COMPORTAMENTO: É MUITA CARA DE PAU UMA GUERRILHEIRA ASSALTANTE DE BANCO QUERER INDENIZAÇÃO POR TER SIDO PRESA DURANTE A DITADURA

A pessoa ser presa e até pegar um solitária não deixa de ser uma tortura para qualquer ser humano, desde que este ser humano seja alguém que cumpre com suas obrigações e é obediente às leis, mas para alguém que usurpou a propriedade privada e os bens de outras pessoas e privo-o do direito de ir e vir, assaltando bancos, sequestrando e até matando gente nada disso é tortura. No Japão o indivíduo que age assim vai para a cadeia sem direito a nada e qualquer sinal de rebeldia ganhar dias na solitária. Sendo que a cada dia de solitária o apenado ganha mais dois dias na pena a ser paga. Por isso mesmo do total de encarcerados no Japão  apenas 14% são japoneses. A grande maioria é de estrangeiros que desconhecem a legislação penal. Os que conhecem não cometem delitos facilmente, pois sabem que a lei é aplicada e as punições são severas. Vamos acabar com essa história de bandido aqui no Brasil ser tratado a pão de ló.

Damares decidirá sobre pedido indenizatório milionário de Dilma Rousseff

Para o azar de Dilma Rousseff, caberá a ministra Damares Alves a análise de seu pedido de indenização à Comissão de Anistia. Àquela criada em 2002 por FHC, no final de seu governo.

Muita gente se chafurdou nessas indenizações, recebendo valores milionários dos cofres públicos.

A própria Dilma já embolsou indenizações de três estados: São Paulo, no governo do PSDB; Rio, do comparsa Sérgio Cabral; e Minas Gerais, do indecente Pilantrel.

A alegação para a indenização é ter sido presa e torturada durante a ditadura militar.

O pedido feito ao Governo Federal está na mesa da ministra dos Direitos Humanos para a decisão final.

Um parecer técnico já está pronto para embasar a negativa de Damares.

Dilma é infame, totalmente inescrupulosa.

Fonte: Jornal da Cidade On Line

Deixe uma resposta

Fechar Menu