BOAS NOTÍCIAS: IMIGRANTE AFRICANO GANHA CIDADANIA FRANCESA DEPOIS DE ATO HEROICO

Na sessão de boas notícias desta terça-feira um ato heroico com final feliz.

Imigrante escala prédio, salva criança e ganha cidadania francesa

Foto: reprodução / Youtube
Foto: reprodução / Youtube

Um verdadeiro herói salvou um menino de 4 anos, que estava pendurado em um prédio de Paris neste fim de semana. Pelo ato de bravura, ele foi recebido pelo presidente Macron, em agradecimento, e acaba de ganhar a cidadania francesa mais um emprego.

O jovem Mamudu Gasama, de 22 anos – natural de Mali, na África – que estava com documentação irregular na França, escalou a fachada do edifício neste sábado, 26, em apenas 30 segundos. O resgate é de arrepiar!

Mamudu subiu quatro varandas da fachada do prédio para chegar ao quarto andar, recuperar o menino pendurado e colocá-lo em segurança dentro do edifício novamente. (vídeo abaixo)

Cidadania e emprego

Mamudu Gasama será nacionalizado francês. O anúncio foi feito pelo presidente da França, Emmanuel Macron, nesta segunda-feira, 28.

O líder francês o recebeu no Palácio do Eliseu, para agradecer o ato de bravura pessoalmente.

Durante uma conversa com Mamoudou Gassama, divulgada em uma página no Facebook, o presidente garantiu que todos os papéis dele devem ser regularizados.
Além da cidadania francesa, Mamoudou Gassama também ganhará um emprego no Corpo de Bombeiros.
Macron também deu a Gassama uma medalha em reconhecimento pela bravura. Gassama aceitou todos os benefícios.
Emmanuel Macron agradece a Mamoudou Gassama - Foto: Thibault Camus/AFP
Emmanuel Macron agradece a Mamoudou Gassama – Foto: Thibault Camus/AFP
Mamoudou Gassama - Foto: Thibault Camus/AFP
Mamoudou Gassama – Foto: Thibault Camus/AFP

O herói

Apresentado pela imprensa francesa como um herói, Mamudu Gasama contou à emissora BFMTV que “viu muitas pessoas gritando e buzinas de carros”.

“Saí, corri para procurar as soluções para salvá-lo. Consegui me pendurar em uma varanda, subi e assim graças a Deus o salvei”, disse.

Depois disso, o pai do menino foi colocado em prisão provisória devido ao início de uma investigação por “alienação de obrigações parentais”, afirmou uma fonte judicial.

“Por sorte, havia alguém com boas condições físicas e com coragem para ir buscar o menino”, afirmaram os bombeiros.

A criança e Mamudu Gasama foram levados a um hospital para exames de rotina.

“O socorrista se queixava do seu joelho e o menino estava em choque”, indicaram os bombeiros, afirmando que os dois passam bem.

O pai do menino foi colocado em prisão provisória devido por “alienação de obrigações parentais”, afirmou uma fonte judicial.

Fonte: Só Notícias Boas

Deixe uma resposta

Fechar Menu