PRIMEIRAS NOTÍCIAS DESTA QUINTA-FEIRA

Por G1

 

Votos secretos na Câmara e no Senado. Primeira baixa no governo Bolsonaro. Maduro assume 2º mandato na Venezuela sob contestações. Trump no México e impasse nos EUA. Velório de Padre Quevedo em MG. Os carros inteligentes na maior feira de tecnologia do mundo. E a história por trás do hit do momento.

NACIONAIS

Voto secreto

O presidente do STF, Dias Toffoli, derrubou ontem à noite a decisão do ministro Marco Aurélio e manteve o voto secreto para a eleição da Mesa do Senado, marcada para o início de fevereiro. Mais cedo, Toffoli já tinha rejeitado o pedido do deputado eleito Kim Kataguiri para que a eleição na Câmara fosse aberta.

Baixa no governo

Presidente da Apex pede demissão uma semana depois de assumir o cargo

Presidente da Apex pede demissão uma semana depois de assumir o cargo

O governo Bolsonaro teve a primeira baixa. O presidente da Agência de Promoção de Exportações (Apex), Alex Carreiro, pediu demissão, uma semana após assumir o cargo. O anúncio foi feito pelo chanceler Ernesto Araújo, que informou já ter sugerido para Bolsonaro o nome de um substituto. O motivo da saída não foi divulgado.

Agenda do presidente

Bolsonaro recebe hoje o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o governador de São Paulo, João Doria, no Palácio do Planalto. À noite, participa de jantar de confraternização do Exército.

Governo Maduro

Trump no México

O presidente dos EUA, Donald Trump, visita a fronteira com o México, em meio ao impasse sobre a construção do muro entre os dois países. Ontem, ele abandonou uma reunião com líderes democratas para tentar a liberação da verba bilionária para levantar a barreira na divisa. Segundo o senador Chuck Schumer, o presidente bateu na mesa ao ser contrariado. Enquanto isso, o governo americano segue paralisado pelo 20º dia.

‘Caçador de enigmas’

Oscar González Quevedo Bruzan, o Padre Quevedo, vai ser velado e sepultado hoje, em Belo Horizonte. O espanhol morreu ontem, aos 88 anos, por complicações cardíacas. Famoso pelo bordão “isso non ecziste”, manteve um quadro no Fantástico, em que desvendava enigmas.

Carro inteligente

'Carros inteligentes' ajudam motorista a achar vaga e até mudam cheiro do ambiente

‘Carros inteligentes’ ajudam motorista a achar vaga e até mudam cheiro do ambiente

Há tempos a CES, maior feira de tecnologia do mundo, foi invadida por novidades para veículos. Na edição deste ano, com carros autônomos mais próximos de virar realidade, os automóveis estão ainda mais “inteligentes” e, como um smartphone, customizados conforme as preferências de seu motorista ou do passageiro. Tem carro com assistente-avatar que até muda o cheiro conforme a emoção do passageiro.

O nome dela é…

Como nasceu 'Jenifer'

Como nasceu ‘Jenifer’

‘Jenifer’, de Gabriel Diniz, já é o hit do verão brasileiro. E se você ainda não ficou com o refrão dessa música na cabeça, não se preocupe, vai ficar. Líder no Spotify e no YouTube, ‘Jenifer’ nasceu de uma piada sobre o Tinder e foi gravada e rejeitada por Gusttavo Lima até ganhar o Brasil. Conheça a saga dessa música irreverente e veja o vídeo. Só não vale dizer que o G1 não avisou…

Curtas e rápidas…

Previsão do tempo

Veja a previsão do tempo para a quinta-feira

Veja a previsão do tempo para a quinta-feira

Fonte: G1

Venda de 80 mil bens do tráfico financiará polícias

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, vai acelerar a venda de 80 mil bens apreendidos de traficantes em operações de combate às drogas. Com isso, pretende obter recursos para reaparelhar a Polícia Federal e as estaduais. Segundo o secretário nacional antidrogas, Luiz Roberto Beggiora, serão vendidos carros, alguns de luxo, além de aeronaves, celulares e até fazendas usadas para o plantio. Os bens ainda estão sendo catalogados para cálculo do valor total, mas um leilão de parte desse patrimônio em São Paulo rendeu R$ 3 milhões em 2018.

