ECONOMIA: SECRETÁRIO ESPECIAL DA RECEITA, MARCOS CINTRA, DESMENTE BOLSONARO E AFIRMA QUE NÃO HAVERÁ AUMENTO DE IOF

O governo mal começou a agir e alguns atores já está batendo cabeça. A primeira confusão criada pela equipe de governo gira emtorno do aumento da alícota do IOF para quem tem aplicação fora do país. Leia a matéria e entenda o que aconteceu.

Secretário especial da Receita, Marcos Cintra diz que não haverá aumento do IOF

Estadão Conteúdo

O secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, disse que não haverá aumento da alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para compensar a prorrogação de incentivos fiscais para empresas das áreas da Sudam (Amazônia) e da Sudene (Nordeste), sancionada pelo presidente. “Ele sancionou a apresentação de projetos da Sudam e Sudene além de 2018, mas limitou o usufruto do benefício à disponibilidade de recursos previstos na lei orçamentária de 2019”, afirmou.

Quando confrontado com a declaração do próprio presidente Jair Bolsonaro de que um decreto tinha sido assinado para aumentar a alíquota “para quem tem aplicação aí fora”, Cintra disse: “Deve ter feito alguma confusão. Não há necessidade de compensação nenhuma. Há recursos previstos na lei orçamentária de 2019 para a ampliação”.

A elevação de imposto seria necessária porque a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) exige a compensação para a perda de receitas que haverá em 2019, já que o benefício não está contemplado na peça orçamentária. Para isso, a equipe econômica teria que cortar outras renúncias, elevar impostos ou ampliar a base de cálculo de algum tributo.

Fonte: Isto É Dinheiro

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu