PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA TERÇA-FEIRA

17 de julho, terça-feira

Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado.

Por G1

 

Um alerta da OMS: os registros de sarampo e de pólio aumentaram em todo o mundo no ano passado, e a imunização de crianças está abaixo da meta. No caso do sarampo, os reflexos já são sentidos no norte do Brasil, que vive um surto da doença. A PF investiga se a invasão no Ministério do Trabalho tem relação com investigações sobre fraude na pasta. Um ex-secretário preso no mês passado trabalhou no andar que foi revirado. No dia seguinte ao encontro com Putin, Trump se reúne com membros do Congresso dos EUA. Ele vai ter que lidar com as críticas depois de declarar apoio ao presidente russo e colocar em dúvida as conclusões do FBI sobre as suspeitas de interferência na eleição de 2016. Cármen Lúcia assume a Presidência da República pela 3ª vez. E você já ouviu alguma coisa do Loco Mía? O G1 conta a história do grupo espanhol dos anos 1980 que voltou a ser notícia.

NACIONAIS

Alerta na saúde

Vacina contra sarampo (Foto: Cristine Rochol / PMPA)

Vacina contra sarampo (Foto: Cristine Rochol / PMPA)

Após uma queda em 2016, os casos registrados de sarampo e poliomelite aumentaram em 2017 em todo o mundo, segundo as estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS) da UNICEF. A baixa cobertura vacinal em alguns países contribuiu para a alta dos casos no último ano.

Ministério invadido

PF investiga se a invasão ao Ministério do Trabalho, em Brasília, na noite de domingo (15) tem relação com a operação Registro Espúrio – que tenta desarticular uma suposta organização criminosa que fraudava registros sindicais na pasta. Um ex-secretário preso no mês passadotrabalhou no andar que foi revirado. Fontes informaram à TV Globo que 4 notebooks foram levados. O G1 acompanha os desdobramentos.

Trump e Putin alinhados

Donald Trump e Vladimir Putin se cumprimentam nesta segunda-feira (16) em coletiva de imprensa após reunião em Helsinque, na Finlândia (Foto: Leonhard Foeger / Reuters)

Donald Trump e Vladimir Putin se cumprimentam nesta segunda-feira (16) em coletiva de imprensa após reunião em Helsinque, na Finlândia (Foto: Leonhard Foeger / Reuters)

O presidente Donald Trump marcou uma visita ao Congresso dos EUA depois da repercussão da reunião entre ele e Putin. Trump ingnorou as investigações de agências de inteligência norte-americanas e disse que acredita que a Rússia não interferiu nas eleições americanas de 2016. As declarações desagradaram até aliados republicanos.

Cármen Lúcia na Presidência

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia (Foto: Felipe Sampaio / SCO / STF)

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia (Foto: Felipe Sampaio / SCO / STF)

 A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, assume a Presidência da República hoje. Ela ficará no cargo pela terceira vez em razão de viagens ao exterior do presidente Michel Temer e dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE).

Temer

O presidente Michel Temer, durante reunião no Palácio do Planalto (Foto: Alan Santos / PR)

O presidente Michel Temer, durante reunião no Palácio do Planalto (Foto: Alan Santos / PR)

Temer embarca para Cabo Verde, onde participará da 12ª Cúpula de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), com previsão de retornar ao Brasil amanhã.

Loco Mía?

Manuel Arjona, Xavier Font, Carlos Armas e Santos Blanc em uma das formações do Loco Mía (Foto: Divulgação)

Manuel Arjona, Xavier Font, Carlos Armas e Santos Blanc em uma das formações do Loco Mía (Foto: Divulgação)

Com a morte recente de dois integrantes de formações diferentes, o grupo espanhol Loco Mía voltou a se tornar notícia, décadas depois de seu sucesso pela Europa e pela América Latina com o hit “Locomia”, lançado no final dos anos 1980. Com um som dançante e os característicos leques usados em suas coreografias, o grupo chegou a vender 2,5 milhões de cópias de seu primeiro disco. Conheça mais sobre a banda.

Fonte: G1

 

Bancária morre após procedimento estético realizado casa do médico “Doutor Bumbum”, no Rio

Bancária morre após procedimento estético na casa do médico, no Rio

A bancária Lilian Quezia Calixto de Lima Jamberci, de 46 anos, morreu após ser submetida a um procedimento estético nos glúteos na casa do médico, em uma cobertura na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

Como apurado pelo Extra, Lilian viajou de Cuiabá (MT) até o Rio para fazer o procedimento no último sábado (14). De acordo com a família, após a intervenção, a mulher passou mal e foi levada para o hospital Barra D’or, também na Zona Oeste da cidade, mas não resistiu.

O enteado da vítima contou que o procedimento não foi realizado em uma clínica, mas sim em uma cobertura residencial, onde foi recebida pelo médico por volta das 22h de sábado.

O médico foi identificado pela polícia como Denis Cesar Barros Furtado, de 45 anos, conhecido nas redes sociais como “Doutor Bumbum”. O profissional foi quem levou Lilian ao hospital.

