PONTO DE VISTA: O PRESIDIÁRIO NÃO PODE MAIS CONTINUAR IGNORANDO AS LEIS E O POVO BRASILEIRO

PONTO DE VISTA

Caro Leitor,

Realmente estamos vivendo dias vexatórios, vergonhosos e altamente constrangedores diante das cenas dantescas as quais estamos vivenciando nesse país. É simplesmente inconcebível, em qualquer lugar do mundo, as situações ridículas e surreais que esse presidiário e seu partido estão submetendo o pobre povo brasileiro. É duro acreditar que esta criatura já foi presidente dessa Nação.

O cara sancionou a Lei da Ficha Limpa, cai na própria armadilha e depois não aceita ser submetido a mesma lei que o condenou!

Não reconhece a justiça brasileira como legítima e nem admite, apesar de todas as provas, que é culpado. Desafia todas as autoridades e instâncias jurídicas do Brasil, deixa o pobre eleitor totalmente confuso, paralisa as atividades econômicas, deixa o país inerte e o investidor, tanto estrangeiro quanto nacional de braços cruzados ou com as mãos nos bolsos. Com isso o nosso PIB não cresce e o pa´s só empobrece. 

É muita cara de pau alguém, depios de tudo, dizer que o dinheiro desviado pela corrupção não afeta a economia nacinal. Afeta sim, é claro que afeta e muito. Veja o exemplo do Museu Nacional. Isso aconteceu por causa do dinheiro que deveria ser empregado na sua manutenção, mas foi desviado pelos corruptos e seus apadrinhados.

Por isso precisamos acabar com a palhaçada mandando pra cadeia quem merece ir pra cadeia e para o poder quem merece e tem condições de honrar a confiança e o crédito que o povo brasileiro depositar sobre seus ombros.

Lula ridiculariza a Justiça

Lula e os paus mandados do PT insistem em manter o nome do petista como candidato a presidente na propaganda no rádio e na TV, e, principalmente nas mídias sociais, no site do partido, onde ele deita e rola apresentando suas propostas como presidenciável. E isso mesmo depois do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter decretado, por 6 a 1, que o presidiário não pode ser candidato, apenas por estar preso, mas por ser ficha suja, já que foi condenado em segunda instância e, portanto, não pode pleitear a candidatura.

Na decisão do TSE da madrugada de sábado, os ministros concluíram que além de não poder continuar com sua ilegal candidatura, o petista não poderia continuar aparecendo na propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV, que deveria devolver o dinheiro gasto com a campanha até aqui e que seu nome não poderia ir para a urna eletrônica. Decidiram, ainda, que caso o PT não cumpra o que manda a lei, será multado em R$ 500 mil.

Mas como Lula nunca respeitou qualquer decisão e sempre debochou da Justiça, do que vale essa multa? Nada. Afinal, se ela for paga, o será com o dinheiro do fundo partidário e do fundo eleitoral, que nada mais é do que dinheiro público. Assim, para Lula e seus fieis seguidores, precisa acontecer algo maior do que uma simples reprimenda. O programa do PT deveria ser retirado das TVs, dos sites e das mídias sociais. Como castigo, o PT teria que ser excluído do processo eleitoral. O pior é que Lula promete voltar à desmoralizada ONU para novamente pleitear a manutenção da sua candidatura, como se a ONU tivesse algum peso jurisdicional. Virou palhaçada de Lula, tripudiando da Justiça e rindo da cara dos brasileiros. Chega Lula.

Germano Oliveira é editor de política da ISTOÉ

Fonte: Isto É

Deixe uma resposta

Fechar Menu