BOAS NOTÍCIAS: FRALDAS LAVÁVEIS DE ALGODÃO ESTÃO DE VOLTA COM NOVO SISTEMA HIGIÊNICO

Na sessão BOAS NOTÍCIAS desta quinta-feira uma novidade sensacional para os pimpolhos, para o bolso e também para a natureza. Veja a reportagem completa e saiba como funciona!

Fraldas laváveis estão de volta com novo sistema higiênico

fraldas laváveis Foto: Divulgação
fraldas laváveis Foto: Divulgação

Fraldas laváveis de algodão estão de volta e agora com um sistema higiênico. Elas vem com uma folha biodegradável que retém as fezes. Esta folha vai para a lata de lixo e mantém a fralda praticamente limpa.

Para ter certeza de que você não precisa tocar em nada que não queira, as fraldas laváveis são colocadas em um balde que tem uma rede no interior.

Quando o balde estiver cheio, você retira a rede e coloca a fralda numa máquina de lavar.

Se você estiver em trânsito, fora de casa, há o saco úmido: completamente à prova d’água.

Além disso, elas são mais baratas, melhores para o meio ambiente e ainda protegem a pele do bebê.

Economia

A novidade vem da Europa. Há cerca de 3 anos, Anne e Hanna começaram o billenboetiek, ou boutique das nádegas, em português.

Com base na própria experiência, elas sabiam o que podiam e tinham que fornecer e passaram a vender as fraldas numa loja virtual com sede na Holanda.

Para o bolso dos pais também é um alívio: um pacote com 36 fraldas laváveis equivale a 6.000 descartáveis.

Foto: BrightVibes

Foto: BrightVibes

Sustentáveis

Mas o argumento mais forte para fazer a mudança para fraldas laváveis é o meio-ambiente.

Todos os anos, as fraldas descartáveis geram 7,6 bilhões de quilos de lixo somente nos EUA!

Isso é suficiente para ir até a lua e voltar 9 vezes.

A boutique das nádegas vende fraldas para 3% dos habitantes holandeses – portanto, 3% de 18 milhões de pessoas –  com isso, eles já economizaram mais de 1 milhão de fraldas descartáveis.

Clique aqui para ver como comprar as fraldas ambientalmente amigáveis e baratas.

Foto: BrightVibes

Foto: BrightVibes

Com informações do BrightVibes

Fonte: Só Notícia Boa

Deixe uma resposta

Fechar Menu