperança que o Senhor podia fazer o impossível acontecer… e aconteceu!!!!

Sem dúvidas, Deus fez este milagre que o mundo presenciou e se comoveu!

Agora é hora de celebrar o poder e graça de Deus, que diferente dos ritos budistas, não precisou de oferendas nem sacrifícios, mas em amor, se lançou mais uma vez na história para resgatar os que estavam perdidos.

Que a nossa resposta seja gratidão e adoração ao único Deus tem quem todo o poder em suas cravejadas e ressuretas mãos.

Família Gomides

https://www.facebook.com/tiago.gomides/posts/10155333288082352

Texto traduzido e adaptado da família Ben and Kiesha Jones  que serve no norte da Tailândia.

 

Este post tem um comentário

  1. Eu acredito que DEUS é o MILAGRE e o pensamento/ corrente positiva é fundamental para qualquer situação!!

Deixe uma resposta

Fechar Menu