BOAS NOTÍCIAS: HOMEM QUE TEVE MORTE CEREBRAL DECRETADA VOLTA E CONTA O QUE VIU

Na sessão BOAS NOTÍCIAS temos hoje uma história do homem que após ter ficado 48 horas desacordado, em estado de coma e com morte cerebral, acorda e conta tudo que viu.

Homem acorda após morte cerebral decretada e conta o que viu

Scott e as filhas - Foto: Preston Taylor Marr / Facebook

Scott e as filhas – Foto: Preston Taylor Marr / Facebook

Um homem que ficou 48 horas desacordado e teve morte cerebral decretada pelos médicos surpreendeu a todos.

T. Scott Marr inesperadamente acordou depois que os médicos disseram que não havia esperança de recuperação e seus tubos de respiração foram retirados.

Os filhos dele, de Nebraska, EUA, chegaram a se despedir do pai e tomar a difícil decisão de autorizar a retirada dos equipamentos. Mas o “homem milagroso” acordou. “Essa coisa toda foi um milagre de Deus”, disse T. Scott Marr à KMTV .

“Eu não morri. Eu não tinha que morrer. Estou de volta aqui, e espero dar às pessoas algum conforto e espero que, se elas estão, de fato, passando por algo assim, que seja um lugar seguro”, afirmou.

Do outro lado

Nos dois dias em que T. Scott Marr ficou inconsciente, ele disse que teve uma experiência de quase morte: viu seu falecido pai caminhando pela rua.

“Ele disse: ‘O que você está fazendo aqui?’ E eu disse estou querendo trabalhar e ele falou: “Não há trabalho aqui, é melhor você levar sua bunda para casa”, contou Marr a repórteres locais.

A recuperação

A história de Marr aconteceu no fim do ano, quando ele foi encontrado desacordado na cama. Hoje está se recuperando em casa depois de semanas de terapia em um hospital de Omaha.

“Não sou uma pessoa extremamente religiosa. Não vou à igreja todos os domingos. Mas eu acredito em Deus. Eu acredito com todo o meu coração. E agora isso é apenas uma prova para mim de que tudo que eu já ouvi é verdade. Que ele me ama. Que ele está lá para mim. Foi praticamente um milagre”, concluiu “, Marr ao World-Herald.

Com informações do SunnySkyz

Fonte: Só Notícia Boa

Deixe uma resposta

Fechar Menu