PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

Por G1

 

Jair Bolsonaro vai a Brasília pela 1ª vez após ser eleito presidente da República. Ele participa hoje de sessão solene no Congresso e se reune com Temer amanhã. A terça-feira tem também eleições legislativas nos EUA, que serão um teste para o governo Trump, e o início do Salão do Automóvel de São Paulo. O que é notícia hoje:

NACIONAIS

Bolsonaro em Brasília

O presidente eleito Jair Bolsonaro — Foto: JN

O presidente eleito Jair Bolsonaro — Foto: JN

O presidente eleito Jair Bolsonaro deixou sua casa no Rio, por volta de 5h25, em direção à Base Aérea do Galeão para viajar a Brasília, onde irá participar no Congresso da sessão solene dos 30 anos da Constituição. Ele também vai se encontrar com os presidentes do Senado, Eunício Oliveira, e da Câmara, Rodrigo Maia, e dar início aos trabalhos da equipe de transição de governo. Amanhã, ele irá se reunir com Michel Temer.

Equipe de transição de Bolsonaro tem primeira reunião oficial, em Brasília

Equipe de transição de Bolsonaro tem primeira reunião oficial, em Brasília

30 anos da Constituição

A sessão em homenagem à Constituição deve contar com a presença dos presidentes dos três poderes (Temer, Dias Toffoli e Eunício Oliveira) e a procuradora-geral da República (Raquel Dodge), além de Bolsonaro.

INTERNACIONAIS

Eleições legislativas nos EUA

Eleitores americanos vão às urnas para as eleições de meio de mandato

Eleitores americanos vão às urnas para as eleições de meio de mandato

Os americanos vão às urnas para as eleições de meio de mandato (midterms, em inglês), nas quais irão definir uma nova Câmara, um terço do Senado e mais de 75% de seus governadores. A votação tem clima de referendo sobre o presidente Donald Trump, que completa em breve dois anos na Casa Branca. Acompanhe a cobertura completa aqui no G1.

Desastre ambiental de Mariana

 — Foto: Arte/G1

— Foto: Arte/G1

O vazamento da barragem de rejeitos de minério da Samarco completou três anos. A maior tragédia ambiental do país matou 19 pessoas e afetou as vidas de pelo menos 500 mil moradores de MG e ES. Até agora, a maioria dos atingidos ainda não foi indenizada. O G1 segue no assunto durante toda esta semana.

Salão do Automóvel

Carros que devem ser destaques do Salão do Automóvel de 2018 — Foto: Divulgação

Carros que devem ser destaques do Salão do Automóvel de 2018 — Foto: Divulgação

Começa hoje o Salão do Automóvel de SP, com apresentações de 15 marcas, e o G1 vai trazer tudo sobre a maior feira automobilística do país.Acompanhe a cobertura.

Curtas e rápidas

 — Foto: Arte/G1

— Foto: Arte/G1

Futebol – 1º rebaixado

Paraná x Vitória — Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Paraná x Vitória — Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

O Paraná Clube se tornou o primeiro rebaixado para a Série B do Brasileirão, com 6 rodadas de antecedência, após a vitória do Sport sobre o Ceará na noite de ontem. Com o triunfo, o Sport deixou o Z-4 após 13 partidas e está na frente de Vitória, América-MG e Chapecoense. Veja a classificação da Série A.

Previsão do tempo

Veja a previsão do tempo para terça (6)

Veja a previsão do tempo para terça (6)

Fonte: G1

Cálculo do desemprego é ‘uma farsa’, diz Bolsonaro

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse nesta segunda-feira que pretende rever a forma como a taxa de desemprego é calculada no país.

A declaração foi dada em entrevista à Band e foi criticada por economistas que acompanham os dados de mercado de trabalho.

O tema é um dos mais sensíveis na economia, com uma taxa de 11,9% de desemprego, o que significa que 12,4 milhões de pessoas estão em busca de uma oportunidade.

Na mesma entrevista, ele se posicionou em relação a outras pautas econômicas, como a reforma da Previdência, defendendo a medida sem dar detalhes.

Bolsonaro criticou a metodologia da taxa de desemprego após ser informado sobre os números recentes, divulgados pelo IBGE. Sem citar o instituto, o futuro presidente disse que o número é “uma farsa

Comments

Não pretendo jamais disputar uma eleição, diz Moro

O juiz federal Sergio Moro afirmou nesta segunda-feira (5) que não descumpriu a promessa que fez de não ingressar na política ao aceitar o cargo de ministro da Justiça do governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e que considera que este será um posto predominantemente técnico.

