AUTOCONHECIMENTO: REFLEXÃO SOBRE DESAFIOS E ENTREGAS

Na sessão de AUTOCONHECIMENTO desta sexta-feira encontrei um texto sensacional que muito me alegrou, pois veio no momento certo em que acabo de passar por essa fase de desapego em minha vida. Ler esse texto só veio a confirmar que fiz a coisa certa no momento certo e que realmente quando você ACEITA, CONFIA e ENTREGA, algo ou alguém assume a responsabilidade daquele ato e suas consequências. Eu reconheci a existência dessas infinitas possibilidades e dei um grande passo.

Gratidão, gratidão, gratidão…

Sobre desafios e entregas

 

Tenho percorrido um longo e curioso caminho de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal. Muitas coisas mudaram em minha vida, para melhor, nesse último ano. Tenho muita gratidão por todas as pessoas, as práticas, os livros e os treinamentos que estiveram e estão comigo nessa trajetória.

Sei que ainda tenho um longo caminho a percorrer, cheio de desafios. Sim, desafios. Uma das coisas que aprendi e procuro aplicar em meu dia-a-dia é substituir palavras de baixa vibração por palavras de alta vibração. Assim, trocar a sensação de algo difícil por algo desafiador traz um sentimento de empoderamento. Sugiro um teste: fale em voz alta as duas palavras e perceba como elas soam, vibram e reverberam atitudes corporais e emocionais distintas.

Aceito. Confio. Entrego.

Um grande desafio tem sido viver a plenitude dessa máxima. Afinal, porque me agarrar desesperadamente a uma única alternativa que eu julgo melhor para mim naquele momento, quando o Universo tem um campo infinito de possibilidades? Apenas reconhecermos a existência dessas infinitas possibilidades é um grande passo.

Um segundo passo é termos a confiança de que tudo é orquestrado lindamente por uma inteligência superior. Tira um peso danado das costas. Claro que tudo envolve a autorresponsabilidade. Entendermos que há um tempo certo para as coisas acontecerem é mais um passo mega importante. Reconhecer esse tempo é reconhecer que tudo acontece para o bem maior e que o fluxo da vida possui o tempo perfeito.

Entregar é um passo difí…. (ops!) desafiador. Deixar ir, desapegar. Imagine que temos uma questão bem antiga fechada em nossa mão, mas que não conseguimos resolver. Temos apego, queremos resolver do nosso jeito e no nosso tempo, mas nunca dá certo. Agora imagine que um dia resolvemos abrir a mão e deixar essa questão ser levada pelo vento… Nós a entregamos para que uma inteligência maior se encarregue de resolve-la da melhor forma possível para nós, para todos e para o planeta.

Ufa. Que alívio! Mas ao mesmo tempo, esse ato de abrir a mão e deixar ir, ver a nossa questão partindo dá uma dorzinha no coração. Eu acredito que quanto mais praticamos, mais leve fica abrir a mão e entregar. Vamos praticar então? Pense em uma questão hoje em sua vida que você tem apego. Feche os olhos e visualize essa questão na palma da sua mão fechada. Quanto mais fechada, maior o apego. Agora,  respire fundo, abra a mão e a deixe ir… Visualize que essa questão sendo resolvida da melhor forma possível e no tempo certo. Como você se sente?

Por Dabri Queiroz  – Numeróloga, Thetahealer e Escritora

Fonte: Expansão da consciência.site

Este post tem 2 comentários

  1. Que texto maravilhosa Wagner e tão atual,
    Em geral o ser humano está passando uma fase de ajuste a nova vibração da terra e com isto a melhor maneira de lidar com este ajuste e meditar e desapegar .
    A meu ver a entrega as energias do universo e necessária mais tem que ser de uma forma muito conciente .

    Regina Fontes Foster

Deixe uma resposta

Fechar Menu