Quem dá mais? Para facilitar a venda, será criado um site no qual o internauta poderá dar lances online. Avalia-se que atualmente essas ofertas são menores porque só participa dos leilões quem mora no Estado onde são realizados.

Contra o relógio. A Secretaria Antidrogas fará também um trabalho de parceria com o MP para conscientizar juízes da importância de leiloar os bens antes do transitado em julgado. Hoje, a alienação demora de cinco a oito anos, tempo em que o material se deteriora.

COLUNA DO ESTADÃO

Comments

Toffoli derruba liminar e eleição para comando do Senado será secreta

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, decidiu na noite desta quarta (9) que a votação para a escolha do presidente e demais integrantes da Mesa Diretora do Senado será secreta. Ele revogou liminar do ministro Marco Aurélio Mello para que os votos fossem abertos. A medida mantém viva a candidatura de Renan Calheiros (MDB-AL) ao comando da Casa.

Toffoli analisou pedidos do Senado, do Solidariedade e do MDB, que queriam a eleição fechada. Em sua decisão, argumentou haver previsão expressa no Regimento Interno do Senado para que a sessão seja sigilosa. Além disso, sustentou que uma interferência do Judiciário poderia ferir a autonomia do Legislativo.

“Matérias respeitantes aos atos de organização das Casas Legislativas ou que respeitassem apenas à interpretação do regimento interno de qualquer daquelas casas continuaram sendo abordadas por esta Corte como matéria interna corporis e, desse modo, impassíveis de apreciação pelo Poder Judiciário, sob pena de violação à Separação dos Poderes. Nesse sentido são os diversos julgados”, escreveu, citando a jurisprudência do Supremo.

Ele ressaltou que a votação para a escolha do presidente e do vice também é secreta na Corte Suprema do país e em vários tribunais.

Nesta quarta-feira, mais cedo, Toffoli já havia rejeitado pedido do deputado eleito Kim Kataguiri (DEM-SP) para que a escolha do próximo presidente da Câmara fosse por votação aberta, indicando que adotaria a mesma posição com relação ao Senado.

Calheiros, que já presidiu a Casa quatro vezes e teve o nome envolvido em vários escândalos, não conta com o apoio do governo de Jair Bolsonaro (PSL) e dificilmente teria êxito em uma votação aberta.

Ele tem como principais concorrentes, no momento, os senadores Davi Alcolumbre (DEM-AP), Simone Tebet (MDB-MS) e Tasso Jereissati (PSDB-CE), além dos senadores Major Olímpio (PSL-SP) e Esperidião Amin (PP-SC).

A eleição está prevista para 1º de fevereiro. Toffoli marcou para o dia 7 do mesmo mês a apreciação de sua decisão pelo plenário do Supremo. Cabe aos demais ministros referendarem ou não a medida tomada por ele, de caráter liminar (provisório). É improvável, portanto, uma reviravolta que mude os rumos do processo de escolha da cúpula do Senado.

Na decisão sobre a Câmara, o presidente do STF seguiu a mesma linha de argumentação. Escreveu que a atuação do Legislativo deve ser “resguardada de qualquer influência externa, especialmente de interferências entre Poderes.”

“De fato, conquanto se possa abordar a necessidade de transparência da atuação do parlamentar frente a seus eleitores, de outro lado não se pode descurar da necessária independência de atuação do Poder Legislativo face aos demais Poderes, em especial —pela relação de complementariedade dos trabalhos— face ao Poder Executivo”, afirmou o ministro.

Para Toffoli, “por se tratar de ato de condução interna dos trabalhos, ou seja, interna corporis, o sigilo dessa espécie de votação, também no âmbito do Poder Judiciário, se realiza sem necessidade de que os votos sejam publicamente declarados”, ressaltou o ministro.

Na Câmara, o favorito no momento é Rodrigo Maia (DEM-RJ), atual ocupante do posto. Ele já conta com o apoio de várias legendas. A manutenção da votação secreta, porém, também mantém vivas as esperanças de desafiantes, como o vice-presidente Fábio Ramalho(MDB-MG), que conta com traições no bloco de apoio de Maia, o que ficaria bastante difícil em escrutínio aberto.

A eleição para as mesas diretoras da Câmara e do Senado, ambas na mesma data, vale para os próximos dois anos. Além de ter o poder de definir a pauta de votações de cada Casa, os presidentes da Câmara e do Senado são, respectivamente, o segundo e o terceiro na linha sucessória de Jair Bolsonaro.