O Barra D’or informou que a paciente deu entrada no setor de emergência da unidade às 22h59, acompanhada de um casal. Lilian estava lúcida e contou que tinha vindo de um consultório médico, onde implantaria cerca de 300ml de silicone nos glúteos.

NOTÍCIAS AO MINUTO

 

Banco líder mundial em investimento vê dólar batendo nos R$ 4,00 antes da eleição e PIB de apenas 1,2% para 2019 no Brasil

O JPMorgan elevou as projeções para o dólar no Brasil e vê a moeda terminando o ano em R$ 3,80, ante R$ 3,60 da estimativa anterior. Os estrategistas do banco veem ainda a moeda norte-americana batendo em R$ 4,00 no final de setembro, ou seja, antes da eleição. A corrida presidencial é definida pela instituição como “altamente incerta” e “sem visibilidade”. Para o Produto Interno Bruto (PIB), a previsão do JP para 2018 foi cortada recentemente de 2,4% para 1,2% e foi mantida nesse patamar no relatório “Estratégia e Cenário para Mercados Emergentes”, divulgado nesta segunda-feira, 16.

O JP não espera elevação de juros pelo Banco Central ao menos até o segundo trimestre de 2019, na medida em que o IPCA deve seguir dentro da meta, ficando em 3,9% este ano e 4,3% no ano que vem. O menor crescimento esperado para o PIB é reflexo dos efeitos da greve dos caminhoneiros e das eleições incertas, que estão afetando a confiança de empresários e consumidores. O banco ressalta, porém, que é preciso esperar mais indicadores para se ter uma visão mais clara de como ficará a atividade.

O aumento da tensão comercial entre os Estados Unidos e a China deve ser um fator a pressionar as condições financeiras dos emergentes, alerta o JP. O “efeito colateral” de uma guerra comercial pode ser “significativo”, de acordo com o relatório. O banco estima que o aumento da tarifa para 25% em US$ 50 bilhões de produtos chineses importados pelos EUA pode ter um impacto total no PIB do país de 0,2%. Caso o total de produtos com tarifa mais alta seja elevado para US$ 200 bilhões, como anunciou Donald Trump na semana passada, o JP ressalta que a projeção do PIB chinês pode ser cortada.

Com o cenário externo mais adverso, o JPMorgan destaca que os bancos centrais dos emergentes foram colocados sob pressão, sobretudo para responder ao enfraquecimento de suas moedas. A expectativa do banco norte-americano é que 60% dos BCs dos emergentes monitorados pela casa tenham que elevar juros no segundo semestre deste ano. Apesar dos preços baixos em ativos financeiros, a tensão comercial deve limitar qualquer rali nos mercados emergentes, ressalta o documento.

ESTADÃO CONTEÚDO

LOCAIS

TCU investiga Henrique Alves sobre uso de cotas parlamentares no pagamento de locação de carro com empresa fantasma

O Tribunal de Contas de União (TCU) abriu representação contra o ex-presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, sobre possíveis irregularidades na locação de veículos pagos com recursos de cotas parlamentares. A apuração analisa pagamentos feitos pelo mandato do então deputado federal, entre 2012 e 2013, para uma empresa fantasma.

Além Henrique Alves, o procedimento também apura o uso irregular das cotas parlamentares pelo deputado federal Lúcio Quadros Vieira Lima (MDB/BA), irmão do ex-ministro Geddel Viera Lima.

Segundo a representação do Procurador da República, Wellington Divino Marques de Oliveira, foi aberto um inquérito para apurar as despesas dos dois políticos investigados na contratação da Global Transportes e Locações, uma suposta empresa fantasma, que que não possuía à época dos pagamentos, entre 2012 e 2013, frota própria nem funcionários registrados.

Outra evidência apontada contra Henrique Alves pelo Tribunal de Contas é a apresentação de notas fiscais de um posto de gasolina de Natal (RN) nos pedidos de ressarcimento de despesas, sendo que o carro em questão circulava em Brasília.

A investigação foi feita pelo Ministério Público Federal do Distrito Federal e enviada à Corte de Contas.

A Câmara dos Deputados deverá fazer apuração interna dos fatos e enviar o resultado ao TCU em até 180 dias. O Tribunal também determinou que o controle interno dessa Casa Legislativa acompanhe as providências para correção dos fatos.

POR AGORA RN

 

Empresário Luiz Roberto Barcelos nega ao blog que será 2º suplente de Garibaldi e que por ele coligação seria com o PSD

O empresário Luiz Roberto Barcelos, da Famosa Agrícola, negou ao blog que tenha aceito ocupar o posto de segundo suplente na chapa encabeçada ao Senado por Garibaldi Filho.

Barcelos chegou a ter pré-candidatura ao Senado cogitada ao longo da fase de pré-campanha.

Luiz informou que foi sim sondado para ser o 2º suplente pelo partido, mas que na opinião dele o caminho é se coligar com o PSD do governador Robinson Faria,

Fonte: Blog do BG

 

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu