PONTO DE VISTA: AUMENTO DE 16% NO SALÁRIO DOS PROCURADORES É MAIS UMA VERGONHA E DECEPÇÃO PARA O POVO BRASILEIRO

PONTO DE VISTA

Caro leitor,

A atitude do STF reajustando os salários dos ministros em mais de 16% num momento como o que vivemos neste país não foi nem um pouco republicana e muito menos patriota. Pelo contrário, mais uma vez a mais alta corte desse país virou as costas para o pov que paga os seus salários. Com isso gerou um efeito cascata nas contas nos salários dos demais elementos do judiciário aumentado ainda mais essa conta para o já combalido bolso do brasileiro . Como se não bastasse agora vem o Ministério Público e toma a mesma atitude maligna. A PGR Raquel Dodge vem a público justificar o aumento lembrando que o MPF no seu trabalho contra a corrupção resgatou bilhões de reais para os cofres públicos e que esse aumento salarial é como se fosse um prêmio, uma compensação pelos seus préstimos à sociedade. Ora, antes tivesse ficado calada ou não justificasse nada como fez o STF. O MPF não fez nada além da sua obrigação. Estes “Cavaleiros da Justiça” são regiamente pagos pelo cidadão brasileiro para cumprir com o que, agora, estão cumprindo. Agora sim, estão fazendo jus aos seus salários o que antes da Lava Jato não acontecia.

Na verdade o que fica bastante evidente é que os egos exaltados não deixam essa TRUP se diferenciar como cidadãos do bem e do altruísmo como inicialmente se imaginava e que mais uma vez fica provado que todo homem tem seu preço que, se, tal fatura, não é cobrada na entrada é cobrada na saída. Mais ainda, assim como a maioria dos cidadãos brasileiros, dentro da sua cultura do toma lá dá cá e do levar vantagem em tudo só pensa nos seus interesses pessoais na hora de votar. E se alguém tem dúvida que esses aumentos passarão no Senado aguarde as eleições passarem para constatar o óbvio.

Dessa forma levaremos várias gerações para que possamos um dia alcançar os níveis de excelência de países como Dinamarca, Suécia, Islândia e talvez nunca alcancemos tal realidade.

SÁBADO, 11/08/2018, 07:17

Economia

Após STF, procuradores aprovam orçamento com reajuste de 16% para a categoria

Em votação, conselho Superior do MP afirmou que serão feitos remanejamentos para cobrir aumento. Aproveitando a deixa, deputados e senadores já se articulam pra conseguir o mesmo reajuste, mas proposta só seria apresentada depois das eleições.

Fachada da sede do Ministério Público Federal. Foto: João Américo/PGR/MPF (Crédito: )

Fachada da sede do Ministério Público Federal. Foto: João Américo/PGR/MPF

Fonte: CBN

Deixe uma resposta

Fechar Menu