ESTADÃO CONTEÚDO

Comments

Perfis no Twitter que faziam uso da imagem da imprensa, jornalistas e políticos são excluídos

A rede social Twitter desativou nesta quarta-feira, 9, ao menos 28 contas satíricas que faziam uso da imagem de veículos da imprensa, personalidades públicas, jornalistas, órgãos públicos, ministros do governo e do próprio presidente Jair Bolsonaro. A ação, entretanto, não foi confirmada pela rede social.

Uma lista com os nomes dos perfis bloqueados começou a circular com as hashtags #sátiranãoéfake, #censuradasparódiasnotwitter e #censuradotwitter. O administrador de uma das contas, relacionada ao Estado, afirmou que o perfil tinha 10 mil seguidores. A estimativa é de que o número de contas desativadas seja maior, já que usuários do Twitter que administravam perfis com menor dimensão também relataram o caso.

Na maioria dos exemplos, os nomes utilizados para os perfis humorísticos eram similares às contas verdadeiras das pessoas ou da imprensa, com pequenos trocadilhos. Muitas vezes, até a mesma foto e descrição é utilizada, com a observação de que se trata de um perfil de sátira.

Até o fim da noite desta quarta, a reportagem localizou diversas outras contas de perfil humorístico, algumas com grande número de seguidores, outras em menor proporção. Novas contas para substituir as bloqueadas também foram criadas, na tentativa de que os administradores recuperem os seguidores perdidos. Segundo as postagens, a prática de desativar contas tem ocorrido desde o mês passado.

O conteúdo divulgado nos perfis varia do compartilhamento de notícias verdadeiras a sátiras em relação a atualidades, além de críticas. Usuários relatam que quase todos tinham viés político de direita, e que o Twitter estaria censurando opiniões da vertente. O administrador da conta satírica excluída que se associava ao Estado chegou a mencionar que o presidente Jair Bolsonaro havia seguido a página pouco antes de ser desativada.

Em nota oficial, o Twitter afirma que: “No intuito de proteger a experiência e a segurança das pessoas que utilizam a plataforma, o Twitter tem regras que estabelecem os conteúdos e comportamentos que permitimos. Quando tomamos conhecimento de potenciais violações a essas regras, como conduta de spam ou evasão de suspensão, fazemos uma análise e adotamos as medidas cabíveis de acordo com nossas regras e termos de serviço”.

Na política de Regras do Twitter, o item relacionado a spam cita “interações e comportamentos automatizados de uma conta, bem como tentativas de iludir ou enganar as pessoas”. A empresa tem ciência de possíveis contas spam através de denúncias, que qualquer usuário pode fazer. A partir disso, cada caso é analisado para decidir se trata-se ou não de um perfil spam.

ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte: Blog do BG

 

LOCAIS

Governo do Estado deverá pagar saldo do 13º de 2017 e saldo da folha de novembro de 2018 nos próximos dias

O Governo do Estado deverá conseguir pagar até o fim do mês o saldo do 13º salario de 2017 para quem falta receber(pensionistas e inativos), e o saldo da folha de novembro de 2018 com os recursos da antecipação dos Royalties do petróleo referente ao ano de 2019.

O Governo Robinson tentou antecipar esses recursos mas o desembargador Expedito Ferreira não liberou já que o quem iria pagar era o governo que iria assumir, no caso o de Fátima Bezerra.

Com Fátima já no comando os recursos devem ser liberados em breve.

Comments

MPRN pede suspensão imediata da cobrança da “Taxa dos Bombeiros”

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) requereu ao Tribunal de Justiça Estadual a imediata suspensão da cobrança da “Taxa dos Bombeiros”, prevista na Lei Complementar Estadual n.º 247/2002, alterada pela Lei Complementar nº 612/2017, que vem sendo cobrada no momento do pagamento do IPVA 2019. A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) foi ajuizada na tarde desta quarta-feira (9).

A referida taxa visa cobrir os custos da prevenção e combate a incêndios, busca e salvamento em imóveis localizados no Rio Grande do Norte e em veículos nele licenciados.

Segundo o MPRN, tais serviços nunca poderiam constituir objeto de taxa, por serem inerentes à segurança pública estadual. Conforme a ação, seu custeio deve ser arcado com recursos provenientes dos impostos, “visto que são colocados à disposição, indistintamente, de toda a coletividade, e não por taxas, na exata medida em que estas somente podem ser instituídas ‘em razão do poder de polícia ou pela utilização, efetiva ou potencial, de serviços públicos específicos e divisíveis, prestados ao contribuinte ou postos a sua disposição’”.

A ação foi ajuizada sob o nº 0800052-67.2019.8.20.0000.

Comments

Morre o Desembargador do TRT, José Rêgo Junior

Resultado de imagem para jose rego junior

Morreu nesta madrugada vitima de um infarto fulminante na praia de Búzios o desembargador do TRE, José Rêgo Junior.

Rêgo Junior tinha 61 anos e presidiu o TRT potiguar de 2013 a 2015.

Nossos sentimentos a todos os familiares.

Comments

Governo do Estado e servidores chegam a acordo sobre pagamento de salários. Vejam como ficou as datas de pagamentos de janeiro

O Governo do Estado e as entidades sindicais e associativas que representam os servidores públicos do Rio Grande do Norte chegaram a um acordo sobre o pagamento dos salários de janeiro e os encaminhamentos que estão sendo adotados para quitação do passivo das folhas salariais em atraso.

Pela nova proposta, aprovada depois de duas horas de negociações, ficou decidido que nesta sexta-feira, dia 11, será feita a antecipação de 30% do salário bruto dos ativos, inativos e pensionistas, exceto os servidores da segurança pública, que receberão os salários integrais na quarta-feira, dia 16/01 e os órgãos que têm arrecadação própria.

No dia 16 serão pagos os 70% restantes (quitação da folha de janeiro) para quem ganha até R$ 3 mil.

No dia 31 serão pagos os 70% restantes aos ativos, inativos e pensionistas que ganham acima de R$ 3 mil e a folha integral dos servidores de órgãos com arrecadação própria.

O acordo foi firmado na noite desta quarta-feira (09.01), após reunião do Comitê Estadual de Negociação Coletiva, conduzida pelo chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, e pela secretária de Administração, Virgínia Ferreira Lopes. Das 12 entidades sindicais presentes, dez assinaram o acordo ao final da reunião. As outras duas – SindSaúde e Sindasp – levarão a proposta para assembleias das categorias.

“Quero destacar a responsabilidade dos representantes dos servidores, que vêm passando por muitas dificuldades, em função dos salários atrasados, mas reconhecem o esforço que nosso governo vem fazendo nesse período de transição. Encontramos o cofre vazio e um desequilíbrio financeiro violento. Mas, através de um processo amplo e transparente, chegamos a esse desfecho que é, ao mesmo tempo, o governo buscar a regularização do pagamento dos servidores e firmar o compromisso de quitar os salários no menor tempo possível, de acordo com as condições das finanças do Estado, disse a governadora Fátima Bezerra.

O governo também assumiu o compromisso de quitar as folhas salariais em atraso obedecendo a ordem cronológica do passivo deixado pela administração anterior.

O presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais do RN (Sindifern), Fernando Freitas, lembrou que processo de negociação foi aberto, democrático e transparente. “Conseguimos chegar a um denominador comum com relação ao mês de janeiro e com o compromisso do pagamento das folhas em atraso, o que representa um passo significativo para trazer mais tranquilidade aos servidores públicos do Estado”. Para Janeayre Souto, presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta (Sinsp), o acordo firmado nesta quarta-feira (9) se constituiu em um avanço significativo entre as relações do governo e das entidades representativas dos servidores. “Esperamos continuar as tratativas com a transparência que foi feita hoje, quando nos mostraram os números do estado e as condições para regularizar as dívidas com os servidores”.

FOLHA SALARIAL

Janeiro de 2018

Dia 11:

1- antecipação de 30% do salário bruto, sem descontos, a todos os servidores ativos, inativos e pensionistas, exceto os servidores da área da segurança pública e dos órgãos que tem arrecadação própria.

Dia 16

Antecipação da complementação dos 70% dos servidores que recebem até R$ 3 mil.

Antecipação integral dos salários dos servidores da área de segurança pública ativos, inativos e pensionistas

Dia 31

1 – pagamento de 70% do mês de janeiro dos servidores ativos, inativos e pensionistas, que recebem acima de R$ 3.000,00;

2 – pagamento integral do mês de janeiro aos servidores de órgãos com arrecadação própria.

Fonte: Blog do BG

Deixe uma resposta

Fechar Menu