PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTE SÁBADO

LOCAIS

Neurocientista da UFRN diz que ciência não ampara proibição contra as drogas e ajuda a elaborar documento contra política de combate a entorpecentes do Brasil

Cientistas de todo o país reunidos nesta semana em Maceió para o encontro anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência decidiram encaminhar às autoridades dos três Poderes uma moção que condena a política brasileira de drogas.

Para eles, falta ciência no debate. “Ao contrário do que acredita o senso comum, o proibicionismo não é sustentado por evidências científicas, mas por valores morais de influência religiosa”, diz o documento, recheado com 33 referências científicas.

Um dos responsáveis pela elaboração da moção, aprovada por unanimidade, foi o neurocientista Sidarta Ribeiro, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Desde 2006 ele desenvolve pesquisas sobre a ayahuasca e hoje sobre canabinoides.

Pensar que a repressão gera resultados positivos no combate às drogas, diz, é a mesma coisa que achar ser possível apagar incêndio com gasolina.

“Quando você proíbe, as pessoas não param de usar, apenas cria-se um mercado negro, informal, não regulamentado, que não arrecada impostos, não envolve benefícios trabalhistas, traz um grau de violência enorme e corrompe o Estado.”

Lula pede “suor de cada um” para eleger Fátima governadora do RN

Em carta enviada à pré-candidata ao Governo do RN Fátima Bezerra (PT), nesta sexta-feira (27), o ex-presidente Lula diz que os potiguares terão que bater de porta e porta, andar de rua em rua e fazer um bom debate para elegê-la já no primeiro turno. “Vamos construir uma grande vitória com o suor de cada um e cada uma de vocês, conscientes do imenso desafio que a história do RN e do Brasil colocou em nossas mãos”, escreveu.

A carta foi entregue pela presidenta nacional do partido, Gleisi Hoffmann, no evento de lançamento das pré-candidaturas de Fátima ao Governo do RN e Lula à Presidência da República. O ex-presidente pediu, também, que a militância não pense que Fátima já ganhou, porque será uma campanha difícil.

Durante o evento em Natal, Gleisi reafirmou que a eleição de Fátima é prioridade para o partido. “É uma petista e uma guerreira que muito nos orgulha”, disse. Sobre manter a pré-candidatura de Lula, ela afirmou ser “um direito não só do PT, mas do povo brasileiro” e conclamou o povo a seguir na luta. “Podem ter certeza que Lulinha vem muito quente”.

Fátima Bezerra disse que há uma árdua batalha pela frente e agradeceu a presença de Antenor Roberto (PCdoB), seu pré-candidato a vice-governador, e Zenaide Maia (PHS), pré-candidata ao Senado, com quem vai caminhar junto na disputa eleitoral.

“Estamos diante de uma militância que me convocou pra um desafio, um sonho acalentado há muito tempo”, disse Fátima. “Não vou fazer uma campanha por demagogia, porque sei da situação em que se encontra o Estado. Mas esta aliança, que está crescendo com os diversos segmentos, será uma aliança com o povo que não vai se encerrar no dia da eleição, será uma gestão que vai dialogar com os empresários, com os trabalhadores, com toda a sociedade. Para que o povo diga valeu a pena eleger essa professora, de origem popular, governadora do Rio Grande do Norte”, completou.

Estiveram presentes também no ato, o presidente do PT-RN, Júnior Souto; o deputado federal Marco Maia (PT-RS), ex-presidente da Câmara dos Deputados; a presidenta da CUT-RN, Eliane Bandeira; e o presidente da Ubes, Pedro Gorki.

Partidos querem o AVANTE fora da coligação do PSD do Governador Robinson Faria

Resultado de imagem para ranieri barbosa e karla veluska

A insatisfação na coligação do governador Robinson Faria com o Avante, que no RN tem na presidência a esposa do vereador Ranieri Barbosa, Karla Veruska, é quase unanimidade.

O blog apurou que, nas primeiras horas deste sábado, partidos que fazem parte da coligação irão exigir uma posição do governador Robinson Faria e do deputado federal Fábio Faria.

As legendas esperam que os dirigentes solucionem as pressões e exigências consideradas desmedidas às quais tem apelado o presidente da Câmara Municipal de Natal, Ranieri Barbosa.

Um dos interlocutores ouvidos pelo Blogdobg definiu assim a situação: “Chega, chega! É melhor ter um adversário fora da coligação do que dentro”. “Ranieri já indicou esporte e cultura no Governo e ainda quer que todos os partidos pequenos arreiem as calças para eleger a esposa dele deputada federal” disparou um dos presidentes de um dos partidos que tem acompanhando a pressão do AVANTE.

Fonte: Blog do BG

Cadeia pública de Ceará-Mirim começa a ser equipada; inauguração é em agosto

Obra principal já foi concluída, restando apenas as complementares; algumas adaptações para aumentar a segurança do prédio, sugeridas pela Sejuc, também foram concluídas

São 5,7 mil metros quadrados de área, que inclui três pavilhões com 24 celas cada e capacidade para 603 detentos

A nova Cadeia Pública de Ceará Mirim, que está sendo construída pelo Governo do Estado, já começou a ser equipada pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc). A inauguração será feita no mês de agosto, e o prédio passa agora pelas últimas adaptações antes da entrega.

Parte da mobília que será usada nos setores administrativos já começou a ser instalada, assim como equipamentos. Em visita ao local, a Secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, o Secretário de Justiça e Cidadania, Mauro Albuquerque, e o Secretário de Infraestrutura, Jader Torres, acompanharam a chegada dos materiais.

A obra principal já foi concluída, restando apenas obras complementares como calçamento do entorno. Algumas adaptações para aumentar a segurança do prédio, sugeridas pela Sejuc, também foram concluídas pela construtora. São 5,7 mil metros quadrados de área, que inclui três pavilhões com 24 celas cada, e capacidade total para 603 detentos.

A Cadeia custou R$ 26 milhões, com recursos do Governo do Estado e Governo Federal. O Governo também encaminhou Projeto de Lei à Assembleia Legislativa, para que seja denominada de Cadeia Pública Dinorá Simas Lima Deodato, em homenagem a agente penitenciária, ex-diretora da Penitenciária de Alcaçuz e da Cadeia Pública de Natal, que prestou relevantes serviços ao Sistema Penitenciário do Estado.

Fonte: AGORA RN

NACIONAIS

‘Grande imprensa’ se cala diante de mesada de R$ 100 mil de Toffoli

Vinte e quatro horas depois que Crusoé estarreceu com uma reportagem sobre o ministro do Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli receber mesada de R$ 100 mil, não se lê uma linha sobre o assunto na chamada ‘Grande Imprensa’.

Geralmente, os jornais procuram primeiro checar a história e depois publicá-la atribuindo o furo à primeira publicação que o deu.

Até agora, só o site O Antagonista repercute as denúncias.

 

Ministério Público vai exigir que ficha-suja devolva ao erário recursos públicos usados em campanha

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, informou na tarde desta sexta-feira (27) que o Ministério Público vai pedir o ressarcimento aos cofres públicos de recursos do Fundo Eleitoral e do Fundo Partidário que tenham financiado a candidatura de políticos inelegíveis nas próximas eleições.

Sem citar nomes, Raquel também avisou que o Ministério Público vai pedir a impugnação de candidaturas daqueles que sejam enquadrados na Lei da Ficha Limpa, inclusive de presidenciáveis, numa indicação de que atuará para impedir as pretensões eleitorais do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Recursos públicos que financiam a campanha eleitoral só podem ser utilizados por candidatos elegíveis. Os inelegíveis que gastarem recursos públicos do contribuinte para financiar suas campanhas terão de devolver esses recursos. A disposição do Ministério Público é de cobrar essa devolução, promovendo o ressarcimento aos cofres públicos do financiamento de candidaturas de pessoas inelegíveis”, disse Raquel Dodge, em coletiva de imprensa na sede da PGR, em Brasília.

“O que o Ministério Público que comunicar é que terá uma atuação firme, presente e cuidadosa na expectativa de atingir todos aqueles candidatos que estejam nessa situação de inelegibilidade regulamentada pela Lei da Ficha Limpa. O que estamos anunciando é essa disposição de fazer valer as regras legais sobre inelegibilidade em relação a todos os candidatos, o que inclui hipóteses de candidato condenado em órgão colegiado”, acrescentou a procuradora-geral da República, que não mencionou nomes de candidatos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi preso e condenado no âmbito da Operação Lava Jato. Em janeiro, o petista foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) no caso do tríplex do Guarujá.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu