BOAS NOTÍCIAS: A GOOGLE ESTÁ RECRUTANDO ESTAGIÁRIOS EM TODO O BRASIL

Na sessão de BOAS NOTÍCIAS desta quarta-feira uma ótima oportunidade de afiar o inglês estagiando numa das maiores empresas de tecnologia do mundo, a GLOOGLE. Veja aqui a reportagem completa.

Google busca brasileiros de todos os cursos para estágio

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Google procura universitários brasileiros de todos os cursos no programa de estágio “2019 Business Internship Program”.

É uma oportunidade para os estudantes vivenciarem a experiência de trabalhar na empresa.

As inscrições da 9ª edição do programa já estão abertas. (veja abaixo)

Requisitos

A gigante da internet exige apenas três pré-requisitos aos candidatos:

  • graduação com formação prevista para dezembro de 2019,
  • inglês e
  • disponibilidade para trabalhar no escritório em São Paulo entre julho e dezembro de 2019.

E não importa se o inglês é fluente, ou se você não mora em São Paulo.

Inscrições

O interessado tem até o dia 5 de outubro para se inscrever no site de empregos do Google.

Larissa Armani, responsável pelo programa de estágio do Google na América Latina, explica que a empresa de tecnologia busca a igualdade de condições na seleção para candidatos de variadas realidades.

O que importa  são talento e habilidade.

“Por ser uma empresa de tecnologia e por estarmos em São Paulo, existe um estigma de que temos preferências por certos cursos. Mas valorizamos a diversidade e queremos trazer pessoas diferentes”, diz Larissa.

Até mesmo a exigência comum nos processos de seleção, o inglês fluente, foi avaliada como uma barreira para os jovens brasileiros e sua ausência não será eliminatória.

Embora seja necessário ter conhecimentos da língua para o uso no cotidiano do trabalho no Google, como em treinamentos e comunicação da empresa, houve uma flexibilização para evitar a exclusão premeditada de candidatos com potencial.

“Como a empresa é americana, não conseguimos cortar o inglês, mas acreditamos que a exposição à língua no dia a dia vá ajudar a reforçar seu aprendizado. É uma dificuldade que encontramos no Brasil e na América Latina, onde o estudo de idiomas é caro e não faz parte de toda a grade escolar. Pensando em perfis demográficos e étnicos diferentes, a barreira se torna maior”, explica.

E, para sair de São Paulo, todo o processo será feito online ou por telefone, assim estudantes de todo o país poderão participar sem ter que se deslocar. Se selecionados, o Google ajudará com os custos para a realocação.

Como a exclusão digital ainda é um desafio no Brasil, no processo também será possível combinar alternativas para as entrevista, além do uso do Google Hangouts, para acomodar a maioria de candidatos.

“Serão exceções que trataremos de forma individual, como candidatos com dificuldade auditiva ou de acesso a conexão de internet. A ideia é que ninguém fique de fora”, avisa ela.

Perfil

A empresa procura por pessoas interessadas em tecnologias e abertas para aprender, capazes de trabalhar em um ambiente plural e diante de cenários novos. E que estejam prontas para compreender o mundo do Google e a explorar novas ideias.

A especialista em recrutamento dá a dica para os candidatos: “Esperamos muito que as pessoas possam ser 100% quem são no seu cotidiano. Não buscamos um perfil fechado, queremos entender como cada um é individualmente e porque quer trabalhar no Google, trazendo seu eu genuíno”.

Com informações da Exame

Fonte: Só Notícia Boa

Deixe uma resposta

Fechar Menu