“Não pretendo jamais disputar um cargo eletivo”, afirmou numa palestra em Curitiba na noite desta segunda, primeira participação dele em um evento público depois de aceitar o convite de Bolsonaro.

Moro também disse que fará parte do governo de Bolsonaro porque percebeu que há uma série de receios “infundados” em relação à gestão do próximo presidente e que poderia colaborar para “desanuviar” essas dúvidas.

“Eu sou um homem da lei. Também achei que minha participação poderia contribuir para afastar esses receios infundados”, afirmou, ressaltando não acreditar que Bolsonaro fará um governo autoritário.

Ao lamentar sua saída da magistratura, que ocupa há 22 anos, Moro disse que aceitou a indicação para o cargo no Executivo porque considera que poderá avançar em pautas anticorrupção e contra o crime organizado.

Afirmou ainda que já está elaborando projetos nesse sentido para encaminhar ao Legislativo a partir de janeiro.

Em uma palestra de cerca de 45 minutos, acompanhada por aproximadamente 800 pessoas, que o interromperam algumas vezes com aplausos, Moro fez um resumo da operação Lava Jato e falou de episódios em que acreditou que as investigações e ações poderiam não seguir por intervenções externas.

Fonte: Blog do BG

 

LOCAIS

Rio Grande do Norte não tem dinheiro para o 13º salário dos servidores

Pelo terceiro ano consecutivo, ao menos 1,5 milhão de servidores estaduais correm o risco de não receber o 13.º salário até o fim do ano.

Os governos de Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte ainda não têm dinheiro em caixa para o pagamento dos funcionários, embora afirmem estar tentando arrumar verbas para cumprir o compromisso.

O Rio Grande do Norte ainda não conseguiu pagar o 13.º de 2017 para quem ganha acima de R$ 5 mil. Para quem recebe menos, a remuneração foi paga ao longo do ano até setembro. Sobre o pagamento de 2018, não há nenhuma posição do governo estadual.

As informações são do Estadão.

Comments

Governo precisa de R$ 1,2 bilhão para concluir salários dos servidores em 2018

O Governo do Estado precisará arcar com pelo menos R$ 1,2 bilhão para finalizar o ano com todas as obrigações salariais em dia, informa a Tribuna do Norte.

Segundo levantamento do Fórum de Servidores, faltam R$ 140 milhões para regularizar o restante do décimo-terceiro de 2017 e o mesmo valor para o restante do salário de outubro.

Além disso, faltam as folhas de novembro e dezembro, que custam R$ 450 milhões cada. Falta ainda o décimo terceiro de 2018, cuja parcela de 40% já foi paga para servidores da educação e administração indireta.

O Governo não confirma qual valor está pendente do décimo terceiro de 2018.

Comments

ANTECIPAÇÃO DE TRIBUTOS: Justiça rejeita definitivamente ação penal contra Carlos Eduardo Alves

O juiz Assis Brasil negou recurso do Ministério Público contra o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves e decidiu encerrar definitivamente a ação penal que foi apresentada no final da atuação de Rinaldo Reis como PGJ, quando Alves foi denunciado por captação indevida de tributos, numa manobra de mais de R$ 102 milhões.

Em sua decisão, o juiz anotou que “os fundamentos apresentados nas razões recursais não são suficientes para que seja exercido juízo de retratação. Assim, fica mantida a decisão em todos os seus termos”.

Não cabe recurso.

O Tribunal de Justiça já havia decidido rejeitar a peça. A decisão do juiz, que tomou o caso porque Carlos Eduardo perdeu o foro privilegiado ao renunciar a prefeitura, reforça a posição do pleno do Judiciário.

Comments

Redinha Nova vive abandono às vésperas do veraneio, reclamam leitores

Prestes a começar o veraneio, leitores reclamam ao blog que a Redinha Nova está em situação de abandono.

De acordo com os relatos, falta água há mais de duas semanas – mas a conta sempre chega.

A partir das 22h, a região costuma ter arrastões de bandidos.

Do ponto de vista da infraestrutura, ainda há a estrada principal, esburacada e único ponto de passagem do carro de lixo.

O cartão de visitas do Litoral Norte está de envergonhar.

Fonte: Blog do BG

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu