ESPORTE: VEJA AQUI OS BRASILEIROS QUE PENDURARAM AS CHUTEIRAS EM 2018

Vamos sentir saudades: os brasileiros que penduraram as chuteiras em 2018

 

O ano de 2018 está chegando ao fim e, ao longo dos últimos doze meses, muitos jogadores importantes resolveram encerrar suas carreiras. Clint Dempsey, por exemplo, deixa os gramados como único atleta norte-americano a ter marcado gols em três Copas do Mundo. Já o zagueiro alemão Mertesacker carregará para sempre no currículo o fato de ter sido campeão mundial em 2014. Soma-se a eles o italiano Antonio Cassano, os ingleses Joe Cole e John Terry, o marfinense Didier Drogba, o argentino Burdisso, o mexicano Rafa Marquez, o russo Arshavin…

E os brasileiros? Bem, atletas de alto gabarito no País também resolveram mudar de vida. Muitos, inclusive, com vasto trabalho prestado à seleção e aos clubes por onde passaram. Vamos à lista?

Renato

Vamos sentir saudades: os brasileiros que penduraram as chuteiras em 2018

O volante, que surgiu no Santos campeão brasileiro de 2002, colecionou títulos também por Sevilla e Botafogo, sem contar as taças da Copa América de 2004 e da Copa das Confederações de 2005 pela seleção brasileira.

Emerson Sheik

Vamos sentir saudades: os brasileiros que penduraram as chuteiras em 2018

O atacante é, sem dúvida alguma, um herói corintiano. Embora tenha sido campeão brasileiro também por Flamengo e Fluminense, levou o Timão à primeira Libertadores de sua história. E isso, por óbvio, ninguém jamais irá esquecer.

Cicinho

Vamos sentir saudades: os brasileiros que penduraram as chuteiras em 2018

Ele foi nada menos que campeão da América e do mundo pelo São Paulo, em 2005. Pelo Real Madrid, ergueu a taça do Campeonato Espanhol e, pela Roma, da copa da Itália e da Supercopa da Itália. Ainda foi o lateral-direito titular na conquista da Copa das Confederações com a seleção brasileira em 2005.

Thiago Motta

Vamos sentir saudades: os brasileiros que penduraram as chuteiras em 2018

O meio-campista ítalo-brasileiro teve uma carreira absolutamente vitoriosa em três gigantes da Europa. No Barcelona e na Inter de Milão, por exemplo, ganhou a Liga dos Campeões – pelo time italiano, ainda se sagrou campeão do mundo. Mais recentemente, empilhou taças nacionais pelo Paris Saint-Germain.

Julio César

Vamos sentir saudades: os brasileiros que penduraram as chuteiras em 2018

Foi um dos grandes goleiros da história do futebol brasileiro e um ídolo do Flamengo. Disputou três Copas do Mundo pela seleção brasileira, sendo duas como titular, e ainda acumulou 14 grandes títulos pela Inter de Milão, sendo a Liga dos Campeões da Europa e o Mundial de Clubes de 2010 os principais.

Ronaldinho Gaúcho

Vamos sentir saudades: os brasileiros que penduraram as chuteiras em 2018

Quem já foi o melhor jogador do mundo nunca perde a majestade. É o único atleta do planeta a ganhar Bola de Ouro, Liga dos Campeões da Europa, Libertadores da América, Copa das Confederações, Copa do Mundo e Copa América. A seleção brasileira, o Grêmio, o PSG, o Flamengo, o Fluminense, o Barcelona, o Atlético-MG e o Milan e o Querétaro só têm a agradecer.

Deixe uma resposta

Fechar Menu